bookmark_borderO que é matemática

matemática | s. f. fem. sing. de matemático
ma·te·má·ti·ca
substantivo feminino

1. Ciência do cálculo. (Também usado no plural.)

matemáticas aplicadas • As que têm um fim prático.

matemáticas mistas • O mesmo que matemáticas aplicadas.

matemáticas puras • Aquelas em que só intervém o cálculo.
ma·te·má·ti·co ma·te·má·ti·co
adjectivo adjetivo

1. Relativo à matemática.

2. Exacto .

3. Demonstrado.substantivo masculino

4. Aquele que é versado em matemática.


substantivo feminino Ciência que estuda, por meio do raciocínio dedutivo, as propriedades dos seres abstratos (números, figuras geométricas etc.), bem como as relações que se estabelecem entre eles.
Matemática aplicada, aplicação da teoria matemática às ciências físicas e naturais.
Matemática pura, a que estuda as propriedades dos seres em abstrato.


A matemática (dos termos gregos μάθημα, transliterado máthēma, ‘ciência’, conhecimento’ ou ‘aprendizagem’; e μαθηματικός, transliterado mathēmatikós, ‘inclinado a aprender’) é a ciência do raciocínio lógico e abstrato, que estuda quantidades, medidas, espaços, estruturas, variações e estatísticas. Um trabalho matemático consiste em procurar por padrões, formular conjecturas e, por meio de deduções rigorosas a partir de axiomas e definições, estabelecer novos resultados. A matemática desenvolveu-se principalmente na Mesopotâmia, no Egito, na Grécia, na Índia e no Oriente Médio. A partir da Renascença, o desenvolvimento da matemática intensificou-se na Europa, quando novas descobertas científicas levaram a um crescimento acelerado que dura até os dias de hoje.Registros arqueológicos mostram que a matemática é tanto um fator cultural, quanto parte da história do desenvolvimento da nossa espécie. Ela evoluiu a partir de contagens, medições, cálculos e do estudo sistemático de formas geométricas e movimentos de objetos físicos. Raciocínios mais abstratos que envolvem argumentação lógica surgiram com os matemáticos gregos aproximadamente em 300 a.C., notadamente com a obra Os Elementos, de Euclides. A necessidade de maior rigor foi percebida e estabelecida por volta do início do século XVIII.Há muito tempo, busca-se um consenso quanto à definição do que é a matemática. No entanto, nas últimas décadas do século XX, tomou forma uma definição que tem ampla aceitação entre os matemáticos: matemática é a ciência das regularidades (padrões). Segundo esta definição, o trabalho do matemático consiste em examinar padrões abstratos, tanto reais como imaginários, visuais ou mentais. Ou seja, os matemáticos procuram regularidades nos números, no espaço, na ciência e na imaginação e formulam teorias com as quais tentam explicar as relações observadas. Uma outra definição seria que matemática é a investigação de estruturas abstratas definidas axiomaticamente, usando a lógica formal como estrutura comum. As estruturas específicas geralmente têm sua origem nas ciências naturais, mais comumente na física, mas os matemáticos também definem e investigam estruturas por razões puramente internas à matemática (matemática pura), por exemplo, ao perceberem que as estruturas fornecem uma generalização unificante de vários subcampos ou uma ferramenta útil em cálculos comuns.A matemática é usada como uma ferramenta essencial em muitas áreas do conhecimento, tais como engenharia, medicina, física, química, biologia, e ciências sociais. Matemática aplicada, ramo da matemática que se ocupa de aplicações do conhecimento matemático em outras áreas do conhecimento, às vezes leva ao desenvolvimento de um novo ramo, como aconteceu com estatística ou teoria dos jogos. O estudo de matemática pura, ou seja, quase sempre sem a preocupação imediata com sua aplicabilidade, muitas vezes mostrou-se útil anos ou séculos adiante, como aconteceu com os estudos das cônicas ou de teoria dos números feitos pelos gregos, úteis, respectivamente, em descobertas sobre astronomia feitas por Kepler no século XVII, ou para o desenvolvimento de segurança em computadores nos dias de hoje.


bookmark_borderO que é curva de nível

substantivo feminino Linha imaginária que, na superfície de uma área ou terreno, liga os pontos com a mesma altitude (cota), sendo usada para representar o relevo numa carta geográfica.
Origem do Nome. Designada por curva porque, na maioria das vezes, as linha resultantes do estudo das altitudes de um terreno são curvas.


