régia

régia | s. f. fem. sing. de régio regia ré·gi·a
nome feminino

[Linguagem poética]   [Linguagem poética]   Palácio real.
ré·gi·o ré·gi·o
adjectivo adjetivo

1. Próprio do rei; relativo ao rei; real.

2. [Figurado]   [Figurado]   Grandioso, deslumbrante.


substantivo feminino Exploração de certos negócios pelo Estado; monopólio estatal.
Administração de bens submetida à obrigação de uma prestação de contas.
Percepção direta de rendimentos de uma empresa pelo Estado.
Etimologia (origem da palavra regia). Do francês régie.


Régia (em latim: Regia) era uma estrutura religiosa da Roma Antiga situada na borda do Fórum Romano entre o Templo de Vesta e o Templo de Antonino e Faustina. Surgida ainda no tempo dos reis romanos, funcionava como sede de diversos rituais religiosos públicos conduzidos pelo rei das coisas sagradas e pelo pontífice máximo. Juntamente com o Templo de Vesta e a Casa das Vestais, a Régia formava a parte religiosa do Fórum, a leste das partes administrativa (onde ficavam a Cúria, Rostra, Templo de Saturno e Basílicas Emília e Júlia) e comercial.
Segundo a tradição, era residência do segundo rei Numa Pompílio (r. 715–673 a.C.), e o edifício do qual hoje só se conservam as fundações, em formato irregular, foi reconstruído diversas vezes durante a República, preservando seu formato durante o Principado. Abandonada por volta do século IX, foi destruída durante o XVI para reúso de seu mármore em outras construções na cidade. Desde sua redescoberta no século XIX, por diversas vezes foi visitado e estudado por arqueólogos que procuraram esclarecer alguns pontos obscuros a respeito de suas funções originais.




Deixe um comentário