bookmark_borderO que é hipercapnia

hipercapnia | s. f.
hi·per·cap·ni·a
(hiper- + grego kapnós, -oû, vapor, fumo + -ia )
substantivo feminino

[Medicina]   [Medicina]   Existência de excesso de dióxido de carbono no sangue.


substantivo feminino Excesso de dióxido de carbono no sangue que pode causar asfixia, impossibilidade de respirar.
Etimologia (origem da palavra hipercapnia). Do inglês hypercapnia.


Hipercapnia é o aumento do gás carbônico no sangue arterial que pode ser provocada por uma hipoventilação alveolar (em caso de asfixia, por exemplo). Os hormônios da tireóide aumentam a resposta respiratória à hipercapnia.
Chama-se hipercapnia em medicina ao aumento da pressão parcial de dióxido de carbono (CO2), medida em sangue arterial, acima de 46 mmHg (6,1 kPa). Produz-se uma diminuição do pH devido ao aumento da concentração plasmática de dióxido de carbono. A pressão do CO2 no sangue aumenta (hipercapnia) quando os pulmões estão superventilados. A hipercapnia normalmente ocorre quando os músculos usados na inalação estão muito débeis para ventilar os pulmões adequadamente.
A hipercapnia normalmente desencadeia um reflexo que aumenta a respiração e o acesso ao oxigênio (O2), como a excitação e a rotação da cabeça durante o sono. Uma falha desse reflexo pode ser fatal, por exemplo, como um fator contribuinte na síndrome da morte súbita infantil.


bookmark_borderO que é empiema

empiema | s. m.
em·pi·e·ma |ê| em·pi·e·ma |ê|
(grego empúêma, -atos, infecção supurante )
nome masculino

[Medicina]   [Medicina]   Acumulação serosa, sanguínea ou purulenta na cavidade das pleuras.


substantivo masculino [Medicina] Acúmulo de pus numa cavidade natural.
Derrame purulento na pleura.


Um empiema é uma colecção de pus dentro de uma cavidade natural. Deve ser diferenciada de abcesso, que é uma colecção de pús numa cavidade recém formada.
Na medicina humana, empiema pode ocorrer:

Na cavidade pleural (empiema pleural também conhecido como piotórax)
Na cavidade torácica
No útero (piometra)
No apêndice (apendicite)
Nas meninges (empiema subdural)
Nas articulações (artrite séptica)
Na vesícula biliar
No cérebro (empiema subdural)Os empiemas ocorrem mais frequentemente no espaço pleural, podendo ser fatais ao prejudicar a respiração se não tratados. São também comuns no útero e no apêndice (apendicite).


bookmark_borderO que é complacência

complacência | s. f.
com·pla·cên·ci·a
(latim complacentia, -ae )
substantivo feminino

1. Desejo ou cuidado de comprazer.

2. Condescendência.

3. Benevolência.

4. Satisfação.

5. Prazer.


substantivo feminino Tendência usual para concordar com outra pessoa, buscando agradá-la ou tentando ser agradável.
Ato ou comportamento baseado nessa tendência; gentileza.
Ação baseada na condescendência ou realizada por certa submissão censurável.
[Fisiologia] O que indica a capacidade de distensão de certas estruturas elásticas como os vasos sanguíneos, o coração etc.: complacência pulmonar, vascular, cerebral.
Etimologia (origem da palavra complacência). Do latim complacentia, pelo francês complaisance;agrado.


Na fisiologia, complacência (compliance em inglês) é uma medida da resistência de um órgão oco ao recuo às suas dimensões originais com a remoção de uma força compressiva ou distensiva. É um termo recíproco à elastância.
É calculada através da seguinte equação, onde ΔV é a mudança no volume e ΔP é a mudança na pressão:

C
=

Δ
V

Δ
P

{\displaystyle C={\frac {\Delta V}{\Delta P}}}


bookmark_borderO que é hipoventilação

hipoventilação | s. f.
hi·po·ven·ti·la·ção
(hipo- + ventilação )
substantivo feminino

[Medicina]   [Medicina]   Deficiência na quantidade de ar a circular nos pulmões, que é insuficiente para realizar a troca de dióxido de carbono e de oxigénio nos pulmões, causando redução de oxigénio ou excesso de dióxido de carbono no sangue.


substantivo feminino Redução da quantidade de ar que entra e sai dos pulmões (alvéolos pulmonares) durante a respiração.
Etimologia (origem da palavra hipoventilação). Hipo + ventilação.


