bookmark_borderO que é decalque

decalque | s. m. 1ª pess. sing. pres. conj. de decalcar 3ª pess. sing. imp. de decalcar 3ª pess. sing. pres. conj. de decalcar
de·cal·que
(francês décalque )
nome masculino

1. Acto de decalcar.

2. Processo que permite transferir por pressão imagens para outra superfície. = DECALCOMANIA

3. Imagem obtida por este processo. = DECALCOMANIA

4. [Figurado]   [Figurado]   Imitação servil.
de·cal·car de·cal·car – Conjugar
(francês décalquer )
verbo transitivo

1. Transferir (desenhos, pinturas, etc.) para outra superfície por pressão ou por cópia.

2. [Figurado]   [Figurado]   Imitar servilmente.


substantivo masculino Ação de decalcar, de transferir uma imagem, desenho ou pintura, para outra superfície por pressão ou cópia.
Imagem transferida por essa ação: o decalque ficou bom na camiseta.
[Figurado] Em que há imitação ou cópia; plágio: este texto é um decalque do original.
[Linguística] Incorporação, numa língua, de uma palavra ou conceito traduzido de outro idioma: cachorro-quente é decalque de hot dog.
Etimologia (origem da palavra decalque). Forma Regressiva de decalcar.


O decalque é a cópia de uma imagem em determinado papel (papel vegetal), a fim de reproduzi-lo posteriormente em outro local.


bookmark_borderO que é papel

papel | adj. 2 g. | s. 2 g. | s. m. | s. m. pl. papel | s. m. | s. m. pl.
pa·pel 2
adjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

1. [Etnologia]   [Etnologia]   Relativo aos papéis.substantivo de dois géneros

2. [Etnologia]   [Etnologia]   Indivíduo pertencente aos papéis.substantivo masculino

3. [Linguística]   [Lingüística]   [Linguística]   Idioma falado por esse grupo.
papéissubstantivo masculino plural

4. [Etnologia]   [Etnologia]   Grupo étnico da Guiné-Bissau.

Sinónimo Sinônimo Geral: PEPELPlural: papéis. Plural: papéis.
pa·pel pa·pel 1
(catalão paper )
substantivo masculino

1. Folha seca e fina feita com toda a espécie de substâncias vegetais reduzidas a massa, para escrever, imprimir, embrulhar, etc.

2. Dinheiro em notas ou letras de câmbio.

3. [Cinema, Teatro, Televisão]   [Cinema, Teatro, Televisão]   Parte de uma peça dramática que cabe a cada actor .

4. Função que algo ou alguém tem.
papéissubstantivo masculino plural

5. Jornais.

6. Conjunto de documentos.

andar aos papéis • [Portugal, Informal]   • [Portugal, Informal]   Estar confuso ou desorientado; não saber o que fazer.

bater o papel • Alinhar pelas extremidades as pilhas de papel, batendo-as em montículos sobre uma superfície plana ou sujeitando-as à acção de equipamentos mecânicos específicos.

papel cavalinho • Tipo de papel usado para desenho, sobretudo para desenho escolar.

papel celofane • Folha plástica transparente extremamente fina, feita de hidrato de celulose, usada geralmente como envoltório. = CELOFANE, FILME, PELÍCULA

papel crepe • Tipo de papel rugoso, leve e com muita elasticidade. = CREPOM

papel crepom • O mesmo que papel crepe.

papel da China • Papel fino, resistente e sedoso, geralmente usado em edições de luxo e para impressão de gravuras.

papel da Holanda • Papel espesso e avergoado, geralmente usado em edições de luxo. = HOLANDA

papel da Índia • Papel opaco, muito fino e resistente, usado para reduzir o volume na impressão obras com muitas páginas. = PAPEL-BÍBLIA

papel de alumínio • Folha metálica muito fina e maleável, geralmente de alumínio ou de estanho, usada para cobrir ou revestir alimentos. = PAPEL-ALUMÍNIO, PAPEL DE PRATA

papel de cenário • Tipo de papel de grande formato, com uma face lisa e outra texturada.

papel de cozinha • Tira de papel absorvente descartável, geralmente disposta em rolos de folhas picotadas, utilizada para secar ou limpar.

papel de lustro • Tipo de papel com uma face colorida, muito lisa e brilhante.

