leitor

leitor | adj. s. m. | s. m.
lei·tor |ô| lei·tor |ô|
(latim lector, -oris )
adjectivo e nome masculino adjetivo e nome masculino

1. Que ou aquele que lê.nome masculino

2. Pessoa que lê um livro, um jornal, etc.

3. Aquele que faz profissão de ler em voz alta diante de outras pessoas.

4. Colaborador que lê os manuscritos enviados a um editor.

5. Professor de nacionalidade estrangeira, encarregado, numa universidade, de exercícios práticos sobre a língua do seu país de origem.

6. Aparelho que permite reproduzir sons registados ou informações codificadas e registadas em suporte magnético ou electrónico .

7. [Informática]   [Informática]   Máquina ou dispositivo que permite a introdução de dados num computador a partir de um disco, de uma banda magnética, de uma fita de papel perfurado, etc.

8. [Liturgia]   [Liturgia]   Aquele que recebeu a segunda das quatro ordens menores da hierarquia eclesiástica.


substantivo masculino Aquele que lê para si mesmo; que tem o hábito ou o gosto de ler: é um leitor incansável.
Aquele que lê o que outros escrevem: um romancista que agrada a seus leitores.
Aquele que lê em voz alta diante dos outros.
Colaborador que lê os originais enviados a um editor.
Clérigo que recebeu a segunda das ordens menores.
Professor estrangeiro adjunto.
Aparelho que transforma em impulsos elétricos os sons gravados.


O leitor, na teoria literária, é uma das três entidades da história, sendo as outras o narrador e o autor. O leitor e o autor habitam o mundo real. É função do autor criar um mundo alternativo, com personagens e cenários e eventos que formem a história. É função do leitor entender e interpretar a história. Já o narrador existe somente no mundo da história e aparece de uma forma que o leitor possa compreendê-lo.
Algumas teorias, tanto na literatura como na comunicação, estudam especificamente o leitor. São as teorias da recepção.




Deixe um comentário