bookmark_borderO que é vaporizador

vaporizador | adj. | s. m.
va·po·ri·za·dor |ô| va·po·ri·za·dor |ô|
(vaporizar + -dor )
adjectivo adjetivo

1. Que vaporiza.nome masculino

2. Recipiente no qual se opera a vaporização de um líquido.


adjetivo Que vaporiza.
substantivo masculino Recipiente no qual se opera a vaporização.
Pequeno tubo ou pote dotado de dispositivo apropriado para vaporizar perfumes e outros líquidos; pulverizador.

bookmark_borderO que é bola

bola | s. f. bola | s. f. | s. f. pl. | interj. 3ª pess. sing. pres. ind. de bolar 2ª pess. sing. imp. de bolar
bo·la |ô| bo·la |ô| 2
(alteração de bolo )
nome feminino

1. Pão pequeno, redondo e chato.

2. Bolo ou pão feito geralmente com carnes (ex.: bola de chouriço).

3. Queijo grande e fresco de leite de ovelha.

4. [Informal]   [Informal]   O mesmo que palmatoada.Confrontar: bula.

bo·la |ó| bo·la |ó| 1
(latim bulla, -ae, bolha de ar )
nome feminino

1. Objecto redondo ou oval, geralmente feito de borracha, couro ou material semelhante, cheio de ar, com que se podem praticar vários desportos como andebol , basquetebol, futebol, hóquei, râguebi , etc. (o seu tamanho depende da modalidade a que se destina).

2. Qualquer objecto de formato arredondado.

3. [Farmácia]   [Farmácia]   Pílula de grande tamanho, geralmente de consistência pastosa. = BOLO, BÓLUS

4. [Informal]   [Informal]   Jogo de futebol (ex.: foram ver a bola no café).

5. [Informal]   [Informal]   Cabeça; juízo.

6. [Informal]   [Informal]   Pessoa baixa e gorda.

7. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Dinheiro que se oferece a alguém em troca de favor ou negócio lucrativo, geralmente ilícito. = SUBORNO
bolasnome feminino plural

8. Rodelas combustíveis feitas com cisco de carvão.

9. [Informal]   [Informal]   Testículos.

10. [Brasil]   [Brasil]   Espécie de laço.

11. [Brasil]   [Brasil]   [Zoologia]   [Zoologia]   Tatu.interjeição

12. Exprime enfado, irritação (ex.: bolas, já não cheguei a tempo).

bola da vez • [Brasil]   • [Brasil]   • [Jogos]   • [Jogos]   Bola que deve ser metida no buraco, em jogos de bilhar e afins.

bola de capão • [Informal]   • [Informal]   Bola de couro, geralmente por oposição a bolas improvisadas, feitas geralmente de trapos.

bola de cristal • Esfera de vidro ou cristal, usada alegadamente para fazer previsões.

bola de gude • [Brasil]   • [Brasil]   Pequena esfera usada no jogo do berlinde . = BERLINDE

bola de neve • Aquilo que aumenta progressivamente.

bola suíça • Bola insuflável de borracha, de grandes dimensões, usada em exercícios físicos e fisioterapia.

jogo da bola • Certo jogo em que se derrubam paulitos com bolas grandes de pau.

não ir à bola com • Não gostar de; implicar com.

picar a bola • Impelir a bola com o taco.

• Dar um toque na bola de forma a provocar um efeito especial.Confrontar: bula.

bo·lar bo·lar 2
(bolo + -ar )
adjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

Diz-se da terra argilosa, também chamada bolo-arménio .
bo·lar bo·lar 1- Conjugar
(bola + -ar )
verbo transitivo

1. Acertar (no alvo) com a bola. = SERVIR

2. Atingir com bola.

3. Dar a forma de bola a. = ABOLAR, BOLEAR

4. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Conceber, inventar (ex.: bolei um plano fantástico).

5. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Compreender, entender (ex.: você bolou alguma coisa do que ela escreveu?).verbo intransitivo

6. [Desporto]   [Esporte]   Lançar a bola em jogo.

7. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Ter sucesso ou lucro; ser bem-sucedido. = ACERTAR


substantivo feminino Objeto, geralmente esférico, para ser atirado, batido, chutado, empurrado, carregado, rolado ou arremessado, dependendo do jogo em que está sendo usada. As bolas podem ser duras ou macias, maciças ou cheias de ar. Mais de 30 esportes importantes são jogados com bola. Entre eles estão o futebol, o basquetebol e o beisebol.


A bola é um objeto utilizado para lazer de uma pessoa e em diversos desportos. A bola é geralmente esférica, mas pode ter outras formas, como a oblonga (apenas em poucos casos em especial, como a bola de rúgbi) ou a quadrada (que é usada no dominó). A bola pode ser oca e repleta de ar, como a bola de futebol, ou sólida, como a bola de bilhar ou de golfe. Na maioria dos jogos, as jogadas acontecem em função do estado da bola sendo acertada, chutada, ou arremessada pelos jogadores.
Bolas eram usadas em tempos antigos por povos como os egípcios, gregos, romanos, astecas e os povos que os precederam na América Central.


bookmark_borderO que é sifão

sifão | s. m.
si·fão
(latim sipho, -onis, do grego sifon, -onos, tubo, cano )
nome masculino

1. Tubo recurvado, de ramos desiguais, que serve geralmente para transvasar líquidos sem inclinar os vasos que os contêm.

2. Espécie de garrafa de vidro com água gasosa.


substantivo masculino [Física] Tubo em forma de S, de ramos desiguais, usado para fazer passar os líquidos de um nível para outro mais baixo, elevando-os de início acima do nível mais alto.
Tubo duplamente recurvado, cuja parte inferior fica cheia de água, e que serve para evacuar as águas usadas, impedindo que exalem mau cheiro.
[Zoologia] Estrutura dos moluscos ou outros invertebrados que, situada na parte exterior, relacionada com funções respiratórias.
Tipo de garrafa que faz com que, sob pressão, a água gasosa nela contida jorre.
(Etm. do latim: sipho.onis.


Um sifão é um dispositivo para transportar um líquido de uma altura para outra mais baixa, passando por um ponto mais alto (muito usado na agricultura). Em bacias de retrete e lavatórios existem sifões para impedir a passagem do cheiro provenientes das respectivas canalizações. Existem vários tipos de sifões, em “S” (no qual tem o formato de curva-contracurva), em “copo” no qual se assemelha a um copo dentro de outro, entre outros.


bookmark_borderO que é descarga

descarga | s. f.
des·car·ga
(português antigo descárrega, derivação regressiva de descarregar )
nome feminino

1. Acto ou efeito de descarregar. = DESCARREGAMENTO

2. Acto ou trabalho de tirar a carga a bestas, carros, navios, etc.

3. Acto ou efeito de disparar muitas armas de fogo ao mesmo tempo.

4. Cancelamento de item ou de um registo . = BAIXA

5. Desobrigação, alívio de cargo ou de encargo. = DESCARGO, DESENCARGO

6. [Direito]   [Direito]   Solução ou libertação de obrigação ou de encargo. = QUITAÇÃO

7. Caudal, débito.

8. [Brasil]   [Brasil]   Válvula accionada mecanicamente para libertar um jacto de água em sanitas , urinóis, etc., por meio de jacto de água (ex.: dê descarga após o uso). [Equivalente no português de Portugal: autoclismo.]

9. [Medicina]   [Medicina]   Evacuação ou libertação de uma substância.

descarga eléctrica • Explosão de electricidade ; raio, faísca.


substantivo feminino Ato de tirar a carga.
Ato de disparar com uma arma muitos tiros ao mesmo tempo ou simultaneamente com diversas armas: descarga de artilharia.
[Física] Descarga elétrica, fenômeno que se verifica quando um corpo eletrizado perde a sua carga de eletricidade.


