bookmark_borderO que é funcional

funcional | adj. 2 g.
fun·ci·o·nal
(francês fonctionnel )
adjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

1. Relativo às funções vitais.

2. Que funciona bem ou que é de fácil utilização. = PRÁTICO

3. Que permite efectuar alguma coisa da melhor maneira. = OPERACIONAL ≠ INOPERACIONAL


adjetivo Desenvolvido ou executado para ser eficaz, para obter o máximo de próprias capacidades, para ser prático, útil; utilitário, eficaz.
Referente às funções vitais, necessárias à manutenção da vida.
Próprio dos funcionários que exercem suas funções em instituições públicas.
Concernente às funções orgânicas ou matemáticas: perturbações funcionais; equações funcionais.
Que responde a uma função determinada: arquitetura funcional.
Relativo a funcionário ou função: atribuições funcionais.
[Química] Que concerne a uma função química: agrupamento funcional.
expressão Cálculo funcional. Parte da lógica que trata das funções proposicionais e da aplicação dos quantificadores a essas funções. (Entre as teorias elaboradas no interior do cálculo funcional, duas têm grande importância: o cálculo das classes e o cálculo das relações.).
Perturbações funcionais. Perturbações que são devidas ao funcionamento irregular de um órgão.
Etimologia (origem da palavra funcional). Do francês fonctionnel.


Em matemática, em especial álgebra linear e análise, define-se como funcional, toda função cujo domínio é um espaço vetorial e a imagem é o corpo de escalares. Intuitivamente, pode-se dizer
que um funcional é uma “função de uma função”.
Há autores que exigem que um funcional seja linear por definição, deixando o termo aplicação não-linear para designar tais funcionais não lineares.
A história, no entanto, consagrou o termo funcional de Minkowski para certas funções não lineares definidas em espaços vetoriais topológicos localmente convexos.


bookmark_borderO que é dimensão

dimensão | s. f. | s. f. pl.
di·men·são
(latim dimensio, -onis )
substantivo feminino

1. Medida (comprimento, largura ou altura).

2. [Álgebra]   [Álgebra]   Grau de uma potência ou de uma equação.
dimensõessubstantivo feminino plural

3. Tamanho, proporções, grandeza.


substantivo feminino Extensão medível que define a porção ocupada por um corpo; tamanho.
Sentidos que compõem essa extensão (altura, largura e profundidade ou espessura).
[Figurado] Capacidade de ser útil, de cumprir um propósito ou necessidade; importância: a dimensão de uma iniciativa.
[Figurado] Âmbito significativo de algo real ou abstrata: dimensão econômica.
[Matemática] Num espaço vetorial, os números de vetores que compõem a sua base.
[Geometria] Número mínimo necessário de coordenadas para que a determinação unívoca de ponto(s) num espaço seja realizada.
[Matemática] Numa representação matricial de um grupo, a sequência ordenada das matrizes; grau.
Etimologia (origem da palavra dimensão). Do latim dimensio.onis.


Na física e na matemática, a dimensão de um espaço matemático (ou objeto) é informalmente definida como o número mínimo de coordenadas necessárias para especificar qualquer ponto dentro dela.[nota 1] Assim, uma reta tem uma dimensão de um (1) porque apenas uma coordenada é necessária para especificar um ponto nela – por exemplo, o ponto no 5 em uma reta numérica. Uma superfície como um plano ou a superfície de um cilindro ou esfera tem uma dimensão de dois porque duas coordenadas são necessárias para especificar um ponto nela – por exemplo, uma latitude e uma longitude são necessárias para localizar um ponto na superfície de uma esfera. O interior de um cubo, um cilindro ou uma esfera é tridimensional porque são necessárias três coordenadas para localizar um ponto dentro desses espaços.
Na mecânica clássica, espaço e tempo são categorias diferentes e referem-se a espaço e tempo absolutos. Essa concepção do mundo é um espaço de quatro dimensões, mas não o que foi considerado necessário para descrever o eletromagnetismo. As quatro dimensões do espaço-tempo consistem em eventos que não são absolutamente definidos espacial e temporalmente, mas são conhecidos em relação ao movimento de um observador. O espaço de Minkowski primeiro se aproxima do universo sem gravidade; as variedades pseudo-riemannianas da relatividade geral descrevem o espaço-tempo com a matéria e a gravidade. Dez dimensões são usadas para descrever a teoria das cordas, onze dimensões podem descrever a supergravidade e a teoria-M, e o espaço de estados da mecânica quântica é um espaço de função de dimensão infinita.
O conceito de dimensão não se restringe a objetos físicos. Espaços de alta dimensão frequentemente ocorrem na matemática e nas ciências. Eles podem ser espaços de parâmetros ou espaços de configuração, como na mecânica lagrangiana ou hamiltoniana; estes são espaços abstratos, independentes do espaço físico em que vivemos.