bookmark_borderO que é bola

bola | s. f. bola | s. f. | s. f. pl. | interj. 3ª pess. sing. pres. ind. de bolar 2ª pess. sing. imp. de bolar
bo·la |ô| bo·la |ô| 2
(alteração de bolo )
nome feminino

1. Pão pequeno, redondo e chato.

2. Bolo ou pão feito geralmente com carnes (ex.: bola de chouriço).

3. Queijo grande e fresco de leite de ovelha.

4. [Informal]   [Informal]   O mesmo que palmatoada.Confrontar: bula.

bo·la |ó| bo·la |ó| 1
(latim bulla, -ae, bolha de ar )
nome feminino

1. Objecto redondo ou oval, geralmente feito de borracha, couro ou material semelhante, cheio de ar, com que se podem praticar vários desportos como andebol , basquetebol, futebol, hóquei, râguebi , etc. (o seu tamanho depende da modalidade a que se destina).

2. Qualquer objecto de formato arredondado.

3. [Farmácia]   [Farmácia]   Pílula de grande tamanho, geralmente de consistência pastosa. = BOLO, BÓLUS

4. [Informal]   [Informal]   Jogo de futebol (ex.: foram ver a bola no café).

5. [Informal]   [Informal]   Cabeça; juízo.

6. [Informal]   [Informal]   Pessoa baixa e gorda.

7. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Dinheiro que se oferece a alguém em troca de favor ou negócio lucrativo, geralmente ilícito. = SUBORNO
bolasnome feminino plural

8. Rodelas combustíveis feitas com cisco de carvão.

9. [Informal]   [Informal]   Testículos.

10. [Brasil]   [Brasil]   Espécie de laço.

11. [Brasil]   [Brasil]   [Zoologia]   [Zoologia]   Tatu.interjeição

12. Exprime enfado, irritação (ex.: bolas, já não cheguei a tempo).

bola da vez • [Brasil]   • [Brasil]   • [Jogos]   • [Jogos]   Bola que deve ser metida no buraco, em jogos de bilhar e afins.

bola de capão • [Informal]   • [Informal]   Bola de couro, geralmente por oposição a bolas improvisadas, feitas geralmente de trapos.

bola de cristal • Esfera de vidro ou cristal, usada alegadamente para fazer previsões.

bola de gude • [Brasil]   • [Brasil]   Pequena esfera usada no jogo do berlinde . = BERLINDE

bola de neve • Aquilo que aumenta progressivamente.

bola suíça • Bola insuflável de borracha, de grandes dimensões, usada em exercícios físicos e fisioterapia.

jogo da bola • Certo jogo em que se derrubam paulitos com bolas grandes de pau.

não ir à bola com • Não gostar de; implicar com.

picar a bola • Impelir a bola com o taco.

• Dar um toque na bola de forma a provocar um efeito especial.Confrontar: bula.

bo·lar bo·lar 2
(bolo + -ar )
adjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

Diz-se da terra argilosa, também chamada bolo-arménio .
bo·lar bo·lar 1- Conjugar
(bola + -ar )
verbo transitivo

1. Acertar (no alvo) com a bola. = SERVIR

2. Atingir com bola.

3. Dar a forma de bola a. = ABOLAR, BOLEAR

4. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Conceber, inventar (ex.: bolei um plano fantástico).

5. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Compreender, entender (ex.: você bolou alguma coisa do que ela escreveu?).verbo intransitivo

6. [Desporto]   [Esporte]   Lançar a bola em jogo.

7. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Ter sucesso ou lucro; ser bem-sucedido. = ACERTAR


substantivo feminino Objeto, geralmente esférico, para ser atirado, batido, chutado, empurrado, carregado, rolado ou arremessado, dependendo do jogo em que está sendo usada. As bolas podem ser duras ou macias, maciças ou cheias de ar. Mais de 30 esportes importantes são jogados com bola. Entre eles estão o futebol, o basquetebol e o beisebol.


A bola é um objeto utilizado para lazer de uma pessoa e em diversos desportos. A bola é geralmente esférica, mas pode ter outras formas, como a oblonga (apenas em poucos casos em especial, como a bola de rúgbi) ou a quadrada (que é usada no dominó). A bola pode ser oca e repleta de ar, como a bola de futebol, ou sólida, como a bola de bilhar ou de golfe. Na maioria dos jogos, as jogadas acontecem em função do estado da bola sendo acertada, chutada, ou arremessada pelos jogadores.
Bolas eram usadas em tempos antigos por povos como os egípcios, gregos, romanos, astecas e os povos que os precederam na América Central.


bookmark_borderO que é berlinde

berlinde | s. m.
ber·lin·de
(origem obscura )
nome masculino

1. [Portugal]   [Portugal]   [Jogos]   [Jogos]   Jogo com pequenas bolas de pedra ou vidro, que se tentam fazer cair em buracos escavados na terra. = CAROLO, GUELAS

2. [Portugal]   [Portugal]   [Jogos]   [Jogos]   Bola de vidro ou pedrinha redonda com que se joga esse jogo.

3. [Portugal]   [Portugal]   [Jogos]   [Jogos]   Pequena esfera usada nesse jogo. = CAROLO, GUELAS

Sinónimo Sinônimo Geral: BELINDRE, BELINDRO


substantivo masculino Ver belindre.


