bookmark_borderO que é cachalote

cachalote | s. m.
ca·cha·lo·te |ó| ca·cha·lo·te |ó|
(alteração de *cacholote, de cachola + -ote )
substantivo masculino

[Zoologia]   [Zoologia]   Mamífero cetáceo (Physeter macrocephalus) dentado, de comprimento até 20 metros, encontrado em mares temperados e tropicais.


substantivo masculino Mamífero da ordem dos cetáceos, de dimensões comparáveis às da baleia, mas das quais difere por ter dentes no maxilar inferior.
O cachalote é carnívoro, alimentando-se de grandes presas. Sua enorme cabeça está cheia de um óleo chamado espermacete, chegando a pesar 5 toneladas. Os resíduos da digestão do cachalote formam em seu intestino a substância denominada âmbar cinzento.


O cachalote ou cacharréu (Physeter macrocephalus) é o maior dos cetáceos com dentes bem como o maior animal com dentes existente. Mede até 20 metros de comprimento. Este cetáceo (grande animal marinho) tem, como característica distintiva, possuir na cabeça uma substância cerosa de cor leitosa (óleo): o espermacete. A enorme cabeça e a forma distintiva do cachalote, bem como o seu papel na obra Moby Dick de Herman Melville, levaram muitos a descreverem o cachalote como o arquétipo de “baleia”.
O cachalote foi caçado nas águas dos arquipélagos portugueses da Madeira e Açores até 1981 e 1984 respectivamente.


bookmark_borderO que é iaque

iaque | s. m.
i·a·que
(inglês yak, do tibetano gyagk )
substantivo masculino

[Zoologia]   [Zoologia]   Boi selvagem (Bos grunniens) originário do Tibete, de longos chifres e pelagem comprida. = BOI-CAVALO


substantivo masculino [Zoologia] Boi selvagem da Ásia, que vive nos planaltos secos e frios do Tibete, muitas vezes a mais de 4.800m acima do nível do mar.
O iaque selvagem alcança 1,80m de altura nas espáduas, mas mantém a cabeça baixa e o focinho perto do chão. Pode pesar de 500 a 550kg. O iaque tem os pêlos pretos ou marrons bem escuros. O pêlo é particularmente longo e sedoso nas espáduas, flancos e cauda. O iaque é ágil, apesar de seu tamanho e do peso dos quartos dianteiros. Pode deslizar em declives gelados, nadar em rios rápidos e andar por encostas íngremes e pedregosas. Ataca furiosamente quando precisa se defender. A caça excessiva levou à matança de muitos iaques selvagens, e a espécie está em perigo de extinção.


O yak (Bos grunniens ou Poephagus grunniens, um sinônimo não universalmente aceito) é um herbívoro de pelagem longa encontrado na região do Himalaia, no sul da Ásia Central, Qinghai, no Planalto do Tibete, até à Mongólia, a norte. Além de uma grande população doméstica, há uma população pequena e vulnerável de iaques selvagens. Em Tibetano, a palavra gyag refere-se só ao macho da espécie; uma fêmea é uma dri ou nak. O resultado do cruzamento de um iaque com o zebu é conhecido como “chauri”.
Os iaques são animais de rebanho. Os iaques macho selvagens podem atingir 2,2 metros de comprimento, as fêmeas aproximadamente um terço daquele tamanho, e iaques domesticados 1,6-1,8 metros. Ambos os tipos têm o pelo longo e desgrenhado para isolá-los do frio. Os iaques selvagens podem ser marrons ou pretos. Os domesticados também podem ser brancos. Tanto os machos como as fêmeas têm chifres.
Os iaques domésticos acasalam por volta de Setembro; as fêmeas podem conceber com 3-4 anos de idade, parem de Abril a Junho cada dois ou três anos, ao que parece dependendo da provisão alimentar. O período de gestação é de aproximadamente nove meses. Os bezerros são desmamados em um ano e ficam independentes logo depois disso. Os iaques podem viver mais de 20 anos.


bookmark_borderO que é grumixameira

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. grumixá Meira (norma brasileira)
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo feminino Árvore da família das mirtáceas.


