bookmark_borderO que é misticismo

misticismo | s. m.
mis·ti·cis·mo
nome masculino

1. Crença na possível comunicação entre o homem e a divindade.

2. Vida contemplativa.

3. Devoção exagerada.

4. Tendência para acreditar no sobrenatural.


substantivo masculino Tendência para crer em entidades ou forças sobrenaturais.
Crença de que uma pessoa se consegue comunicar com uma entidade espiritual e/ou receber mensagens desta.
Inclinação para viver de modo contemplativo (absorvido em pensamentos); ascetismo.
Etimologia (origem da palavra misticismo). Místico + ismo/ pelo francês mysticisme.


Misticismo (do grego μυστικός, transliterado mystikos, “um iniciado em uma religião de mistérios”) é o contato com uma divindade, verdade espiritual ou Deus através da experiência direta ou intuitiva.No livro de Jakob Böhme “O Príncipe dos Filósofos Divinos”, o misticismo se define como um tipo de religião que enfatiza a atenção imediata da relação direta e íntima com Deus, ou com a espiritualidade, com a consciência da Divina Presença. É a religião em seu mais apurado e intenso estágio de vida. O iniciado que alcançou o “segredo” é chamado um “místico”. Os antigos cristãos empregavam a palavra “contemplação” para designar a experiência mística.

“O místico é aquele que aspira a uma união pessoal ou a unidade com o Absoluto, que ele pode chamar de Deus, Cósmico, Mente Universal, Ser Supremo etc. (Lewis, Ralph M)”


bookmark_borderO que é maldição

maldição | s. f. | interj.
mal·di·ção
substantivo feminino

1. Acto ou efeito de amaldiçoar.

2. Praga.interjeição

3. Expressão designativa de irritação, impaciência, contrariedade ou surpresa.


substantivo feminino Ato ou efeito de amaldiçoar.
Palavras com que uma pessoa deseja que advenham males a outra; praga.
Desgraça, fatalidade: a maldição caiu sobre o infeliz.


Na mitologia cristã, maldição é a ação efetiva de um poder sobrenatural, caracterizada pela adversidade que traz, sendo geralmente usada para expressar o azar ou algo ruim na vida de uma pessoa.
Antigamente era algo semelhante a um “feitiço” ou “encantamento”, mas que só causa o mal à pessoa. Algumas pessoas acreditam que uma maldição pode até matar.
A maldição foi manifestada primeiramente nos relatos bíblicos. A maldição não pode ser revogada até que um poder espiritual superior intervenha trazendo libertação. Dizem que a maldição pode interferir no destino natural de alguém o levando para outro caminho.
Existem vários tipos de maldição entre elas existem a maldição mandada e a maldição hereditária.