bookmark_borderO que é telhado

telhado | s. m. | adj. masc. sing. part. pass. de telhar
te·lha·do
(particípio de telhar )
nome masculino

1. Cobertura superior e externa dos edifícios.

2. Conjunto das telhas que cobrem uma casa.

3. Prego de arame.adjectivo adjetivo

4. Que se cobriu com telha.

5. Coberto.
te·lhar te·lhar – Conjugar
(telha + -ar )
verbo transitivo

Cobrir com telha. ≠ DESTELHAR


substantivo masculino Conjunto de telhas que, encaixadas umas nas outras e simetricamente dispostas, cobrem uma construção.
[Por Extensão] Qualquer cobertura de outro material (que para isso se preste): barraco com telhado de zinco.


Chama-se vulgarmente de telhado qualquer tipo de cobertura em uma edificação. Porém, o telhado, rigorosamente, é apenas uma categoria de cobertura, em geral caracterizado por possuir um ou mais planos inclinados em relação à linha horizontal (diferente, por exemplo, das lajes planas ou das cúpulas). A cada um destes planos inclinados, dá-se o nome de água.
A principal função do telhado é a mesma que a de qualquer outra cobertura: proteger o espaço interno do edifício das intempéries do ambiente exterior (como a neve, a chuva, o vento, entre outros), também concedendo aos usuários aí localizados privacidade e conforto (através de proteção acústica, térmica, etc). Porém, diferente de outros sistemas de cobertura, o telhado também promove a captação e distribuição das águas pluviais.
Os telhados existem em vários formatos, mas todos, de uma forma geral, são constituídos pela composição de planos inclinados. De todos, o mais simples é o telhado de duas águas (o qual pode ser verificado, por exemplo, nos templos gregos clássicos). Em geral, seu principal elemento construtivo é a telha (que, por sua vez, pode ser constituída de barro, metal ou outros materiais). Normalmente a inclinação das águas de um telhado corresponde às necessidades climáticas da região no qual é construído e da cultura do lugar: alguns telhados na Europa, por exemplo, principalmente nos Alpes, possuem a cumeeira bem elevada, de forma a que os planos inclinem-se em ângulos superiores a 60º, a fim de suportar de maneira mais eficiente o peso extra da neve. Em um país tropical como o Brasil, por exemplo, tal telhado apenas se justificaria por razões estéticas. Os telhados produzidos por populações indígenas, por exemplo, constituídos de palha seca ou sapê, são inclinados em 20º a 30º correspondendo aproximadamente a uma inclinação de 50%, possibilitando um bom escoamento das águas e tornando-o quase inteiramente impermeável.
A inclinação do telhado está diretamente ligada ao tipo de cobertura empregada e a atuação do vento na região. Atentando principalmente para o melhor escoamento das águas pluviais, impedindo a transmissão de umidade para o interior do imóvel.


bookmark_borderO que é pilar

pilar | v. tr. pilar | s. m.
pi·lar 2- Conjugar
(latim pilo, -are, trabalhar com o pilão )
verbo transitivo

1. Pisar no pilão.

2. Tirar a casca. = DESCASCAR
pi·lar pi·lar 1
(espanhol pilar )
substantivo masculino

1. Coluna simples que serve de suporte vertical a uma estrutura ou construção.

2. [Figurado]   [Figurado]   Aquilo que serve de apoio.

Sinónimo Sinônimo Geral: ESTEIO


substantivo masculino [Construção] Coluna simples que sustenta uma construção; poste, estaca, esteio, pilastra, coluna: prédio com 4 pilares.
[Figurado] Sustentáculo moral; base, fundamento: os pilares do cristianismo.
[Figurado] O que serve de apoio; suporte: minha mãe é o pilar lá de casa.
Etimologia (origem da palavra pilar). Do castelhano pilar; do latim pilare, pila “coluna”.
verbo transitivo direto Esmagar ou pisar no pilão (peça de madeira): pilar os grãos da farinha.
Retirar a casca no pilão: pilar mandioca.
Etimologia (origem da palavra pilar). Do latim pilare.


