bookmark_borderO que é excelência

excelência | s. f.
ex·ce·lên·ci·a |eis| ou |es| ex·ce·lên·ci·a |eis| ou |es|
(latim excellentia, -ae )
substantivo feminino

1. Qualidade do que é excelente.

2. Grau elevado de perfeição, de bondade. = SUPERIORIDADE

3. Forma de tratamento destinada a pessoas nobres ou ilustres, e em geral dada às pessoas consideradas de alta categoria social (ex.: Sua Excelência mandou avisar que chegará com algum atraso) [Abreviatura: Ex.ª].

por excelência • No mais alto grau, com primazia sobre todos.

Vossa Excelência • Forma de tratamento directo formal, nomeadamente em correspondência (ex.: vimos por este meio comunicar a Vossa Excelência o nosso profundo pesar) [Abreviatura: V.ª Ex.ª].


substantivo feminino Característica do que é excelente; em que há excelência; de teor elevado.
Grau máximo de bondade, qualidade ou perfeição: a excelência de um remédio.
[Gramática] Forma de tratamento conferida a quem pertence ao mais alto nível de uma hierarquia social, que ocupa posições ou funções de nível nobre, político, diplomático, eclesiástico ou profissional relevantes; abreviada por Ex.ª.
[Música] Tipo de cântico entoado em velórios.
expressão Por excelência. No mais alto grau.
Etimologia (origem da palavra excelência). Do latim excellentia.ae.


Excelência (do latim excellentia) é o estado ou qualidade de excelente, muito bom e de grandeza.
Como título honorífico foi originário da corte de Bizâncio.Primitivamente era atribuído apenas aos imperadores e aos príncipes de sangue. Quando estes substituíram este título pelo de alteza, o de excelência foi dado a todos aqueles que, sem serem príncipes, estavam revestidos de altas dignidades.Depois de 1834, em Portugal, com o liberalismo, ainda o uso o restringiu bastante nos homens, generalizando-o às senhoras. Depois generalizou-se a todas as pessoas da alta-sociedade. Por fim, com a implantação da República caiu socialmente no desuso e hoje voltou ao ínicial de ser uma actribuição quase apenas das altas dignidades eclesiásticas.


bookmark_borderO que é eficiência

eficiência | s. f.
e·fi·ci·ên·ci·a
(latim efficientia, -ae )
nome feminino

1. Qualidade do que é eficiente.

2. Capacidade para produzir realmente um efeito.

3. Qualidade de algo ou alguém que produz com o mínimo de erros ou de meios. = COMPETÊNCIA ≠ INCOMPETÊNCIA

Antónimo Antônimo Geral: INEFICIÊNCIA


substantivo feminino Capacidade de realizar tarefas ou trabalhos de modo eficaz e com o mínimo de desperdício; produtividade.
Tendência ou aptidão para ser efetivo; capacidade de realizar ou desenvolver alguma coisa demonstrando eficácia; efetividade.
Particularidade demonstrada por pessoas que conseguem produzir um ótimo rendimento, quando realizam alguma coisa; característica do que é eficaz.
Etimologia (origem da palavra eficiência). Do latim efficientia.ae.


Eficiência ou rendimento refere-se à relação entre os resultados obtidos e os recursos empregados. Existem diversos tipos de eficiência, que se aplicam a áreas diferentes do conhecimento.
Eficiência é a capacidade de um administrador para conseguir produtos mais elevados em relação aos insumos necessários para obtê-los. A capacidade de “fazer as coisas direito”.


bookmark_borderO que é permuta

permuta | s. f. 3ª pess. sing. pres. ind. de permutar 2ª pess. sing. imp. de permutar
per·mu·ta
(derivação regressiva de permutar )
nome feminino

Câmbio, troca, substituição, transposição.
per·mu·tar per·mu·tar – Conjugar
(latim permuto, -are, mudar completamente, modificar, trocar )
verbo transitivo

1. Trocar uma coisa por outra.

2. Escambar.

3. Mudar, transferir.

4. Colocar as coisas de diversos modos a respeito umas das outras.

5. [Figurado]   [Figurado]   Fazer participar reciprocamente.

