bookmark_borderO que é vazão

vazão | s. f.
va·zão
nome feminino

1. Vazamento.

2. Escoamento.

3. [Figurado]   [Figurado]   Exportação; extracção ; venda; saída.

4. Solução.

5. Quantidade de fluido fornecido por qualquer corrente líquida ou gasosa na unidade de tempo.


substantivo feminino Ato ou efeito de vazar; vazamento.
Escoamento, esgotamento: o túnel não dá vazão ao tráfego.
[Figurado] Venda, saída, consumo: este artigo tem muita vazão.
Quantidade de líquido ou gás que uma corrente fluida fornece em determinada unidade de tempo.


Vazão ou caudal (ou ainda, “débito”) é o volume e/ou massa de determinado fluido que passa por uma determinada seção de um conduto livre ou forçado, por unidade de tempo. Ou seja, vazão é a rapidez com a qual um volume e/ou massa escoa. Vazão corresponde à taxa de escoamento, ou seja, quantidade de material transportado através de conduto livre ou forçado, por unidade de tempo. Ainda outra definição é a de um fluxo volumétrico.
Um conduto livre pode ser um canal, um rio ou uma tubulação. Um conduto forçado pode ser uma tubulação com pressão positiva ou negativa. Assim, pode-se escrever a vazão.
Com a área a em m² e a velocidade de escoamento v em m/s, vazão é dada em m³/s.


bookmark_borderO que é sarjeta

sarjeta | s. f.
sar·je·ta |ê| sar·je·ta |ê|
(sarja + -eta )
nome feminino

1. Sarja delgada.

2. Pequena vala para escoamento de águas. = VALETA

3. Escoadouro nas ruas para as águas, geralmente da chuva. = BUEIRO, SUMIDOURO

4. Estado de grande decadência.


substantivo feminino Valeta situada na borda do meio-fio e usada para escoamento das águas das chuvas.
[Figurado] Em que há ou expressa decadência, humilhação; condição de indigente; indigência moral; lama: seus vícios levaram-no à sarjeta.
O próprio meio-fio das calçadas: encontrei-o sentado na sarjeta.
Etimologia (origem da palavra sarjeta). Sarja + eta.


Sarjeta ou valeta refere-se ao escoadouro das águas pluviais em estradas, ruas e avenidas que beiram o meio-fio (ou guia) das calçadas. Idealmente, a sarjeta deve estar num nível mais baixo que o leito carroçável para conduzir a água até os bueiros ou bocas-de-lobo.


bookmark_borderO que é sifão

sifão | s. m.
si·fão
(latim sipho, -onis, do grego sifon, -onos, tubo, cano )
nome masculino

1. Tubo recurvado, de ramos desiguais, que serve geralmente para transvasar líquidos sem inclinar os vasos que os contêm.

2. Espécie de garrafa de vidro com água gasosa.


substantivo masculino [Física] Tubo em forma de S, de ramos desiguais, usado para fazer passar os líquidos de um nível para outro mais baixo, elevando-os de início acima do nível mais alto.
Tubo duplamente recurvado, cuja parte inferior fica cheia de água, e que serve para evacuar as águas usadas, impedindo que exalem mau cheiro.
[Zoologia] Estrutura dos moluscos ou outros invertebrados que, situada na parte exterior, relacionada com funções respiratórias.
Tipo de garrafa que faz com que, sob pressão, a água gasosa nela contida jorre.
(Etm. do latim: sipho.onis.