Um pilar é um elemento estrutural vertical usado normalmente para receber os esforços diagonais de uma edificação e transferi-los para outros elementos, como as fundações. Costuma estar associado ao sistema laje-viga-pilar.A palavra pode ser usada como sinônimo para coluna, embora esta tenha um significado próprio. Além disso, cotidianamente costuma-se diferenciá-los pelo fuste: enquanto o pilar o possui quadrangular ou poligonal, nas colunas o fuste é arredondado. Esta definição, no entanto, não é adotada em todos os países de língua portuguesa.


bookmark_borderO que é torre

torre | s. f. 1ª pess. sing. pres. conj. de torrar 3ª pess. sing. imp. de torrar 3ª pess. sing. pres. conj. de torrar
tor·re |ô| tor·re |ô|
(latim turris, -is )
nome feminino

1. Construção elevada, geralmente de pedra ou de tijolo, redonda ou angular.

2. Campanário.

3. Fortaleza.

4. [Marinha]   [Marinha]   Parte elevada sobre a coberta dos navios onde se coloca a artilharia de grande alcance.

5. [Marinha]   [Marinha]   Estrutura estanque acima do casco do submarino, onde fica o comando, periscópio, rádio, radar e outros sistemas de controlo .

6. [Antigo]   [Antigo]   [Militar]   [Militar]   Máquina de guerra em forma de torre.

7. [Militar]   [Militar]   Estrutura móvel e blindada no topo dos carros de combate, onde fica a boca-de-fogo.

8. [Jogos]   [Jogos]   Cada uma das peças do xadrez, geralmente em forma de torre com ameias, que no início do jogo, está nas casas das pontas do tabuleiro. = ROQUE

9. [Figurado]   [Figurado]   Pessoa muito alta e robusta.

10. [Linguagem poética]   [Linguagem poética]   Navio de guerra.

torre de homenagem • [Arquitectura]   [Arquitetura]   • [Arquitetura]   O mesmo que torre de menagem.

torre de menagem • [Arquitectura]   [Arquitetura]   • [Arquitetura]   Torre principal de uma fortaleza em que se celebravam os actos mais solenes.

Torre do Tombo • Arquivo nacional português onde se guardam documentos do mais alto valor histórico.
tor·rar tor·rar – Conjugar
(latim torreo, -ere, secar, assar, tostar, queimar )
verbo transitivo, intransitivo e pronominal

1. Queimar(-se) ligeiramente. = ASSAR, TORRIFICAR, TOSTAR

2. Dar ou ficar com um tom acastanhado, geralmente por exposição à luz solar.verbo transitivo

3. Secar ao sol.

4. [Informal, Figurado]   [Informal, Figurado]   Gastar ou consumir excessiva e descontroladamente (ex.: torrou a herança dos pais no vício do jogo). = ESPATIFAR, ESTOURARverbo transitivo e intransitivo

5. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Vender a baixo preço. = LIQUIDAR

6. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Causar aborrecimento. = CHATEAR, ENTEDIARConfrontar: turrar.


substantivo feminino Construção muito alta, sobre base quadrada, circular, ou poligonal.
Estrutura alta de metal destinada a suportar as antenas em estações de rádio e televisão, cabos de transmissão de energia elétrica etc.
Complexo de estrutura metálica das sondas dos poços de petróleo.
Posto de observação e de comando nos navios de guerra.
Campanário.
Peça do jogo de xadrez.
Torre de controle, construção que domina a área de um aeroporto e da qual se transmitem as ordens de levantar vôo e de aterrissagem.
Química Torre fracionadora, aparelho de forma habitualmente cilíndrica, para separação dos diferentes corpos contidos numa mistura.