papel de parede • Tipo de papel especial, geralmente estampado, usado para revestir paredes interiores (ex.: comprou dois rolos de papel de parede).

papel de prata • O mesmo que papel de alumínio.

papel higiénico • Papel fino e absorvente que se usa para fins sanitários e que em contacto com a água se dissolve rapidamente.

papel Oxford • O mesmo que papel da Índia.

papel pintado • O mesmo que papel de parede.

papel químico • [Portugal]   • [Portugal]   Folha que tem tinta de um dos lados, usada entre duas folhas de papel para decalcar na de baixo o que é escrito na de cima, geralmente em máquinas de escrever ou à mão. (Equivalente no português do Brasil: papel-carbono.) = QUÍMICO

papel social • [Sociologia]   • [Sociologia]   Conjunto de comportamentos, direitos e regras que a sociedade define e espera que um indíviduo respeite em determinado estatuto social.

papel vegetal • Tipo de papel resistente e translúcido, usado para decalques de desenho ou para forrar formas, em culinária.Plural: papéis. Plural: papéis.


substantivo masculino Substância de origem vegetal e consistência pastosa que, seca sob a forma de folha, pode ser usada de várias maneiras: lenço de papel; papel de parede.
Folha feita com essa substância: ele, ao ler, aproxima o papel dos olhos.
O emprego, a função ou o uso de: o papel do oxigênio na respiração.
Parte que um ator desempenha numa peça de teatro, filme ou ópera; o personagem representado por esse ator: ele faz o papel de um cantor no filme.
Dever legal, moral ou profissional que uma pessoa é obrigada a desempenhar: o policial teve papel fundamental na prisão do bandido.
Comportamento reprovável, odioso, vergonhoso; vexame, papelão.
[Economia] Título que representa dinheiro, como ação, letra de câmbio, apólice.
Dinheiro impresso em papel; notas.
Etimologia (origem da palavra papel). Do catalão paper; pelo latim papyrus.i; do grego pápuros.


O papel é um material constituído por elementos fibrosos de origem vegetal, geralmente distribuído sob a forma de folhas ou rolos. Tal material é feito a partir de uma espécie de pasta desses elementos fibrosos, secada sob a forma de folhas, que por sua vez são frequentemente utilizadas para escrever, desenhar, imprimir, embalar, etc. Do ponto de vista químico, o papel se constitui basicamente de ligações de hidrogênio.


bookmark_borderO que é envelope

envelope | s. m. 1ª pess. sing. pres. conj. de envelopar 3ª pess. sing. imp. de envelopar 3ª pess. sing. pres. conj. de envelopar
en·ve·lo·pe
(francês enveloppe )
nome masculino

Envoltório para cartas ou outros documentos ou papéis. = SOBRECARTA, SOBRESCRITO
en·ve·lo·par en·ve·lo·par – Conjugar
(envelope + -ar )
verbo transitivo

Colocar em envelope.


substantivo masculino Pedaço de papel dobrado em forma de bolsinha, destinado a conter carta, cartão etc.; sobrecarta.


Um envelope ou sobrescrito é uma coberta de papel ou outro material para guardar cartas, documentos ou impressos de qualquer outra natureza para enviar pelos correios. O envelope é feito de forma para que possa se colocar as informações referentes ao destinatário (na frente do envelope, lado sem aba) e ao remetente (atrás do envelope, lado com aba). Por isso a parte frontal é lisa, com as dobras do papel sempre para trás.
Comumente a cultura de cada país adota envelopes com bordas nas principais cores nacionais. No Brasil, por exemplo, o padrão principal é o modelo de envelope com bordas nas cores amarelo e verde alternadas sobre o branco de uso precípuo para correspondências internacionais. Outras observações também caracterizam o modelo brasileiro como envelope cartão-postal, devido a ornamentação conferida pelas cores da borda.


bookmark_borderO que é caderno

caderno | s. m.
ca·der·no |é| ca·der·no |é|
nome masculino

1. Quinta parte da mão de papel.

2. Livrete formado por indeterminado número de folhas de papel dobradas e cosidas.

caderno de encargos • O que contém as condições de um contrato.


substantivo masculino Reunião de folhas de papel cosidas, coladas ou grampeadas de maneira a servir como livro de apontamentos, exercícios escolares etc.
Conjunto de cinco folhas de papel em branco ou pautado dobradas ao meio e encaixadas umas nas outras.
Conjunto de páginas de cada uma das partes de um jornal.
Grupo de folhas dobradas para fim de alceamento na encadernação.


