bookmark_borderO que é explosão

explosão | s. f.
ex·plo·são |eis| ou |es| ex·plo·são |eis| ou |es|
(francês explosion )
nome feminino

1. Súbita, violenta e, geralmente, estrondosa fragmentação de um corpo, devido à dilatação de gases ou à conflagração de matérias.

2. [Figurado]   [Figurado]   Manifestação violenta e ruidosa (falando de paixões, revoluções, etc.).

3. Abundante e súbita saída ou erupção (de lágrimas, clamores, etc.).

4. [Fonética]   [Fonética]   O mesmo que oclusão.

explosão demográfica • Crescimento muito rápido da população.

grande explosão • [Astronomia]   • [Astronomia]   Explosão de matéria que teria assinalado o começo da expansão do universo. = BIGUE-BANGUE

Teoria ou modelo que explica a criação e evolução do universo, com origem num aglomerado inicial de matéria muito densa e com temperatura muito alta, que terá explodido, originando a expansão do universo. = BIGUE-BANGUE


substantivo feminino Ação ou efeito de explodir, estourar violentamente: a explosão de uma bomba.
[Física] Fenômeno através do qual se solta um gás sob pressão, ou um corpo sólido ou líquido passa ao estado gasoso.
Mecânica. Terceiro tempo que se opera no circuito de um motor para seu funcionamento.
[Figurado] Manifestação súbita e violenta de um sentimento ou de uma paixão: explosão de cólera.
Clamor, vibração em massa.
[Medicina] Aparecimento inesperado de uma inflamação violenta.


Uma explosão é um processo caracterizado por súbito aumento de volume e grande liberação de energia, geralmente acompanhado por altas temperaturas, produção de gases e forte estrondo. Uma explosão provoca ondas de pressão ao redor do local onde ocorre. Explosões são classificadas de acordo com essas ondas: em caso de ondas subsônicas, tem-se uma deflagração, em caso de ondas supersônicas (ondas de choque), tem-se uma detonação.
Os explosivos artificiais mais comuns são os explosivos químicos, que se decompõem através de violentas reações de oxidação e produzem grandes quantidades de gás e calor.


bookmark_borderO que é deflagração

deflagração | s. f. derivação fem. sing. de deflagrar
de·fla·gra·ção
(latim deflagratio, -onis )
nome feminino

1. Combustão com chama intensa sem explosão.

2. [Figurado]   [Figurado]   Difusão, propagação.

3. Acto de estender-se e comunicar-se.
de·fla·grar de·fla·grar – Conjugar
(latim deflagro, -are, ser destruído por incêndio; extinguir-se, acalmar-se, apagar-se; perecer )
verbo transitivo e intransitivo

1. Tornar ou ficar activa a combustão de uma matéria inflamável, geralmente com explosão ou com chama intensa.

2. Provocar ou aparecer de repente (ex.: a morte de um adolescente deflagrou motins nas ruas; o conflito deflagrou).


substantivo feminino A combustão intensa, repentina e propagada por uma substância inflamável; explosão intensa em que há calor, ruídos e/ou chamas.
[Figurado] Difusão; ação de se alastrar como o fogo ou como um incêndio.
[Figurado] Irrupção; surgimento inesperado e, geralmente, violento: deflagração de atentados terroristas.
Ação ou efeito de deflagrar.
Etimologia (origem da palavra deflagração). Do latim deflagratio.onis.


Deflagração é um processo de combustão subsônica que normalmente se propaga através de condutividade térmica (a camada de matéria que está em combustão aquece a camada de matéria vizinha, mais fria, que então sofre ignição). A deflagração — que se dá a uma velocidade muito rápida mas que fica aquém da velocidade do som — difere da detonação, que é um processo de combustão supersônico e se propaga através de uma onda de choque.A palavra deriva do latim, de + flagrare (queimar); no passado, o significado de deflagração era fazer pegar fogo a um sal, mineral ou outro material, misturado com alguma substância sulfurosa, de forma a purificá-lo.


bookmark_borderO que é solução

solução | s. f.
so·lu·ção
(latim solutio, -onis )
substantivo feminino

1. Acto ou efeito de solver.

2. [Física, Química]   [Física, Química]   Operação pela qual um sólido ou um fluido se dissolve num líquido.

3. [Física, Química]   [Física, Química]   Líquido que contém um corpo em dissolução.