Se procura uma descarga de electricidade, veja Descarga electrostática.
A descarga (português brasileiro) ou autoclismo (português europeu) é um dispositivo acoplado ao vaso sanitário (sanita). Quando puxamos a descarga, a água contida em um reservatório que fica no referido vaso sanitário é enviada para baixo para limpar os resíduos que ficaram neste.


bookmark_borderO que é caixão

caixão | s. m.
cai·xão
(caixa + -ão )
nome masculino

1. Caixa grande.

2. Caixa comprida, destinada a conter o corpo de um defunto que vai ser enterrado ou cremado. = ATAÚDE, ESQUIFE, FÉRETRO, TUMBA, URNA

3. Caixa para munições de artilharia.

4. Caixa de pólvora que se mete na mina.

5. [Engenharia]   [Engenharia]   Molde para revestimento de betão .

6. [Engenharia]   [Engenharia]   Estrutura de betão , usada como elemento estrutural em construções submersas e posteriormente preenchida com areia ou blocos maciços (ex.: quebra-mar de caixão vertical).

7. [Náutica]   [Náutica]   Espaço entre a almeida e a cabeça do leme.

de caixão à cova • [Portugal, Informal]   • [Portugal, Informal]   Muito grande em grau ou intensidade; muito forte (ex.: ele estava com uma bebedeira de caixão à cova).


substantivo masculino Tipo de caixa de madeira com a qual é possível enterrar e transportar pessoas mortas; urna funerária; ataúde, esquife.
Qualquer caixa de madeira ou outro material usada para transportar ou carregar coisas diversas; caixote.
[Construção] Parte presa à parede em portas e janelas; marco.
[Regionalismo: Norte e Nordeste] Parte mais funda num rio ou curso de água fechado; álveo, talvegue.
Mesa ou balcão usado pelo ourives para fazer seus trabalhos de ourivesaria.
[Botânica] Grande árvore brasileira, da família das lecitidáceas, gênero Cariniana legalis, com tronco de aproximadamente 1 metro de largura, cuja madeira de excelente qualidade e casca são largamente usadas na indústria; jequitibá-rosa.
[Gramática] Aumentativo de caixa; caixa grande.
[Portugal] Espécie de armadilha para caça.
Etimologia (origem da palavra caixão). Caixa + ão.


Um caixão, também conhecido por ataúde, esquife ou urna funerária, é uma caixa ou recipiente resistente e impermeável, provido em seu interior de material absorvente, usada para acondicionamento, transporte e sepultamento de restos mortais humanos. Existe um profissional responsável pelos cuidados para com os caixões em um cemitério, denominado coveiro. Em casos de cremação, as cinzas resultantes da incineração e moagem dos ossos, são guardadas em um receptáculo denominado urna cinerária.


bookmark_borderO que é piscina

piscina | s. f.
pis·ci·na
(latim piscina, -ae, viveiro de peixes, piscina, cisterna, reservatório )
nome feminino

1. Grande tanque usado para fins recreativos ou desportivos .

2. Viveiro ou reservatório de água onde se criam peixes.

3. Nome dado em alguns conventos à fonte onde os religiosos lavavam as mãos depois da comida.

4. Vaso de pedra onde se fazem baptismos . = PIABAPTISMAL

5. [Figurado]   [Figurado]   [Religião]   [Religião]   Sacramento que consiste na revelação dos pecados feita ao confessor, tendo em vista a absolvição. = PENITÊNCIA

6. Tudo o que purifica.

fazer piscinas • Percorrer, nadando, a extensão de uma piscina (ex.: fez 40 piscinas hoje).

• [Portugal, Informal]   • [Portugal, Informal]   Fazer percursos repetitivos ou de ida e volta (ex.: fiz muitas piscinas para fazer a mudança de casa).


substantivo feminino Tanque artificial com água tratada para natação ou para outras atividades esportivas e recreativas.
[Religião] Pia em que se realiza o sacramento do batismo; pia batismal.
[Religião] Arrependimento dos pecados; sacramento da penitência.
Reservatório com água para lavar roupa ou tanque específico com água para o gado.
[Antigo] Depósito com água reservada para a criação de peixes; viveiro.
Etimologia (origem da palavra piscina). Do latim piscina.ae.


