látex

látex | s. m. 2 núm.
lá·tex |cs| lá·tex |cs|
nome masculino de dois números

[Botânica]   [Botânica]   Suco leitoso de certas plantas.Confrontar: lastex.

Ver também dúvida linguística: plural de pneumotórax.


substantivo masculino [Botânica] Líquido leitoso, às vezes amarelado ou alaranjado, que escorre de certas plantas quando cortadas, especialmente no caule ou nas folhas: do látex da seringueira é que se extrai a borracha.
[Por Extensão] Material produzido artificialmente com este líquido, muito utilizado na indústria para fabricação de preservativos ou na feitura de outros produtos em borracha sintética.
Etimologia (origem da palavra látex). Do latim latex.icis, “água, líquido”.


Látex é um produto do extrativismo vegetal e é uma dispersão estável (emulsão) de micropartículas poliméricas em meio aquoso, e pode ser natural ou sintético.
Na natureza, o látex é encontrado como secreção esbranquiçada, raramente amarelada, produzida por algumas plantas como a papoula, a seringueira, o mamoeiro e o Caucho (castilloa). Quando feridas no caule, as plantas reagem produzindo o látex, que tem a função de, consolidado por oxidação, provocar a cicatrização do tecido lesado.
Largamente utilizado pela indústria para a confecção de preservativos, luvas e drenos cirúrgicos, é um material que pode causar processos alérgicos (dermatite de contato) de intensidade variável.
Na composição dele ocorre, em média, 35% de hidrocarbonetos, destacando-se o 2-metil-1,3-butadieno 1,3 (C5H8) comercialmente conhecido como isopreno, o monômero da borracha. O látex é uma dispersão coloidal estável de uma substância polimérica em um meio aquoso. O látex é praticamente neutro, com pH 7,0 a 7,2, mas quando exposto ao ar por um período de 12 a 24 horas, o pH cai para 5,0 e sofre coagulação espontânea, formando o polímero que é a borracha , representada por (C5H8)n , onde n é da ordem de 10 000 e apresenta massa molecular média de 600 000 a 950 000 g/mol.
Observação importante: Como o látex tem muitas substâncias tóxicas, plantas que o contem representam risco tóxico sério para a saúde, portanto não devem ser consumidas, especialmente quando cruas. Um exemplo é a mandioca-brava, que contém ácido cianídrico, precursor do cianureto, paralisante do sistema respiratório.
Além da borracha em si, o látex serve para a confecção de diversos artefatos produzidos por comunidades tradicionais, tais como sacos encauchados e encauchados de vegetais da Amazônia. Aqueles precisam ser defumados e são aplicações do látex sobre tecidos industrializados. Estes são uma evolução; trata-se apenas de látex com fibras vegetais, originando massa que pode ser moldada na forma de mantas e outros artefatos.




Deixe um comentário