Numa planta topográfica, uma curva de nível caracteriza-se como uma linha imaginária que une todos os pontos de igual altitude de uma região representada. É chamada de “curva” pois normalmente a linha que resulta do estudo das altitudes de um terreno são em geral manifestadas por curvas.
São associadas a valores de altitude em metros (m).
Portanto, a curva de nível serve para identificar e unir todos os pontos de igual altitude de um certo lugar.
Esta pode ser interpretada como um legume, se cortarmos em camadas, depois gradualmente desenharmos cada “camada” em uma folha de papel, poderemos interpretar o desenho como uma planta de altitudes de um lugar. Se repetirmos o acto várias vezes no mesmo papel poderemos unir os pontos de iguais altitudes formando uma curva de nível.
As curvas de nível indicam uma distância vertical acima, ou abaixo, de um plano de referência de nível. Começando no nível médio dos mares, que é a curva de nível zero, cada curva de nível tem um determinado valor. A distância vertical entre as curvas de nível é conhecida como equidistância, cujo valor é encontrado nas informações marginais da carta topográfica.


bookmark_borderO que é padrão

padrão | s. m. | adj. 2 g. 2 núm. s. m. | adj. 2 g. 2 núm. padrão | s. m.
pa·drão 1
(latim patronus, -i, patrono, defensor )
nome masculino

1. Tipo oficial de pesos e medidas. = BITOLA, CRAVEIRA, ESTALÃO, MODELO

2. O que serve de referência. = MODELO, PARADIGMA

3. Régua de ferro para medir a largura da boca das pipas, barris, etc.

4. Desenho decorativo de um tecido ou de outra superfície. = ESTAMPADO

5. Ferrete.

6. Título autêntico relativo a um direito.

7. [Figurado]   [Figurado]   Nota pública de infâmia ou desdouro.adjectivo de dois géneros e dois números e nome masculino adjetivo de dois géneros e dois números e nome masculino

8. Diz-se de ou variante linguística considerada prestigiada e referência de uma comunidade, principalmente no ensino e nos meios de comunicação.adjectivo de dois géneros e de dois números adjetivo de dois géneros e de dois números

9. Que serve de referência ou de modelo (ex.: medida padrão). [Como adjectivo , pode ser ligado por hífen ao substantivo que qualifica (ex.: norma-padrão).]
pa·drão pa·drão 2
(alteração de pedrão )
nome masculino

1. Lápide ou coluna com inscrição ou com armas reais, geralmente para assinalar uma presença (ex.: o navegador português Diogo Cão colocou padrões na costa sudoeste africana).

2. Pedra que assinala um local ou um acontecimento. = MARCO

3. Monumento de pedra erigido para homenagear algo ou alguém (ex.: o governo mandou erguer um padrão no campo onde decorreu a batalha).

4. [Antigo]   [Antigo]   Marco militar colocado nas vias romanas para indicar o espaço de duas milhas.


substantivo masculino Grandeza modelo para medidas (peso, comprimento, quantidade etc.) de valor determinado e institucionalizado por uma entidade especializada ou com autoridade.
Norma determinada e aprovada consensualmente pela maioria, ou por uma autoridade, que é usada como base para estabelecer uma comparação.
Aquilo que serve para ser imitado como modelo; protótipo.
[Figurado] Nível de qualidade; classe: escola de alto padrão.
Grandeza modelo que serve para definir uma unidade.
Modelo legal dos pesos e das medidas.
Desenho de estamparia.
Valor mínimo tido como base para que uma opinião ou julgamento seja efetuado; gabarito: padrão culinário.
expressão Padrão monetário. Metal cujo valor comercial corresponde, em regime de cunhagem livre, ao valor nominal.
Etimologia (origem da palavra padrão). Do latim patronus.