A grumixama (Eugenia brasiliensis Lam., da família Myrtaceae) é uma árvore brasileira da floresta pluvial da Mata Atlântica, também chamada xaneira de nega, grumixaba, grumixameira, cumbixaba, ibaporoiti e gurumixameira.Árvore de até 15 metros de altura, nativa das matas primárias desde a Bahia até Santa Catarina, em mata aluviais e encostas suaves, é, hoje, rara. Possuem três variedades, a xaneira anã, xaneira amarela e a xaneira grande!!
Seus frutos – pequenas bagas esféricas roxas-escuras, com polpa aquosa levemente ácida e de uma ou duas sementes -, além do consumo humano, atraem a avifauna.


bookmark_borderO que é maú

mau | adj. | s. m. | interj. Será que queria dizer mau?
mau
(latim malus, -a, -um )
adjectivo adjetivo

1. De qualidade fraca ou insuficiente (ex.: mau texto). ≠ BOM

2. Que não presta; que não serve para a sua função ou propósito (ex.: má qualidade). ≠ BOM

3. Que não cumpre os seus deveres ou não desempenha bem as suas funções (ex.: má actriz ; mau funcionário). ≠ BOM, COMPETENTE, CUMPRIDOR

4. Que demonstra inabilidade ou incapacidade na realização de alguma coisa (ex.: ele é mau a fazer bolos, mas os salgados são deliciosos). = DESAJEITADO, DESASTRADO, INÁBIL ≠ BOM, HÁBIL, HABILIDOSO, DESTRO

5. Que tem defeito ou apresenta falhas. = DEFEITUOSO, DEFICIENTE, MALFEITO ≠ BOM, PERFEITO

6. Que é ética ou moralmente pouco correcto no seu comportamento ou nas suas atitudes (ex.: ele não é má pessoa; mau carácter). = RELES, VIL ≠ BOM

7. Que apresenta estado desfavorável (ex.: o avião não pode aterrar devido às más condições atmosféricas). ≠ BOM

8. Que traz prejuízos ou desvantagens (ex.: fumar é mau para a saúde; a compra de acções foi um mau investimento). = DANOSO, PREJUDICIAL ≠ BENÉFICO, BOM, VANTAJOSO

9. Que tem consequências muito negativas (ex.: má experiência; mau resultado). = DESASTROSO, FUNESTO, NOCIVO ≠ BOM, FAVORÁVEL

10. Que apresenta dificuldades ou obstáculos (ex.: o caminho é mau, mas vale a pena). = DIFÍCIL ≠ FÁCIL

11. Que foi pouco produtivo ou pouco rentável (ex.: má safra; o balancete apresenta um ano mau). ≠ BOM

12. Que se caracteriza pela indelicadeza ou rispidez (ex.: ela tem mau feitio; hoje está de mau humor). ≠ AFÁVEL, BOM, CORTÊS

13. Que não agrada aos sentidos (ex.: mau cheiro; mau sabor). ≠ BOMnome masculino

14. Conjunto de coisas, qualidades ou acontecimentos considerados negativos ou prejudiciais. = MAL

15. Pessoa mal-intencionada ou que se considera ter uma postura moral incorrecta (ex.: considerou maniqueísta tentar distinguir os bons e os maus). ≠ BOM

16. Pessoa que pouco valor em alguma coisa ou que tem um desempenho sem qualidade em determinada actividade (ex.: a tarefa permitiu excluir os maus). ≠ BOM

17. Aquilo que tem qualidades negativas; lado negativo de alguma coisa (ex.: ele só consegue ver o mau deste acontecimento). ≠ BOMinterjeição

18. Expressão designativa de reprovação ou de desgosto.Superlativo: malíssimo ou péssimo. Superlativo: malíssimo ou péssimo.Confrontar: mal.


adjetivo Contrário ao que é bom; muito ruim; moralmente reprovável.
Que faz maldades e se satisfaz com elas: bandido mau.
Que demonstra indelicadeza em relação aos demais: mau perdedor.
Que causa danos a si mesmo ou ao próximo: mau propósito.
Que não se consegue vencer nem superar: más circunstâncias.
Que se opõe à justiça: maus comportamentos.
De aparência nociva: o jantar estava com mau aspecto.
Deficiente; cujos requisitos não são considerados bons: mau televisor.
Escasso; que não consegue produzir: mau período para a agricultura.
Incorreto; que se opõe a regras ou normas: má compreensão do texto.
Infeliz; que não ocasiona a felicidade: má opinião.
Que anuncia algo ruim: má intuição.
substantivo masculino Algo ou alguém que possui as características acima citadas.
Designação atribuída ao diabo.
interjeição Que expressa falta de aprovação.
Etimologia (origem da palavra mau). Do latim mallus.a.um.


