promessa

promessa | s. f.
pro·mes·sa |é| pro·mes·sa |é|
(latim promissa, plural neutro de promissus, -a, -um, particípio de promitto, -ere, enviar para diante, deixar ir para diante, deixar crescer, garantir, assegurar )
nome feminino

1. Acto ou efeito de prometer. = PROMETIMENTO, PROMISSÃO

2. Declaração em que se anuncia a outrem ou a si mesmo uma acção futura ou intenção de dar, cumprir, fazer ou dizer algo.

3. [Figurado]   [Figurado]   Esperança fundada em aparências.

4. Acordo, oral ou escrito, em que as partes se obrigam a cumprir o estabelecido (ex.: promessa de compra e venda). = COMPROMISSO

5. [Religião]   [Religião]   Oferta ou obrigação a que alguém se compromete perante uma divindade ou um santo para obtenção de uma graça. = VOTO


substantivo feminino Compromisso que alguém assume de fazer, dar ou dizer alguma coisa: fazia promessas para tirar o povo da pobreza.
[Religião] Voto feito aos santos ou a Deus para obter alguma graça: foi à Aparecida pagar sua promessa.
[Figurado] Esperança pautada em aparências, indícios, conjecturas: a promessa de bom tempo.
Ação ou efeito de prometer, de afirmar verbalmente ou por escrito que irá fazer ou dizer alguma coisa.
Etimologia (origem da palavra promessa). Do latim promissa, “prometida”.


Uma promessa (do termo latino primissa, “prometida”) pode ser equiparada a um juramento. Existe para transmitir segurança, pois acredita-se que será cumprida. Usa-se folcloricamente, no entanto, o ato de se cruzar os dedos para se prometer algo falsamente.
Muitas vezes, está associada a uma tradição religiosa, nomeadamente a cristã. Nesta acepção, a promessa consiste no compromisso em se prestar culto a uma entidade específica (um santo, Deus etc.) em agradecimento a um pedido atendido.




Deixe um comentário