Um padrão, além do uso do termo para significar template, é uma discernível regularidade no mundo ou em um design feito pelo homem. Isto posto, os elementos em um padrão repetem-se de maneira previsível. Qualquer um dos cinco sentidos pode observar padrões diretamente. Reciprocamente, padrões abstratos na ciência, matemática ou linguagem podem ser observáveis apenas através da análise. Observação direta, na prática, significa ver padrões visuais, que são vastos na natureza e na arte.
Na ciência aplicada, o padrão assume patamares infinitos, já que, para efetuar um estudo qualquer onde se queira dosar ou mensurar qualquer tipo de substância, é necessária a construção de uma curva padrão. Padrões visuais na natureza, frequentemente, são caóticos, por nunca repetirem exatamente a mesma forma. Muito frequentemente, envolvem fractais.


bookmark_borderO que é afim

afim | adj. 2 g. | adj. 2 g. s. 2 g. | s. m. fim | s. m.
a·fim
(latim affinis, -e, vizinho, contíguo, cúmplice, parente, aliado )
adjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

1. Que tem muita relação ou semelhança com outro (ex.: a loja vende roupa em segunda mão, acessórios, quinquilharias e produtos afins). = ANÁLOGO, IDÊNTICO, SEMELHANTE ≠ DIFERENTE, DISTINTO, OPOSTOadjectivo de dois géneros e nome de dois géneros adjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

2. Que ou quem tem parentesco por afinidade (ex.: parente afim; os sogros são afins).nome masculino

3. [Figurado]   [Figurado]   Partidário, amigo.Confrontar: a fim.

fim fim
(latim finis, -is, limite, fronteira, termo, alvo )
nome masculino

1. Termo, cabo, remate, conclusão.

2. Extremidade.

3. Morte.

4. Resultado.

5. Escopo, desígnio, alvo.

6. [Lógica]   [Lógica]   Causa.

a fim • Disposto para algo ou desejoso de algo (ex.: fizeram-lhe várias propostas, mas ele não estava a fim). [Confrontar: afim.]

a fim de • Usa-se para exprimir intenção, finalidade ou vontade (ex.: juntou dinheiro a fim de custear a viagem). = PARA

• Com vontade de (ex.: estão a fim de ir ao cinema?).

• [Brasil, Informal]   • [Brasil, Informal]   Com interesse amoroso ou sexual por (ex.: eu estou a fim de você).

a fim de que • Usa-se para introduzir intenção ou finalidade em relação ao que foi dito anteriormente (ex.: a situação foi comunicada às autoridades, a fim de que possam ser tomadas as medidas necessárias). = PARA QUE

ao fim e ao cabo • Afinal, no fim de contas.

fim da picada • Aquilo que se considera como um limite, geralmente do que é admissível ou aceitável (ex.: acho que isto é o fim da picada; chegámos ao fim da picada).

no fim de contas • Por último, finalmente.

por fim • Em último lugar. = ENFIM, FINALMENTE

• Em conclusão; em suma. = ENFIM, FINALMENTE

• Expressão indicativa de alívio ou contentamento por algo muito esperado ou desejado finalmente acontecer. = ENFIM, FINALMENTE

sem fim • Infinito ou que não tem número. [Confrontar: sem-fim.]


adjetivo Em que há ou expressa afinidade; que possui semelhança ou compatibilidade com alguém ou com alguma coisa.
Que se pode referir a pessoas que não estão ligadas por uma relação sanguínea: parente afim.
[Jurídico] Diz-se da pessoa que, por afinidade, se considera parente de alguém: primos afins.
[Linguística] Diz-se das línguas que, embora possuam origens distintas, se assemelham por compartilharem dos mesmos traços tipológicos.
substantivo masculino e feminino [Jurídico] Pessoa que, por afinidade, se considera parente de alguém: os afins também receberam a herança.
Etimologia (origem da palavra afim). Do latim affinis.e.


Afim pode se referir a:

Cifra afim, um exemplo especial da cifra mais geral da substituição.
Combinação afim, um determinado tipo da combinação linear confinada.
Conexão afim, uma conexão no pacote do tangent de um distribuidor diferenciável.
Geometria afim, uma geometria que não envolvem nenhumas noções da origem, o comprimento ou o ângulo.
Grupo afim, o grupo de todo o invertible affine transformações de alguns affine o espaço sobre um campo K nse
Representação afim, um homomorfismo contínuo do grupo cujos valores sejam automórficos de um espaço afim.
Esquema afim, o espectro de ideias principais de um anel commutativo.
Espaço afim, uma estrutura abstrata que generalize as propriedades afim-geométricas do espaço Euclideano
Transformação afim, uma transformação linear seguida por uma translação entre dois espaços do vetor, ou equivalente, uma transformação que preserve tudo com combinações afins.