Na medicina, hipoventilação ocorre quando a ventilação é inadequada para realizar a troca de gases nos pulmões.


bookmark_borderO que é pneumatocele

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. pneumáticos pneumáticas pneumático pneumática
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo feminino Cisto de ar nos pulmões; inchação gasosa; tumor de ar; tumor de gás no interior de um tecido: a pneumonia pode estar ligada à pneumatocele.
Pneumologia. Cavidade formada nas paredes finas, no interior do pulmão, própria da pneumonia estafilocócica.
Urologia. Deslocamento ou repuxo do escroto com gás.
Etimologia (origem da palavra pneumatocele). Do grego pneumatokele.es.


‘euPneumatocele’ é um cisto de ar no parênquima pulmonar. Em 1972, foi descrita por Boisset como um “enfisema subpleural”. Ocorre principalmente por sequela pós infecção bacteriana por Staphylococcus aureus, sendo mais freqüente em pacientes com hiperimunoglobulina (IgE) e/ou síndrome Buckley-Job, os quais são mais suscetíveis a infecção bacteriana. Outra possível causa seria trauma torácico, com frequência de 2-8% dos casos de pneumonia em crianças. Porém, pode ter frequência maior que 85% nas pneumonias por estafilococos. Não há preferência por sexo.


bookmark_borderO que é tuberculose

tuberculose | s. f.
tu·ber·cu·lo·se |ó| tu·ber·cu·lo·se |ó|
(tubérculo + -ose )
substantivo feminino

[Medicina]   [Medicina]   Enfermidade infecciosa e contagiosa causada por um micróbio especial chamado bacilo de Koch, caracterizada pela formação de pequenos tubérculos em determinadas partes do corpo, como os pulmões, a laringe, os intestinos, etc.


substantivo feminino Doença contagiosa provocada pelo bacilo de Koch que atinge praticamente todos os tecidos do organismo, principalmente os pulmões, definida pelo aparecimento de tubérculos porosos.
[Botânica] Designação comum a variadas bacterioses vegetais que aparecem a partir de nodosidades nos tecidos.
Etimologia (origem da palavra tuberculose). Do latim tuverculosis; tubérculo + ose; pelo francês tuberculose.


Tuberculose é uma doença infeciosa geralmente causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis (MTB). A tuberculose afeta geralmente os pulmões, embora possa também afetar outras partes do corpo. A maioria das infeções não manifesta sintomas, sendo nesses casos denominada tuberculose latente. Cerca de 10% das infeções latentes evoluem para tuberculose ativa. Se não for tratada, a tuberculose ativa causa a morte a metade das pessoas infetadas. Os sintomas clássicos da tuberculose ativa são tosse crónica com expulsão de sangue, escarro, febre, suores noturnos e perda de peso. A infeção de outros órgãos pode causar vários outros sintomas.A tuberculose é transmitida por via aérea quando as pessoas com tuberculose ativa nos pulmões tossem, cospem, falam ou espirram. As pessoas com tuberculose latente não transmitem a doença. A infeção ativa é mais comum entre fumadores e pessoas com VIH/SIDA. O diagnóstico de tuberculose ativa é apoiado por radiografias ao peito, exames microscópicos e culturas de fluidos corporais. O diagnóstico de tuberculose latente baseia-se na prova da tuberculina ou análises ao sangue.Entre as medidas de prevenção estão o rastreio de grupos de risco, deteção e tratamento atempados dos casos e vacinação com o bacilo Calmette-Guérin (vacina BCG). Os grupos de risco incluem as pessoas que partilham casa ou local de trabalho com pessoas com tuberculose ativa. O tratamento consiste na administração de vários antibióticos durante um longo período de tempo. A resistência antibiótica é um problema crescente, estando a aumentar o número de casos de tuberculose multirresistente (MDR-TB) e a tuberculose extensivamente resistente (XDR-TB).Estima-se que cerca de um terço da população mundial esteja infetada com tuberculose latente. Todos os anos ocorrem novos casos de infeção em cerca de 1% da população. Em 2016 ocorreram em todo o mundo mais de 10 milhões de casos de tuberculose ativa, tendo sido a causa de cerca de 1,3 milhões de mortes. Isto faz com que a tuberculose seja a principal causa de morte por doenças infeciosas. Mais de 95% destas mortes ocorreram em países em vias de desenvolvimento, principalmente na Índia, China, Indonésia, Paquistão e Filipinas. Desde o ano 2000 que o número de novos casos em cada ano tem vindo a diminuir. Em muitos países africanos e asiáticos cerca de 80% da população apresenta prova de tuberculina positiva, enquanto nos Estados Unidos os este valor é de apenas 5–10% da população. A doença está presente nos seres humanos desde a Antiguidade.


