bookmark_borderO que é cavalo

cavalo | s. m. 1ª pess. sing. pres. ind. de cavalar
ca·va·lo
(latim caballus, -i )
substantivo masculino

1. Quadrúpede equídeo .

2. [Jogos]   [Jogos]   Peça do jogo de xadrez.

3. Unidade de um corpo de cavalaria.

4. [Desporto]   [Esporte]   Aparelho de ginástica destinado a saltos, que consiste num corpo de forma rectangular ou oval, estofado ou forrado. = MESA

5. [Tanoaria]   [Tanoaria]   Banco de tanoeiro.

6. Ferro com que se movem as peças quentes dos fogões de cozinha a lenha.

7. [Agricultura]   [Agricultura]   Tronco em que se coloca o enxerto. = PORTA-ENXERTO

8. Cancro sifilítico.

9. [Física, Metrologia]   [Física, Metrologia]   Unidade dinâmica (equivalente a uma força que num segundo de tempo levanta a um metro de altura 75 kg de peso). = CAVALO-VAPOR

10. [Ictiologia]   [Ictiologia]   Designação comum de vários peixes teleósteos frequentes na costa portuguesa. = PEIXE-GALO

11. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]   Droga opióide , alcalóide sucedâneo da morfina, com propriedades analgésicas e narcóticas, e que causa elevada dependência física. = HEROÍNA

12. [Figurado]   [Figurado]   Pessoa grosseira, sem modos. = ANIMAL, BESTA, CAVALGADURA

13. [Figurado]   [Figurado]   Pessoa que revela falta de inteligência. = BESTA, BURRO, CAVALGADURA

14. [Popular]   [Popular]   [Jogos]   [Jogos]   Cada uma das cartas de jogar representativas de um pajem. = VALETE

15. [Brasil]   [Brasil]   [Vestuário]   [Vestuário]   [Vestuário]   Parte central da calça desde a cintura até ao entrepernas. = GANCHO

a cavalo dado não se olha o dente • Não se reclama de ou põe defeito a coisa ou situação oferecida.

aguentar os cavalos • [Informal]   • [Informal]   Controlar uma situação difícil.

cair do cavalo • Ter uma grande surpresa.

cavalo cerrado • Cujos dentes estão rasos e já não denunciam a idade.

cavalo com alças • [Brasil]   • [Brasil]   • [Desporto]   • [Esporte]   Aparelho de ginástica que consiste num corpo de forma rectangular ou oval, assente sobre quatro pés e dotado de duas pegas. (Equivalente no português de Portugal: cavalo de arções.)

cavalo com arções • [Portugal]   • [Portugal]   • [Desporto]   • [Esporte]   O mesmo que cavalo de arções.

cavalo da sela • O que fica à mão esquerda do cocheiro.

cavalo de arções • [Portugal]   • [Portugal]   • [Desporto]   • [Esporte]   Aparelho de ginástica que consiste num corpo de forma rectangular ou oval, assente sobre quatro pés e dotado de duas pegas. (Equivalente no português do Brasil: cavalo com alças.)

cavalo de batalha • [Antigo]   • [Antigo]   • [Militar]   • [Militar]   Cavalo adestrado à guerra.

• Argumento valioso e habitual.

cavalo de cem moedas • [Informal]   • [Informal]   Pessoa muito vistosa.

cavalo de cobrição • Garanhão.

cavalo de estado • Cavalo que vai num cortejo sem cavaleiro.

cavalo de sela • Cavalo próprio para ser montado.

cavalo de Tróia • [História]   • [História]   Grande cavalo de madeira levado pelos troianos para dentro das suas muralhas, que permitiu aos guerreiros gregos, escondidos no seu interior, entrar e conquistar a cidade de Tróia .

• Meio de traição através de uma infiltração.

cavalo pastor • Garanhão.

de cavalo para burro • De uma situação ou estado para outro pior ou menos favorável.

tirar o cavalo da chuva • [Informal]   • [Informal]   Desistir de uma pretensão ou objectivo . = TIRAR O CAVALINHO DA CHUVA
ca·va·lar ca·va·lar
(cavalo + -ar )
adjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

1. Relativo a cavalo (ex.: espinhaço cavalar).

2. Da raça do cavalo (ex.: gado cavalar).

3. [Informal]   [Informal]   Que é muito grande (ex.: porção cavalar; ignorância cavalar). = COLOSSAL, DESCOMUNAL, ENORMEverbo intransitivo

