bookmark_borderO que é consenso

consenso | s. m.
con·sen·so
(latim consensus, -us, acordo, concordância, unanimidade )
nome masculino

1. Conformidade de juízos, opiniões ou sentimentos, relativamente a algo ou a alguém, por parte da maioria ou da totalidade dos membros de um conjunto de indivíduos (ex.: a votação do regulamento foi adiada por falta de consenso quanto ao texto final). = ACORDO, CONCORDÂNCIA, CONSENTIMENTO, UNANIMIDADE

2. Opinião ou posição maioritária de um grupo ou de uma comunidade (ex.: é consenso quase geral que a principal medida no tratamento do pé diabético é a detecção precoce).

3. Anuência, aquiescência, consentimento.


substantivo masculino Anuência, conformidade, igualdade de opiniões, pensamentos, sensações ou sentimentos; acordo entre várias pessoas.
Pensamento comum; senso habitual: no consenso familiar é preciso amar os irmãos.
Ação de consentir, de aprovar, de dar consentimento: congresso pedia consenso jurídico.
Modo de se tomar uma decisão quando não há argumentos contrários ou objeções ao que está sendo proposto: declaração aprovada por consenso.
Etimologia (origem da palavra consenso). Do latim consensus.us.


Consenso é um conceito que descreve um tipo de acordo produzido por consentimento entre todos os membros de um grupo ou entre vários grupos. A “falta de consenso” é o dissenso.O consenso se diferencia de uma maioria, pois neste caso, há também uma minoria que discorda, enquanto no consenso, por definição, não há discordâncias.
Uma decisão por consenso, não obstante, não implica um consentimento ativo de cada um, mas apenas uma aceitação no sentido de não-negação. Este tipo de modalidade de decisão encontrou seu fundamento na democracia grega.


bookmark_borderO que é liberdade

liberdade | s. f. | s. f. pl.
li·ber·da·de
(latim libertas, -atis )
nome feminino

1. Direito de um indivíduo proceder conforme lhe pareça, desde que esse direito não vá contra o direito de outrem e esteja dentro dos limites da lei.

2. Condição da pessoa ou da nação que não tem constrangimentos ou submissões exteriores.

3. Estado ou condição de quem não está detido, nem preso (ex.: liberdade condicional; pássaros em liberdade). ≠ PRISÃO

4. Estado ou condição daquilo que não está preso, confinado ou com alguma restrição física ou material (ex.: cabelos em liberdade; depois do tratamento, devolveram os animais à liberdade).

5. Cada um dos direitos garantidos ao cidadão (ex.: liberdade de circulação; liberdade de expressão; liberdade religiosa).

6. Maneira de falar ou de agir sem tentar esconder sentimentos ou intenções (ex.: permita-me a liberdade, mas vou dizer o que penso). = FRANQUEZA, SINCERIDADE

7. Desrespeito consentido de certas regras ou convenções (ex.: liberdade criativa; liberdade poética). = LICENÇA

8. Capacidade de agir sem receio ou sem constrangimento. = DESASSOMBRO, OUSADIA

9. Familiaridade considerada excessiva (ex.: o pai nunca admitiria estas liberdades). = CONFIANÇA, INTIMIDADE
liberdadesnome feminino plural

10. Conjunto de imunidades ou regalias de um grupo.


substantivo feminino Nível de independência absoluto e legal de um indivíduo, de uma cultura, povo ou nação, sendo nomeado como modelo (padrão ideal).
Estado ou particularidade de quem é livre; característica da pessoa que não se submete.
Estado da pessoa que não está presa: o assassino vai responder o processo em liberdade.
[Por Extensão] Atributo do que se encontra solto e sem obstáculos (para se movimentar): suas roupas saltavam em liberdade.
Falta de dependência; independência.
[Por Extensão] Alternativa que uma pessoa possui para se expressar da maneira como bem entende, seguindo a sua consciência.
[Por Extensão] Em que há consentimento; permissão: dou-te a liberdade para deixar a firma.
[Por Extensão] Comportamento que expressa intimidade; familiaridade: tomei a liberdade e lhe disse tudo o que pensava.
[Por Extensão] Reunião dos direitos de uma pessoa; poder que um cidadão possui para praticar aquilo que é de sua vontade, dentro das limitações estabelecidas pela lei: liberdade política; liberdade comportamental etc.
[Filosofia] Aptidão particular do indivíduo de escolher (de modo completamente autônomo), expressando os distintos aspectos da sua essência ou de sua natureza.
substantivo feminino plural Autonomia de que usufruem determinados grupos sociais; franquia.
Modo de agir audacioso: nunca te dei essas liberdades!
Grau de intimidade que se adquire em relacionamentos: nunca deixei que ele tomasse liberdades comigo.
Etimologia (origem da palavra liberdade). Do latim libertas.atis.


Liberdade (Latim: Libertas) é, em geral, a condição daquele que é livre; capacidade de agir de si mesmo; autodeterminação; independência; autonomia. Pode ser compreendida sob uma perspectiva que denota a ausência de submissão e de servidão, própria da liberdade política, mas também pode se relacionar com a questão filosófica do livre arbítrio. Se opõe à concepção de mundo determinista. Com o fim da Guerra santa no período medieval surge o conceito contemporâneo de liberdade.


bookmark_borderO que é antinacionalismo

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. antinacional ismo internacionalismo internacionalismos antipaternalismo (norma brasileira)
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo masculino Doutrina, organização ou comportamento que se opõe ao nacionalismo.
Etimologia (origem da palavra antinacionalismo). Ant(i) + nacionalismo.


Antinacionalismo é uma ideologia que defende que o nacionalismo é um conceito, de alguma forma, perigoso e que, em alguns casos, toda forma de nacionalismo apresenta desvantagens ou riscos. Embora englobe muitas variedades e possa ser usado em uma enorme quantidade de conceituações políticas, econômicas e/ou sociais, o antinacionalismo pode ser definido como a antítese de nacionalismo.