6. Comunicar.

7. Partilhar.


substantivo feminino Troca recíproca; acordo em que as partes trocam entre si propriedades, bens; transferência mútua de alguma coisa entre seus respectivos proprietários: permuta de casas, de bens, de automóveis.
Intercâmbio de ideias, de informações entre indivíduos ou entidades.
Genética. Permutação; troca mútua de fragmentos de cromossomos homólogos que acontece no decorrer da meiose.
Etimologia (origem da palavra permuta). Forma regressiva de permutar.


É o contrato pelo qual as partes se obrigam a dar uma coisa por outra que não seja dinheiro.
É contrato bilateral, oneroso, comutativo, translativo de propriedade no sentido de servir como títulos adquirindo, gerando, para cada contratante, a obrigação de transferir para o outro o domínio da coisa objeto de sua prestação.
São suscetíveis de troca todas as coisas que puderem ser vendidas, não sendo necessário que os bens sejam da mesma espécie ou tenham igual valor.
Em publicidade, permuta designa negociação de espaço ou de tempo de um veículo, em troca de produtos ou serviços do anunciante, dinheiro ou mediante acordo prévio entre as duas partes, sendo seu valor calculado com base no preço líquido da mídia e nos preços do produto ou serviço sem as margens de lucro do comércio.
Artigo 533 do código civil.
Em caso de personalidades, por exemplo, troca-se a divulgação midiográfica (por parte do famoso) pela prestação de serviços ou objetos, dos quais devem ser mostrados em público, com restrição de marcas.


bookmark_borderO que é assessor

assessor | adj. s. m. | s. m.
as·ses·sor |ô| as·ses·sor |ô|
(latim assessor, -oris, ajudante, auxiliar )
adjectivo e nome masculino adjetivo e nome masculino

1. Que ou quem assiste ou assessora.nome masculino

2. Pessoa que tem como função profissional auxiliar um cargo superior nas suas funções. = ADJUNTO, COADJUTOR

3. Juiz substituto.


substantivo masculino Aquele que auxilia, exercendo atividades e/ou cargos com o intuito de ajudar alguém em suas tarefas ou funções, ou substituindo esta pessoa quando ela estiver impedida de exercer seu ofício.
Aquele que, sendo especialista em determinado assunto, ajuda uma pessoa, baseando-se na área de seu conhecimento.
[Por Extensão] Numa empresa estatal ou instituição privada, o cargo de assessor.
[Por Extensão] A pessoa que ocupa o cargo de assessor e exerce as funções que a este cargo estão associadas.
[Por Extensão] Organismo que oferece assessoramento.
adjetivo Capaz de assessorar; que auxilia ou ajuda; que assessora.
Etimologia (origem da palavra assessor). Do latim assossor.oris.


Assessor diz-se da pessoa que tem como função profissional auxiliar um cargo superior nas suas funções. O termo tem origem no latim (assessore). Opera como adjunto, visto que está colocada como assistente nas funções de outrem.
Este profissional geralmente é requisitado para trabalhar em empresas e companhias diversas, inclusive ONGs, órgãos governamentais, etc.
Tanto o letrado que assistia ao juiz leigo para o ajudar ou o letrado que acompanhava os embaixadores também eram chamados assessores.
Na Igreja Católica, faz assessoria para determinadas pastorais, movimentos e setores que é convidado para auxiliar, aconselhar, ajudar, assessorar perante a CNBB, Regional, Diocese, Decanato (Micro-Região), Cidade, Paróquia, Comunidade Eclesial de Base (CEB) e Capelas.
Nas instâncias governamentais legislativas, nos âmbitos federal, estaduais e municipais, os senadores, deputados e vereadores servem-se de assessores para sustentarem suas atividades de encaminhamento à discussão nos plenários e comissões.
Em Administração, segundo a abordagem clássica de Henri Fayol, trata-se do integrante do “staff” ou da equipe de assessoria.


bookmark_borderO que é conformidade

conformidade | s. f.
con·for·mi·da·de
(latim conformitas, -atis )
substantivo feminino

1. Qualidade do que é conforme.

2. Identidade, semelhança ou analogia.

3. Qualidade de quem se conforma com algo. = CONCORDÂNCIA, CONFORMAÇÃO, RESIGNAÇÃO, SUBMISSÃO

em conformidade • De modo conforme; de acordo com algo (ex.: esta acção é irregular e o conselho de disciplina tem de agir em conformidade; o procedimento está em conformidade com o regulamento). = CONFORMEMENTE

nesta conformidade • Segundo o disposto; em cumprimento do estabelecido.