O maú (Couratari guianensis) é uma espécie de lenhosa da família Lecythidaceae.
Pode ser encontrada na América tropical (América Central e do sul), nos seguintes países: Brasil, Colômbia, Costa Rica, Guiana Francesa, Guiana, Panamá, Peru, Suriname e Venezuela.
Está ameaçada por perda de habitat.
A espécie possui madeira tida como de boa qualidade, folhas oblongas, flores róseas e pixídios pardacentos. Também é conhecida pelo nome de couratari.


bookmark_borderO que é cuitelão

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. cutelo conterão susterão curtição curtirão costelas costela cortesão ciselão (norma brasileira) cotelão (norma brasileira) cuí telão (norma brasileira) cutela (norma brasileira) cutelão (norma brasileira) cutelas (norma brasileira) cutilão (norma brasileira)
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo masculino [Ornitologia] Ave galbulídea (Jacamaralcyon tridactyla); violeiro.
Etimologia (origem da palavra cuitelão). Cuitelo + ão.


Cuitelão é o nome popular da Jacamaralcyon tridactyla, ave da ordem Galbuliformes, família Galbulidae.
É considerada extinta no estado de São Paulo.


bookmark_borderO que é límulo

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. simulo simulou imolo limoso limito limpo miúlo título pômulo (norma brasileira)
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo masculino Artrópode marinho comestível dotado de carapaça cuja forma lembra uma ferradura, da família dos limulídeos, chamado erradamente (porque não é crustáceo) caranguejo-das-molucas.


O límulo (Limulus polyphemus) é um artrópode quelicerado, também conhecido como caranguejo-ferradura-do-atlântico. Apesar do nome, esta espécie está mais próxima das aranhas e escorpiões que dos caranguejos (Crustacea) propriamente ditos.


bookmark_borderO que é açor

açor | s. m.
a·çor |ô| a·çor |ô|
(latim acceptor, -oris )
nome masculino

1. [Ornitologia]   [Ornitologia]   Ave de rapina (Accipiter gentilis) da família dos accipitrídeos .

2. [Heráldica]   [Heráldica]   Móvel que representa um açor.



O açor (Accipiter gentilis), do latim acceptore, significando que voa rapidamente, é uma ave de rapina da família Accipitridae, distribuída por todas as regiões temperadas do hemisfério norte.
É a ave que aparece na bandeira dos Açores. O arquipélago dos Açores deve o seu nome ao açor, porque quando os descobridores do arquipélago lá chegaram pensaram ver açores. Mais tarde, concluiriam que as aves eram, afinal, uma subespécie local da águia de asa redonda (buteo buteo), apelidadas hoje em dia pelos açorianos de “milhafres” ou “queimados”.
Outra teoria aponta que o Açores provém do nome azzurro em italiano ou azureus em latim, que significa Azul em português, como referência ao céu azul num dia brilhante e claro aquando da descoberta ao longe das ilhas. Esta teoria é sustentada por uma outra que afirma que as ilhas dos Açores já apareciam inclusivé em portulanos genoveses do século XIV.
É um ave de rapina diurna, parecida com o falcão, com um comprimento de aproximadamente 50 cm, cor preta e ventre branco com manchas pretas; asas e bico pretos, cauda cinzenta, manchada de branco e pernas amareladas. Era muito apreciado antigamente em falcoaria.
A espécie americana, A. atricapillus, mede cerca de 60 cm de comprimento. Estas intrépidas aves, notáveis pelos seus habilidosos voos com que seguem todos os movimentos das suas presas, constituem, juntamente com o gavião, os mais implacáveis inimigos dos passarinhos.


bookmark_borderO que é mandril

mandril | s. m. mandril | s. m.
man·dril 1
(espanhol mandril, do francês mandrin )
substantivo masculino

1. Instrumento cilíndrico de alisar e alargar os furos grandes.

2. Peça de torno em que se segura a peça que se torneia.

3. [Artilharia]   [Artilharia]   Instrumento de alisar o olhal das bocas-de-fogo .