Uma piscina (do latim piscina, derivado de piscis “peixe”) é um tanque de água próprio para natação, mergulhos, saltos ornamentais e outras práticas desportivas, como polo aquático e hidroginástica, tratamento de doenças e reabilitação física, ou simplesmente para recreação. Geralmente é equipada com uma estação de tratamento de água própria para piscinas, como bomba de água para o bombeamento de água da mesma.


bookmark_borderO que é campainha

campainha | s. f. 3ª pess. sing. pres. ind. de campainhar 2ª pess. sing. imp. de campainhar
cam·pa·i·nha |a-í| cam·pa·i·nha |a-í|
(campa + -inha )
nome feminino

1. Pequeno sino de mão. = SINETA, TINTINÁBULO

2. Dispositivo acústico de chamada ou de alarme, accionado de forma eléctrica ou mecânica.

3. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]   Ornato dórico em forma de sineta.

4. [Informal]   [Informal]   Apêndice carnudo, móvel e contráctil , em forma de bago de uva, que pende do véu palatino, à entrada da garganta. = ÚVULA

5. [Informal, Figurado]   [Informal, Figurado]   Pessoa que divulga tudo o que ouve.

6. [Botânica]   [Botânica]   Designação comum a várias plantas da família das campanuláceas. = CAMPÂNULA

7. Flor dessas plantas. = CAMPÂNULA
cam·pa·i·nha·r |a-í| cam·pa·i·nha·r |a-í| – Conjugar
(campainha + -ar )
verbo intransitivo

Fazer tocar uma campainha.


substantivo feminino Dispositivo conectado a portões ou portas que, emitindo um som, avisa quem está no interior da existência de alguém do lado de fora, querendo entrar.
Alarme; dispositivo sonoro conectado a despertadores, telefones utilizado para acordar alguém ou chamar a atenção dessa pessoa.
Sineta; pequeno sino de mão.
[Figurado] Quem não guarda segredo; pessoa que fala tudo aquilo que ouve.
[Anatomia] Úvula; nome comum de algumas massas carnosas que, no corpo humano, se apresentam dependuradas; apêndice em forma de cone do véu palatino, situado na parte posterior da boca.
[Botânica] Designação comum a várias plantas da família das campanuláceas, geralmente usadas como plantas ornamentais.
Etimologia (origem da palavra campainha). Campa + inha.


Uma campainha elétrica é um dispositivo constituído por um interruptor, um eletroíman, uma armadura, um martelo, uma campânula e um gerador de corrente contínua ou alterna.
O interruptor do circuito utilizado neste tipo de campainhas foi inventado em 1837 por Johann Philipp Wagner e conhece-se também pelo nome de martelo de Wagner.
O funcionamento de uma campainha elétrica baseia-se numa peça fundamental: o eletroíman.
Assim, ao ligar-se o interruptor, a corrente que passa no circuito faz com que o eletroíman adquira propriedades magnéticas atraindo a armadura e arraste com ela um martelo de mola que bate numa caixa metálica em forma de sino ou semiesfera, fazendo-a ressoar.
No momento do choque o eletroíman deixa de ter propriedades magnéticas e a armadura volta à sua posição inicial estabelecendo-se novamente o circuito.
Este processo repete-se rapidamente e ouve-se a campainha tocar até que seja desligado o interruptor.
Nalguns casos, quando se usa corrente alterna existem duas caixas metálicas ressoadoras e o martelo bate alternadamente em cada uma delas.


bookmark_borderO que é corda

corda | s. f. | s. f. pl.
cor·da
(latim chorda, -ae, do grego khordê, -ês, intestino, tripa )
nome feminino

1. Conjunto de fios de cânhamo ou de qualquer matéria filamentosa, torcidos juntos uns sobre os outros.

2. Fio onde se coloca a roupa para secar ou arejar (ex.: deixei os lençóis na corda).

3. [Figurado]   [Figurado]   Enfiada, série.

