metrópole

metrópole | s. f.
me·tró·po·le
(grego metrópolis, -eos )
substantivo feminino

1. Capital de estado ou de arquidiocese.

2. Nação, relativamente às suas colónias ou territórios ultramarinos.

3. Grande centro científico, industrial ou comercial.

4. Cidade de grande importância ou que ocupa uma grande área.


substantivo feminino Cidade principal de um país, de um estado, de uma região; cidade muito grande; capital: Tóquio, no Japão, é uma das maiores metrópoles do mundo.
Cidade grande e de importância no cenário nacional: São Paulo é uma metrópole brasileira.
Local de relevância numa determinada área: metrópole da moda, do cinema.
Numa região ou território, cidade de maior relevância que exerce influências nas demais.
[Figurado] Ponto para o qual tudo converge; foco.
[História] Nação considerada relativamente aos países que dela dependem, falando especialmente de suas colônias.
Etimologia (origem da palavra metrópole). Do grego metrópolis,eos.


Metrópole, do grego metropolis (μήτηρ, mētēr = mãe, ventre e πόλις, pólis = cidade), é o termo empregado para se designar uma cidade que polariza uma complexa rede de municípios, exercendo influências de ordem econômica, política e sociocultural.Em certos países ou estados cujos territórios estão divididos em várias parcelas não contínuas, o termo metrópole designa também o território continental ou central desses países por oposição ao seu território não continental ou ultramarino. O termo é especialmente aplicado, no âmbito de impérios coloniais, para se referir ao território original da potência colonial, por oposição às suas colónias. Assim, por exemplo, até 1975, a Metrópole Portuguesa incluía Portugal Continental, o arquipélago da Madeira e o arquipélago dos Açores, constituindo os restantes territórios o Ultramar Português. Ainda hoje, os territórios franceses situados na Europa constituem a França Metropolitana, enquanto que os restantes constituem as coletividades do Ultramar.
A questão das grandes cidades e culturas extraeuropeias tem sido amplamente estudada pelo investigador alemão Ronald Daus. O termo metrópole, que é de origem grega e chegou ao português através do latim (com essa grafia a partir do século XVII), se referia à capital de uma província. O significado urbano atual é do século XVIII.