liturgia




liturgia | s. f.
li·tur·gi·a
(grego leitourgía, -as, serviço público, serviço do culto )
nome feminino

Conjunto das cerimónias eclesiásticas. = RITO


substantivo feminino Reunião dos elementos ou das práticas que fazem parte de um culto religioso, especialmente de uma missa católica.
Conjunto dos modos usados no desenvolvimento dos ofícios e/ou sacramentos; rito ou ritual.
[Religião] Segundo as ciências eclesiásticas, a história do culto católico.
[Por Extensão] Também se pode referir à missa; a própria missa.
Etimologia (origem da palavra liturgia). Do grego leitourgia “função pública”; pelo latim liturgia.


A palavra liturgia (do grego λειτουργία, “serviço público” ou “serviço do culto”) compreende uma celebração religiosa pré-definida, de acordo com as tradições de uma religião em particular; pode incluir ou referir-se a um ritual formal e elaborado (como a Missa Católica) ou uma atividade diária como as salats muçulmanas.A liturgia é considerada por várias denominações cristãs, nomeadamente o Catolicismo Romano, a Igreja Ortodoxa, a Igreja Presbiteriana, a Igreja Batista, a Igreja Metodista e alguns ramos (Igrejas Altas) do Anglicanismo e do Luteranismo, como um ofício ou serviço indispensável e obrigatório. Isto porque estas Igrejas cristãs prestam essencialmente o seu culto de adoração a Deus (a teolatria) através da liturgia. Para elas, a liturgia tornou-se, em suma, no seu culto oficial e público.