substantivo feminino Qualidade do que se conforma, aceita ou está de acordo com; concordância: não tivemos a conformidade do chefe sobre o projeto.
Que possui uma relação de correspondência, identidade, de compatibilidade na forma, maneira, tipo, natureza: conformidade de opiniões.
Condição de subordinação ou aceitação completa; resignação: vivia em conformidade com os preceitos da igreja.
Sujeição ao que está estabelecido; obediência: conformidade com as leis.
Característica ou condição do que é harmônico, daquilo que combina com outra coisa ou pessoa; harmonia: conformidade de estilos.
expressão Em conformidade com. De modo a aceitar sem questionar: estou em conformidade com suas regras.
Etimologia (origem da palavra conformidade). Do latim conformitas.atis.


Conformidade é o ato de combinar atitudes, crenças e comportamentos para agrupar normas. Sendo a condição de alguém ou grupo de pessoas, de alguma coisa ou um ser, ou de um conjunto deles, estar conforme (do lat., com- “junto” + formare “formar”, “dar forma” = com a mesma forma) o pretendido ou previamente estabelecido por si, por outrem ou entre diferentes pessoas ou grupos de pessoas.
A conformidade pode ser, por exemplo, o atendimento às especificações prometidas a terceiros. Os consumidores esperam que os produtos comprados tenham sua qualidade em conformidade com as especificações declaradas.
Quando se trata de instituições governamentais que atuam na regulação prescritiva, estabelecendo requisitos ou exigências regulatórias para seus entes regulados, a conformidade se dará pelo atendimento destes entes àqueles requisitos ou exigências. O não atendimento das especificações ou requisitos exigíveis, pretendidos, prometidos ou previamente estabelecidos, configura o que usualmente se chama de “não conformidade”.
No relacionamento entre pessoas ou grupos, as crenças ou comportamentos de cada um ficam sujeitos à submissão, por imposição, ou à imitação, por solicitação ou pela expectativas do(s) outro(s) a uma forma, através de processos sutis de influência mútua, mesmo subconscientes ou inconscientes, ou por pressão social ou individual, direta e aberta.
Nos Sistemas da Qualidade, a conformidade se traduz pelo atendimento às especificações do produto ou processo, avaliada por meio de medições, testes ou auditorias.
Um psicólogo de Harvard, Herbert Kelman (1958), identificou três tipos principais de influência social:

Concordância: é a conformidade pública, enquanto conservamos nossas próprias crenças privadas.
Identificação: é a conformidade a alguém de quem gostamos e respeitamos, tal como uma celebridade ou um tio favorito.
Internalização: é a aceitação da crença ou comportamento, tanto pública quanto privadamente.Embora a distinção de Kelman tenha sido muito influente, as pesquisas em psicologia social têm se concentrado principalmente em duas variedades principais de conformidade:

conformidade informacional ou influência social informacional
a conformidade normativa, também conhecida por influência normativa social.Numerosos fatores, tais como tamanho do grupo, unanimidade, coesão, status, compromisso anterior e opinião pública ajudam a determinar o nível de conformidade do indivíduo em relação ao seu grupo.(Aronson, Wilson, e Akert, 2005) A conformidade contribui para a formação e a manutenção de normas sociais. [carece de fontes?]


bookmark_borderO que é mudança

mudança | s. f.
mu·dan·ça
substantivo feminino

1. Acto de mudar.

2. Troca.

3. Alteração, modificação, transformação (física ou moral).

4. Variação.

mudança climática • Conjunto de mudanças significativas, que se mantém por um período longo, nas médias da medição de temperatura, precipitação, vento, marés ou de outros fenómenos relativos ao clima. (Mais usado no plural.) = ALTERAÇÃO CLIMÁTICA


substantivo feminino Alteração ou modificação do estado normal de algo: mudança de caráter.
Modificação ou transferência de alguma coisa, geralmente móveis ou objetos pessoais, para um outro lugar: a mudança ainda vai chegar.
Alteração ou substituição de uma pessoa ou coisa por outra; troca: mudança de funcionário; mudança de time; mudança de firma.
[Mecânica] Alavanca com a qual se realiza a troca das marchas num automóvel; câmbio.
Etimologia (origem da palavra mudança). Mudar + ança.


