bookmark_borderO que é idoso

idoso | adj. s. m.
i·do·so |ô| i·do·so |ô|
(i[da]de + -oso )
adjectivo e nome masculino adjetivo e nome masculino

Que ou quem tem idade avançada. = VELHO ≠ JOVEM, MOÇOPlural: idosos |ó|. Plural: idosos |ó|.


substantivo masculino Indivíduo que já possui muitos anos de vida: o limite de idade entre um adulto e um idoso é 65 anos.
adjetivo Diz-se da pessoa que tem muitos anos de vida; velho.
Pl.metafônico. Pronuncia-se: /idósos/.
Etimologia (origem da palavra idoso). Idade + oso.


Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), idoso é todo indivíduo com 60 anos ou mais. Todavia, para efeito de formulação de políticas públicas, esse limite mínimo pode variar segundo as condições de cada país. A própria OMS reconhece que, qualquer que seja o limite mínimo adotado, é importante considerar que a idade cronológica não é um marcador preciso para as alterações que acompanham o envelhecimento, podendo haver grandes variações quanto a condições de saúde, nível de participação na sociedade e nível de independência entre as pessoas idosas, em diferentes contextos.
O estudo do processo de envelhecimento é chamado gerontologia, enquanto o estudo das doenças que afetam as pessoas idosas é chamado geriatria. Existe, em alguns países, o Estatuto do Idoso, que garante direitos a essa população que já tem idade avançada.


bookmark_borderO que é criança

criança | s. f.
cri·an·ça
(criar + -ança )
substantivo feminino

1. Menino ou menina no período da infância.

2. [Figurado]   [Figurado]   Pessoa estouvada, pouco séria, de pouco juízo.

3. Educação.

4. [Antigo]   [Antigo]   Criação, cria.

criança de peito • A que é amamentada.


substantivo feminino Menino ou menina que está no período da infância, entre o nascimento e a puberdade.
[Figurado] Pessoa muito jovem; quem não atingiu a idade adulta.
[Figurado] Infantil; pessoa sem experiência; quem é ingênuo, inocente.
Filho ou filha de alguém: tenho três crianças.
adjetivo Que se comporta infantil e imaturamente: meu pai é muito criança.
Etimologia (origem da palavra criança). Criar + ança.


Uma criança (do latim creantia) é um ser humano no início de seu desenvolvimento. São chamadas recém-nascidas do nascimento até um mês de idade; bebê, entre o segundo e o décimo-oitavo mês, e criança quando têm entre dezoito meses até doze anos de idade. O ramo da medicina que cuida do desenvolvimento físico e das doenças e/ou traumas físicos nas crianças é a pediatria.
Antes do século XV, a criança era vista como um adulto em miniatura. Não existia, ainda, uma concepção de infância definida. As crianças eram rapidamente introduzidas no mundo dos adultos, chegando até a serem vestidas como eles. A falta de uma ideia de infância, impossibilitou, por muitos anos, a criação de direitos e deveres próprios para as crianças, considerando suas características e fases de desenvolvimento.Os aspectos psicológicos do desenvolvimento da personalidade, com presença ou não de transtornos do comportamento, de transtornos emocionais e/ou presença de neurose infantil – incluídos toda ordem de carências, negligências, violências e abusos, que não os deixa “funcionar” saudavelmente, com a alegria e interesses que lhes são natural – recebem a atenção da Psicologia Clínica Infantil (Psicólogos), através da Psicoterapia Lúdica. Os aspectos cognitivos (intelectual e social) é realizada pela Pedagogia (Professores), nas formalidades da vida escolar, desde a pré-escola, aos cinco anos de idade, ou até antes, aos 3 anos de idade.
A infância é o período que vai desde o nascimento até aproximadamente o décimo-segundo ano de vida de uma pessoa. É um período de grande desenvolvimento físico, marcado pelo gradual crescimento da altura e do peso da criança – especialmente nos primeiros três anos de vida e durante a puberdade. Mais do que isto, é um período onde o ser humano desenvolve-se psicologicamente, envolvendo graduais mudanças no comportamento da pessoa e na adquisição das bases de sua personalidade.


bookmark_borderO que é juvenil

juvenil | adj. 2 g. | adj. 2 g. s. 2 g.
ju·ve·nil
(latim juvenilis, -e )
adjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

1. Da juventude; próprio da juventude. = JOVEM ≠ SÉNIORadjectivo de dois géneros e nome de dois géneros adjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

2. [Desporto]   [Esporte]   Diz-se de ou categoria de desportistas , de idade variável consoante o desporto , que geralmente se segue aos infantis e antecede os esperanças ou os juniores.

3. [Desporto]   [Esporte]   Diz-se de ou desportista dessa categoria.

4. [Zoologia]   [Zoologia]   Diz-se de ou animal que ainda não chegou ao estado adulto.


adjetivo Relativo ao jovem ou à juventude; jovem: música juvenil.
Destinado aos jovens, às crianças ou aos adolescentes: literatura juvenil.
Próprio da juventude, entre a infância e a idade adulta: ardor juvenil.
Que é feito, praticado ou realizado por jovens: crime juvenil.
Que se manifesta antes da idade adulta: doença juvenil.
[Esporte] Composto por atletas com idades entre 15 e 17 anos.
Etimologia (origem da palavra juvenil). Do latim juvenilis.e, “jovem”.


Na linguagem vulgar, o adjectivo juvenil utiliza-se para caracterizar a fase de crescimento de um ser humano, entre a infância e a adolescência ou a coisas relativas a essa fase , como por exemplo, literatura juvenil .
Do ponto de vista da biologia, chama-se juvenil a um organismo que, embora semelhante ao adulto na sua forma exterior, ainda não atingiu a capacidade reprodutiva.