bookmark_borderO que é flagelo

flagelo | s. m. 1ª pess. sing. pres. ind. de flagelar
fla·ge·lo |ê| fla·ge·lo |ê|
substantivo masculino

1. Tiras ou correia para açoitar. = DISCIPLINAS, SUPLÍCIOS

2. [Figurado]   [Figurado]   Castigo.

3. Tormento.

4. Calamidade pública.

5. Peste.

6. Tortura.

7. Pessoa ou coisa que incomoda.

8. [História natural]   [História natural]   Filamento móvel (ou cílio vibrátil) que serve de órgão locomotor a certos protozoários flagelados.
fla·ge·lar fla·ge·lar – Conjugar
(latim flagello, -are )
verbo transitivo

1. Açoitar com flagelo. = CASTIGAR

2. [Figurado]   [Figurado]   Atormentar; martirizar.

3. Incomodar.


substantivo masculino Tipo de chicote, instrumento de tortura composto por uma ou várias tiras de couro que, unidas por um cabo de madeira, é usado para espancar.
[Por Extensão] Punição feita por castigo físico; tortura.
[Figurado] Tortura moral; em que há aflição; angústia.
[Figurado] O que causa aborrecimento: o seu flagelo são as queixas dos vizinhos.
[Por Extensão] Infortúnio pessoal ou coletivo; calamidade.
O que provoca uma grande tragédia: o holocausto foi um grande flagelo.
[Medicina] Disseminação de uma doença contagiosa; epidemia.
[Zoologia] Parte mais afastada do centro das antenas dos insetos.
[Citologia] Filamento de função importante para a movimentação de várias células.
Etimologia (origem da palavra flagelo). Do latim flagellum.i.


Flagelo (do latim: flagellum; “chicote”) é a designação dada em diversos campos da Biologia aos apêndices móveis com forma de chicote presentes em muitos organismos unicelulares e em algumas células de organismos pluricelulares. A função primária dos flagelos é a motilidade dos organismos, possibilitando o movimento em meio líquido, mas é frequente assumirem outras funções, entre as quais assegurar a circulação de fluidos, encaminhar alimento, ou funcionar como organelos sensoriais que reagem à presença de determinados compostos químicos ou à temperatura no exterior da célula. Dada a heterogeneidade estrutural e as diferentes origens evolutivas, os flagelos são considerados como organelos definidos pela função e não pela estrutura.
Um exemplo de flagelo com funções de mobilidade ocorre nos espermatozoides humanos, enquanto os flagelos dos coanócitos das esponjas se destinam a produzir micro-correntes de água que o organismo filtra para obter alimento. Outro exemplo de motilidade é a bactéria carcinogénica Helicobacter pylori, que usa múltiplos flagelos para se mover através do muco gástrico e atingir o epitélio do estômago humano.Os flagelos dos organismos eucarióticos são estruturalmente idênticos aos cílios, sendo por isso a distinção geralmente baseada na função ou no comprimento. Fímbrias e pili são também finos apêndices celulares, mas têm funções bem diversas e são geralmente mais pequenos.


bookmark_borderO que é pulo

pulo | s. m. 1ª pess. sing. pres. ind. de polir 1ª pess. sing. pres. ind. de pular
pu·lo
nome masculino

1. Salto.

2. Pulsação violenta.

3. Agitação.

4. [Regionalismo]   [Regionalismo]   Larva de abelha.

dar pulo de corça • Enfurecer-se.
po·lir po·lir – Conjugar
verbo transitivo

1. Alisar e dar brilho a.

2. Brunir.

3. Envernizar.

4. Civilizar; educar, aperfeiçoar.
pu·lar pu·lar – Conjugar
(latim pullo, -are, brotar, germinar, lançar )
verbo transitivo e intransitivo

1. Passar por cima de um obstáculo com um salto. = GALGAR, SALTAR, TRANSPORverbo intransitivo

2. Impulsionar o corpo para se elevar do chão; dar pulos. = SALTAR, SALTITAR

3. Pulsar com veemência. = PALPITARverbo transitivo

4. Lançar-se com impulso de um lugar para outro. = ATIRAR-SE, LANÇAR-SE, SALTAR

5. Descer ou sair rapidamente, geralmente de um meio de transporte. = APEAR-SE, SALTAR

6. Erguer-se rapidamente. = SALTAR

7. [Figurado]   [Figurado]   Omitir por descuido ou de propósito. = SALTAR

8. Manifestar-se (um sentimento) com sobressalto e impaciência.

9. Medrar, crescer.

10. Aumentar em fortuna, honras, etc. = PROSPERAR

11. Dançar com animação. = SALTITAR

12. Sofrer aumento muito rápido. = AUMENTAR, SUBIR

pular fora • [Informal]   • [Informal]   Deixar de estar envolvido ou de participar; saltar fora.Confrontar: polar.


substantivo masculino Ato de pular; salto.
Pulsação violenta; agitação.