A torre (do latim “turris”), em arquitectura e engenharia, é uma estrutura em que a altura é bastante superior à largura, apresentando uma demarcada verticalidade. Pode ser edificada para diversos fins ou funções (defesa, comemoração ou otimização de espaço). A sua morfologia e materiais construtivos tem apresentado variantes conforme a função, a época e a região em que são construídas. De um modo geral pode ser edificada como estrutura auto-portante independente ou como parte integrante de um edifício, e a sua planta pode variar formalmente: circular, quadrangular ou poligonal.


bookmark_borderO que é concreto armado

substantivo masculino [Arquitetura] Engenharia Civil. Concreto que leva uma armadura de vergalhões de ferro no seu interior, como forma de o tornar mais resistente, utilizado como material da construção civil e presente em quase toda a arquitetura do século XX.


Concreto armado (português brasileiro) ou betão armado (português europeu) é um sistema estrutural da construção civil que se tornou um dos mais importantes elementos da arquitetura do século XX. É usado nas estruturas dos edifícios. Diferencia-se do concreto (ou betão) devido ao fato de receber uma armadura metálica responsável por resistir aos esforços de tração, enquanto que o concreto em si resiste à compressão.É uma mistura compacta de:

agregados graúdos: pedras britadas, seixos rolados etc.
agregados miúdos: areia, pedregulhos.
aglomerantes: cimento, cal não pode ser usado no concreto armado porque acaba corroendo o aço responsável por suportar as forças de tração, podendo comprometer a estrutura com o passar do tempo.
água
adições minerais: sílica ativa, metacaulim, cinza de casca de arroz etc.
aditivos: aceleradores, retardadores, fibras,corantes etc.


bookmark_borderO que é vão

vão | adj. | s. m. 3ª pess. pl. pres. ind. de Ir 3ª pess. pl. imp. de Ir 3ª pess. pl. pres. conj. de Ir
vão
adjectivo adjetivo

1. Vazio; oco.

2. Inútil, baldado.

3. Sem valor; ilusório, sem fundamento real.

4. Fútil.

5. Frívolo.

6. Vanglorioso.

7. Falso.

8. Ignorante.

9. Fantástico.

10. Ineficaz.substantivo masculino

11. Espaço vazio.

12. Abertura formada na parede por porta ou janela.

13. Jogo de tabuinhas ou de cortinas pertencente a uma porta ou a uma janela.

14. [Brasil: Norte]   [Brasil: Norte]   Região clavicular; ápice do pulmão.

15. [Brasil: Goiás]   [Brasil: Goiás]   Vale, depressão entre montanhas.

em vão • Sem apoio, em falso; baldadamente, inutilmente.Feminino: vã. Plural: vãos. Feminino: vã. Plural: vãos.
Ir Ir 2
símbolo

[Química]   [Química]   Símbolo químico do irídio.
ir ir 1- Conjugar
(latim eo, ire )
verbo transitivo, intransitivo e pronominal

