bookmark_borderO que é babaca

babaca | adj. 2 g. s. 2 g. | adj. 2 g. | s. f. babaça | s. m. ou f.
ba·ba·ca
(origem controversa )
adjectivo de dois géneros e substantivo de dois géneros adjetivo de dois géneros e substantivo de dois géneros

1. [Brasil]   [Brasil]   Que ou quem é muito ingénuo . = BOBO, BOBOCA, TOLO

2. [Brasil]   [Brasil]   Que ou quem tem pouca inteligência ou capacidade de decisão. = BOBO, BOBOCAadjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

3. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Que não é estimulante, interessante ou relevante (ex.: personagem babaca). = DESINTERESSANTE, IRRELEVANTE, SUPERFICIALsubstantivo feminino

4. [Brasil, Calão]   [Brasil, Tabuísmo]   Conjunto das partes genitais femininas. = VULVA
ba·ba·ça ba·ba·ça
(quimbundo ma’basa )
substantivo masculino ou feminino

[Brasil]   [Brasil]   Irmão ou irmã gémea (ou irmã gémea ). = BABAÇO, MABAÇA


substantivo masculino e feminino Quem se deixa enganar por ser muito ingênuo; simplório, tolo: o babaca comprou o carro usado como novo.
Desprovido de inteligência, de perspicácia; idiota.
Ausente de importância, de conteúdo, de interesse; insignificante.
adjetivo Que é tolo, bobo, idiota, simplório, insignificante: cantor babaca; espetáculo babaca; amigo babaca.
substantivo feminino [Pejorativo] Designação vulgar da genitália feminina; vulva.
Etimologia (origem da palavra babaca). De origem questionável; talvez do tupi babaquara.


Babaca é um termo muito utilizado no português brasileiro para designar, de forma insultiva, uma pessoa tola, ingênua, boba, idiota ou de baixo intelecto.


bookmark_borderO que é vice-versa

vice-versa | adv.
vi·ce·-ver·sa |é| vi·ce·-ver·sa |é|
(latim vice versa, do genitivo vicis, vez, alternância; reciprocidade, troca + versus, a, um, voltado )
advérbio

1. Em sentido inverso (ex.: o problema surge sempre que a forma não serve o conteúdo ou vice-versa). = AO CONTRÁRIO, INVERSAMENTE

2. De modo recíproco (ex.: ela ajudou o amigo e vice-versa).



Vice-versa é uma expressão adverbial de origem latina que designa: na ordem inversa à que foi mencionada anteriormente.
Esta expressão é utilizada quando a ação desempenhada pelo sujeito ativo é diferente da desempenhada pelo sujeito passivo. Exemplo: Esses erros ocorrem quando as chefias dão crédito de banco de horas ao invés de débito, e vice-versa.
Na frase acima, vice-versa subentende a ação contrária da primeira oração, ou seja, dão débito ao invés de crédito.


bookmark_borderO que é apotegma

apotegma | s. m.
a·po·teg·ma
(grego apófthegma, -atos )
nome masculino

Dito breve e memorável de pessoa ilustre. = MÁXIMA


substantivo masculino Dito ou palavra memorável; pensamento conciso, sentença breve; aforismo; provérbio.


Apotegma (do grego αποφθεγμα, translit. apóphthegma: ‘preceito’; derivado do verbo apophthéggomai: ‘declarar alto, enunciar uma sentença, enunciar uma resposta em forma definitiva, proferir um oráculo’) é uma sentença breve, de caráter aforístico. Tem como objetivo enunciar um conteúdo de natureza moral de maneira extremamente sintética e eficaz. O apotegma tem traços comuns com a anedota e com o provérbio, embora não sendo completamente redutível a essas formas. Assim como o aforismo (do grego ἀφορισμός, translit. aphorismós,oû: ‘delimitação, distinção, definição’, der. de apphorízó: ‘separar, definir’), o apotegma é, geralmente, de autoria conhecida, atribuída a um personagem célebre, distinguindo-se do provérbio, que é de origem desconhecida e faz parte da cultura popular .


bookmark_borderO que é bordão

bordão | s. m.
bor·dão
(latim burdo, -onis, macho, mula )
substantivo masculino

1. Pau que serve para apoio de quem caminha (ex.: um dos peregrinos passou agarrado a um bordão). = CAJADO, VARAPAU

2. [Figurado]   [Figurado]   Aquilo que ajuda. = ARRIMO, AUXÍLIO

3. [Armamento]   [Armamento]   Corda de arco de atirar.

4. [Linguística]   [Lingüística]   [Linguística]   Palavra ou locução esvaziada de sentido e sem função morfossintáctica , que se usa ou repete no discurso, geralmente de forma inconsciente ou automática, por vezes como forma de apoio em momentos de hesitação, esquecimento ou reformulação do pensamento (ex.: os bordões portanto e é assim são característicos do registo coloquial).

5. [Música]   [Música]   Corda grossa de certos instrumentos.

6. [Música]   [Música]   Tom invariável que serve de baixo na gaita-de-foles , sanfona, etc.

7. [Música]   [Música]   Cano de gaita-de-foles que é geralmente colocado sobre o ombro do gaiteiro. = RONCÃO

8. [Música]   [Música]   Registo de diapasão grave do órgão.

9. [Botânica]   [Botânica]   Espécie de palmeira de que se faz o maluvo.


substantivo masculino Palavra, expressão ou frase que alguém repete excessivamente.
[Por Extensão] Dito repetido para ser engraçado ou emotivo.
Vara com extremidade em formato de gancho, usado para dar apoio.
[Figurado] Algo ou alguém que presta ajuda, ampara ou socorre.
Etimologia (origem da palavra bordão). Do latim burdo.onis.
substantivo masculino [Música] Corda espessa que produz um som grave; o som grave.
[Música] Corda que, em instrumentos musicais, emite o som mais grave.
[Música] Corda localizada na parte inferior dos tambores.
[Por Extensão] Corda que atira as flechas, num arco.
Etimologia (origem da palavra bordão). Do francês bourdon.
substantivo masculino Palmeira de seiva doce usada para produzir maluvo (bebida fermentada).
Etimologia (origem da palavra bordão). Talvez de bordo.


Bordão é uma expressão comumente repetida por alguém, ou algo, sempre em uma determinada situação. Na música, bordão refere-se a determinado tema musical, marcado por notas graves, recorrente em determinada melodia.O termo também pode se referir as cordas vibrantes da sanfona que emitem continuamente a mesma nota ou o apoia ombral utilizado pelos gaiteiros, também conhecido por ronco.


bookmark_borderO que é prole

prole | s. f.
pro·le
substantivo feminino

1. Descendência, filhos.

2. [Figurado]   [Figurado]   Sucessão.


substantivo feminino Reunião (ou grupo) de pessoas que possuem a mesma ascendência; pessoas que descendem de um casal ou de um indivíduo em específico; descendência.
Os filhos ou filhas de uma pessoa (de um casal ou de um animal): uma gata com a sua prole; nossa família tem um histórico de grande prole.
Etimologia (origem da palavra prole). Do latim proles.is.


No contexto do romance chamado 1984, escrito por George Orwell, o termo prole é utilizado para designar um indivíduo da classe proletária. A expressão é comumente utilizada de forma pejorativa para designar pessoas de baixo nível cultural, geralmente, assalariadas e com baixos rendimentos.