parábola

parábola | s. f.
pa·rá·bo·la
(latim parabola, -ae, do grego parabolé, -és, comparação, analogia, discurso alegórico, movimento paralelo, parábola )
substantivo feminino

1. Narração alegórica que envolve algum preceito de moral, alguma verdade importante.

2. [Geometria]   [Geometria]   Curva plana cujos pontos distam igualmente de um ponto fixo (foco) e de uma recta fixa (directriz ).

3. [Regionalismo]   [Regionalismo]   Dobadoura com duas ordens de travessas cruzadas.


substantivo feminino Comparação desenvolvida em uma história curta, cujos elementos são eventos e fatos da vida cotidiana e na qual se ilustra uma verdade moral ou espiritual: parábola do filho pródigo.
Geometria. Curva plana com os pontos estão igualmente distantes de um ponto fixo (foco) e de uma reta fixa (diretriz): fazer a bolinha descrever uma parábola.
Etimologia (origem da palavra parábola). Do grego parabolé.és.


Parábola (do grego: παραβολή) é uma seção cônica gerada pela interseção de uma superfície cônica de segundo grau e um plano paralelo à reta geratriz do cone, sendo que o plano não contém esta. Equivalentemente, uma parábola é a curva plana definida como o conjunto dos pontos que são equidistantes de um ponto dado (chamado de foco) e de uma reta dada (chamada de diretriz). Aplicações práticas são encontradas em diversas áreas da física e da engenharia como no projeto de antenas parabólicas, radares, faróis de automóveis.




Deixe um comentário