bookmark_borderO que é cabeça

cabeça | s. f. | s. 2 g. | adj. 2 g. 2 núm.
ca·be·ça |ê| ca·be·ça |ê|
(latim vulgar capitia, do latim caput, -itis, cabeça )
nome feminino

1. Parte do corpo humano que assenta no pescoço.

2. Parte da cabeça que no estado normal é coberta de cabelo.

3. Parte anterior dos animais.

4. Parte superior e mais grossa de um objecto .

5. Parte anterior, topo.

6. Alto, princípio.

7. Pessoa.

8. Animal, peça viva.

9. Ponto principal, capital, sede.

10. [Construção]   [Construção]   Pedra grossa que se põe onde a construção exige mais resistência.

11. [Encadernação]   [Encadernação]   Parte superior do livro, oposta ao pé.

12. [Tipografia]   [Tipografia]   Parte superior de uma página impressa.

13. Termo de um livro oposto ao encerramento.

14. Sede das capacidades intelectuais, da memória, das emoções e das decisões (ex.: tem juízo nessa cabeça).

15. [Figurado]   [Figurado]   Capacidade para agir racional ou sensatamente (ex.: não tenho cabeça para isso). = DISCERNIMENTO, JUÍZO, TALENTO, TINOnome de dois géneros

16. Pessoa ou entidade que dirige ou está à frente de algo. = CHEFE, LÍDERadjectivo de dois géneros e de dois números adjetivo de dois géneros e de dois números

17. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Que demonstra cultura ou inteligência (ex.: teatro cabeça).

cabeça de burro • Pessoa estúpida.

cabeça de proa • [Brasil]   • [Brasil]   • [Náutica]   • [Náutica]   Figura de proa nas embarcações à vela com forma de cabeça. = CARRANCA

de cabeça • Sem pensar nas consequências .

• Sem auxílio de mais nada senão o raciocínio (ex.: fazer contas de cabeça).

meter a cabeça na areia • Ignorar ou fingir não ver problemas ou dificuldades.

passado da cabeça • [Portugal, Informal]   • [Portugal, Informal]   Doido, maluco. = PASSADO

passar-se da cabeça • [Portugal, Informal]   • [Portugal, Informal]   Perder a calma ou o juízo; ficar transtornado ou doido. = PASSAR-SE DA MARMITA, PIRAR

perder a cabeça • Enervar-se muito; não conseguir manter a calma (ex.: era difícil não perder a cabeça com tantas provocações).

• Ter grande entusiasmo em relação a alguma coisa.


substantivo feminino Extremidade superior do corpo do homem e anterior do de um animal, que contém o cérebro e os órgãos de vários sentidos: a cabeça compõe-se do crânio e da face.
Especialmente, o crânio: quebrar a cabeça.
Tudo quanto tem alguma relação de situação ou de forma com a cabeça: cabeça de alfinete.
Começo: a cabeça de um capítulo.
Parte de um órgão mecânico ou de um conjunto que tem ação particular.
[Figurado] Espírito, imaginação: ter uma coisa na cabeça.
Razão, sangue-frio: perder a cabeça.
Indivíduo: pagar tanto por cabeça.
Vida: isso custou-lhe a cabeça.
Caráter, inteligência: boa, má cabeça.
Vontade: seguir sua própria cabeça.
Direção, autoridade: a cabeça de uma empresa.
Militar Elemento mais avançado de uma coluna.
Perder a cabeça, não se dominar; exaltar-se.
Ter a cabeça no lugar, ter juízo, bom senso.
Baixar a cabeça, humilhar-se, envergonhar-se.
Curvar a cabeça, submeter-se.
De cabeça, de memória.
Virar a cabeça, perturbar mentalmente; fazer adotar outras opiniões.
substantivo masculino Chefe: o cabeça da revolução.


Na sua acepção mais comum, a cabeça é a parte de um animal onde se aloja uma grande quantidade dos órgãos dos sentidos, o cérebro e a boca.


bookmark_borderO que é garganta

garganta | s. f.
gar·gan·ta
(origem duvidosa )
substantivo feminino

1. [Anatomia]   [Anatomia]   Parte situada entre o esófago e a boca.