Uma mudança ou transformação pressupõe uma alteração de um estado, modelo ou situação anterior, para um estado, modelo ou situação futuros, por razões inesperadas e incontroláveis, ou por razões planejadas e premeditadas.
Mudar envolve, necessariamente, capacidade de compreensão e adoção de práticas que concretizem o desejo de transformação. Isto é, para que a mudança aconteça, as pessoas precisam estar sensibilizadas por ela.
Perceber a dinâmica das mudanças é uma necessidade. Viver atualizado é uma questão de sobrevivência e uma maneira de visualizar melhor o futuro, já que os novos tempos exigem uma nova postura de pensamento. Existe um mundo que está acabando e outro que está começando e as pessoas, naturalmente, costumam lidar com isso de maneira defensiva, com temor ou rejeição, na maioria das vezes.
Mesmo pessoas mais esclarecidas e atualizadas revelam-se surpresas com as mudanças sociais, políticas, econômicas, tecnológicas, culturais, ecológicas, etc., que acontecem ao longo da vida. Essas transformações fazem com que a vida não seja um caminho linear em que as pessoas percorram livres e desimpedidas.


bookmark_borderO que é executivo

executivo | adj. | adj. s. m. | s. m.
e·xe·cu·ti·vo |z| e·xe·cu·ti·vo |z|
adjectivo adjetivo

1. Que executa. = EXECUTOR

2. Que realiza, aje ou efectua .

3. Presentâneo, activo , resoluto.

4. Que tem a seu cargo fazer cumprir as leis.

5. Que tem capacidade de decidir e executar.

6. Relativo a execução judicial ou fiscal (ex.: acção executiva).adjectivo e nome masculino adjetivo e nome masculino

7. Que ou quem faz parte da administração de uma empresa (ex.: director executivo).nome masculino

8. Autoridade do Estado, responsável pela execução de leis e afins, pelo Governo e pela administração dos negócios do Estado. = PODER EXECUTIVO

9. Governo ou o conjunto dos governantes de uma nação ou região (ex.: o executivo regional vai reunir amanhã).


substantivo masculino Quem comanda e administra uma empresa ou organização financeira.
Poder Executivo; órgão administrativo formado pelo presidente, seus ministros e secretários, sendo responsável por governar o povo, administrar seus interesses, obedecendo a Constituição.
adjetivo Responsável pela execução, cumprimento das leis, normas ou regulamentos.
[Jurídico] Que encaminha uma ação judicial.
[Jurídico] Diz-se do processo que se inicia com uma ação de penhora.
Executor; capaz de executar ou de realizar.
Ativo; qualidade de quem é decidido, de quem age ou decide facilmente.
Execução fiscal. Cobrança do tributo, imposto ou ônus que não foi pago dentro do prazo estabelecido.
Ver também: legislativo e judiciário.
Etimologia (origem da palavra executivo). Executar + ivo.


Executivo, segundo Drucker, são todos aqueles trabalhadores de conhecimento, gerentes ou profissionais que, em virtude de sua posição ou de seu conhecimento, devem tomar decisões no curso normal de seu trabalho que influam no desempenho e nos resultados da empresa como um todo.é a função de quem executa algo nas áreas administrativas e de grande responsabilidade.
A nível empresarial, é o profissional que exerce cargo de liderança. Ou seja, ele dirige uma empresa, fazendo cumprir as diretrizes desta, e promovendo os desenvolvimentos sociais, financeiros e econômicos. é uma pessoa que tem cargo de chefia, e tem como objetivo o lucro, contratação de empregados, e modernização empresarial. Pode ser utilizado de maneira intercambiável com os termos administrador, gerente, vice-presidente, diretor executivo, CEO, ou simplesmente gestor.


bookmark_borderO que é poder

poder | v. tr. | v. tr. e intr. | v. intr. | v. auxil. | s. m. | s. m. pl.
po·der |ê| po·der |ê| – Conjugar
(latim vulgar *potere, de possum, posse, ser capaz de, poder )
verbo transitivo