4. [Informal]   [Informal]   Correr ou dar saltos como os cavalos. = CAVALOAR


substantivo masculino Mamífero doméstico da ordem dos ungulados, família dos equídeos, perfeitamente adaptado à corrida; podem viver, normalmente, até os 30 anos; são nativos da Europa e Ásia.
Nome de uma peça do jogo de xadrez.
Designação comum no jogo do bicho.
[Popular] Homem rude e brutal.
[Popular] Designação comum para o câncer sifilítico.
[Figurado] Cavalo de batalha. Assunto predileto, argumento principal.
Ictiologia. Designação de vários peixes como: o cavalo-marinho ou hipocampo cuja cabeça se assemelha à de um cavalo.
Cavalo de tiro. Animal apropriado para tração de cargas pesadas.
Cavalo de sela. Animal de boa andadura, utilizado exclusivamente para o transporte de cavaleiros.
Cavalo de Troia. Gigantesco cavalo construido em madeira que, introduzido em Troia, levava no seu interior alguns soldados gregos, facilitando a tomada dessa cidade.
Tirar o cavalo da chuva. Acabar com as expectativas de alguém; dizer a verdade.
Etimologia (origem da palavra cavalo). Do latim caballos.


Cavalo (nome científico: Equus ferus caballus) é um mamífero herbívoro da ordem dos ungulados, uma das três subespécies modernas da espécie Equus ferus. A denominação para as fêmeas é égua, para os machos não castrados é garanhão, para os machos castrados é capão, e para os filhotes é potro. Esse grande ungulado é membro da mesma família dos asnos e das zebras, a dos equídeos. Todos os sete membros da família dos equídeos são do mesmo gênero, Equus, e podem relacionar-se e produzir híbridos, não férteis, como as mulas. Pertencem a ordem dos perissodáctilos, sendo por isso parentes dos rinocerontes e dos tapires, ou antas.
Esses animais dependem da velocidade para escapar de predadores. São animais sociais, que vivem em grupos liderados por matriarcas. Os cavalos usam uma elaborada linguagem corporal para comunicar uns com os outros, a qual os humanos podem aprender a compreender para melhorar a comunicação com esses animais. Seu tempo de vida varia de 25 a 40 anos.
O cavalo teve, durante muito tempo, um papel importante no transporte; fosse como montaria, ou puxando uma carruagem, uma carroça, uma diligência, um bonde, etc.; também nos trabalhos agrícolas, como animal para a arar, etc. assim como comida. Até meados do século XX, exércitos usavam cavalos de forma intensa em guerras: soldados ainda chamam o grupo de máquinas que agora tomou o lugar dos cavalos no campo de batalha de “unidades de cavalaria”, algumas vezes mantendo nomes tradicionais (Cavalo de Lord Strathcona, etc.)
Como curiosidade, a raça mais rápida de cavalo, o famoso thoroughbred (puro-sangue inglês ou PSI) alcança em média a incrível velocidade de 17 m/s (~60 km/h).


bookmark_borderO que é cão

cão | s. m. cão | s. m. cão | adj. cão | s. m.
cão 4
(turco han, título de chefe )
nome masculino

[Antigo]   [Antigo]   Príncipe ou senhor oriental.
cão cão 3
(persa khán, estalagem )
nome masculino

[Antigo]   [Antigo]   Mercado ou estalagem no Oriente.
cão cão 2
(latim canus, -a, -um )
adjectivo adjetivo

[Antigo]   [Antigo]   Que tem cabelos brancos.Feminino: cã. Plural: cãos. Feminino: cã. Plural: cãos.
cão cão 1
(latim canis, -is )
nome masculino

1. [Zoologia]   [Zoologia]   Mamífero (Canis lupus familiaris) quadrúpede carnívoro digitígrado e doméstico.

2. [Zoologia]   [Zoologia]   Qualquer mamífero da família dos canídeos.

3. [Armamento]   [Armamento]   Peça de percussão nas armas de fogo portáteis.

4. Cada um dos dois ferros que ladeiam o lume na chaminé.

5. Pedra de ressalte nas paredes para suster balcões, etc.

6. Peça de madeira que vem da calha à mó do moinho.

7. [Informal]   [Informal]   Indivíduo desprezível.

8. [Informal]   [Informal]   Indivíduo muito severo.

9. [Informal]   [Informal]   Diabo.