4. [Geometria]   [Geometria]   Linha recta (menor que o diâmetro) que liga as duas extremidades de um arco.

5. [Música]   [Música]   Fio, geralmente de tripa, de seda ou de metal, que é posto em vibração para produzir som em certos instrumentos musicais.

6. [Técnica]   [Técnica]   Espiral metálica enrolada que quando se desenrola dá movimento a certos maquinismos.
cordasnome feminino plural

7. [Música]   [Música]   Conjunto dos instrumentos de uma orquestra cujo som é produzido por vibração de fios ou cordas, como o violino, o violoncelo, etc.

com a corda ao pescoço • [Informal]   • [Informal]   O mesmo que com a corda na garganta.

com a corda na garganta • [Informal]   • [Informal]   Em apertos; com dificuldades (ex.: no último encontro, jogaram com a corda na garganta).

com a corda no pescoço • [Informal]   • [Informal]   O mesmo que com a corda na garganta.

corda bamba • Corda tensa, presa em dois pontos, na qual os equilibristas se deslocam e fazem exercícios. = MAROMA, MAROMBA

• [Figurado]   • [Figurado]   Situação perigosa ou instável.

corda dorsal • [Zoologia]   • [Zoologia]   O mesmo que notocórdio.

corda vocal • [Anatomia]   • [Anatomia]   Cada uma das pregas membranosas da laringe, com grande influência na produção da voz. (Mais usado no plural.)

dar corda aos sapatos • [Informal]   • [Informal]   Ir embora depressa.

estar com a corda toda • [Informal]   • [Informal]   Estar muito falador ou muito entusiasmado.

fazer cordas de areia • Tentar impossíveis.

roer a corda • [Informal]   • [Informal]   Não cumprir o prometido; faltar à promessa. = DAR O DITO POR NÃO DITO

• [Informal]   • [Informal]   Desfazer combinação, acordo ou negócio prestes a concretizar-se.

tocar na corda sensível • Dizer a alguém coisa que o atinja no seu ponto fraco.


substantivo feminino Conjunto de fios torcidos juntos que formam uma peça resistente de aplicação variada.
Fio de tripa ou de arame que vibra, produzindo som em certos instrumentos.
Lâmina de aço que faz mover o maquinismo dos relógios, brinquedos etc.
[Matemática] Segmento de reta que une dois pontos de uma circunferência, ou de uma curva qualquer.
Corda bamba, corda suspensa pelas extremidades, não muito retesada, sobre a qual os funâmbulos fazem malabarismos.
[Anatomia] Cordas vocais, membranas da glote.
Estar com a corda no pescoço, estar em apertos ou apuros (geralmente financeiros) de solução improvável a curto prazo.
Dar corda a (alguém), incentivar (alguém) a falar; dar trela a.


Uma corda ou cabo (ou ainda, barbante, no caso de uma fina trança de fios) é um feixe de fibras ou arames trançados ou enrolados entre si, para permitir a tração de cargas, a fixação de objetos ou a segurança de pessoas durante a prática de esportes, como a escalada e o rapel, ou ainda em trabalhos em altura.
As cordas podem ser compostas de um único material ou uma associação de materiais, como fibras naturais (algodão, juta, sisal, linho, seda), sintéticas (nylon, polietileno, polipropileno, poliéster ou fibras de carbono) ou metálicas.A bordo de uma embarcação, contudo, o termo corda é reservado para a corda do relógio, sendo as cordas existentes a bordo designadas exclusivamente como cabos.


bookmark_borderO que é vaso

vaso | s. m. vaso- | elem. de comp.
va·so
(latim vulgar *vasum, do latim vas, vasis, vaso )
substantivo masculino

1. Toda e qualquer peça côncava que pode conter sólidos ou líquidos.

2. Peça côncava usada para cultivar plantas ou para adornar jardins, edifícios, etc.

3. [Por extensão]   [Por extensão]   Tudo o que é susceptível de conter alguma coisa. = RECEPTÁCULO

4. O mesmo que vaso sanitário.

5. O mesmo que vaso de noite.

6. [Informal]   [Informal]   Vagina.