1. Ter a faculdade de (ex.: eu posso fazer o que me apetecer).

2. Ter ocasião ou possibilidade de (ex.: não pôde falar com ele ontem).

3. Estar sujeito a (ex.: cuidado que podes cair).

4. Ter autorização ou permissão para (ex.: os filhos dele ainda não podem sair até tarde).

5. Estar em condições para (ex.: posso conduzir porque não bebi álcool).

6. Ter direito, razão ou motivo para (ex.: tenho de ir para casa porque os gatos podem estar com fome).

7. Suportar, tolerar (ex.: ela não pode com os amigos do marido).

8. Ter capacidade ou força para (ex.: não pode ver cenas de violência).

9. Ter autoridade para (ex.: ele acha que pode dizer o que quiser, porque é o patrão).verbo transitivo e intransitivo

10. Ter força física ou moral para (ex.: ainda é novo mas já pode com muitos quilos; não posso com estes sacos; é mulher, mas pode como qualquer homem).verbo intransitivo

11. Ter força, possibilidade, autoridade, influência para (ex.: ela acha que pode e faz).verbo auxiliar

12. Usa-se seguido de infinitivo para indicar possibilidade de ocorrência (ex.: isso pode acontecer) ou pedido de autorização (ex.: posso entrar?).substantivo masculino

13. Possibilidade, faculdade.

14. Força física, vigor do corpo ou da alma.

15. Império, soberania.

16. Mando, autoridade.

17. Força ou influência.

18. Posse, jurisdição, domínio, faculdade, atribuição.

19. Governo de um Estado.

20. Importância, consideração.

21. Grande quantidade, abundância.

22. Força militar.

23. Eficácia, efeito, virtude.

24. [Jurídico, Jurisprudência]   [Jurídico, Jurisprudência]   Capacidade de fazer uma coisa.

25. Mandato, procuração.

26. Meios, recursos.
poderessubstantivo masculino plural

27. Procuração, mandato.

a poder de • À força de.

pátrio poder • [Direito]   • [Direito]   O mesmo que poder paternal .

poder de compra • Capacidade financeira de aquisição de bens e serviços.

poder espiritual • Autoridade eclesiástica.

poder executivo • Autoridade do Estado, responsável pela execução de leis e afins, pelo Governo e pela administração dos negócios do Estado.

poder moderador • Atribuições do chefe de um Estado constitucional.

poder paternal • [Direito]   • [Direito]   Conjunto de direitos e obrigações dos pais em relação aos filhos menores .

poder radiante • Faculdade que têm os corpos mais quentes que o meio ambiente de emitir calor por meio de radiação.

poder temporal • Autoridade civil; soberania política; braço secular.


verbo transitivo direto e intransitivo Possuir a capacidade ou a oportunidade de: podemos fazer o trabalho; mais pode o tempo que a pressa.
verbo transitivo direto, transitivo indireto e intransitivo Ter habilidade (física, moral ou intelectual) de; exercer influência sobre: ele pode nadar muitos quilômetros; o diretor pensa que pode.
verbo transitivo direto Ser autorizado para; ter permissão para: os adolescentes não podem beber.
Possuir o necessário para: eles podiam trabalhar.
Estar sujeito a: naquele temporal, o atleta pode se machucar.
Ter possibilidade(s) para alcançar (alguma coisa); conseguir: com a queda do adversário, o oponente pôde ganhar.
Demonstrar calma e paciência para: ele está sempre agitado, não se pode acalmar nunca?
Possuir excesso de vigor para: eles puderam vencer os obstáculos.
Estar autorizado moralmente para; ter um pretexto ou justificação para: tendo em conta seu excesso de conhecimento, podia conseguir o emprego.
Possuir características necessárias para aguentar (alguma coisa): nunca pôde ver acidentes.
Possuir a chance ou a vontade de: não puderam entrevistar o presidente.
Demonstrar controle acerca de: o professor não pode com os alunos desobedientes.
substantivo masculino Autorização ou capacidade de resolver; autoridade.
Ação de governar um país, uma nação, uma sociedade etc.: poder déspota.
Esse tipo de poder caracterizado por seus efeitos: poder presidencial.
Capacidade de realizar certas coisas; faculdade: nunca teve o poder de fazer amigos.
Superioridade absoluta utilizada com o propósito de chefiar, governar ou administrar, através do uso de influência ou de obediência.
Ação de possuir (alguma coisa); posse.
Atributo ou habilidade de que alguma coisa consiga realizar certo resultado; eficácia: o poder nutritivo do espinafre é excelente.
Característica ou particularidade da pessoa que se demonstra capaz de; perícia: o palestrante tinha o poder de encantar o público.
Excesso de alguma coisa; abundância: um poder de tiros que se alastrou pelo bairro.
Força, energia, vitalidade e potência.
Etimologia (origem da palavra poder). Do latim possum.potes.potùi.posse/potēre.