10. [Popular]   [Popular]   Dívida que não foi paga por falta de vontade ou por má-fé. = CALOTE

11. [Antigo]   [Antigo]   [Armamento]   [Armamento]   Certa peça de artilharia.

cão chupando manga • [Brasil, Informal]   • [Brasil, Informal]   Algo ou alguém extremamente feio, horrendo (ex.: depois da cirurgia plástica ficou pior do que cão chupando manga).

• [Brasil, Informal]   • [Brasil, Informal]   Alguém muito mau ou muito zangado (ex.: o cara vira um cão chupando manga quando é acordado).

• [Brasil, Informal]   • [Brasil, Informal]   Algo difícil de realizar (ex.: a cola é boa mas depois é o cão chupando manga para remover dos dedos).

cão de fila • O mesmo que cão de guarda.

• [Informal]   • [Informal]   Pessoa que defende algo ou alguém de maneira servil.

cão de guarda • Cão , geralmente agressivo e de grande porte, que se destina à protecção de pessoas e bens. = CÃO DE FILA

cão e gato • [Informal]   • [Informal]   Duas pessoas que estão em conflito permanente (ex.: eles são cão e gato).

de cão • [Informal]   • [Informal]   Muito difícil de suportar (ex.: foi um dia de cão).Plural: cães. Plural: cães.


substantivo masculino Animal mamífero doméstico da família dos canídeos, do gênero Canis familiaris, da qual existem diversas raças adestradas; cachorro.
[Por Extensão] Nome dado comumente a várias espécies dos canídeos que se assemelham ao cão.
[Figurado] Indivíduo mau, vil; perverso.
[Popular] Designação popular dada ao demônio.
Designação dada a uma pessoa por desprezo.
Peça das armas de fogo portáteis.
Peça de madeira através da qual os grãos são inseridos no moinho.
Armação que impede que a lenha caia em lareiras; trasfogueiro.
Etimologia (origem da palavra cão). Do latim cane,m.


O cão (nome científico: Canis lupus familiaris), no Brasil também chamado de cachorro, é um mamífero carnívoro da família dos canídeos, subespécie do lobo, e talvez o mais antigo animal domesticado pelo ser humano. Teorias postulam que surgiu do lobo cinzento no continente asiático há mais de 100 000 anos. Ao longo dos séculos, através da domesticação, o ser humano realizou uma seleção artificial dos cães por suas aptidões, características físicas ou tipos de comportamentos. O resultado foi uma grande diversidade de raças caninas, as quais variam em pelagem e tamanho dentro de suas próprias raças, atualmente classificadas em diferentes grupos ou categorias. As designações vira-lata (no Brasil) ou rafeiro (em Portugal) são dadas aos cães sem raça definida ou mestiços descendentes.
Com expectativa de vida que varia entre dez e vinte anos, o cão é um animal social que, na maioria das vezes, aceita o seu dono como o “chefe da matilha” e possui várias características que o tornam de grande utilidade para o homem. Possui excelente olfato e audição, é bom caçador e corredor vigoroso, relativamente dócil e leal, inteligente e com boa capacidade de aprendizagem. Deste modo, o cão pode ser adestrado para executar um grande número de tarefas úteis, como um cão de caça, de guarda ou pastor de rebanhos, por exemplo. Assim como o ser humano, também é vítima de doenças como o resfriado, a depressão e o mal de Alzheimer, bem como das características do envelhecimento, como problemas de visão e audição, artrite e mudanças de humor.
A afeição e a companhia deste animal são alguns dos motivos da famosa frase: “O cão é o melhor amigo do homem”, já que não há registro de amizade tão forte e duradoura entre espécies distintas quanto a de humano e cão. Esta relação figura em filmes, livros e revistas, que citam, inclusive, diferentes relatos reais de diferentes épocas e em várias nações. Entre os cães mais famosos que viveram e marcaram sociedades estão Balto, Laika e Hachiko. Na mitologia, o Cérbero é dito um dos mais assustadores seres. No cinema, Lassie é um dos mais difundidos nomes e, na animação, Pluto, Snoopy e Scooby-Doo há décadas fazem parte da infância de várias gerações.


bookmark_borderO que é gineta

gineta | s. f. gineta | s. f.
gi·ne·ta |ê| gi·ne·ta |ê| 1
(alteração de ginete )
nome feminino

1. Modo de equitação em que o cavaleiro monta com estribos curtos. = MARIALVA

2. Fêmea do ginete.

3. [Antigo]   [Antigo]   Espécie de espontão que servia de insígnia aos capitães.