Um sifão é um dispositivo para transportar um líquido de uma altura para outra mais baixa, passando por um ponto mais alto (muito usado na agricultura). Em bacias de retrete e lavatórios existem sifões para impedir a passagem do cheiro provenientes das respectivas canalizações. Existem vários tipos de sifões, em “S” (no qual tem o formato de curva-contracurva), em “copo” no qual se assemelha a um copo dentro de outro, entre outros.


bookmark_borderO que é descarga

descarga | s. f.
des·car·ga
(português antigo descárrega, derivação regressiva de descarregar )
nome feminino

1. Acto ou efeito de descarregar. = DESCARREGAMENTO

2. Acto ou trabalho de tirar a carga a bestas, carros, navios, etc.

3. Acto ou efeito de disparar muitas armas de fogo ao mesmo tempo.

4. Cancelamento de item ou de um registo . = BAIXA

5. Desobrigação, alívio de cargo ou de encargo. = DESCARGO, DESENCARGO

6. [Direito]   [Direito]   Solução ou libertação de obrigação ou de encargo. = QUITAÇÃO

7. Caudal, débito.

8. [Brasil]   [Brasil]   Válvula accionada mecanicamente para libertar um jacto de água em sanitas , urinóis, etc., por meio de jacto de água (ex.: dê descarga após o uso). [Equivalente no português de Portugal: autoclismo.]

9. [Medicina]   [Medicina]   Evacuação ou libertação de uma substância.

descarga eléctrica • Explosão de electricidade ; raio, faísca.


substantivo feminino Ato de tirar a carga.
Ato de disparar com uma arma muitos tiros ao mesmo tempo ou simultaneamente com diversas armas: descarga de artilharia.
[Física] Descarga elétrica, fenômeno que se verifica quando um corpo eletrizado perde a sua carga de eletricidade.


Se procura uma descarga de electricidade, veja Descarga electrostática.
A descarga (português brasileiro) ou autoclismo (português europeu) é um dispositivo acoplado ao vaso sanitário (sanita). Quando puxamos a descarga, a água contida em um reservatório que fica no referido vaso sanitário é enviada para baixo para limpar os resíduos que ficaram neste.


bookmark_borderO que é alcatruz

alcatruz | s. m. | s. m. pl.
al·ca·truz
(árabe al-qadus )
nome masculino

1. Cada um dos vasos que tiram a água da nora.

2. [Portugal: Algarve]   [Portugal: Algarve]   Vaso de barro que se usa para capturar polvos.
alcatruzesnome masculino plural

3. Botas grandes e pesadas. = BOTIFARRAS


substantivo masculino Vaso, geralmente cilíndrico, preso por uma corda ou corrente, com que se tira água de poço ou cisterna.


Alcatruz é uma palavra de origem árabe que designa os recipientes utilizados nas noras e tarambolas para puxar a água do fundo de um poço ou de um rio para a superfície.
Em Portugal, também é o nome dado aos potes de barro de trinta a quarenta centímetros, utilizados como armadilhas para captura de polvos, o princípio dessa pesca é que, uma vez colocado no fundo do mar, o polvo tem a tendência de fazer do alcatruz um abrigo.Estes alcatruzes têm um orifício com cerca de 2 cm de diâmetro no seu fundo, para oferecer menos resistência quando são içados a partir do barco. São deixados no fundo do mar, presos uns aos outros por uma corda, separados de vários metros, ficando nos extremos uma bóia que sinaliza a presença do “aparelho” de pesca.


bookmark_borderO que é cais

cais | s. m. 2 núm. fem. pl. de cal 2ª pess. sing. pres. ind. de cair Será que queria dizer caís?
cais
(francês quai )
nome masculino de dois números

Ponto de embarque e desembarque nos portos, cursos de água, estações de caminho-de-ferro .
cal cal 1
(latim vulgar cals, de calx, calcis, pedra de cal )
nome feminino

1. Óxido de cálcio (CaO), que forma a base de um grande número de pedras, como o mármore, o granito, a cal viva, etc. (Obtém-se a cal pela calcinação da cal viva. Misturada com areia e água, forma as argamassas, que endurecem com o ar.)

cal anidra • O mesmo que cal viva.

cal apagada • Hidróxido de cálcio resultante da acção da água sobre a cal viva.

cal cáustica • O mesmo que cal viva.

cal extinta • O mesmo que cal apagada.

cal hidráulica • A que endurece com excesso de água, devido ao seu alto teor de argila.

cal virgem • O mesmo que cal viva.

cal viva • A que não foi submetida à acção da água.Plural: cales ou cais. Plural: cales ou cais.Confrontar: sal.