Poder (do latim potere) é a capacidade de deliberar arbitrariamente, agir, mandar e também, dependendo do contexto, a faculdade de exercer a autoridade, a soberania, o império. Poder tem também uma relação direta com capacidade de se realizar algo, aquilo que se “pode” ou que se tem o “poder” de realizar ou fazer.
Desde os primórdios da humanidade as relações entre indivíduos/grupos se deram visando o poder, o monopólio, seja ele económico, militar ou qualquer outro. Uma relação de poder pode se formar por exemplo, no momento em que alguém deseja algo que depende da vontade de outra pessoa. Esse desejo estabelece uma relação de dependência de indivíduos ou grupos em relação a outros. Quanto maior a dependência de A em relação a B, maior o poder de B em relação a A.


bookmark_borderO que é secretariado

secretariado | s. m. masc. sing. part. pass. de secretariar
se·cre·ta·ri·a·do
(secretário + -ado )
nome masculino

1. Cargo ou dignidade de secretário.

2. Tempo que dura o exercício dessas funções.

3. Lugar onde o secretário as exerce.
se·cre·ta·ri·ar se·cre·ta·ri·ar – Conjugar
(secretário + -ar )
verbo transitivo e intransitivo

1. Exercer as funções de secretário.verbo transitivo

2. Ser secretário de.


substantivo masculino Emprego, funções ou dignidade de secretário; secretaria: assumir o secretariado; fazer um curso de secretariado.
Lugar onde o secretário faz o expediente e conserva os registros e arquivos cuja guarda lhe está confiada.
Tempo que duram as funções de secretário.
O conjunto dos secretários de Estado; o ministério.
[Brasil] Curso equivalente ao colegial e ao normal em que os estudantes se preparam para ser secretários, estudando línguas, datilografia, taquigrafia, relações públicas etc.


O termo secretariado vem do latim secretarium que significa lugar retirado, conselho privado. Secretariado envolve diversas atividades como assessoria de empresas/empresários, planejamento, controle de arquivos, correspondências, organização de eventos, acompanhamento de reuniões, entre outros. O Secretariado é representado pela imagem de uma pena sobre um livro e uma serpente enrolada em um bastão. A pena do livro representa a história da secretária, cuja atuação sempre esteve vinculada ao ato de escrever. A serpente enrolada no bastão, representando o Oriente, está relacionada com a sabedoria que pode ser usada tanto para construir como para destruir.


bookmark_borderO que é descentralização

descentralização | s. f. derivação fem. sing. de descentralizar
des·cen·tra·li·za·ção
nome feminino

1. Acto ou efeito de descentralizar.

2. Sistema oposto à acumulação dos poderes no governo central. = CENTRALISMO

Antónimo Antônimo Geral: CENTRALIZAÇÃO
des·cen·tra·li·zar des·cen·tra·li·zar – Conjugar
verbo transitivo

1. Dar certos poderes às colectividades locais.

2. Disseminar por todo o país as administrações, indústrias, organismos, etc., que se encontravam agrupadas no mesmo lugar.

Antónimo Antônimo Geral: CENTRALIZAR


substantivo feminino Ato ou efeito de descentralizar, de afastar do centro; descentração.
[Política] Sistema administrativo que busca transferir certos poderes e competências, característicos do poder central e concentrados num só lugar, para outros setores menores, periféricos ou locais.
[Política] Ação de implementar, de tornar possível esse sistema.
[Política] Atribuição de poderes às instâncias locais.
Etimologia (origem da palavra descentralização). Descentralizar + ção.


A descentralização caracteriza-se quando um poder antes absoluto, passa a ser repartido. Por exemplo, quando uma pessoa ou um grupo tinha um poder total e absoluto, e depois é repartido este poder com outras pessoas ou outros grupos, ou seja, ele foi descentralizado e repartido.