Pulo ou salto é uma forma de locomoção ou movimento que resume-se na perda momentânea de contato dos pés com o solo, forçando um organismo para o ar com um conjunto de músculos. Apresenta as fases de impulsão, voo e queda. Distingue-se da corrida, do galope e de outros métodos de locomoção, pela longa duração da fase aérea e alto ângulo de lançamento inicial do corpo.
É utilizado como forma primária de locomoção por alguns animais, tais como a pulga, o canguru e o lêmure (quando em terra), enquanto em outros, tais como em sapos e antílopes, é usado apenas para a fuga de predadores.
Em relação ao ser humano, da mesma forma como os macacos, pode-se saltar de alturas de dez a quinze metros sem se machucar, desde que o salto e a queda se façam da forma correcta (flexionando ambas as pernas e apoiando as mãos no chão durante a queda), assim como o fazem profissionalmente os dublês.

Existem diversos tipos e salto no meio esportivo. Os principais são os saltos em distância e os saltos com vara.


bookmark_borderO que é perna

perna | s. f.
per·na |é| per·na |é|
(latim perna, -ae )
substantivo feminino

1. [Anatomia]   [Anatomia]   Cada um dos dois membros inferiores ou posteriores do corpo animal.

2. [Anatomia]   [Anatomia]   Cada um dos dois membros inferiores do corpo humano.

3. [Anatomia]   [Anatomia]   Parte dos membros inferiores humanos que vai do joelho até ao pé.

4. Qualquer das hastes ou prolongamento de uma coisa bifurcada em ramos ou em linhas.

5. [Tipografia]   [Tipografia]   Haste das letras maiúsculas.

6. Cada um dos torcidos que constituem um cabo.

7. [Construção]   [Construção]   Cada um dos dois lados que assentam na linha da asna (são os lados iguais do triângulo).

8. [Portugal: Minho]   [Portugal: Minho]   Bebedeira.

à perna solta • [Informal]   • [Informal]   Descansadamente, à vontade.

com uma perna às costas • [Informal]   • [Informal]   Com muita facilidade.

cortar as pernas a • [Informal]   • [Informal]   Retirar a liberdade ou a capacidade de agir (ex.: queriam fazer um piquenique, mas o tempo cortou-lhes as pernas).

dar à perna • [Informal]   • [Informal]   O mesmo que dar às pernas.

• [Informal]   • [Informal]   Bailar.

dar às pernas • [Informal]   • [Informal]   Andar depressa ou andar muito.

• [Informal]   • [Informal]   Correr ou fugir. = DAR À(S) CANELA(S), DAR AOS CALCANHARES, DAR ÀS TRANCAS

encanar a perna à rã • [Portugal, Informal]   • [Portugal, Informal]   Fingir que se trabalha ou demorar muito na execução de uma tarefa (ex.: essas reuniões só servem para encanar a perna à rã). = EMPATAR, MANDRIAR

passar a perna a alguém • [Informal]   • [Informal]   Excedê-lo, levar-lhe vantagem.

ter à perna • [Informal]   • [Informal]   Ser perseguido ou incomodado por algo ou alguém (ex.: já tiveram dois fiscais à perna).

ter pernas para andar • [Informal]   • [Informal]   Ter todas as condições para ser bem-sucedido (ex.: o projecto tem pernas para andar).


substantivo feminino Parte dos membros inferiores (no corpo humano) compreendida entre o joelho e o pé. (O esqueleto da perna é formado da tíbia e do perônio.).
O membro inferior inteiro.
Cada um dos membros locomotores dos animais.
Haste de uma coisa bifurcada: as pernas do compasso.
Haste de uma letra maiúscula: as pernas de um A.
Construção. V. ASNA.
Perna mecânica, aparelho de prótese cirúrgica que substitui a perna amputada.
Dar às pernas, fugir.
Estirar as pernas, espairecer, passear.
Com uma perna às costas, com muita facilidade.
Passar a perna em alguém, passar-lhe à frente; lográ-lo; enganá-lo.
Trocar pernas, andar à toa, passear.


Na linguagem vulgar, as pernas são os órgãos de locomoção de muitos tipos de animais, também chamados “patas” e são geralmente em número par. Nos vertebrados são normalmente designados “membros”.
Por extensão, no português, utiliza-se o termo perna para indicar a parte de qualquer objeto que assenta num suporte (cadeira, mesa, etc.), como na expressão perna da mesa.