4. [Antigo]   [Antigo]   Posto de capitão.

sela à gineta • Sela de arções altos.
gi·ne·ta |ê| gi·ne·ta |ê| 2
(talvez do espanhol jineta )
nome feminino

1. [Zoologia]   [Zoologia]   Animal viverrídeo (Genetta genetta), carnívoro, de pequeno porte e pelagem acinzentada com manchas negras. = GATO-TOIRÃO, GINETO

2. Pele desse animal.


substantivo feminino Sistema de equitação que se serve de estribos curtos, arções altos e freio apropriado.


A gineta ou gineta-europeia (Genetta genetta) é uma das espécies de viverrídeos que podem ser encontradas actualmente na Europa, assim como as civetas.
A gineta (Genetta genetta) ou geneta é um mamífero carnívoro do género Genetta, pertencente à família dos viverrídeos, que ocorrem no continente africano e no sul da Europa .


bookmark_borderO que é dromedário

dromedário | s. m.
dro·me·dá·ri·o
(latim dromedarius, -ii )
substantivo masculino

[Zoologia]   [Zoologia]   Mamífero ruminante da família dos camelídeos (Camelus dromedarius), com apenas uma corcova no dorso. = CAMELO


substantivo masculino Espécie do gêneo do camelo, ligeiro, de corpo leve, usado para viagens em certas regiões da Índia, Arábia e na África. Às vezes alcança 2m de altura. O dromedário tem somente uma corcova. Pode viver com pequenas porções de alimento e água, e só precisa de pequenos períodos de descanso. O dromedário anda em trote balançado, e desloca-se com a velocidade de cerca de 15km/h. Pode percorrer 160km por dia. Seu pêlo é usado para tecido e a fêmea produz leite gordo. Não existem verdadeiros dromedários selvagens.


O dromedário (Camelus dromedarius) é um animal mamífero nativo da região nordeste da África e da parte ocidental da Ásia, pertencente à família Camelidae, sendo um parente próximo dos camelos.


bookmark_borderO que é zebu

zebu | s. m.
ze·bu
(francês zébu )
substantivo masculino

[Zoologia]   [Zoologia]   Mamífero ruminante da Ásia e da África, parecido com o boi, que tem no cachaço uma giba. = GEBO


substantivo masculino Espécie de boi doméstico, originário da Índia, e que tem uma corcova adiposa sobre a cernelha.
Os zebus descendem provavelmente do uru ou do auroque. Foram domesticados há pelo menos seis mil anos. A principal característica do zebu é uma grande corcova gordurosa, ou às vezes uma dupla corcova, nas espáduas.


O zebu (nome científico: Bos taurus indicus)(zebú) ou gado índico, é uma subespécie asiática da espécie Bos taurus conhecida como gado-doméstico. O zebu é às vezes tratado, não como uma subespécie de Bos taurus, mas sim como uma espécie autônoma de nome Bos indicus. O zebu diferencia-se do gado taurino em algumas características principalmente físicas.
É, geralmente, corpulento, e apresenta uma grande corcova cheia de reservas nutritivas. Por este motivo, é apelidado, de boi de corcova ou Bos gibosus. A corcova é também chamada giba ou cupim no Brasil, país onde a subespécie demonstrou grande potencial de adaptação.
Originário da Índia, onde o grande rebanho não tem utilização para abate, o gado foi objeto de diversos cruzamentos em dezenas de países, devido a sua natural predisposição para a adaptação e resistência.
Contabilizando as raças puras de zebu, como Sindi, Nelore, Gir, Kangayam e Guzerá e as raças neozebuínas, como Indubrasil, Tabapuã e Brahman, o zebu constitui, hoje, mais de 80 por cento dos animais criados no Brasil – sendo um dos maiores rebanhos bovinos do mundo. Sua principal virtude econômica é a resistência ao clima quente, produzindo animais mestiços adequados para a produção de carne e leite. Seu habitat, então, está dentro da faixa intertropical.
A subespécie foi introduzida no Brasil no século XIX. A Associação Brasileira dos Criadores de Zebu é a entidade que controla a Registro Genealógico e as Provas Zootécnicas entre os criadores, sendo, ainda, responsável pela realização, em Uberaba, a Capital Mundial do Zebu, da Expozebu. Este evento, considerado uma das maiores feiras agropecuárias do mundo, acontece entre 1 e 10 de maio, e movimenta mais de 150 milhões de reais, reunindo normalmente mais de 40 países.


bookmark_borderO que é mandril

mandril | s. m. mandril | s. m.
man·dril 1
(espanhol mandril, do francês mandrin )
substantivo masculino

1. Instrumento cilíndrico de alisar e alargar os furos grandes.

2. Peça de torno em que se segura a peça que se torneia.

3. [Artilharia]   [Artilharia]   Instrumento de alisar o olhal das bocas-de-fogo .