Berlinde (português europeu) ou bola de gude (português brasileiro) é uma pequena bola de vidro maciço, pedra ou metal, que pode ser translúcida, manchada ou intensamente colorida, de tamanho variável, usada em jogos infantis.Também é conhecida, entre outros, pelos seguintes nomes: burca, burquinha, baleba, bila, biloca, bilosca, bolinha de gude, bolita, boleba, bugalho, bulica, burica, cabeçulinha (pronunciada “cabiçulinha”), carambola, carambolinha, carolo, clica, fubeca, guelas, peca (pronunciada “pêca”), peteca, pilica, pinica, quilica, tilica e ximbra.As modalidades são tão variadas quanto os nomes que o berlinde recebe, variando de cidade para cidade, de rua para rua, de acordo com a criatividade das crianças. Uma das brincadeiras mais popularizadas (o jogo de bolinhas praticado nas histórias da Turma da Mônica) consiste em um círculo desenhado no chão, onde os jogadores devem, com um impulso do polegar, jogar a bolinha. Os jogadores seguintes devem acertar a bolinha, e se conseguirem retirá-la do círculo, elas se tornam suas. Vence aquele que ficar com as bolinhas de seus companheiros.
Em outras modalidades, faz-se uma cova ou buraco no chão. O buraco também tem diferentes nomes em diferentes localidades: búraca, búlico, búlica, búrica, oca, etc.


bookmark_borderO que é estilingue

estilingue | s. m.
es·ti·lin·gue
(origem obscura )
nome masculino

[Brasil: Sul, Goiás]   [Brasil: Sul, Goiás]   Forquilha de madeira ou metal munida de elástico com que se atiram pequenas pedras. = FISGA


substantivo masculino Arco atirador com elásticos presos pelas extremidades que, sendo ativado por um gatilho, arremessa pedrinhas, bolas de argila; atiradeira, badoque, bodoque.
Etimologia (origem da palavra estilingue). De origem questionável.


Estilingue, também chamado atiradeira, chiloida, baleadeira, baladeira, funda, bodoque e badogue em partes do Brasil, fisga ou cetra em Portugal e fisga e xifuta em Angola, é um tipo de atiradeira – um objeto usado para o disparo de projéteis, impulsionado por força mecânica manual, com auxílio de elásticos. As formas clássicas de estilingue são construídas com um galho de árvore forquilhado, em forma de “Y”, munido de tiras elásticas. Sua história, portanto, não remonta a épocas anteriores à invenção da borracha. Estilingues, em boa parte de sua história inicial, eram artesanais, feitos pelo próprio dono; todavia, a partir do início do século XX começou-se a produção em grande escala para venda, o que contribuiu para surgirem estilingues de outros formatos e de outras matérias primas como madeira entalhada, plástico ou metal.


bookmark_borderO que é chocalho

chocalho | s. m. 1ª pess. sing. pres. ind. de chocalhar
cho·ca·lho
(choca + -alho )
nome masculino

1. Campainha ou sino que se põe ao pescoço dos bois, cabras, etc.

2. Objecto oco com pedrinhas dentro, que soam quando se agitam.

3. Brinquedo de criança de colo, de várias formas, cores e materiais, dotado de uma pega, que produz som quando se abana.

4. [Figurado]   [Figurado]   Indivíduo falador e intriguista. = CHOCALHEIRO, LINGUAREIRO
cho·ca·lhar cho·ca·lhar – Conjugar
(chocalho + -ar )
verbo transitivo

1. Agitar um corpo para fazer soar o que ele tem dentro.

2. Agitar líquido encerrado em recipiente. = VASCOLEJAR

3. [Figurado]   [Figurado]   Divulgar.verbo intransitivo

4. Emitir (o corpo oco) um som produzido pelo que mexe no interior.

5. Soar como chocalho.

6. [Figurado]   [Figurado]   Rir às gargalhadas.

7. Dar à língua (não calando o que sabe).


substantivo masculino Campainha, de formato semelhante ao de um pequeno sino, que se coloca no pescoço de animais, geralmente do gado ou bestas de carga, para que, pelo retinir do badalo, se possa localizá-los.
Pequeno brinquedo, com badalo ou espécies de guizos, que faz um leve ruído, quando agitado, e que se dá a crianças desde que começam a brincar.
Vaso ou cabaça com pedras dentro, que serve para produzir som que imita o de um chocalho.
Órgão sonoro da cascavel, formado de peles ressecadas na extremidade da cauda.
Andar com chocalho, mexericar, espalhar boatos.


Chocalho é o nome genérico para vários instrumentos musicais, mais precisamente idiofones de agitamento, que consistem num recipiente oco que contém pequenos objetos no seu interior. Entre os instrumentos que se podem considerar como chocalhos, temos o chocalho propriamente dito, as maracas, o ganzá, o caxixi, o xique-xique etc..
Em Portugal, “chocalho” também é definido como campainha, sino, ou campana que se põe ao pescoço dos bois, cabras, etc., sendo a sua manufactura, a Arte chocalheira, considerada Património Cultural Imaterial da Humanidade desde 2015.O chocalho propriamente dito consiste num cilindro comprido oco, geralmente de metal, com objetos no seu interior (conchinhas, missangas, sementes etc.). O som é produzido agitando o instrumento, de modo que os objectos no seu interior se choquem com as paredes internas. É muito usado no samba e na bossa nova e em festas populares brasileiras, como o carnaval brasileiro. A partir da década de 1950, começou a ser muito difundido em conjuntos musicais.
As maracas são chocalhos típicos de alguns povos ameríndios.
Os chocalhos pode ser confeccionados também artesanalmente, com latas e pedras.

No Brasil, a palavra “chocalho” também é utilizada para designar uma soalheira usada em batucadas de samba.
Existem também chocalhos de plástico, para entreter bebês.