bookmark_borderO que é feminilidade

feminilidade | s. f.
fe·mi·ni·li·da·de
(feminil + -idade )
nome feminino

1. Qualidade do que é feminil.

2. Carácter , índole de mulher.


substantivo feminino Característica, particularidade ou estado particular da mulher; comportamento feminino; feminidade.
[Por Extensão] Designação do sexo feminino.
[Por Extensão] Que designa um conjunto formado por mulheres: a beleza da feminilidade colombiana.
[Pejorativo] Maneira de agir que denota futilidade; frivolidade.
Etimologia (origem da palavra feminilidade). Feminil + (i)dade.


Feminilidade é um conjunto de atributos, comportamentos e papéis geralmente associados às meninas e às mulheres. A feminilidade é constituída por ambos os fatores socialmente definidos e biologicamente-criados. Isto faz com que seja distinta da definição biológica do sexo feminino, já que machos e fêmeas podem exibir características femininas. As pessoas que apresentam uma combinação de ambas as características masculinas e femininas são consideradas andróginas e as filósofas feministas têm argumentado que a ambiguidade de gênero pode obscurecer a classificação de gênero. As conceituações modernas de feminilidade também não confiam apenas em construções sociais, mas nas escolhas individuais feitas pelas mulheres.Os traços tradicionalmente citados como femininos incluem gentileza, empatia e sensibilidade, embora traços associados com a feminilidade variem dependendo da localização e do contexto e sejam influenciados por uma variedade de fatores sociais e culturais.


bookmark_borderO que é patricinha

patricinha | adj. f. s. f.
pa·tri·ci·nha
(Patrícia, antropónimo + -inha )
adjectivo feminino e nome feminino adjetivo feminino e nome feminino

[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Diz-se de ou jovem do sexo feminino que exibe comportamento ou aparência considerado como pertencente a uma classe social elevada (ex.: ela é tão patricinha que irrita; não conheço essa patricinha). [Equivalente no português de Portugal: betinha.]Masculino: mauricinho. Masculino: mauricinho.


substantivo feminino [Brasil] Regionalismo. Pej. Menina, adolescente ou jovem que se veste de maneira apurada, se preocupa com a elegância e procura estar em locais da moda.
Etimologia (origem da palavra patricinha). Patrícia + inha.


O termo patricinha (português brasileiro) ou betina (português europeu) é uma gíria que remete a uma mulher que na maioria das vezes é bem cuidada, rica, mimada, consumista, modista, protegida pelos pais e geralmente tem uma ótima autoestima (Às vezes de forma excessiva). Em meados da década de 1990 e no início dos anos 2000, o símbolo das patricinhas foi representado pelos filmes As Patricinhas de Beverly Hills e Meninas Malvadas . Em alguns círculos sociais o termo é usado de forma pejorativa como sinônimo de adolescente esnobe, desagradável e não focada em “Problemas Relevantes”, como política, economia e questões humanitárias, por exemplo.
A gíria pode ter origem em Patrício (em latim: patricius), que originalmente eram os cidadãos que constituíam a aristocracia da Roma Antiga, equivalendo a uma forma de nobreza hereditária.
No Brasil, o equivalente a patricinha na idade adulta costuma ser associado a socialite, uma mulher que alega viver uma vida luxuosa.
Apesar de serem pejorativos, os termos “mauricinho” e “patricinha” designam pessoas que possuem um relativamente elevado nível social e se preocupam com a aparência.
Em inglês, o termo equivalente é Valley girl, referente às garotas de classe média alta na região do Vale de São Fernando em Los Angeles, e popularizado por uma canção homônima de Frank Zappa.


bookmark_borderO que é balzaquiana

fem. sing. de balzaquiano
bal·za·qui·a·no
([Honoré de] Balzac, antropónimo + -iano )
adjectivo adjetivo

1. [Literatura]   [Literatura]   Relativo ao escritor francês Honoré de Balzac (1799-1850), à sua obra ou ao seu estilo (ex.: personagem balzaquiana; ritmo balzaquiano).adjectivo e nome masculino adjetivo e nome masculino

2. [Literatura]   [Literatura]   Que ou aquele que admira ou se dedica ao estudo e à investigação da obra de Honoré de Balzac.

3. [Literatura]   [Literatura]   Que ou aquele que revela características das personagens dos romances de Honoré de Balzac.

4. [Por extensão]   [Por extensão]   Que ou aquele que tem mais de 30 anos (ex.: amigo balzaquiano; uma balzaquiana formosa).
Ver também dúvida linguística: balzaquiano.


substantivo feminino Aquela que atingiu os 30 anos ou que possui entre 30 e 40 anos de idade, como a personagem central do romance de Balzac, A Mulher de Trinta Anos; balzaca: atriz fará uma balzaquiana em nova novela.
adjetivo Que tem essa idade, entre 30 e 40 anos: funcionária balzaquiana.
[Literatura] Relativo ao escritor frances Honoré Balzac (1799-1850).
Etimologia (origem da palavra balzaquiana). Feminino de balzaquiano, do nome Balzac + iano.


Balzaquiana ou mulher balzaquiana é uma expressão que surgiu após a publicação do livro A Mulher de Trinta Anos (1831-32), escrita pelo francês Honoré de Balzac. Tal expressão se refere às mulheres com idade próxima à casa dos 30 anos e, mais recentemente, também às mulheres de até 40 anos de idade.Em A Mulher de Trinta Anos, Balzac faz uma apologia às mulheres de mais idade que, emocionalmente amadurecidas, podem viver o amor com maior plenitude – em completa oposição à tradicional e predominante figura das moças românticas que, nos livros de sua época, tinham não mais do que 20 e poucos anos. Júlia d`Àiglemont, a protagonista do livro, é o grande retrato da mulher mal casada que, após anos de infelicidade, encontra seu verdadeiro amor – no caso, Carlos Vandenesse – somente após ter completado 30 anos.