bookmark_borderO que é dispneia

dispneia dispnéia dispneia | s. f.
disp·nei·a disp·néi·a disp·nei·a
(latim dyspnoea, -ae )
nome feminino

[Medicina]   [Medicina]   Dificuldade em respirar, acompanhada de uma sensação de mal-estar. ≠ EUPNEIA• Grafia no Brasil: dispnéia. • Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990:dispneia. • Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990:dispnéia
• Grafia em Portugal:dispneia.


substantivo feminino [Medicina] Sintoma que se manifesta pela dificuldade ou desconforto em respirar.
Respiração incompleta, insuficiente ou falta de ar, provocada pela rapidez com que se respira, normalmente associada às doenças cardíacas.
Etimologia (origem da palavra dispneia). Do grego dúspinoia.


Dispneia também chamada de falta de ar é um sintoma no qual a pessoa tem dificuldade em respirar, normalmente com a sensação de respiração incompleta, muitas vezes acompanhada de opressão torácica e mal estar. É um sintoma comum a um grande número de doenças, em especial na área da cardiologia e pneumologia. Exemplos são as afecções pulmonares, as lesões no bulbo raquidiano ou as obstruções da laringe, etc..


bookmark_borderO que é pneumoperitônio

Palavra não encontrada. Sugerir a inclusão no dicionário da palavra pesquisada.


substantivo masculino Presença de ar no peritônio, patológica ou terapêutica.


Pneumoperitônio é a presença de ar na cavidade abdominal. Pode ser uma condição patológica, devida à perfuração de vísceras ocas, mas pode também ser uma técnica cirúrgica.


bookmark_borderO que é histoplasmose

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. ectoplasmas historiasse historiarmos historiámos historiamos ectoplásmico ectoplásmica citoplasmas
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo feminino [Medicina] e Vet Doença causada por uma infecção micótica envolvendo o sistema retículo-endotelial do homem e de outros animais, originada pelo Histoplasma capsulatum e caracterizada por anemia e leucopenia. Também chamada doença de Darling.
Etimologia (origem da palavra histoplasmose). Histo + plasma + ose.


Histoplasmose é uma doença causada pelo fungo dimórfico Histoplasma capsulatum. Transmitida por via respiratória através da inalação de conídias, a histoplasmose afeta principalmente os pulmões e o sistema reticuloendotelial.


bookmark_borderO que é bagaçose

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. bagaços vagações bagaço se bagaços e bagaço baraços baga cose bagados bajasse (norma brasileira) barações (norma brasileira)
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo feminino [Medicina] Doença respiratória causada pela inalação do pó de bagaço e caracterizada por tosse, calafrios, febre e debilidade prolongada.
Etimologia (origem da palavra bagaçose). Bagaço + ose.


Bagaçose é uma pneumoconiose que ocorre com trabalhadores que lidam com resíduos secos de cana-de-açúcar (ou bagaço), e é causada por fungos existente nas fibras da cana esmagada que são assimiladas pelo sistema respiratório.
Em 1941 ocorreu o primeiro relato da doença.