4. Resolução de uma dificuldade, de um problema, etc. (ex.: uma solução de compromisso satisfaz as duas partes).

5. Resposta certa para uma questão ou um problema (ex.: no fim do livro estão as soluções dos problemas).

6. Aquilo que termina ou encerra um assunto ou uma situação. = CONCLUSÃO, DESFECHO, DESENLACE, TERMO

7. Pagamento definitivo.

solução de continuidade • Separação de um todo ou interrupção de uma continuidade (ex.: foi criado um conjunto de incentivos para evitar soluções de continuidade que prejudiquem o sector secundário). = CORTE, DESCONTINUIDADE


substantivo feminino Resolução de uma dificuldade, de um problema.
Resposta a uma questão: não tenho solução para.
Termo, desfecho, conclusão: o divórcio foi a solução dos meus problemas.
[Matemática] Indicações, método para obter o valor das incógnitas.
[Matemática] Sistema de valores das incógnitas, que satisfaz a uma equação ou a um conjunto de equações.
[Química] Mistura líquida e homogênea de dois ou mais corpos.
[Química] Líquido que contém um corpo dissolvido: solução açucarada.
[Química] Mistura do soluto e do solvente; dissolução.
[Farmácia] Líquido onde se dissolvem sais, extratos etc.
Solução de continuidade, interrupção, descontinuidade.
Etimologia (origem da palavra solução). Do latim solutio.onis, “decomposição, separação”.


Em química, solução é o nome dado a dispersões cujo tamanho das moléculas dispersas é menor que 1 nanômetro (10 ångströns ou 10-7 centímetros). A solução ainda pode ser caracterizada por formar um sistema homogêneo (a olho nu e ao microscópio), por ser impossível separar o disperso do dispersante por processos físicos.
As soluções são compostas por moléculas ou íons comuns. Podem ser sólidas, líquidas ou gasosas . Quando uma solução é muito rica em um componente, este componente é geralmente chamado de solventes enquanto os outros são chamados de solutos . No entanto isso não pode ser usado como se fosse uma regra, pois se imaginarmos, por exemplo, uma solução composta por 50 ml de água e 50 ml de álcool veremos que ambos (soluto e solvente) estão na mesma proporção.
A solução também pode apresentar-se em qualquer combinação envolvendo os três estados da matéria. É importante destacar que soluções gasosas não são formadas apenas por solvente e soluto gasosos.
As soluções podem apresentar diversas aplicações no nosso cotidiano como por exemplo: água mineral, o ar, o álcool hidratado, acetona, o soro fisiológico entre outros. As soluções podem ter aplicações importantes nas áreas da farmácia, da biologia e da química por exemplo.


bookmark_borderO que é densidade

densidade | s. f.
den·si·da·de
(latim densitas, -atis )
substantivo feminino

1. Qualidade do que é denso. = DENSIDÃO, ESPESSURA

2. Relação entre a massa ou o peso de um corpo com o seu volume ou com a massa ou peso de outro corpo do mesmo volume.

3. [Fotografia]   [Fotografia]   Grau de opacidade de uma imagem em papel ou filme.

densidade demográfica • [Geografia]   • [Geografia]   O mesmo que densidade populacional.

densidade populacional • [Geografia]   • [Geografia]   Número de indivíduos, geralmente habitantes, por unidade de território.


substantivo feminino Característica ou particularidade daquilo que é denso; compacto.
[Figurado] Excesso de conteúdo; veemência intelectual; intensidade emocional: densidade de um filme.
[Informática] Número dos dados que se pode armazenar numa unidade de área (na superfície magnética).
A quantidade de pessoas situadas num certo espaço: alta densidade demográfica.
Etimologia (origem da palavra densidade). Do latim densitas.atis.


A densidade (também massa volúmica ou massa volumétrica) de um corpo define-se como o quociente entre a massa e o volume desse corpo. Desta forma pode-se dizer que a densidade mede o grau de concentração de massa em determinado volume. O símbolo para a densidade é ρ (a letra grega ró) e a unidade SI é quilograma por metro cúbico (kg/m3).
No Brasil, a razão entre a massa e o volume de uma substância é conhecida como massa específica. Já a densidade é definida como a relação entre massas específicas de duas substâncias, sendo uma delas tomada como padrão (a água a 4 °C é geralmente utilizada como referência), sendo assim uma grandeza adimensional. Nesse caso, o símbolo adotado para densidade é a letra d.Densidade relativa é a relação entre a densidade da substância em causa e a densidade da água a 4 °C. É uma grandeza adimensional, devido ao quociente. Quando se diz que um corpo tem uma densidade de 5, quer dizer que tem uma densidade 5 vezes superior à da água (no caso dos sólidos e líquidos).
Há uma pequena diferença entre densidade e massa específica. A massa específica, embora definida de forma análoga à densidade, contudo para um material e não um objeto, é propriedade de uma substância, e não de um objeto. Supõe-se pois que o material seja homogêneo e isotrópico ao longo de todo o volume considerado para o cálculo, e que seja maciço. Um objeto oco pode ter densidade muito diferente da massa específica do material que o compõe, a exemplo os navios. Embora a massa específica do aço seja maior que a massa específica da água, a densidade de um navio – assumido uma estrutura “fechada”, é certamente menor do que a da água.
Para líquidos e gases, as expressões densidade e massa específica – dadas as propriedades físicas desses estados – acabam sendo utilizadas como sinônimos.
O gelo possui uma massa específica inferior à apresentada pela água em seu estado líquido (0,97 g/cm3), propriedade rara nos líquidos, que se explica pela polaridade da molécula da água e pelo aumento da distância média entre partículas no estado sólido. O mesmo ocorre geralmente com as substâncias que estabelecem ligações de hidrogênio, como os álcoois.


