bookmark_borderO que é lampião

lampião | s. m.
lam·pi·ão
(italiano lampione )
nome masculino

1. Espécie de caixa, rodeada de vidros, com luz no interior, ao abrigo do vento. = LANTERNA

2. Poste de iluminação.

3. [Informal]   [Informal]   Adepto do Sport Lisboa e Benfica. = BENFIQUISTA

lampião de esquina • [Brasil, Popular]   • [Brasil, Popular]   Vadio, estafermo.


substantivo masculino Lanterna, portátil ou fixa, constituída por um botijão provido de combustível no qual se embebe um pavio que se acende para alumiar.


Lampião, lanterna ou candeeiro é um objeto destinado à iluminação, geralmente constituído por uma armação de metal (embora pudesse ser de outro material, como cerâmica) com um anteparo transparente (geralmente de vidro) para proteger a fonte de luz, que pode ser uma vela, uma chama abastecida por combustível (querosene ou gás, por exemplo) ou mesmo vagalumes, como era costume na antiga China. As lanternas costumam ter alças (ou pegas) para que possam ser carregadas.


bookmark_borderO que é lustre

lustre | s. m. 1ª pess. sing. pres. conj. de lustrar 3ª pess. sing. imp. de lustrar 3ª pess. sing. pres. conj. de lustrar
lus·tre
nome masculino

1. Lampadário, candelabro pendente com muitas luzes.

2. Brilho.

3. Polimento.

4. [Figurado]   [Figurado]   Fama, resplendor, glória, brilhantismo.
lus·trar lus·trar – Conjugar
verbo transitivo

1. Dar lustre a.

2. Envernizar, polir, engraxar.

3. Examinar minuciosamente.

4. Visitar.

5. Tornar culto.

6. Purificar (por meio de água).verbo intransitivo

7. Luzir, brilhar.


substantivo masculino Brilho; O mesmo que lustro.
[Figurado] Brilhantismo, glória.
Candelabro de vários braços que se suspende do teto.


Um lustre, candelabro ou lampadário é um candeeiro suspenso com mais de um foco luminoso, como velas ou lâmpadas. Os lustres modernos são frequentemente bastante decorados, com dezenas de lâmpadas e arranjos complexos de vidro ou outros materiais que iluminam um espaço interior com padrões intrincados.Existem alguns cuidados ao utilizar o lustre na decoração, como produzir luz suave e distanciar a peça da mesa, para não incomodar os olhos, também pode ser utilizado para destacar moveis como uma mesa de apoio, mesa principal, em casos que se tenham uma luz ambiente geral efetiva. Por isso é sempre importante pensar se vale ou não a pena fazer um projeto luminotécnico.


bookmark_borderO que é vela

vela | s. f. vela | s. f. 3ª pess. sing. pres. ind. de velar 2ª pess. sing. imp. de velar
ve·la |é| ve·la |é| 2
(derivação regressiva de velar )
substantivo feminino

1. Acto de velar. = VELADA, VELADURA, VIGÍLIA

2. Privação de sono durante a noite. = INSÓNIA , VIGÍLIA

3. Pessoa que vela ou vigília. = SENTINELA

4. Peça de cera, sebo ou estearina, com uma torcida ou pavio no centro e que serve para dar luz.

5. [Cirurgia]   [Cirurgia]   Aparelho, em forma de cilindro, empregado como sonda.

6. [Farmácia]   [Farmácia]   Fórmula farmacêutica que tem como excipiente uma substância gorda destinada a fundir ao calor do organismo e que, introduzida no ânus, na uretra ou em outros canais estreitos, serve de veículo a diversos medicamentos.

7. [Física]   [Física]   Unidade de medida de intensidade luminosa.

8. [Mecânica]   [Mecânica]   Peça dos motores de explosão onde se produz a faísca eléctrica , destinada a queimar os vapores da essência motriz.

segurar a vela • Fazer companhia a um casal de namorados.

vela eléctrica • [Antigo]   • [Antigo]   Conjunto de carvões que, em aparelhos de iluminação, produzem a luz eléctrica .
ve·la |é| ve·la |é| 1
(latim vela, -orum, plural de velum, -i, pano, reposteiro, cortina, véu; máscara )
substantivo feminino

1. Pano forte e resistente que se prende aos mastros para fazer andar as embarcações, ou aos braços dos moinhos de vento para os fazer girar.