4. [Medicina]   [Medicina]   Haste rígida usada na colocação de um cateter.Plural: mandris. Plural: mandris.
man·dril man·dril 2
(inglês mandrill )
substantivo masculino

[Zoologia]   [Zoologia]   Macaco africano da família dos cercopitecídeos (Mandrillus sphinx), grande e robusto, de pelagem espessa, esverdeada ou acinzentada, cauda curta e focinho comprido, cujos machos adultos tem face e nádegas coloridas, geralmente de cor azul e vermelha.Plural: mandris. Plural: mandris.


substantivo masculino Dispositivo ou acessório de máquina-ferramenta, destinado a segurar a ferramenta ou a peça a ser trabalhada.
Ferramenta de forma cônica de que se servem mecânicos para alargar e alisar furos.
Haste que serve para introduzir e guiar agulhas e sondas, dando-lhes maior resistência.
Buril com que se fura o ferro quente.
Peça cilíndrica com que em artilharia se alisa o olhal do projétil.
Mandril de expansão, mandril cuja abertura pode ser aumentada com o fim de receber peças de vários diâmetros, como as brocas.


O mandril (Mandrillus sphinx) é um primata da família dos Cercopithecidae (Macacos do velho mundo), parentes próximos dos babuínos e ainda mais próximos do dril. Tanto o mandril quanto o dril eram antes classificados como babuínos do gênero Papio, mas pesquisas recentes determinaram que eles deveriam constituir um gênero à parte, Mandrillus.


bookmark_borderO que é alce

alce | s. m. 1ª pess. sing. pres. conj. de alçar 3ª pess. sing. imp. de alçar 3ª pess. sing. pres. conj. de alçar
al·ce
(latim alces, -is )
nome masculino

[Zoologia]   [Zoologia]   Grande veado (Alces alces) da família dos cervídeos, encontrado nas regiões circumpolares, cujo macho adulto se caracteriza pelas galhadas grandes e espalmadas.
al·çar al·çar – Conjugar
verbo transitivo

1. Levantar do chão, ou de ponto baixo, para pôr em alto.

2. Erguer.

3. Dar maior altura a.

4. Edificar.

5. Celebrar, exaltar.

6. Promover a maior dignidade.

7. Interromper a acção de suspender.

8. Elevar.

9. Aumentar.

10. [Tipografia]   [Tipografia]   Pôr as folhas impressas de um livro na ordem em que devem ser cosidas. = ALCEARverbo pronominal

11. Levantar-se; erguer-se.

12. Rebelar-se.

13. Ensoberbecer-se.

14. Desistir.
al·car al·car
nome masculino

[Botânica]   [Botânica]   Planta da família das cistáceas (Helianthemum tuberaria), nativa do Mediterrâneo. = ERVA-DAS-SETE-SANGRIAS, SARGAÇO-HÍSPIDO


substantivo masculino Mamífero ruminante, de chifres em forma de leque, que vive na Escandinávia, na Sibéria, no Canadá, no Alasca. (Comprimento: 2,80 m; peso: 1.000 kg; família dos cervídeos.).


O alce (nome científico: Alces alces) é um cervídeo, o maior dos cervos, podendo atingir mais de 2 metros de altura ao nível das escápulas e pesar mais de 450kg sendo que os idosos podem ultrapassar aos 500kg (no caso dos machos; as fêmeas são menores). Distingue-se dos restantes membros da família pelo tipo particular de galhadas: geralmente presentes apenas nos machos, têm secção cilíndrica e formato de taça e podem atingir 1,60 m de amplitude. O alce é um animal típico das regiões circumpolares. Na Europa, ocorre essencialmente na Finlândia, na Suécia e na Noruega. Ao contrário do que se possa pensar, as suas longas hastes servem para amenizar a temperatura corporal no verão. A longevidade do alce é, em média, de 20 anos.
Estes ruminantes têm pernas longas e pescoço curto, o que os impede de pastar das ervas rasteiras. Alimentam-se de rebentos e folhas de árvores e de plantas aquáticas, pelo que se encontram essencialmente em florestas ou na sua proximidade. O seu comportamento é geralmente tímido, mas os machos podem tornar-se violentos durante a época de acasalamento e as fêmeas defendem as crias de qualquer aproximação humana. No entanto, o principal perigo que os alces representam para o ser humano é na estrada, onde podem provocar graves acidentes, sobretudo na primavera, quando aproveitam como compensação nutricional o sal lançado no pavimento de algumas estradas na América do Norte.


