oficina

oficina | s. f.
o·fi·ci·na
(latim officina, -ae )
substantivo feminino

1. Casa ou local de trabalho.

2. Dependência de igrejas, etc., destinada a refeitório, despensa ou cozinha.

3. Laboratório.

4. Casa de arrecadação.

5. Estabelecimento comercial que se dedica à manutenção e reparação de veículos. = GARAGEM

6. Aula ou curso prático sobre uma actividade ou um assunto específico (ex.: oficina de escrita, oficina de fotografia). = ATELIÊ


substantivo feminino Local específico para se consertar automóveis: oficina mecânica.
Lugar próprio para elaboração, fabricação ou conserto de máquinas ou outras coisas.
Workshop; curso prático ou seminário intensivo, de pouca duração, em que habilidades artísticas ou intelectuais são exercitadas: oficina de literatura.
[Jornalismo] Artes Gráficas. Numa gráfica, local usado para instalar os equipamentos de composição, de impressão e de acabamento.
Etimologia (origem da palavra oficina). Do latim officina.ae.


A palavra oficina, define o local de uma atividade laboral, principalmente manual ou artesanal, tal como a que desenvolve um eletricista ou mecânico. Provém do latim “opificium”, derivada de “opificis”, artesão, que se formou, por sua vez, mediante a justaposição de “opus”, obra, e “facere”, fazer. Muitas palavras de nossa língua procedem de “opificium” e seus derivados, tais como ofício, oficial, oficioso:

oficina de automóveis, lugar onde se fazem consertos.
Oficina pedagógica, ambiente destinado ao desenvolvimento das aptidões e habilidades, mediante atividades laborativas orientadas por professores capacitados, e em que estão disponíveis diferentes tipos de equipamentos e materiais para o ensino ou aprendizagem, nas diversas áreas do desempenho profissional.Figurativamente, pode relacionar-se com sessões de encontros (meeting) entre profissionais e/ou estudantes para solução de problemas comuns: oficina de literatura; oficina de música; etc.




Deixe um comentário