2. [Figurado]   [Figurado]   Embarcação dotada desse pano e movida pela força do vento.

3. [Desporto]   [Esporte]   Modalidade desportiva que compreende disciplinas com embarcações dotadas de vela.

4. [Astronomia]   [Astronomia]   Constelação austral. (Geralmente com inicial maiúscula.)

à vela • Com as velas desfraldadas.

• [Informal]   • [Informal]   Em fralda de camisa.

• [Informal]   • [Informal]   Sem roupa. = DESCOBERTO, DESPIDO

ir de vela • [Informal]   • [Informal]   Ir embora, desaparecer.

vela de balão • [Náutica]   • [Náutica]   Grande vela de proa triangular, leve e côncava, utilizada em veleiros de recreio nas mareações a partir de bolina folgada. = BALÃO

vela latina • [Náutica]   • [Náutica]   Vela, triangular ou quadrangular, que tem um dos lados preso ao mastro ou mastaréu.

vela redonda • [Náutica]   • [Náutica]   Vela de verga.
ve·lar ve·lar 1- Conjugar
(latim vigilo, -are )
verbo transitivo

1. Estar de vigia a, estar de guarda a, geralmente durante as horas habitualmente dadas ao sono. = VIGIAR

2. [Figurado]   [Figurado]   Proteger.

3. Proteger.

4. Não abandonar.

5. Interessar-se com vigilante zelo.

6. Exercer vigilância sobre.verbo intransitivo

7. Passar a noite ou parte dela sem dormir.

8. Fazer serão prolongado.

9. Conservar-se aceso (ex.: uma luz velava).

10. Estar sempre vigilante.

11. [Figurado]   [Figurado]   Conservar-se no constante exercício das suas funções.verbo pronominal

12. Vigiar-se, acautelar-se.
ve·lar ve·lar 2- Conjugar
(latim velo, -are )
verbo transitivo

1. Cobrir com véu.

2. Tapar com alguma coisa a modo de véu.

3. Não deixar ver, interceptar .

4. [Pintura]   [Pintura]   Cobrir com cor leve para deixar transparecer a superfície ou a tinta inferior.verbo pronominal

5. Cobrir-se com véu.

6. Encobrir-se, ocultar-se.

7. Anuviar-se.

8. Toldar-se, perder a sonoridade.
ve·lar ve·lar 3
(latim velum, -i, pano, cortina, máscara, véu + -ar )
adjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

1. [Anatomia]   [Anatomia]   Relativo ao palato mole ou véu palatino.

2. [Fonética]   [Fonética]   Que se articula com aproximação da língua ao palato mole (ex.: [g] e [k] são consoantes oclusivas velares). = LINGUOVELAR


substantivo feminino Peça de cera, ou composta por outras substâncias gordurosas, que possui um pavio e se utiliza para iluminar.
Filtro; objeto poroso utilizado para filtrar água.
Segurar Vela. Servir de companhia a um casal de namorados.
Etimologia (origem da palavra vela). Forma regressiva de velar.
substantivo feminino Peça de tecido que, geralmente em linho, náilon ou algodão, se utiliza para levar uma embarcação para frente.
A embarcação ou navio que se move com a ajuda desse tecido.
Etimologia (origem da palavra vela). Do latim vela.ae.