bookmark_borderO que é soluto

soluto | adj. | s. m.
so·lu·to
adjectivo adjetivo

1. Solto, livre.substantivo masculino

2. [Farmácia]   [Farmácia]   Solução.


substantivo masculino O que se dissolve, se desfaz em meio liquido, quando está em contato com outra substância de maior quantidade, o solvente.
[Por Extensão] A substância que resulta dessa dissolução.
adjetivo Uso Antigo. Diz-se do texto, em prosa ou poesia, desprovido de ritmo, de rima ou de harmonia.
Etimologia (origem da palavra soluto). Do latim solutus-a-um.


Chama-se soluto à substância que pode ser dissolvida, uma substância “solta”, sem vínculos. Disperso é chamada a substância química que é “dispersada” no solvente, não tendo portanto solubilização completa.
Encontra-se geralmente num estado físico diferente do solvente, o mais habitual é que se trate de um sólido contido numa solução líquida (sem que se forme uma segunda fase). Por exemplo, o cloreto de sódio (sal de cozinha) pode ser dissolvido na água, ou seja, é um soluto.
A solubilidade de um composto químico depende em grande parte da sua polaridade. Em geral, os compostos iônicos e compostos moleculares polares são solúveis em solventes polares como a água e o etanol. Os compostos moleculares apolares dissolvem em solventes apolares como o hexano, o éter ou o tetracloreto de carbono.
A partir do soluto, é possível saber qual o nível de saturação da substância (solvente). O soluto adicionado ao solvente torna-se uma solução.
Uma palavra mais vulgar para designar uma mistura homogénea é solução. Quando juntamos açúcar á água, ele não desaparece, embora deixemos de o ver. Mesmo no microscópio não conseguimos distinguir o açúcar da água, ele fica dissolvido na água. O açúcar chamamos de soluto, e á água de solvente.


bookmark_borderO que é crioscopia

crioscopia | s. f.
cri·os·co·pi·a
(crio- + -scopia )
nome feminino

[Física]   [Física]   Parte da Física que estuda as leis da congelação das dissoluções salinas.


substantivo feminino [Física] Estudo da congelação das soluções.


Abaixamento Crioscópico é a propriedade coligativa que indica a diminuição de ponto de congelamento de um líquido, provocado pela adição de um soluto não-volátil que diminui a pressão de vapor do líquido. Consequentemente, a temperatura de ebulição desse líquido aumenta e a de fusão diminui. Já a Crioscopia é o nome dado à técnica onde é possível medir a massa molar de um soluto, sabendo-se, a constante crioscópica.
As propriedades coligativas dependem do número de partículas de soluto na solução, não da natureza do soluto.


bookmark_borderO que é percolação

percolação | s. f. derivação fem. sing. de percolar
per·co·la·ção
(latim percolatio, -onis )
nome feminino

1. [Química]   [Química]   Acção ou processo de passar um líquido através de interstícios, para o filtrar ou para com ele extrair componentes solúveis de uma substância. = LIXIVIAÇÃO

2. [Geologia]   [Geologia]   Movimento lento da água do subsolo, com remoção ou dissolução de alguns constituintes do solo ou das rochas.
per·co·lar per·co·lar – Conjugar
(latim percolo, -are, coar, filtrar )
verbo transitivo

Passar um líquido através de interstícios de uma substância porosa ou pulverizada, para o filtrar ou para com ele extrair componentes solúveis dessa substância. = LIXIVIAR


substantivo feminino Ação de fazer com que um líquido seja purificado por um filtro.
Passagem de um líquido por uma substância porosa para remoção de suas partes solúveis.
Ação de preparar o café com o auxílio de um filtro, perculador.
Ação ou efeito de percolar.
Etimologia (origem da palavra percolação). Do latim percolatio.onis.


Percolação (do Lat. percōlāre, filtrar) em farmacognosia e ciência dos materiais, se refere a extração de componentes solúveis passando solventes por materiais porosos. Na geologia se refere a passagem de água pelo solo e rochas permeáveis fluindo para reservatórios subterrâneos (aquíferos).Durante as últimas cinco décadas, o desenvolvimento de modelos matemáticos para percolação tem expandido sua aplicação também para geotecnia e redes complexas.