Ver também dúvida linguística: plural de gel.

cal cal 2
(redução de caloria )
símbolo

[Física]   [Física]   Símbolo de caloria.
ca·ir |a-í| ca·ir |a-í| – Conjugar
(latim cado, -ere )
verbo intransitivo

1. Dar queda, ir a terra. = DESABAR

2. [Figurado]   [Figurado]   Descer.

3. Ir dar a.

4. Deixar-se apanhar.

5. Ser vítima de.

6. Praticar.

7. Tocar.

8. Vir a conhecer.

9. Pender.

10. Acontecer.

11. Incorrer.

12. Desagradar.

13. Descambar.

14. Vir.

15. Chegar.nome masculino

16. Acto ou momento de cair.

cair em si • Reconhecer o erro ou culpa.

cair fora • [Brasil, Informal]   • [Brasil, Informal]   Ir embora (ex.: caia fora da minha casa e não volte nunca mais). = DAR O FORA, SAIR

• [Brasil, Informal]   • [Brasil, Informal]   Abandonar ou livrar-se de uma situação (ex.: eu caí fora antes de a empresa falir). = SAIR

cair o Carmo e a Trindade • [Portugal, Informal]   • [Portugal, Informal]   Ocorrer grande polémica , protesto ou discussão.Confrontar: sair.


substantivo masculino plural Plataforma onde um navio se atraca para embarque e desembarque de passageiros e carga.
Muralha de alvenaria, levantada ao longo de um curso de água para firmar as margens e impedir transbordamentos.
Margem de um porto, geralmente empedrada ou lajeada para facilitar o acostamento dos barcos, bem como sua carga e descarga.
Etimologia (origem da palavra cais). Do gaulês caio; pelo francês quai.


Um cais (do céltico, através do francês antigo quai) é uma estrutura, geralmente uma plataforma fixa em estacas, ou região à beira da água, na borda de uma abra ou de um porto, onde barcos podem atracar e aportar para carregar e descarregar carga e passageiros. Inclui atracadouros (local para amarras) e pode também incluir píeres, armazéns e outros equipamentos necessários para manipular barcos.
Um cais é também um nível mais alto, ou calçada, geralmente recoberto de pedras, ao longo de um rio ou canal, ou a avenida que passa ao longo dessas calçadas.


bookmark_borderO que é dreno

dreno | s. m. 1ª pess. sing. pres. ind. de drenar
dre·no |ê| dre·no |ê|
substantivo masculino

1. [Medicina]   [Medicina]   Tubo flexível, com muitos furos, que se coloca em certas feridas e permite o escoamento de líquidos patológicos.

2. Conduta para o esgoto e escoamento das águas de um terreno demasiado húmido .
dre·nar dre·nar – Conjugar
verbo transitivo

1. Desembaraçar um solo do seu excesso de água por meio de drenos.

2. Introduzir um dreno numa ferida.

3. Para um curso de água, reunir as águas de uma região.


substantivo masculino Vala ou fosso para praticar a drenagem.
Tubo de barro, feito especialmente para drenar.
Tubo ou mecha de qualquer substância para facilitar o escoamento das matérias de uma ferida, de uma cavidade do corpo.
Etimologia (origem da palavra dreno). Do inglês drain.


Um dreno é um tipo de tubo geralmente enterrado sob o solo, utilizado para fazer escoar efluentes de água de uma edificação ou área pavimentada. O fluxo na tubulação se dá preferivelmente por gravidade, mas algumas vezes uma bomba pode ser utilizada para elevar os efluentes. A tubulação deve ser à prova de água para impedir a contaminação por vazamento de efluentes, e para evitar o afluxo de água de um subsolo aqüífero.

Dreno também é um cano que fica nos postos de gasolina que fica tirando as impurezas,que fica geralmente no telhado.


bookmark_borderO que é tubo

tubo | s. m.
tu·bo
(latim tubus, -i )
substantivo masculino

1. Canal mais ou menos cilíndrico que serve de ducto a fluido. = CANO, CANUDO

2. Vaso cilíndrico de vidro.

3. Canal do organismo animal.

4. [Botânica]   [Botânica]   Parte inferior e tubulosa dos cálices ou das corolas gamopétalas.