2. [Anatomia]   [Anatomia]   Parte anterior do pescoço.

3. Órgão que produz a voz.

4. [Figurado]   [Figurado]   Voz de cantor.

5. Acto ou dito de quem exibe feitos inventados ou exagerados. = BAZÓFIA, FANFARRONICE, GABAROLICE

6. Abertura estreita.

7. [Geografia]   [Geografia]   Passagem estreita e profunda entre montanhas; vale muito encaixado. = CANHÃO, DESFILADEIRO, ESTREITO

8. Boca de poço.

9. Parte superior de um candeeiro, da lanterna, etc.

10. [Agricultura]   [Agricultura]   Parte do timão do arado que se fixa ao dente pela teiró e cunha.

11. [Agricultura]   [Agricultura]   Gomo situado perto do olho (da cana-de-açúcar) que cresceu pouco antes da maturação e ainda está verde.

molhar a garganta • [Informal]   • [Informal]   Tomar uma pequena porção de bebida, geralmente alcoólica. = MOLHAR A GOELA, MOLHAR O BICO


substantivo feminino Conjunto de órgãos localizados no pescoço, adiante da coluna vertebral.
As partes que a compõem são importantes para as funções da respiração e deglutição. Na garganta se incluem a faringe, a laringe, parte do esôfago e da traquéia. Quando qualquer dessas partes inflama, o indivíduo sente dor de garganta.


Na anatomia, a garganta é a parte do pescoço anterior à coluna vertebral. Ela é formada pela faringe e laringe. Uma estrutura importante da garganta é a epiglote, que separa o esôfago da traqueia e previne a inalação de alimentos ou bebidas.


bookmark_borderO que é face

face | s. f.
fa·ce
(francês face, do latim popular facia, do latim facies, -ei, forma exterior, aparência, beleza )
nome feminino

1. Cada uma das partes laterais da cara, rosto.

2. Parte anterior (de uma peça de metal, de madeira ou de pedra aparelhada); frente.

3. Cada uma das superfícies de um sólido.

4. Lado da cara (de uma moeda ou medalha).

5. Direito (dos tecidos).

6. Superfície, flor, tona.

7. [Figurado]   [Figurado]   Aparência, mostras, demonstração exterior (de um afecto ).

8. Presença.

9. Estado, situação (que os sucessos tomam, ou com que se apresentam).

à face de • Perante.

em face de • Perante.

face a face • Defronte e próximo; de frente (ex.: naquele momento, estavam face a face pela primeira vez). = FRENTE A FRENTE

fazer face a • Estar voltado para determinado lugar ou ponto.

• Enfrentar situação perigosa ou complicada.

• Não aceitar, não ceder. = OPOR-SE, RESISTIR

• Atenuar uma situação problemática ou inconveniente. = REMEDIAR

• Custear, pagar.

perder a face • Ficar desacreditado ou malvisto. = PERDER A CARAConfrontar: fase.


substantivo feminino Junção das partes laterais que compõe o rosto; rosto, semblante.
Cada parte lateral da cara; a maçã do rosto.
[Por Extensão] Cada um dos lados de um objeto, coisa ou sólido geométrico: face de uma moeda, de um diamante, de um tecido.
Aparência exterior de algo ou de alguém; aspecto.
O que está no exterior de; superfície: face da terra.
Âmbito específico que está sendo discutido: face da questão.
[Zoologia] Parte da frente da cara de um animal.
[Geometria] Superfície de aspecto plano que limita um poliedro (sólido composto por polígonos planos, com 4 ou mais lados).
expressão [Figurado] Fazer face a. Prover, suprir: fiz face às despesas; enfrentar, resistir: fiz face ao invasor.
locução adverbial Face a face. Defronte, frente a frente: ficou face a face com o adversário.
locução prepositiva Em face de. Em virtude de; diante de: em face dos últimos acontecimentos, o evento será cancelado.
Etimologia (origem da palavra face). Do latim facies.es.


