pináculo

pináculo | s. m.
pi·ná·cu·lo
(latim pinnaculum, -i )
nome masculino

1. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]   Parte mais elevada de certos edifícios.

2. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]   Estrutura, geralmente cónica ou pontiaguda, que remata a extremidade de um edifício (ex.: pináculo ornamentado). = ZINGAMOCHO

3. Ponto mais alto de um monte. = CIMO, CUME

4. [Figurado]   [Figurado]   O mais alto grau. = ÁPICE, APOGEU, AUGE, FASTÍGIO


substantivo masculino A parte mais elevada de um edifício, de uma montanha etc.
[Arquitetura] A parte superior de um contraforte. (Sin.: cimo, auge, cume.).
[Figurado] Estar no pináculo, estar numa alta posição ou no poder.


Pináculo é o ponto mais alto de um determinado lugar, um edifício ou uma torre, por exemplo. O pináculo é uma alvenaria empregue como peso no cume de um contraforte ou em forma decorativa como remate. Pode ser coberto por coruchéu.




Deixe um comentário