5. [Desporto]   [Esporte]   Passagem do surfista por dentro da onda, no buraco que se forma quando a crista da onda enrola e atinge a base.

tubo de ensaio • Recipiente de laboratório, de formato estreito e cilíndrico.

• Experiência ou tentativa.

tubo de escape • Tubo que conduz os gases dos motores de explosão para o exterior. = CANO DE ESCAPE, ESCAPE

tubo pneumático • Tubo propulsado por ar comprimido nas canalizações subterrâneas, e que permite encaminhar a correspondência urgente para uma estação distribuidora.


substantivo masculino Canal cilíndrico, reto ou curvo, pelo qual passam fluidos, líquidos etc.; cano: tubos de água.
Canal ou conduto natural: tubo digestivo.
[Botânica] Parte inferior e tuberosa dos cálices gamossépalos ou das corolas gamopétalas.
[Química] Nome comum a diversos vasos cilíndricos de vidro, retos ou recurvados, que se usam nos laboratórios para vários fins.
[Física] Canal cilíndrico, ordinariamente de vidro, e que constitui o reservatório e a parte principal de um barômetro, de um termômetro ou de um manômetro.
Tubo acústico, tubo longo que serve para transmitir o som à distância.
[Física] Tubo de Crookes, de Coolidge, aparelhos produtores de raios X.
Entomologia. Tubo de Malpighi, qualquer das vias urinárias dos insetos.
[Brasil] Gír. Os tubos, muito dinheiro: ganhar os tubos; gastar os tubos.


Um tubo, cano ou conduta é um cilindro (embora possa possuir outros formatos, como o retangular, por exemplo) oco comprido geralmente fabricado em cerâmico, metal ou plástico. Pode variar de diâmetro, espessura de parede e comprimento. Tubos são, geralmente, utilizados em:

Transporte de líquidos e/ou gases
Construção civil
Exploração de poços de petróleo
Partes de máquinas e equipamentos mecânicos
Metalurgia


bookmark_borderO que é abrasão

abrasão | s. f.
a·bra·são
(latim abrasio, -onis, acção de raspar )
nome feminino

1. Desgaste por atrito ou fricção.

2. [Medicina]   [Medicina]   Raspagem de ossos cariados, de dentes com tártaro, de pele, de mucosa, etc.


substantivo feminino Desgaste por atrito; efeito de um abrasivo.
[Medicina] Exulceração da pele ou das mucosas por meios mecânicos.
Cirurgia. Raspagem ou retirada de certas partes: abrasão dos ossos.
Odontologia. Desgaste dos dentes por meios mecânicos ou químicos.

bookmark_borderO que é bueiro

substantivo masculino Tipo de buraco, ou abertura, através do qual as águas da chuva são drenadas pelas sarjetas; boca de lobo.
Caixa de ferro que armazena essas águas, fechada por uma tampa com grelha; a canalização de esgoto.
Fenda que, feita num muro, terreno ou estrada, possui canos para o escoamento de água.
Tubo pelo qual a fumaça escapa; chaminé.
Não confundir com: boeiro.
Etimologia (origem da palavra bueiro). De origem questionável.


Bueiro, boca-de-lobo, boca de lobo, sumidouro, sumidoiro ou sarjeta é a vala geralmente localizada ao longo das vias pavimentadas para onde escoam as águas da chuva drenadas pelas sarjetas com destino às galerias pluviais. É comum certa confusão no uso do termo. No português europeu, a tampa redonda de metal que se vê em geral no meio da rua é, na verdade, a tampa de um poço ou caixa de visita, erradamente chamada às vezes de bueiro.A especialização da [Engenharia de Agrimensura [engenharia civil]] que estuda a drenagem pluvial, também chamado de esgoto pluvial, é a engenharia hidráulica.
Nas rodovias e ferrovias, denominam-se bueiros também as tubulações de drenagem dos rios e córregos que cruzam o leito da estrada.