necropsia

A palavra necropsia possui uma classificação gramatical sendo um substantivo feminino. Referida palavra possui 09 letras, dentre elas vogais e consoantes. As vogais são: e o i a, já as consoantes são: n c r p s. Por outro lado, dita palavra pode ser escrita de outro modo, ou seja, ao contrário, ficando assim: aisporcen. Além disso, dita palavra refere-se a um procedimento pós morte para identificação e esclarecimento de causa mortis.Significado de necropsia

A palavra necropsia significa ver a si mesmo e é usada como sinônimo de exame de autópsia ou post-mortem. Talvez se o termo fosse melhor explicação, poderia ser dito como o exame post-mortem, porque representa realmente um exame médico depois de vida, cujos objetivos são a busca das causas de morte, a análise da doença de base e os seus efeitos e complicações com aspectos anatômicos e as consequências da intervenção médica. Além disso, é possível fazer um diagnóstico médico final ou definitivo, uma explicação das observações clínicas duvidosas e avaliar um determinado tratamento. Para o cirurgião que realiza dito procedimento revela informações sobre as causas da morte no estado pós-operatório de suturas e na presença de complicações cirúrgicas.

O valor da necropsia que algumas bibliografias podem ser também chamadas de autopsia  e podem ser resumidas nos seguintes pontos:

– Centenas de doenças descobertas e descritas

– Classificações de inúmeras lesões

– Monitoramento da eficácia dos tratamentos médicos

– Fonte de ideias para tratamentos médicos e cirúrgicos

– Verificação de diagnóstico médico

– Fonte de estudantes de ensino de médicos

– Fonte de informação epidemiológica

Por fim, pode-se considerar que a necropsia é o único método de confiança para confirmar o sucesso no diagnóstico médico 70-85% dos casos. No entanto, estudos sistemáticos mostram que 30% dos pacientes falecidos não foram corretamente diagnosticados na vida. A percentagem de “transcendentalismo” desses casos geram implicações prognósticas e terapêuticas de diagnóstico, o que eventualmente poderia ter mudado de forma significativa numa evolução entre 10-12%. Ambos os percentuais mantiveram-se praticamente inalterada nas últimas décadas.

No mesmo sentido, dito termo é insubstituível para a informação fornecida para a realização da certidão de óbito, porque estabelece na maioria das vezes a causa da morte no caso individual. Assim, estabeleceu-se que as infecções por patógenos oportunistas são a primeira causa de morte imediata em pacientes imunocomprometidos e nas últimas décadas a taxa quintuplicou, ou seja, através desse procedimento é que pode ser efetivamente comprovado os valores citados acima.

Ademais, existem dois tipos de autópsia:

Necropsia forense que é realizada por motivos médico-legais, e normalmente é divulgada em casos de maior repercussão ou nas noticias televisivas. A execução é feita por médicos especializados em Medicina Legal. É solicitado pelo juiz, por qualquer morte suspeita de crime e não pode ser rejeitada pelos familiares.

Necropsia clínica é aquela geralmente realizada para determinar não apenas a causa da morte, o que em muitos casos é conhecida, mas todos os processos patológicos que afetam o indivíduo. É para fins de estudo e pesquisa. Ela é realizada por médicos especialistas em patologia. É solicitada pelos médicos que trataram o paciente e devem ser autorizadas pela família.Sinônimos de necropsia

São sinônimos de necropsia as seguintes palavras: autopsia, averiguaçãoAntônimos de necropsia

São antônimos de necropsia as seguintes palavras:Exemplos de usos e frases

Todas as pessoas que falecem por morte violenta são obrigatoriamente submetidas ao exame de necropsia.

João morreu por suspeitas de câncer, porém sem nada comprovado, então a família pediu para ser feito o exame de necropsia.

O profissional habilitado para fazer o exame de necropsia é o médico legista.



Deixe um comentário