Caderno é um artigo escolar e domiciliar, geralmente vendido em papelarias e livrarias, cujo uso é didático ou de lembrete. Os principais usuários são crianças e jovens em idade escolar.
Existem cadernos com várias capas, materiais, preços e tamanhos. Os cadernos mais comuns são os de brochura (tamanho reduzido, capa impressa numa única folha, cujo conteúdo é grampeado pelo centro), universitário (maior, com espiral para fixação da folha), capa dura (qualquer caderno cuja capa seja feita de papelão resistente em alta gramatura) e o quadriculado (utilizado por crianças em aulas de matemática e de desenho). Outro tipo de caderno também comum é o de caligrafia, onde a criança aperfeiçoa a escrita e a legibilidade das letras, definindo a maneira mais agradável e correta de se trabalhar caracteres maiúsculos e minúsculos.


bookmark_borderO que é papiro

papiro | s. m.
pa·pi·ro
nome masculino

1. [Botânica]   [Botânica]   Planta ciperácea em cujas folhas os antigos escreviam.

2. [Por extensão]   [Por extensão]   Papel feito com o papiro.

3. Manuscrito antigo em papiro.


substantivo masculino Planta nativa da África tropical, da família das ciperáceas, cujas hastes são formadas de folhas sobrepostas, que os egípcios, depois de separar umas das outras, justapondo-as e colando-as em seguida, usavam para escrever.


Papiro (pelo latim papirus do grego antigo πάπυρος) é, originalmente, uma planta perene da família das ciperáceas cujo nome científico é Cyperus papyrus, por extensão é também o meio físico usado para a escrita (precursor do papel) durante a Antiguidade Antigo Egito, civilizações do Oriente Médio, como os hebreus e babilônios, e todo o mundo greco-romano).
O papiro é obtido utilizando a parte interna, branca e esponjosa, do caule do papiro, cortado em finas tiras que eram posteriormente molhadas, sobrepostas e cruzadas, para depois serem prensadas. A folha obtida era martelada, alisada e colada ao lado de outras folhas para formar uma longa fita que era depois enrolada. A escrita dava-se paralelamente às fibras.


bookmark_borderO que é página

página | s. f. Será que queria dizer pagina?
pá·gi·na
(latim pagina, -ae, ramada, página, carta )
nome feminino

1. Qualquer dos lados de uma folha de papel.

2. O que está escrito ou impresso nesse lado.

3. Extracto de um livro. = EXCERTO, PASSAGEM, TRECHO

4. Período ou facto notável na vida de um homem ou de uma família, na história de um povo, de uma nação, da humanidade.

5. [Botânica]   [Botânica]   Qualquer das superfícies do limbo de uma folha.

6. [Informática]   [Informática]   Documento disponível na Internet, geralmente escrito em linguagem HTML, acessível electronicamente em determinado endereço URL.

a páginas tantas • A certa altura, em determinado momento.

página de entrada • [Informática]   • [Informática]   Página inicial de um sítio da Internet, que contém a sua apresentação e hiperligações para outras páginas.

página de rosto • [Encadernação]   • [Encadernação]   Primeira página impressa no princípio do livro em que está o título, o nome do autor, o volume, o nome da editora e outras indicações. = ROSTO

páginas amarelas • Lista de contactos telefónicos , geralmente impressa em folhas amarelas e organizada por actividades comerciais.

virar a página • Mudar o tema de conversa.

• Seguir em frente, superar uma situação difícil.

voltar a página • O mesmo que virar a página.


substantivo feminino Cada um dos lados de uma folha de papel, pergaminho etc.
O que está escrito ou impresso na página.
Obra literária: as mais belas páginas de Castro Alves.
[Figurado] Época notável na vida de um homem ou de uma nação: as mais belas páginas da história do Brasil.


Uma página é uma face de uma folha de papel ou usado como medida de quantidade ou localização de impressos e documentos (exemplo 1: o livro Esaú e Jacó de Machado de Assis, possui “x” páginas em sua 1° edição / exemplo 2: ver página 10 do jornal Folha de S.Paulo).
Na Internet é chamada de “página”, o conteúdo gráfico de um site, visualizado numa tela de monitor de vídeo e na Wikipédia, uma página equivale a um verbete enciclopédico.