seringueira

seringueira | s. f. fem. sing. de seringueiro
se·rin·guei·ra
(seringa + -eira )
nome feminino

[Botânica]   [Botânica]   Árvore euforbiácea que produz borracha. = ÁRVORE-DA-BORRACHA, CAUCHU
se·rin·guei·ro se·rin·guei·ro
(seringa + -eiro )
nome masculino

[Brasil]   [Brasil]   Aquele que extrai o látex da seringueira para o converter em borracha. = BORRACHEIRO


substantivo feminino Nome dado a várias espécies de árvores cujo látex é usado na produção de borracha.
Dessas espécies, a mais notável é a seringueira legítima ou árvore-da-borracha.


Hevea brasiliensis L., conhecida pelos nomes comuns de seringueira e árvore-da-borracha, é uma árvore da família das Euphorbiaceae. Apresenta folhas compostas, flores pequeninas e reunidas em amplas panículas. Sua madeira é branca e leve e, de seu látex, se fabrica a borracha. Seu fruto encontra-se em uma grande cápsula com sementes ricas em óleo, que pode servir de matéria-prima para resinas, vernizes e tintas. Por serem ricas em nutrientes, as sementes são usadas na produção de suplementos alimentares. Na atualidade, índios da região amazônica ainda alimentam-se com suas sementes.O profissional que retira o látex da seringueira chama-se seringueiro.
A seringueira é uma árvore originária da bacia hidrográfica do Rio Amazonas, onde existia em abundância e com exclusividade, características que geraram o extrativismo e o chamado ciclo da borracha, período da história brasileira de muita riqueza e pujança para a região amazônica. A espécie foi introduzida no estado da Bahia, no Brasil, por volta de 1906.O ciclo brasileiro da borracha entrou em declínio quando grandes hortos foram plantados por ingleses, para fins de exploração, no continente africano tropical, na Malásia e no Sri Lanka.




Deixe um comentário