Face (do termo latino facie[carece de fontes?]), também conhecida como rosto, é a parte frontal da cabeça, onde se encontram o nariz, olhos, boca, bochechas etc.


bookmark_borderO que é olho

olho | s. m. | s. m. pl. 1ª pess. sing. pres. ind. de olhar
o·lho |ô| o·lho |ô|
(latim oculus, -i )
substantivo masculino

1. [Anatomia]   [Anatomia]   Cada um dos dois órgãos da visão. = VISTA

2. Expressão do olhar.

3. Atenção, vigilância.

4. Perspicácia, sagacidade.

5. Abertura, furo.

6. Aro para o cabo de uma ferramenta.

7. Buraco ou cavidade no queijo e em outras substâncias esponjosas.

8. Orifício do batoque.

9. Buraco da fieira.

10. Saliência esférica.

11. [Botânica]   [Botânica]   Conjunto de folhas que formam o centro de certos vegetais (ex.: olho da couve).

12. [Botânica]   [Botânica]   Ponto de que há-de sair cada grelo do tubérculo e cada gomo do vegetal. = GEMA

13. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]   Vão ou abertura nos pilares das pontes entre arco e arco. = OLHAL

14. Fojo, sorvedouro.

15. [Tipografia]   [Tipografia]   Claro circunscrito pelos traços da letra.

16. [Tipografia]   [Tipografia]   Espessura da letra (no tipo de imprensa).

17. Gota gordurosa que sobrenada num líquido.

18. Buraco na mó superior de um moinho.

19. Abertura por onde entra a água para a roda da azenha.

20. Vão da malha da rede.
olhossubstantivo masculino plural

21. Óculos.

abrir os olhos a • Tirar alguém da ignorância ou ilusão em que estava.

a olho • Calculando só pela vista.

a olho nu • Sem o uso de um instrumento óptico . = À VISTA DESARMADA

a olhos vistos • Visivelmente, patentemente.

até aos olhos • A mais não poder ser.

chorar por um olho azeite e por outro vinagre • Fingir mágoa que não existe.

chupar os olhos a alguém • Ser muitíssimo caro.

comer com os olhos • Ter cobiça ou desejo por. = COBIÇAR, DESEJAR

custar os olhos da cara • Ser muito caro; custar muito dinheiro.

de olho em • Com atenção ou cuidado em relação a algo ou alguém (ex.: fica de olho no fogão, enquanto descasco as batatas).

de olhos em bico • Admirado, espantado (ex.: de olhos em bico, o garoto nem quis acreditar no que via; a jogada deixou o adversário de olhos em bico).

devorar com os olhos • Olhar com avidez.

encher o olho • Satisfazer, contentar.

falar com os olhos • Dar a perceber com o olhar o que se quer dizer.

fechar os olhos • Fingir que não vê, dormir.

fechar os olhos a alguém • Assistir-lhe nos últimos momentos.

lançar os olhos para • Examinar.

levantar os olhos para • Aspirar.

luzir o olho a alguém • Mostrar desejo ou prazer.

não pregar olho • Não dormir.

num abrir e fechar de olhos • [Informal]   • [Informal]   De maneira muito rápida; num piscar de olhos (ex.: a sala ficou cheia num abrir e fechar de olhos).

num piscar de olhos • [Informal]   • [Informal]   Num instante; num abrir e fechar de olhos (ex.: não é fácil mudar de vida num piscar de olhos).

olho da goiaba • [Brasil, Informal]   • [Brasil, Informal]   Ânus.

olho da rua • Fora de casa.

olho de lince • [Figurado]   • [Figurado]   Visão muito apurada. = VISTA DE LINCE

olho do cu • [Calão]   • [Tabuísmo]   Ânus.

olho do furacão • [Meteorologia]   • [Meteorologia]   Zona arredondada no centro de um ciclone tropical, onde ocorre a menor pressão atmosférica.

• Ponto ou posição de maior dificuldade numa situação difícil, complicada ou polémica .

olho gordo • [Informal]   • [Informal]   Cobiça, inveja.

olho grande • [Informal]   • [Informal]   O mesmo que olho gordo. (Confrontar: olho-grande.)

olho mágico • Tubo catódico utilizado nos receptores de radiodifusão para indicar a sintonização.

