bookmark_borderO que é uvaia

uvaia | s. f.
u·vai·a
nome feminino

[Brasil]   [Brasil]   Fruto da uvaieira.


substantivo feminino [Botânica] Designação popular de certas plantas da família das mirtáceas, possuidora de frutos pequenos e comestíveis (que se pode comer); uaieira, ubaieira, uvaieira, uvalheira.
[Botânica] Tipo de arbusto, de origem brasileira, cuja madeira tende a ser compacta e lustrosa, de folhas com o ápice agudo e flores perfumadas; ubacaba.
O próprio fruto que se retira dessa planta.
Etimologia (origem da palavra uvaia). Do tupi i’waya; i’wa; taya.


A uvaia (nome científico: Eugenia pyriformis), também conhecida como uvaieira, uaieira, ubaia e uvalha, é uma planta da família Myrtaceae. O seu fruto também é chamado de “uvaia” e “ubaia”. Pode ter entre 6 e 13 metros de altura e entre 30 e 50 centímetros de diâmetro do tronco. É uma espécie com origem no Brasil, ocorrendo nos estados do Ceará , Rio Grande do Norte, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais.


bookmark_borderO que é jamelão

jamelão | s. m.
ja·me·lão
(alteração de jambolão )
nome masculino

1. [Botânica]   [Botânica]   Árvore (Syzygium cumini) da família das mirtáceas.

2. [Botânica]   [Botânica]   Fruto dessa árvore.


substantivo masculino [Brasil] Árvore da família das mirtáceas.


O jamelão, jambolão, jamborão, baguaçu, jalão, joão-bolão, topin, manjelão, azeitona-preta, ameixa roxa, baga-de-freira, oliveira,azeitona-roxa, brinco-de-viúva ou guapê (Syzygium cumini, ex-Eugenia jambolana Lam. ou Syzygium jambolanum DC.) é o fruto da planta de mesmo nome da família Myrtaceae. A espécie é nativa da Índia.
São árvores que podem chegar até dez metros de altura. Possuem frutos pequenos e arroxeados quando maduros. A coloração dos frutos provoca manchas nas mãos, tecidos, calçados e pinturas de veículos, tornando a planta pouco indicada para o preenchimento de espaços públicos.
O fruto possui uma semente única e grande, quando comparada com o tamanho do fruto, envolta por uma polpa carnosa. Apesar de sabor um pouco adstringente, é agradável ao paladar. Na Índia, além de ser consumido in natura, é usado na confecção de doces e tortas.
Na Região Nordeste do Brasil, é conhecida como “azeitona-preta” ou “azeitona-roxa”, oliveira, e jamelão dependendo do estado. Nessa região, a planta adaptou-se tão bem que se tornou espécie subespontânea, sendo chamada de “brinco-de-viúva”. Também é comum no litoral paranaense, onde recebe o nome de “guapê”.
Apesar de as árvores desta espécie serem abundantemente usadas em arborização urbana, os jamelões são pouco comercializados, em decorrência de sua alta perecibilidade. Os jamelões costumam deixar as calçadas manchadas de roxo devido à queda dos frutos maduros.