bookmark_borderO que é alfeneiro

alfeneiro | s. m.
al·fe·nei·ro
nome masculino

[Botânica]   [Botânica]   O mesmo que alfena. = ALFENHEIRO


substantivo masculino [Botânica] Variação de alfena.
Alfeneiro-do-japão: arbusto oleáceo (Ligustrum japonicum); pl: alfeneiros-do-japão.
Etimologia (origem da palavra alfeneiro). Alfena + eiro.


O Alfeneiro, alfenheiro ou alfena (Ligustrum lucidum, Linnæus), do árabe al-henna, é um arbusto de 1 a 3 metros, com ramos flexíveis, folhas opostas e inteiras, flores brancas e cheirosas, e fruto baciliforme constituído por uma baga pequena, negro-azulada e amarga.
Muito abundante na cidade de Alfena, no Distrito do Porto, Portugal.
Esta planta se emprega nos jardins para o mesmo efeito que o buxo. As suas bagas substituíam as de sabugueiro na fabricação do vinho, para lhe dar cor. É nativo da Europa, onde cresce em matas; principalmente do Norte ao Sul de Portugal, onde surge espontâneo em sebes e bosques; cultivado como planta ornamental; até a 800 metros.
Segundo Aylthon Brandão Joly (1924-1975), que foi doutor em Ciências, Livre Docente em Botânica, professor associado do departamento de Botânica da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo, Brasil, o Ligustrum é uma planta da Divisão Angiospermæ, da Classe Dicotyledoneæ, da Subclasse Sympetalæ (Gamopetalæ), da Ordem Oleales, da Família Oleaceæ.
O gênero Ligustrum foi introduzido na Europa, vindo da Ásia, como árvore ornamental, servindo como porta-enxerto (cavalo) para a oliveira, Olea, tradicional símbolo da paz e que produz a conhecida azeitona, fruto drupa rico em óleo. Celso do Lago Paiva, renomado engenheiro agrônomo (Escola Superior de Agronomia Luís de Queirós – Universidade de São Paulo), historiador e genealogista, que, estudando esta planta e a origem do vocábulo Alfena, assegura que no Brasil não existem exemplares de Alfeneiro, ou Alfenheiro, Ligustrum vulgare,que fora descrito por Lineu, mas sim outras espécies do gênero Ligustrum, alguns exemplares com o fungo Colletotrichum ligustri.


bookmark_borderO que é limão

limão | s. m. limão | s. m. | adj. 2 g. 2 núm.
li·mão 2
(francês limon )
substantivo masculino

[Regionalismo]   [Regionalismo]   Peça lateral do leito do carro de tracção animal, na qual encaixam os fueiros.
li·mão li·mão 1
(árabe limun )
substantivo masculino

1. [Botânica]   [Botânica]   Fruto do limoeiro, de forma esférica, casca dura de cor amarela ou esverdeada e polpa dividida em secções , rodeadas por uma película fina. = LIMÃO-SICILIANO

2. [Botânica]   [Botânica]   Árvore (Citrus limon) da família das rutáceas. = LIMÃO-SICILIANO, LIMOEIRO

3. Sumo do fruto do limoeiro (ex.: adicione umas gotas de limão).

4. Cor da casca do fruto do limoeiro, entre o amarelo e o esverdeado.

5. [Brasil]   [Brasil]   [Entomologia]   [Entomologia]   Abelha silvestre.

6. [Popular]   [Popular]   Seio de mulher.adjectivo de dois géneros e de dois números adjetivo de dois géneros e de dois números

7. Que tem a cor do fruto do limoeiro, entre o amarelo e o esverdeado (ex.: comprou um vestido limão).


substantivo masculino [Botânica] O fruto do limoeiro, de formato oblongo, verde ou amarelo-pálido, que contém um suco ácido.
A cor desse fruto.
Etimologia (origem da palavra limão). Do persa limu.


O limão-siciliano (espécie Citrus x limon) é o fruto de uma pequena árvore de folha perene originária da região sudeste da Ásia, da família das rutáceas. Conhecido em Portugal simplesmente como limão, diferencia-se de três outras espécies de frutas cítricas, chamadas de “limões” no Brasil e de “limas” em Portugal, e mais conhecidas no Brasil do que o limão-siciliano: Citrus × latifolia ou limão-taiti, Citrus aurantiifolia ou limão-galego, Citrus x limonia ou limão-cravo.
Apresenta diversas variedades cultivadas, sendo uma dezena delas frequentes, como, por exemplo, o limão-eureca, o limão-lisboa, o limão-fino, o limão-verno, o limão-villafranca, o limão-lunário, etc.