• Pequeno dispositivo circular equipado com uma lente, que se coloca nas portas para permitir ver, sem ser visto, quem está do outro lado. = ÓCULO

olho vivo • Finura, inteligência, percepção fácil.

os olhos são o espelho da alma • Os olhos exprimem o que se passa no íntimo.

pelos belos olhos de alguém • Só por causa desse alguém; por sua causa.

pelos olhos • O mesmo que pelos belos olhos de alguém.

pisar os olhos • Dar aos olhos um amortecimento próprio de doença, mágoa, etc. = PISAR O OLHAR

piscar o olho a • Fazer sinal a, fechando e abrindo rapidamente um dos olhos.

pôr no olho da rua • Expulsar.

pôr os olhos em alguém • Seguir o seu exemplo, imitar o seu proceder.

pôr os olhos no chão • Baixar os olhos por humildade ou vergonha.

querer a alguém como às meninas dos seus olhos • Ter-lhe grande afeição.

saltar aos olhos • Ser evidente; ser muito claro. = SALTAR À VISTA

ter olhos na ponta dos dedos • Ter o tacto muito apurado, ser destro da mão.

trazer alguém debaixo de olho • Vigiar alguém.

ser todo olhos • Olhar com muita atenção.

ter olho • Ser esperto, vivo, perspicaz.

ver com os olhos da fé • Crer sem compreender, sem ver.Plural: olhos |ó|. Plural: olhos |ó|.
o·lhar o·lhar – Conjugar
verbo intransitivo

1. Dirigir a vista.

2. Fazer por ver.

3. Encarar, considerar.

4. Estar voltado.

5. Estar fronteiro.verbo transitivo

6. Fitar os olhos em; ver; encarar.

7. Contemplar.

8. Cuidar de.

9. Exercer vigilância ou cuidado sobre.

10. Observar; notar.

11. Ponderar; atender.

12. Verificar com o dedo se a galinha está para pôr ovo.substantivo masculino

13. Acto de olhar.

14. Modo de olhar.

15. Aspecto dos olhos.

pisar o olhar • Dar aos olhos um amortecimento próprio de doença, mágoa, etc. = PISAR OS OLHOS


substantivo masculino Órgão externo da visão: o homem tem dois olhos.
Percepção operada pelo olho; olhar.
[Figurado] Excesso de atenção, cuidado, perspicácia: estou de olho!
[Figurado] Indício de qualidades, defeitos e sentimentos.
[Figurado] O que distingue, esclarece; luz, brilho: olhos do espírito.
locução adverbial A olho. Calcular pela visão, sem pesar nem medir.
A olho nu. Sem auxílio de instrumento óptico; apenas com os olhos.
A olhos vistos. Com toda a evidência; de modo que todos veem.
expressão Abrir o olho. Estar atento; observar.
Abrir os olhos. Cair em si; perceber.
Ser todo olhos. Olhar muito atentamente.
Abrir os olhos de alguém. Mostrar a verdade.
Ter olho em alguém. Vigiar alguém atentamente.
Ter bom olho. Ser perspicaz; descobrir no primeiro golpe de olhar.
Ter olhos de gato. Ver no escuro.
Ter olho de águia, de lince. Enxergar com acurácia.
Ver com bons olhos. Ver algo ou alguém com simpatia e afeição.
Ver com maus olhos. Ver com aversão, com desconfiança.
Ver com os olhos do coração. Desculpar os defeitos de alguém.
Não tirar os olhos de. Não desviar o olhar de algo ou alguém.
Não ver senão pelos olhos de. Não ter vontade própria.
Custar os olhos da cara. Ser muito caro.
Falar com os olhos. Revelar no olhar seus sentimentos e pensamentos.
Comer com os olhos. Olhar com atenção e interesse; cobiçar.
Não pregar olho. Não dormir.
Dormir com um olho aberto e outro fechado. Fingir que dorme; desconfiar.
Fechar os olhos. Morrer.
(Provérbio) Em terra de cegos, quem tem um olho é rei. Pessoa medíocre que, entre pessoas ignorantes ou de posição inferior, pretende passar por grande homem ou muito esperto.
(Provérbio) Olho por olho, dente por dente. Vingança.
Etimologia (origem da palavra olho). Do latim oculus.i.


