rio




rio | s. m. 1ª pess. sing. pres. ind. de rir
ri·o
(latim vulgar rius, do latim rivus, -i )
nome masculino

1. Grande curso de água natural, quase sempre oriunda das montanhas, que recebe no trajecto águas de regatos e ribeiros, e desagua em outro curso de água, num lago ou no mar.

2. [Figurado]   [Figurado]   Aquilo que corre como um rio ou a ele se assemelha.

3. Grande quantidade de líquido.

4. Grande quantidade de qualquer coisa.

rio de enxurrada • Que só leva água quando chove.
rir rir – Conjugar
(latim rideo, -ere )
verbo intransitivo e pronominal

1. Manifestar o riso.

2. Mostrar alegria ou divertimento. = SORRIR

3. Causar alegria.

4. [Popular]   [Popular]   Fender-se, rasgar-se.verbo transitivo

5. Achar graça a (ex.: rio-me sempre das histórias dele).

6. Fazer troça de ou gozar com. = CHALACEAR, ESCARNECER, GOZAR, GRACEJAR, ZOMBAR


substantivo masculino Curso de água natural que deságua noutro, no mar ou num lago: os rios correm para o mar.
[Figurado] Quantidade considerável de líquido: chorar rios de lágrimas.
[Figurado] Grande quantidade de; excesso: ganhar rios de dinheiro.
expressão Os rios correm para o mar. Diz-se quando a uma pessoa rica sobrevém por acaso algum lucro ou vantagem.
Etimologia (origem da palavra rio). Do latim vulgar rivum.


Um rio (do latim rivus) é um curso de água, usualmente de água doce, que flui por gravidade em direção a um oceano, um lago, um mar, ou um outro rio. Em alguns casos, um rio simplesmente flui para o solo ou seca completamente antes de chegar a um outro corpo d’água. Pequenos rios também podem ser chamados por outros nomes, incluindo córrego, canal, riacho, arroio, riachuelo ou ribeira. Não existe uma regra geral que define o que pode ser chamado de rio, embora em alguns países ou comunidades, um fluxo pode ser definido pelo seu tamanho. Muitos nomes de rios de pequeno porte são específicos para a sua localização geográfica. Um exemplo é o termo “burn”, usado na Escócia e no Nordeste da Inglaterra. Às vezes um rio é considerado maior do que um afluente, mas isso nem sempre é o caso, por causa da imprecisão na linguagem.
O rio faz parte do ciclo hidrológico. A água de um rio é geralmente coletada através de escoamento superficial, recarga das águas subterrâneas, nascentes, e a liberação da água armazenada em gelo natural (por exemplo, das geleiras).