patricinha

patricinha | adj. f. s. f.
pa·tri·ci·nha
(Patrícia, antropónimo + -inha )
adjectivo feminino e nome feminino adjetivo feminino e nome feminino

[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Diz-se de ou jovem do sexo feminino que exibe comportamento ou aparência considerado como pertencente a uma classe social elevada (ex.: ela é tão patricinha que irrita; não conheço essa patricinha). [Equivalente no português de Portugal: betinha.]Masculino: mauricinho. Masculino: mauricinho.


substantivo feminino [Brasil] Regionalismo. Pej. Menina, adolescente ou jovem que se veste de maneira apurada, se preocupa com a elegância e procura estar em locais da moda.
Etimologia (origem da palavra patricinha). Patrícia + inha.


O termo patricinha (português brasileiro) ou betina (português europeu) é uma gíria que remete a uma mulher que na maioria das vezes é bem cuidada, rica, mimada, consumista, modista, protegida pelos pais e geralmente tem uma ótima autoestima (Às vezes de forma excessiva). Em meados da década de 1990 e no início dos anos 2000, o símbolo das patricinhas foi representado pelos filmes As Patricinhas de Beverly Hills e Meninas Malvadas . Em alguns círculos sociais o termo é usado de forma pejorativa como sinônimo de adolescente esnobe, desagradável e não focada em “Problemas Relevantes”, como política, economia e questões humanitárias, por exemplo.
A gíria pode ter origem em Patrício (em latim: patricius), que originalmente eram os cidadãos que constituíam a aristocracia da Roma Antiga, equivalendo a uma forma de nobreza hereditária.
No Brasil, o equivalente a patricinha na idade adulta costuma ser associado a socialite, uma mulher que alega viver uma vida luxuosa.
Apesar de serem pejorativos, os termos “mauricinho” e “patricinha” designam pessoas que possuem um relativamente elevado nível social e se preocupam com a aparência.
Em inglês, o termo equivalente é Valley girl, referente às garotas de classe média alta na região do Vale de São Fernando em Los Angeles, e popularizado por uma canção homônima de Frank Zappa.


Deixe um comentário