O olho é o órgão da visão dos animais que permite detectar a luz e transformar essa percepção em impulsos eléctricos. Os olhos mais simples apenas detectam se as zonas ao seu redor estão iluminadas ou escuras. Os olhos compostos que se encontram nos artrópodes (alguns insectos e crustáceos) são formados por unidades de detecção chamadas omatídeos, que dão uma imagem pixelada dos objectos. Nos seres humanos e em outros vertebrados a retina é constituída por dois tipos de células foto-receptoras, os bastonetes, que permitem a percepção de claro e escuro, e os cones, responsáveis pela percepção das cores.


bookmark_borderO que é laringe

laringe | s. f.
la·rin·ge
substantivo feminino

Parte superior da traqueia .


substantivo masculino e feminino Cavidade cartilaginosa, situada entre a parte superior da traqueia e a porção inferior da faringe, disposta em peças que sustentam as cordas vocais: a laringe é o órgão da fonação.
Etimologia (origem da palavra laringe). Do grego árynks, láryngos.


Laringe é um órgão do sistema respiratório situado no plano mediano e anterior ao pescoço que, além de via aerifica é órgão da produção de som. Esse órgão se estende da faringe a traqueia e é composto por cartilagens revestidas por uma membrana mucosa que fica dobrada, formando as pregas vocais.


bookmark_borderO que é nuca

nuca | s. f.
nu·ca
(latim tardio nucha, do árabe nuckha )
nome feminino

[Anatomia]   [Anatomia]   Parte superior e posterior do pescoço.


substantivo feminino Parte posterior do pescoço, abaixo do occipital. V. CANGOTE.


O termo nuca se refere à parte de trás do pescoço de diversos animais. Anatomicamente, nos seres humanos, refere-se à região inferoposterior da cabeça que corresponde à vértebra cervical chamada de atlas.


bookmark_borderO que é orelha

orelha | s. f.
o·re·lha |â| ou |ê| o·re·lha |ê|
(latim auricula, -ae )
substantivo feminino

1. Parte externa do órgão do ouvido.

2. Apêndice ou parte que afecta a forma de uma orelha de animal.

3. [Por extensão]   [Por extensão]   Ouvido.

4. [Encadernação]   [Encadernação]   Parte da capa ou sobrecapa do livro que fica dobrada para dentro, em que geralmente se escreve alguma informação ou crítica sobre o livro ou sobre o autor. = ABA, BADANA

5. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]   Hélice do capitel coríntio.

6. [Botânica]   [Botânica]   Apêndice na base de algumas folhas.

7. [Técnica]   [Técnica]   Cada uma das aivecas do arado.

8. Parte do martelo oposta à cabeça.

bater na orelha • Agradar.

fazer orelhas moucas • [Informal]   • [Informal]   Fingir não ouvir; não prestar atenção ou ignorar, alguém, algo que lhe foi dito (ex.: o governo tem feito orelhas moucas às críticas do líder da oposição).

torcer a orelha • Arrepender-se.

vinho de orelha • Vinho bom.
Ver também dúvida linguística: pronúncia de remorso e de orelha.


substantivo feminino Órgão do ouvido situado em cada lado da parte externa da cabeça; pavilhão ou concha auditiva.
Sentido pelo qual se percebem os sons; ouvido.
[Arquitetura] A hélice do capitel coríntio.
[Botânica] Apêndice na base de certas folhas.
A parte fendida do martelo, oposta à cabeça, e que serve para endireitar ou tirar pregos.
Furo na canga do coice, pelo qual se passa o correame que sustenta o cabeçalho.
Cada uma das duas abas da capa ou sobrecapa do livro, que ficam dobradas para dentro, em que se escreve alguma informação ou crítica sobre o livro ou sobre o autor.
Alça do cano da bota, que serve para ajudar a calçá-la.
Andar de orelha à escuta, andar de atalaia.
Andar de orelha em pé, estar desconfiado, andar prevenido.
Estar empenhado até às orelhas, ter todos os bens hipotecados, estar cheio de dívidas; ter muita proteção, muitos empenhos para qualquer pretensão.
Puxar as orelhas de alguém, infligir-lhe uma correção.
Ficar de orelhas murchas, ficar humilhado.
Torcer as orelhas, arrepender-se de não ter feito o que podia fazer.
Loc.
advérbio Até às orelhas, dos pés à cabeça; fig. completamente.