Vela ou candeia é uma fonte de luz que consiste tipicamente num pavio inserido num combustível sólido, tipicamente parafina. A função do pavio é ser queimado no intuito de produzir fogo, e este, por sua vez, iluminar o ambiente. Além da parafina, existem outros combustíveis que podem ser utilizados, como o azeite e outros óleos vegetais.
A vela é uma fonte de luz utilizada desde tempos remotos, quer na sua forma simples ou acopladas em lanternas, utilizadas muito antes da descoberta da lâmpada e outros sistemas de iluminação eléctricos.
Durante a preparação da vela, previamente à ignição, o pavio é saturado com o combustível na forma sólida. O calor do fósforo ou outra fonte de fogo vai derreter e vaporizar uma pequena porção de combustível que, no estado gasoso vai combinar-se com o oxigénio da atmosfera para formar a chama. A chama vai então providenciar calor suficiente para manter a vela acesa, numa típica reacção em cadeia auto-sustentável: o calor da chama derrete a superfície do combustível sólido, liquefazendo-o e fazendo-o deslocar-se em direcção ao pavio e subi-lo, por capilaridade; o líquido passará, com o calor, para o estado gasoso, que vai ser consumido pela chama.

O combustível é queimado em várias e distintas regiões (como evidenciado pelas diferentes cores produzidas pela chama da vela). No interior das regiões mais quentes, azuladas (1), o hidrogénio está sendo separado do combustível e queimado, formando vapor de água. A zona mais clara da chama, amarelada (4), é explicada pela oxidação do carbono residual, produzindo dióxido de carbono.
À medida que o combustível sólido é derretido e consumido, a vela vai diminuindo de tamanho. As porções do pavio que não estão a provocar a evaporação do líquido combustível são consumidas pela chama, limitando o comprimento do pavio exposto.


bookmark_borderO que é castiçal

castiçal | s. m.
cas·ti·çal
nome masculino

Utensílio em que se colocam velas para alumiar.Confrontar: castinçal.


substantivo masculino Utensílio onde se coloca vela de iluminação; suporte para uma ou várias velas.
[Botânica] Palmeira brasileira do gênero Socratea exorrhiza, encontrada nas regiões Norte e Centro-Oeste, cuja madeira é usada para confecção de bengalas, arcos, flechas etc.; paxiúba, coqueiro-acunã.
Etimologia (origem da palavra castiçal). De origem incerta.


Castiçal, candeeiro com um só foco luminoso, como vela ou lâmpada, foi um elemento determinante na decoração das casas. Desde sua criação (sem data especifica), constituiu-se numa peça indispensável para clarear a mesa, a toalete e toda a atividade noturna das moradias. Compõe-se de três partes: base, haste e aparador ou arandela. Com base nesses elementos, os ourives fizeram desse objeto, do século XVII ao século XIX, um perfeito espelho dos estilos sucessivos da época: do barroco ao rocaille, e desse estilo movimentado ao rigor do neoclássico, seguindo ora influência francesa, ora inglesa. As bases variam de redondas a quadradas — e a decoração acompanha o estilo da época em que o objeto é confeccionado.
Existem centenas de modelos e chama-se castiçal apenas quando é com encaixe para 1 vela; para 2 ou mais, é chamado de candelabro. Muito conhecido é o candelabro para 7 velas judaico, chamado de Menorah.


bookmark_borderO que é pavio

pavio | s. m.
pa·vi·o
nome masculino

1. Cordão ou fio envolvido em cera ou combustível, próprio para manter a luz quando aceso. = MECHA, TORCIDA

2. [Agricultura]   [Agricultura]   Variedade de pêssego, de polpa aderente ao caroço.

3. [Portugal: Madeira]   [Portugal: Madeira]   [Agricultura]   [Agricultura]   Maçaroca de milho depois de retirados os grãos. = CAROLO, CARRIÇO

de fio a pavio • Do princípio ao fim.

ter pavio curto • Ser facilmente irritável ou enfurecer-se rapidamente.


substantivo masculino Cordão, barbante usado para acender vela, lampião, candeeiro, dinamite ou outros explosivos; o rolo de cera que contém esse cordão.
Ter pavio curto. Não ter paciência; se irritar com facilidade: sempre se envolve em brigas porque tem o pavio curto!
Etimologia (origem da palavra pavio). Do latim papilu.