bookmark_borderO que é narval

narval | s. m.
nar·val
nome masculino

[Zoologia]   [Zoologia]   Cetáceo dos mares do Norte que chega a atingir 4 m de comprimento e é também chamado unicorne-do-mar.


substantivo masculino Mamífero cetáceo dos mares árticos, que atinge 4 m de comprimento e é também chamado unicórnio-do-mar, por causa do longo dente (de 2 a 3 m) que o macho possui na maxila superior.


O narval (do inglês narwhal, narwal; norueguês e dinamarquês narhval e sueco narval) é uma baleia dentada de tamanho médio e o animal com os maiores caninos. Vive durante todo o ano no Ártico. É uma das duas espécies vivas de baleias da família Monodontidae, junto com a baleia beluga. Os narvais machos são distinguidos por uma,presa helicoidal longa e reta que, na verdade, é um canino superior esquerdo alongado. Encontrada principalmente no ártico canadense e águas da Gronelândia, raramente ao sul de 65° N de latitude, os narval são predadores do ártico excepcionalmente especializados. No inverno, se alimentam de presas bentônicas, principalmente peixes chatos, em profundidades de até 1500 m sob densos blocos de gelo. Narvais foram caçadas por mais de mil anos pelos povos inuítes no norte do Canadá e da Gronelândia devido à sua carne e marfim, e uma caça de subsistência regulamentada continua até hoje. Ainda que as populações pareçam estáveis​​, a narval é particularmente vulnerável ​​às alterações climáticas, devido a uma distribuição geográfica restrita e dieta especializada.


bookmark_borderO que é caititu

caititu | s. m.
cai·ti·tu
(tupi taïte’tu, porco do mato )
nome masculino

1. [Brasil]   [Brasil]   [Zoologia]   [Zoologia]   Mamífero artiodáctilo (Pecari tajacu) de morfologia semelhante ao javali, com cerca de 1 metro de comprimento e 50 centímetros de altura, de pelagem acastanhada ou cinzenta mesclada de preto, com uma faixa branca ao redor do pescoço e uma glândula odorífera dorsal que segrega uma substância almiscarada. = CATETO, PORCO-DO-MATO

2. [Brasil]   [Brasil]   Espécie de engenho de moer mandioca.


substantivo masculino Mamífero paquiderme, espécie de porco do mato, também chamado queixada.
Cilindro do aparelho de ralar mandioca.


O caititu (nome científico: Dicotyles tajacu) também conhecido por caitatu, taititu, cateto, tateto, pecari, porco-do-mato e patira, é um mamífero artiodáctilo, da família Tayassuidae e gênero Dicotyles.


bookmark_borderO que é corça

corça | s. f. fem. sing. de corço
cor·ça |ô| cor·ça |ô|
(origem duvidosa )
nome feminino

1. [Zoologia]   [Zoologia]   Mamífero ungulado (Capreolus capreolus) da família dos cervídeos, de armação pequena e pontiaguda presente só nos machos, pelagem acastanhada ou avermelhada e cauda muito curta. = CABRITO-MONTÊS, CORÇO

2. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]   Zorra grosseira, rudimentar, para transporte de cantaria.Confrontar: corsa.

cor·ço |ô| cor·ço |ô|
(origem duvidosa )
nome masculino

1. Filho ou macho da corça.

2. [Zoologia]   [Zoologia]   Mamífero ungulado (Capreolus capreolus) da família dos cervídeos, de armação pequena e pontiaguda presente só nos machos, pelagem acastanhada ou avermelhada e cauda muito curta. = CABRITO-MONTÊS, CORÇAPlural: corços |ô|. Plural: corços |ô|.Confrontar: corso.


substantivo feminino Fêmea do veado; fêmea dos cervídeos, em geral.


A corça ou corço (Capreolus capreolus) é um mamífero artiodáctilo da família dos cervídeos que ocorre na Europa, Ásia Menor e na região ao redor do Mar Cáspio.