A orelha (do latim: auricula) ou órgão vestibulococlear (parte externa) e o ouvido (parte interna), constituem os órgãos do sistema auditivo responsáveis pela audição e equilíbrio. Nos mamíferos, as orelhas apresentam-se aos pares localizando-se na cabeça, podendo estar em outras partes do corpo ou mesmo serem ausentes em outros animais. As aranhas possuem pelos nas patas que são responsáveis pela deteção do som. O ouvido dos répteis apresenta apenas um osso, a columela, que é considerado homólogo ao estribo dos mamíferos. O ouvido humano é dividido em três regiões anatômicas: ouvido externo, ouvido médio e ouvido interno.Em muitos animais, as orelhas apresentam músculos que as seguram ao crânio capazes de executar movimentos semicirculares, ampliando a área de alcance das orelhas. Os morcegos possuem orelhas excepcionalmente grandes e complexas que operam como receptor de ondas hipersônicas emitidas pelo animal, que refletem sobre qualquer superfície e são interpretadas pelo cérebro como uma imagem, e assim permitem a localização espacial do animal no escuro. Já os elefantes e outros animais de savana apresentam orelhas grandes que possuem outras funções, como radiador por dissipação. Intensamente irrigadas por vasos sanguíneos, as orelhas são abanadas de forma a dissipar o calor em excesso do corpo, equilibrando a sua temperatura interna.
Nos seres humanos, as orelhas possuem arquitetura complexa, mas são relativamente menores que em outros grandes primatas, como o chimpanzé, e raramente possuem capacidade de movimento. Muitas culturas utilizam a orelha como chamariz, prendendo adornos de pedra, metal, ou outros materiais à sua cartilagem. Em algumas comunidades, a laceração do lóbulo da orelha é um símbolo de status, e quanto maior o buraco (aberto e ampliado por objetos como discos, ou pesos), mais alta é a posição do indivíduo na sociedade. De maneira geral, o lóbulo da orelha, bem como sua curva superior, são apontadas como zonas erógenas.


bookmark_borderO que é testa

testa | s. f. 3ª pess. sing. pres. ind. de testar 2ª pess. sing. imp. de testar
tes·ta |é| tes·ta |é|
nome feminino

1. Parte da cara compreendida entre os olhos e a raiz dos cabelos anteriores da cabeça.

2. [Por extensão]   [Por extensão]   Cabeça.

3. Protuberância ou bossa na massa do pão.

4. [Figurado]   [Figurado]   Frente.

5. [Botânica]   [Botânica]   Invólucro exterior da semente, por oposição a tégmen.

6. [Marinha]   [Marinha]   Espaço compreendido entre o empunidouro da vela e o punho da escota ou amura.

7. [Zoologia]   [Zoologia]   Casca dos quelónios .
tes·tar tes·tar 2- Conjugar
(latim testor, -ari, depor, deixar em testamento )
verbo transitivo

1. Deixar em testamento. = LEGAR

2. Adquirir por testamento. = HERDAR

3. [Antigo]   [Antigo]   Testemunhar, atestar.verbo intransitivo

4. Fazer testamento.
tes·tar tes·tar 1- Conjugar
(teste + -ar )
verbo transitivo

1. Submeter a teste ou experiência (mecanismo, sistema, etc.). = EXPERIMENTARverbo transitivo e pronominal

2. Pôr(-se) à prova.

3. Submeter(-se) a avaliação. = AVALIAR
tes·tar tes·tar 3- Conjugar
(testo + -ar )
verbo transitivo

[Portugal: Beira, Trás-os-Montes]   [Portugal: Beira, Trás-os-Montes]   Tornar testo. = ENTESAR


substantivo feminino Parte superior do rosto entre os olhos e a raiz dos cabelos; fronte.
[Por Extensão] Cabeça.
Frente de uma formação de gente; vanguarda: à testa do bando vinha Lampião.
[Botânica] Invólucro exterior da semente.
Testa coroada, soberano, monarca.


Na anatomia humana, a testa é região do rosto acima das sobrancelhas . É constituída pelo osso frontal.