7. [Pouco usado]   [Pouco usado]   [Marinha]   [Marinha]   Navio.

8. [Anatomia]   [Anatomia]   Canal para transportar fluidos (ex.: vaso arterial, vaso linfático).

9. [Astronomia]   [Astronomia]   Constelação austral. (Geralmente com inicial maiúscula.)

vaso canópico • Recipiente usado pelos antigos egípcios para guardar vísceras embalsamadas dos corpos mumificados. = CANOPO

vaso de guerra • [Marinha]   • [Marinha]   Navio de guerra.

vaso de noite • Recipiente portátil para urina ou dejectos humanos. = BACIO, BISPOTE, PENICO

vaso sanitário • Peça fixa, geralmente de loiça, que recebe os dejectos humanos. = LATRINA, RETRETE,RETRETE, SANITA
vaso- vaso-
(latim vulgar *vasum, do latim vas, vasis, vaso )
elemento de composição

Exprime a noção de vaso (ex.: vasogénico).


substantivo masculino Recipiente côncavo, para líquidos, sólidos, flores etc.
Navio de grandes proporções, geralmente de guerra.
O mesmo que urinol.
[Anatomia] Canal em que circula o sangue ou a linfa. (Distinguem-se três espécies de vasos: as artérias, os capilares e as veias.).
[Botânica] Tubo condutor da seiva bruta.
[Física] Vasos comunicantes, conjunto de vasos interligados, nos quais um líquido se eleva à mesma altura, qualquer que seja a forma de cada um deles.


Vaso ou jarra é uma peça em forma de jarro que é utilizado para decorar salas, recepções, corredores ou ainda para decorar espaços abertos, como escadas ou jardins. Sua função é meramente ornamental, sendo utilizado para armazenar flores.
Vasos, assim como as urnas decorativas, foram conhecidos e usados pelos gregos. Entretanto, são introduzidos como artigos de decoração nos salões da época moderna no início do século XVII, quando eram fabricados de mármore, bronze, prata, porcelana e louça (principalmente os vasos chineses).
Alguns vasos se colocam flores artificiais, cuja indústria começara no século XVI, e se entende ao longo do século seguinte, sendo aperfeiçoado desde o século XVIII ou um recipiente, tradicionalmente feito de barro, onde se criam plantas ornamentais.


bookmark_borderO que é lustre

lustre | s. m. 1ª pess. sing. pres. conj. de lustrar 3ª pess. sing. imp. de lustrar 3ª pess. sing. pres. conj. de lustrar
lus·tre
nome masculino

1. Lampadário, candelabro pendente com muitas luzes.

2. Brilho.

3. Polimento.

4. [Figurado]   [Figurado]   Fama, resplendor, glória, brilhantismo.
lus·trar lus·trar – Conjugar
verbo transitivo

1. Dar lustre a.

2. Envernizar, polir, engraxar.

3. Examinar minuciosamente.

4. Visitar.

5. Tornar culto.

6. Purificar (por meio de água).verbo intransitivo

7. Luzir, brilhar.


substantivo masculino Brilho; O mesmo que lustro.
[Figurado] Brilhantismo, glória.
Candelabro de vários braços que se suspende do teto.


Um lustre, candelabro ou lampadário é um candeeiro suspenso com mais de um foco luminoso, como velas ou lâmpadas. Os lustres modernos são frequentemente bastante decorados, com dezenas de lâmpadas e arranjos complexos de vidro ou outros materiais que iluminam um espaço interior com padrões intrincados.Existem alguns cuidados ao utilizar o lustre na decoração, como produzir luz suave e distanciar a peça da mesa, para não incomodar os olhos, também pode ser utilizado para destacar moveis como uma mesa de apoio, mesa principal, em casos que se tenham uma luz ambiente geral efetiva. Por isso é sempre importante pensar se vale ou não a pena fazer um projeto luminotécnico.