Pavio, torcida ou mecha é o nome que se dá ao fio no qual se coloca fogo em candeeiros ou velas, a fim de que produzam claridade.
Geralmente feito em algodão, o pavio mantém-se aceso graças ao material combustível que o alimenta. No caso das velas, a parafina derretida; nos lampiões ou candeeiros, o óleo, querosene ou outro líquido comburente.
As características do pavio determinam a intensidade da iluminação produzida. Pavios de maior diâmetro produzem chamas maiores, ao passo que consomem mais rapidamente o combustível e a si próprios.
Antigamente havia uma espécie de tesoura, que permitia aparar a ponta dos pavios, nos castiçais usados para clarear ambientes, a fim de que as velas pudessem produzir mais claridade.
É também usado para detonação de dinamites em pedreiras, dependendo do local, do material a ser explodido, os pavios podem ter grandes comprimentos, dando à pessoa que o está acendendo, uma distância segura e tempo para se proteger.
São chamados de pavios de pólvora, que se inflamam mais rapidamente que os de parafina nas velas, deve ser manuseado com muito cuidado, pela grande quantidade de calor que expele e pela velocidade com que se queima.


bookmark_borderO que é candeeiro

candeeiro | s. m. | s. m. pl.
can·de·ei·ro
(candeia + -eiro )
substantivo masculino

1. Objecto de várias formas que, geralmente suspenso ou sustentado por um pé, é destinado a iluminar, sendo alimentado por electricidade ou por algum fluido combustível como azeite, óleo, querosene, gás, etc. (ex.: candeeiro a petróleo, candeeiro de pé, candeeiro de tecto).

2. [Antigo]   [Antigo]   Archote usado em assaltos nocturnos às fortalezas.

3. [Portugal: Minho, Brasil]   [Portugal: Minho, Brasil]   Pessoa que vai à frente de um carro de bois.

4. Bailarico, espécie de fandango.
candeeirossubstantivo masculino plural

5. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]   Moncos.

6. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]   Pingentes de gelo pendentes dos telhados.


substantivo masculino Lampião; aparelho ou utensílio que, por conter um líquido inflamável e um pavio, pode ser usado para iluminar.
[Portugal] Abajur; utensílio que contém uma lâmpada adaptada, de variados tamanhos, aspectos etc., cuja luz se dirige para a área que se pretende iluminar.
Regionalismo. Aquele que, seguindo na frente de um carro de bois, é responsável por direcionar os animais.
[Gramática] Forma antiga e fora de uso: candieiro.
Etimologia (origem da palavra candeeiro). Talvez de candea + eiro.


Um candeeiro (pt) ou luminária (pt-BR) é um dispositivo que serve para distribuir, filtrar ou transformar a luz. Geralmente é coberto por um abajur para impedir que o utente enxergue a luz diretamente da lâmpada, mas podem possuir diversos tamanhos e formas tendo em conta o espaço que visam iluminar.
Petromax é um candeeiro de petróleo usado na iluminação pública, doméstica e na pesca ao candeio.


bookmark_borderO que é lúmen

lúmen | s. m.
lú·men
(latim lumen, -inis, luz )
nome masculino

1. [Física, Metrologia]   [Física, Metrologia]   Unidade de medida de fluxo luminoso (símbolo.: lm) equivalente ao fluxo luminoso emitido num ângulo sólido de 1 estereorradiano por uma fonte pontual uniforme, colocada no vértice do ângulo sólido e que tem a intensidade luminosa de 1 candela.

2. [Anatomia]   [Anatomia]   Cavidade ou canal dentro de um órgão ou estrutura tubular. = LUME, LUZPlural: lúmenes ou lumens. Plural: lúmenes.


substantivo masculino [Física] Unidade de fluxo luminoso (símb.: lm), equivalente ao fluxo luminoso emitido em 1 esteradiano por uma fonte punctiforme situada no vértice de um ângulo sólido e que tem a intensidade de 1 candela ou vela internacional.


Lúmen (símbolo: lm) é a unidade de medida de fluxo luminoso. Um lúmen é o fluxo luminoso dentro de um cone de 1 esferorradiano, emitido por um ponto luminoso com intensidade de 1 candela (em todas as direções). É uma unidade padrão do Sistema Internacional de Unidades.