bookmark_borderO que é ataraxia

ataraxia | s. f.
a·ta·ra·xi·a |cs| a·ta·ra·xi·a |cs|
nome feminino

1. Serenidade de ânimo.

2. Ausência de interesse ou de resposta a um estímulo. = APATIA, INDIFERENÇA


substantivo feminino [Filosofia] Quietude absoluta da alma, quietude que é, segundo o epicurismo, o apanágio dos deuses e o ideal do sábio.


Ataraxia (em grego antigo: Ἀταραξία ataraxia) traduz-se por “ausência de inquietude/preocupação”, “tranquilidade de ânimo”.Demócrito usou este termo ao afirmar “A felicidade é prazer, bem-estar, harmonia, simetria e ataraxia”, mas foram os epicuristas, os céticos e os estoicos que puseram a ataraxia no centro de seu pensamento.Os estoicos também procuravam tranquilidade mental, e, embora também tivessem visto a ataraxia como algo desejável e tivessem frequentemente feito uso do termo, a ataraxia, na qualidade de “ausência de preocupação”, sempre foi o objetivo de vida dos epicuristas, sendo análogo ao estado de vida almejado pelos sábios estoicos, a saber, a apatheia (apatia), “ausência de paixões”, que não deve ser confundida com o diagnóstico de apatia no sentido psicológico, caracterizado por uma perda de sensibilidade do indivíduo em relação aos estímulos cotidianos.


bookmark_borderO que é adiáfora

fem. sing. de adiáforo
a·di·á·fo·ro
(grego adiáforos, -os, -on, indiferente, indistinguível )
adjectivo adjetivo

Que não tem a máxima importância. = ACESSÓRIO, DISPENSÁVEL ≠ ESSENCIAL


Adiáfora é o feminino de adiáforo. O mesmo que: secundária, acessória.


Adiáfora (em grego antigo: ἀδιάφορα adiaforon) é uma palavra de uso polissêmico, tendo sido utilizada primeiramente pelos estoicos, como algo que não era nem obrigatório, nem proibido. Em outros contextos, possui também um sentido de “insignificante”. Assim, esse termo seria utilizado para definir o debate de temas que não tem nenhuma importância ou que não chegam a qualquer conclusão.
Como o citado por Roger Olson: “são coisas que não tem importância ou questões de indiferença tendo por exemplo os pormenores das crenças a respeito da natureza exata dos anjos e os detalhes dos eventos associados à segunda vinda de Jesus”. Sendo assim, são classificados adiáforos os assuntos que não alteram, nem para mais, nem para menos a essência da teologia cristã.