bookmark_borderO que é sequência

sequência seqüência sequência | s. f. Será que queria dizer sequencia?
se·quên·ci·a |qüê| se·qüên·ci·a |qüê| se·quên·ci·a |qüê|
(latim sequentia, -ae, plural neutro de sequens, -entis, particípio presente de sequor, sequi, seguir, acompanhar )
nome feminino

1. Acto ou efeito de seguir. = SEGUIMENTO

2. Continuação do que foi iniciado. = SEGUIMENTO, SUCESSÃO

3. Conjunto de coisas seguidas ou ordenadas. = ORDEM, SÉRIE, SUCESSÃO

4. Série seguida de cartas do mesmo naipe ou de cartas com valores seguidos.

5. [Cinema, Televisão]   [Cinema, Televisão]   Conjunto de cenas ou planos com uma unidade de espaço ou de acção .

6. [Liturgia]   [Liturgia]   Trecho que se reza à missa depois da Epístola.• Grafia no Brasil: seqüência. • Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990:sequência. • Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990:seqüência
• Grafia em Portugal:sequência.


substantivo feminino Ação de seguir, de dar seguimento, continuação; série.
Prosseguimento que se dá ao que já foi iniciado; continuidade.
Reunião do que ocorre seguidamente, um após o outro; sucessão.
Trecho escrito que se começa em outro livro ou em outro lugar.
[Religião] Trecho cantado que se reza na Missa depois da Epístola.
Série de cartas de jogar do mesmo naipe, geralmente organizadas da menor para a maior ou obedecendo uma regra determinada.
Etimologia (origem da palavra sequência). Do latim sequentia.


Em matemática, uma sequência ou sucessão é uma função cujo domínio é um conjunto contável totalmente ordenado. Define-se o tamanho de uma sequência pelo número de elementos que esta possui, podendo existir sequências infinitas ou finitas. A sequência também é caracterizada pelo comportamento de seus termos, podendo ser crescente, decrescente, não crescente ou não decrescente. As sequências também podem ser recorrentes, sendo cada termo definido por uma relação que envolve um ou mais termos anteriores. Exemplos conhecidos de sequência são as progressões aritméticas, progressões geométricas e a sequência de Fibonacci, sendo esta última uma sequência recorrente. A análise real inclui o estudo dos limites de sequências de números reais.


bookmark_borderO que é desempenho

desempenho | s. m. 1ª pess. sing. pres. ind. de desempenhar
de·sem·pe·nho |â| ou |ê| de·sem·pe·nho |ê|
(derivação regressiva de desempenhar )
substantivo masculino

1. Acto de desempenhar.

2. Cumprimento.

3. Resgate.

4. Modo de representar.
de·sem·pe·nhar de·sem·pe·nhar – Conjugar
verbo transitivo

1. Cumprir (missão, encargo, etc.).

2. Representar.

3. Resgatar (penhor).verbo pronominal

4. Livrar-se de dívidas.


substantivo masculino Modo com alguém ou alguma coisa se comporta tendo em conta sua eficiência, seu rendimento: o desempenho de uma gestão, de um cantor ou atleta.
Interpretação; modo pessoal de interpretar ou de representar alguma coisa: o desempenho do artista.
Execução; ação de cumprir um trabalho, obrigação, promessa.
[Linguística] Expressão da competência linguística dos nativos de uma língua, por meio de sua produção espontânea ou pelo modo como este demonstra seu conhecimento em situações concretas de comunicação.
Etimologia (origem da palavra desempenho). Forma regressiva de desempenhar.


Desempenho (ou performance) é um conjunto de características ou capacidades de comportamento e rendimento de um indivíduo, de uma organização ou grupo de seres humanos, de animais ou de outros seres vivos, de máquinas ou equipamentos, de produtos, sistemas, empreendimentos ou processos, em especial quando comparados com metas, requisitos ou expectativas previamente definidos.
Em geral, é possível expressar o desempenho ou performance do ente que se pretende avaliar utilizando-se uma métrica, função ou índice de desempenho em relação às metas, requisitos ou expectativas previamente definidos.
A partir de um modelo matemático aceitavelmente representativo deste ente sob avaliação de desempenho, e
utilizando a abordagem da teoria de controle e otimização de sistemas dinâmicos, pode-se até mesmo, em determinadas situações, calcular matematicamente qual deva ser seu comportamento para que atinja o máximo desempenho almejado.
Esta abordagem é frequentemente aplicada na solução de problemas no âmbito das engenharias, da administração, da logística, dos transportes, da economia, da biologia ou de outras atividades científicas ou tecnológicas, o que requer a construção de modelos matemáticos precisos dos respectivos sistemas dinâmicos em estudo. Dessa forma, é possível aplicar as técnicas matemáticas de otimização para maximizar ou minimizar uma função previamente definida como Índice de Desempenho (ID), ou Índice de Performance (IP), visando encontrar uma “solução ótima” do problema, isto é, que resulte no melhor ID possível.


