lenda

lenda | s. f.
len·da
(latim legenda, o que deve ser lido, plural neutro de legenda, -us, -um, gerundivo de lego, -ere, ler )
nome feminino

1. Narrativa ou tradição escrita ou oral de coisas ou factos fantásticos, muito duvidosos ou inverosímeis . = LEGENDA

2. [Por extensão]   [Por extensão]   Vida de santo. = LEGENDA

3. Indivíduo conhecido por muitos e admirado pelos seus feitos, pelo seu talento ou pelo seu desempenho em determinada área (ex.: lenda do basquetebol; lenda do cinema).

4. [Figurado]   [Figurado]   História, modo de proceder, vida (de alguém).

5. Mentira.

lenda urbana • História, explicação ou fenómeno ficcional relatado e divulgado como verdadeiro, geralmente por alegadamente ter uma fonte ou origem vagamente relacionada com o relator ou divulgador. = MITO URBANO


substantivo feminino História de teor maravilhoso, fantástico ou mirabolante cujos personagens são seres sobrenaturais, geralmente contam ou tem como tema tradições populares, folclóricas: lenda do Curupira.
Narrativa em que fatos históricos são deformados pela imaginação popular ou pela invenção poética: as lendas frequentemente contêm um elemento real, mas às vezes são inverídicas.
História sobre alguém famoso, tendo em conta algo da sua vida ou personalidade, normalmente inventada pela imaginação popular ou pela imprensa: reza a lenda que Elvis Presley não morreu.
Personagem digno de louvor pelos seus feitos e características: Michelangelo Antonioni é uma lenda do cinema.
[Figurado] Qualquer história desprovida de verdade; mentira, engodo.
[Figurado] História aborrecida, que causa tédio; lenga-lenga.
Etimologia (origem da palavra lenda). A palavra lendra deriva do latim medieval legenda, com o sentido de “vida de santo”.


Lenda é uma narrativa fantasiosa transmitida pela tradição oral através dos tempos. De caráter fantástico e/ou fictício, as lendas combinam fatos reais e históricos com fatos irreais que são meramente produto da imaginação aventuresca humana. Uma lenda pode ser também verdadeira, o que é muito importante.
Com exemplos bem definidos em todos os países do mundo, as lendas geralmente fornecem explicações plausíveis, e até certo ponto aceitáveis, para coisas que não têm explicações científicas comprovadas, como acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais. Podemos entender que lenda é uma degeneração do Mito. Como diz o dito popular “Quem conta um conto aumenta um ponto”, as lendas, pelo fato de serem repassadas oralmente de geração a geração, sofrem alterações à medida que são contadas.
Lendas no Brasil são inúmeras, influenciadas diretamente pela miscigenação na origem do povo brasileiro. Devemos levar em conta que uma lenda não significa uma mentira, nem tão pouco uma verdade absoluta, o que devemos considerar é que uma história para ser criada, defendida e o mais importante, ter sobrevivido na memória das pessoas, ela deve ter no mínimo uma parcela de fatos verídicos.
Muitos pesquisadores, historiadores ou folcloristas, afirmam que as lendas são apenas frutos da imaginação popular, porém como sabemos as lendas em muitos povos são “os livros na memória dos mais sábios”.


Deixe um comentário