4. [Medicina]   [Medicina]   Haste rígida usada na colocação de um cateter.Plural: mandris. Plural: mandris.
man·dril man·dril 2
(inglês mandrill )
substantivo masculino

[Zoologia]   [Zoologia]   Macaco africano da família dos cercopitecídeos (Mandrillus sphinx), grande e robusto, de pelagem espessa, esverdeada ou acinzentada, cauda curta e focinho comprido, cujos machos adultos tem face e nádegas coloridas, geralmente de cor azul e vermelha.Plural: mandris. Plural: mandris.


substantivo masculino Dispositivo ou acessório de máquina-ferramenta, destinado a segurar a ferramenta ou a peça a ser trabalhada.
Ferramenta de forma cônica de que se servem mecânicos para alargar e alisar furos.
Haste que serve para introduzir e guiar agulhas e sondas, dando-lhes maior resistência.
Buril com que se fura o ferro quente.
Peça cilíndrica com que em artilharia se alisa o olhal do projétil.
Mandril de expansão, mandril cuja abertura pode ser aumentada com o fim de receber peças de vários diâmetros, como as brocas.


O mandril (Mandrillus sphinx) é um primata da família dos Cercopithecidae (Macacos do velho mundo), parentes próximos dos babuínos e ainda mais próximos do dril. Tanto o mandril quanto o dril eram antes classificados como babuínos do gênero Papio, mas pesquisas recentes determinaram que eles deveriam constituir um gênero à parte, Mandrillus.


bookmark_borderO que é ébano

ébano | s. m.
é·ba·no
nome masculino

1. Madeira escura, muito dura e pesada.

2. Nome de árvores diospiráceas e faseoláceas, etc., de que se tira essa madeira.

3. [Figurado]   [Figurado]   Muito preto e lustroso.


substantivo masculino Designação comum de algumas árvores da família das ebenáceas, do gênero Diospyros, nativas da Índia e do Sri Lanka, cuja madeira de qualidade é escura e muito resistente; pau-preto ou sapota-preta.
[Botânica] A madeira que se retira dessas árvores.
[Figurado] Que possui a cor muito escura; de cor negra; cuja cor escura se assemelha ao ébano.
Etimologia (origem da palavra ébano). Do grego ébenos.i; pelo latim ebenus ou ébano.


Ébano é a designação comum às árvores do gênero Diospyros, da família das ebenáceas, em particular as pertencentes à espécie Diospyros ebenum. Estas árvores produzem uma madeira nobre e na maior parte das vezes muito escura e densa. De origem africana, é rara e muito utilizada na fabricação de mobiliário, instrumentos musicais e objetos decorativos.O termo ébano também é muito aplicado em referência à raridade da cor negra que possua grande valor, assim como em elogio a pessoas negras.
No fabrico de instrumentos musicais, o ébano, após mineralização, é utilizado para fabricar o espelho dos violinos, as teclas pretas dos pianos e outros instrumentos de corda, por se tornar um mineral resistente, duradouro e bonito. O ébano é utilizado na construção do clarinete, da flauta transversal, do oboé e do corne inglês por ser uma madeira muito dura. Além disso, é uma das madeiras mais utilizadas para a confecção das peças pretas do Xadrez.


bookmark_borderO que é acrobata

acrobata | s. 2 g. acróbata | s. m.
a·cro·ba·ta
(francês acrobate, do grego akróbatos, -os, -on, que anda na ponta dos pés )
nome de dois géneros

Pessoa que faz exercícios de equilíbrio ou de perícia, geralmente espectaculares , que exigem grande agilidade ou destreza física. = ACRÓBATA
a·cró·ba·ta a·cró·ba·ta
(grego akróbatos, -os, -on, que anda na ponta dos pés )
nome masculino

[Pouco usado]   [Pouco usado]   Acrobata.


substantivo masculino e feminino Pessoa que pratica exercícios de agilidade, equilíbrio ou de demonstração de força num circo, music-hall etc.
Dançarino, equilibrista.
[Figurado] Pessoa que procura impressionar, maravilhar através de procedimentos extraordinários: um acrobata em matéria de finanças.


O acrobata (nome científico: Acrobatornis fonsecai) é uma espécie de ave endêmica do Brasil, pertencente à família dos furnarídeos. A descrição da espécie, em 1996, foi uma surpresa. Fazia quase um século que um novo gênero de ave não era descrito pela ciência.A espécie foi descoberta em plantações de cacau no Sul da Bahia, ao longo da BR 101 e possui plumagem cinza, coroa, asas e cauda negras.Suas populações estão em declínio. Está ameaçada de extinção devido à destruição de habitat, especialmente as plantações remanescentes de cacau, em sua restrita área de distribuição entre os rios Jequitinhonha e Contas.