1. Passar ou ser levado de um lugar para outro, afastando-se. ≠ VIRverbo transitivo

2. Deslocar-se até um lugar para lá permanecer (ex.: foi para Londres quando tinha 10 anos). ≠ VIR

3. Deslocar-se a um local para fazer algo (ex.: amanhã quero ir ao cinema).

4. Andar, caminhar, seguir.

5. Ter certo lugar como destino (ex.: o avião vai para Casablanca).

6. Ser usado com determinado propósito (ex.: o dinheiro do subsídio de férias irá para a revisão do carro).

7. Formar um conjunto harmonioso (ex.: essas cores vão bem uma com a outra). = COMBINAR, DAR

8. Abranger, estender-se (ex.: o parque vai até ao outro lado da cidade).

9. Investir, chocar (ex.: o carro foi contra o poste).

10. [Informal]   [Informal]   Tomar parte em. = PARTICIPAR

11. Ter decorrido ou passado (ex.: já lá vão cinco anos desde que a acção foi posta em tribunal).

12. Seguir junto. = ACOMPANHAR

13. Agir de determinada maneira (ex.: ir contra as regras).

14. Escolher determinada profissão ou área de estudos (ex.: ir para engenharia; ir para dentista).

15. Frequentar ; ingressar (ex.: o menino já vai à escola). = ANDARverbo pronominal

16. Desaparecer, gastar-se (ex.: o salário foi-se ; a minha paciência vai-se rápido).

17. Deixar de funcionar (ex.: o telemóvel foi-se). = AVARIARverbo intransitivo e pronominal

18. Morrer.

19. Deixar um local (ex.: os alunos já se foram todos). = PARTIR ≠ CHEGARverbo intransitivo

20. Ser enviado (ex.: a carta já foi).verbo copulativo

21. Evoluir de determinada maneira (ex.: o trabalho vai bem). = DESENROLAR-SE

22. Dirigir-se para algum lugar em determinado estado ou situação (ex.: os miúdos foram zangados).verbo auxiliar

23. Usa-se, seguido de um verbo no infinitivo, para indicar tempo futuro ou passado (ex.: vou telefonar; onde foste desencantar estas roupas?).

24. Usa-se, seguido de um verbo no infinitivo, precedido pela preposição a, ou seguido de um verbo no gerúndio, para indicar duração (ex.: o cão ia a saltar; o tempo vai passando).

ir abaixo • Desmoronar-se (ex.: o prédio foi abaixo com a explosão). = VIR ABAIXO

ir-se abaixo • Ficar sem energia ou sem ânimo.

ir dentro • [Portugal, Informal]   • [Portugal, Informal]   Ser preso.

ou vai ou racha • [Informal]   • [Informal]   Expressão indicativa da determinação de alguém em realizar ou concluir algo, independentemente das dificuldades ou do esforço necessários. = CUSTE O QUE CUSTAR


adjetivo Sem conteúdo; espaço vazio; vazio, oco.
Desprovido de fundamento; que se opõe à realidade: sonho vão.
Que não apresenta resultados; inútil: esperança vã.
Sem relevância; que não tem valor concreto; inútil: promessas vãs.
Que se vangloria de suas próprias ações; presunçoso: político vão.
substantivo masculino Espaço sem conteúdo; vácuo: há um vão entre as estruturas.
[Arquitetura] Fenda na parede que faz com que a claridade e o ar entrem; distância entre as bases que sustentam uma ponte.
expressão Em vão. Inutilmente; de maneira inútil, sem propósito: seu esforço foi em vão.
Etimologia (origem da palavra vão). Do latim vanus.a.um.


Vão é o termo utilizado em engenharia e arquitetura para designar a distância entre dois apoios consecutivos de uma estrutura, como uma ponte, um tabuleiro, uma viga, um cabo elétrico, etc. Designa também a abertura ou intervalo numa parede para a colocação de janela ou porta.


bookmark_borderO que é plinto

plinto | s. m.
plin·to
nome masculino

1. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]   Base quadrada de coluna ou pedestal. = SOCLO

2. Tambor do capitel toscano.

3. Soco em que assentam os pés de uma estátua.

4. Aparelho de ginástica para saltos.


substantivo masculino [Arquitetura] Peça quadrangular que serve de base a uma coluna ou pedestal.
Soco em que assentam os pés de uma estátua; alaque.


Na arquitetura, plinto é o elemento que fica diretamente sob a base de um pilar, pedestal, estátua ou monumento. No antigo Egito, os plintos eram usados para sustentação de obeliscos.


bookmark_borderO que é vigota

vigota | s. f.
vi·go·ta |ó| vi·go·ta |ó|
nome feminino

Pequena viga. = SARRAFO


substantivo feminino Viga pequena; sarrafo.


Vigota é um elemento estrutural presente principalmente em lajes. Trata-se de uma pequena viga que é geralmente feita em concreto/betão armado ou, em construções menores e mais precárias, em madeira. Atualmente existem no mercado dois tipos desse elemento: a vigota em “T” e a vigota treliçada.
A vigota treliçada é constituída por uma sapata de concreto, uma armação treliçada e possíveis armaduras adicionais. São geralmente executadas fora do local de utilização, ou mesmo no canteiro de obra sob rigorosas condições de controle de qualidade.