bookmark_borderO que é coincidência

coincidência | s. f.
co·in·ci·dên·ci·a |u-ìn| co·in·ci·dên·ci·a |u-ìn|
(coincidir + -ência )
substantivo feminino

1. Acto de coincidir.

2. [Geometria]   [Geometria]   Estado de duas figuras geométricas que se sobrepõem.

3. Simultaneidade de diversos acontecimentos. ≠ DESCOINCIDÊNCIA


substantivo feminino Ação ou efeito de coincidir: nos encontramos por uma feliz coincidência.
Realização simultânea de dois ou mais acontecimentos, simultaneidade: a chuva estava prevista, mas o vento apareceu simultaneamente por coincidência.
Algo disposto de maneira igualitária ou idêntica: possuem o mesmo comportamento, a mesma forma de pensar, são amigos por coincidência.
Realização de alguns eventos que acontecem à sorte ou em simultâneo, mas que aparentam ter algo em comum: coincidência de antigos eventos históricos e atuais comportamentos políticos.
Afluência de algo para um fim comum: coincidência de perspectivas humanitárias; coincidência de opiniões agilizam o processo criativo.
Geometria. Estado de duas figuras geométricas que se sobrepõem.
[Figurado] Concurso de circunstâncias: uma feliz coincidência.
Etimologia (origem da palavra coincidência). Coincidir + ência.


Coincidência é o termo utilizado para se referir a eventos com alguma semelhança, mas sem relação de causa e consequência. Por exemplo, jogar uma moeda não viciada e obter três caras consecutivamente é uma coincidência, não existe relação de causa e efeito entre o resultado anterior e o próximo resultado. Quando muitos eventos ocorrem simultaneamente é esperado que ocorram muitas coincidências também. Pode ser apenas resultado de uma sincronicidade.Em estatística identificar signicados para eventos coincidentes é considerado um erro do tipo I ou resultado falso positivo.O ser humano tem uma tendência natural a identificar padrões onde eles não existem e fornecer significados, o que é conhecido cientificamente como apofenia ou pareidolia.Diversos eventos paranormais e religiosos são baseados em coincidências, especialmente quando lidam com grandes números, pois quanto maior a amostra e o número de opções, maior a chance de coincidências impressionantes.
Na Psicologia ações baseadas em interpretações de coincidências são chamadas de comportamento supersticioso. Já na abordagem da Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung, as coincidências são chamadas sincronicidades e podem ser vistas como eventos relacionados e que possuem um significado simbólico.
Estatisticamente é muito difícil comprovar que existe uma relação causal entre duas variáveis pois correlação não significa necessariamente causalidade. É necessário testes empíricos para chegar a uma conclusão de causa e efeito e nem sempre isso é possível.


bookmark_borderO que é quádruplo

quádruplo | s. m. num. mult. | adj. num. mult. Será que queria dizer quadruplo?
quá·dru·plo
nome masculino e quantificador numeral multiplicativo nome masculino e quantificador numeral multiplicativo

1. Quantidade quatro vezes maior que outra.

2. Número quadruplicado.quantificador numeral multiplicativo quantificador numeral multiplicativo

3. Que tem quatro tantos de outro, que é quatro vezes maior.

4. Que está formado por quatro entidades.

Sinónimo Sinônimo Geral: TÉTRAPLO


numeral Que é quatro vezes maior.
substantivo masculino Número, ou quantidade quatro vezes maior que a outra.
substantivo masculino plural Quadrigêmeos.


Quádruplo é um numeral multiplicativo utilizado para denominar um número quatro vezes maior que outra grandeza. Indica que certa quantidade foi multiplicada por 4.
É o oposto de quarto, que significa uma determinada grandeza dividida por 4.