sacada

sacada | s. f. fem. sing. part. pass. de sacar fem. sing. de sacado
sa·ca·da
nome feminino

1. Acto de levar géneros ou mercadorias de uma para outra parte.

2. Saca, exportação.

3. [Antigo]   [Antigo]   Imposto que pagavam os exportadores.

4. Construção que ressalta da face de uma parede ou do nível de outra construção.

5. Balcão de uma janela que ressai da parede.

6. [Hipismo]   [Hipismo]   Sacão; galão.

7. Aquilo que um saco pode conter.

8. Rede de suspensão.

9. Rede de arrasto.

10. Aparelho de pesca do mar alto.
sa·car sa·car – Conjugar
verbo transitivo

1. Tirar à força; arrancar; extrair.

2. Fazer sair.

3. Lucrar; auferir.

4. Ser sacador de letra de câmbio.verbo intransitivo

5. Tirar com violência, puxar por.
sa·ca·do sa·ca·do
adjectivo adjetivo

1. Extraído.nome masculino

2. Aquele a quem o sacador de uma letra de câmbio manda pagar o seu valor.

3. [Brasil]   [Brasil]   Lago marginal onde os rios represam o excedente das suas grandes cheias.


substantivo feminino [Brasil] Informal. Momento inesperado de entendimento ou de extrema clareza que ocorre a alguém; lampejo: aquela jogada foi uma sacada de mestre.
[Brasil] Informal. Ação de entender um problema ou solucionar uma situação complicada: a sacada dele apareceu depois de muito esforço.
Ação ou resultado de sacar; sacadela.
Aquilo que ultrapassa os limites das paredes em construções.
Construção que ressai da fachada de um prédio; balcão de janela.
Movimento que obriga a paragem de um animal de cavalgadura.
Etimologia (origem da palavra sacada). Feminino de sacado.
substantivo feminino Aquilo que cabe ou que pode ser colocado dentro de um saco.
Conjunto composto por vários sacos; sacaria.
[Jurídico] Imposto obsoleto ou antigo.
Etimologia (origem da palavra sacada). Saco + ada.