quando

quando | adv. | conj.
quan·do
(latim quando )
advérbio

1. No tempo em que; em que ocasião; em que época (ex.: Quando chegou?).conjunção

2. Introduz frases subordinadas adverbiais temporais (ex.: Quando chegou, desfez a mala.).

de quando em quando • O mesmo que de quando em vez.

de quando em vez • Com intervalos; de tempos a tempos. = DE QUANDO EM QUANDO, DE VEZ EM QUANDO

quando de • Na altura em que aconteceu (ex.: encontraram-se quando do debate). = AQUANDO DE

quando mais não seja • Se outra razão não houver (ex.: estou a ler o livro, quando mais não seja por curiosidade). = AO MENOS

quando menos • Na pior das hipóteses; no mínimo; ao menos; pelo menos.

quando muito • Na melhor das hipóteses; no máximo; se tanto.
Ver também dúvida linguística: quando muito / quanto muito.


advérbio Denota ocasião temporal; em qual circunstância: disse que a encontraria, mas não disse quando.
Numa interrogação; em que momento no tempo: quando será seu casamento? Preciso saber quando será seu casamento.
Em qual época: quando partiram?
advérbio Rel. Em que: era na quadra quando as cerejeiras floriam.
conjunção [Gramática] Inicia orações subordinadas adverbiais denotando: tempo, proporção, condição e concessão.
conjunção [Temporal] Logo que, assim que: irei quando puder.
conjunção Prop. À medida que: quando chegaram ao hotel, tiveram muitos problemas.
conjunção [Condicional] Se, no caso de; acaso: só a trata bem quando precisa de dinheiro.
conjunção Conce. Embora, ainda que: vive reclamando quando deveria estar trabalhando.
locução conjuntiva Quando quer que. Em qualquer tempo: estaremos preparados quando quer que venha.
locução conjuntiva Quando mesmo. Ainda que, mesmo que, ainda quando: iria quando mesmo lho proibissem.
Etimologia (origem da palavra quando). Do latim quando.



Deixe um comentário