bookmark_borderO que é alucinação

alucinação | s. f. derivação fem. sing. de alucinar
a·lu·ci·na·ção
(latim alucinatio, -onis )
nome feminino

1. Acto ou efeito de se alucinar. = ALUCINAMENTO

2. Cegueira intelectual.

3. Ilusão (que faz ver o que não é).

4. Delírio.

5. Desvario.

6. [Medicina]   [Medicina]   percepção de sensações sem causa que as origine.
a·lu·ci·nar a·lu·ci·nar – Conjugar
(latim alucinor, -ari, errar, enganar-se, sonhar )
verbo transitivo

1. Causar alucinação a.

2. Desvairar.

3. Apaixonar.

4. Fazer cair em ilusão.verbo pronominal

5. Perder a razão.

6. Desorientar-se.


substantivo feminino Sensação mórbida produzida por algo inexistente.
Devaneio, delírio, ilusão.
Obscurecimento passageiro das faculdades mentais.


Alucinação é a percepção real de um objeto que não existe, ou seja, são percepções sem um estímulo externo.
A alucinação é classificada como percepção real haja vista que há convicção inabalável da pessoa que alucina em relação ao objeto alucinado, contudo muitas vezes esta vivência integra a um delírio mais ou menos coerente classificável em diferentes quadros psiquiátricos, incluindo a psicose, patologia psiquiátrica que, entre outros sinais e sintomas, caracteriza-se pela perda de contato com a realidade. Entre possíveis causas das alucinações se incluem as reações à drogas e medicamentos, síndromes associadas ao stress, medo, fadiga, perturbações do sono (especialmente sua privação), infecções (febres) e entre as psicoses destacam-se a paranoia e esquizofrenia.
Em psiquiatria, esse conceito foi introduzido por Esquiroll (1772-1840) como percepção sem objeto, já havendo diferenciação desta da ilusão ou percepção distorcida.
Sendo a percepção da alucinação de origem interna, emancipada de todas as variáveis que podem acompanhar os estímulos ambientais (iluminação, acuidade sensorial, etc.), um objecto alucinado muitas vezes é percebido mais nitidamente que os objetos reais de fato.


bookmark_borderO que é loucura

loucura | s. f.
lou·cu·ra
nome feminino

1. Alienação mental.

2. Insensatez; imprudência.

3. Extravagância.

4. Doidice, acto descontrolado ou irreflectido .


substantivo feminino Qualidade de louco, desprovido de razão.
[Medicina] Distúrbio mental grave que impede alguém de viver em sociedade, definido pela incapacidade mental de agir, de sentir ou de pensar como o suposto; insanidade mental.
Ato ou comportamento próprio de louco; insensatez: rasgar dinheiro é uma ação de loucura.
Ato de extravagância; imprudência: fazer uma loucura.
Amor excessivo ou exagerado por: ele tem verdadeira loucura pelo filho.
Etimologia (origem da palavra loucura). Louco + ura.


A loucura ou insanidade é segundo a psicologia uma condição da mente humana caracterizada por pensamentos considerados anormais pela sociedade. É resultado de doença mental, quando não é classificada como a própria doença. A verdadeira constatação da insanidade mental de um indivíduo só pode ser feita por especialistas em psicopatologia.
Algumas visões sobre loucura defendem que o sujeito não está doente da mente, mas pode simplesmente ser uma maneira diferente de ser julgado pela sociedade. Na visão da lei civil, a insanidade revoga obrigações legais e até atos cometidos contra a sociedade civil com diagnóstico prévio de psicólogos, julgados então como insanidade mental.
Na profissão médica, o termo é agora evitado em favor de diagnósticos específicos de perturbações mentais, a presença de delírios ou alucinações é amplamente referida como a psicose. Quando se discute a doença mental, em termos gerais, psicopatologia é considerada uma designação preferida.


bookmark_borderO que é paranoia

paranóia paranoia paranóia paranoia | s. f. Será que queria dizer paranóia?
pa·ra·nói·a |ói| pa·ra·noi·a |ói| pa·ra·nói·a |ói| pa·ra·noi·a |ói|
(grego paránoia, -as, perturbação, loucura )
nome feminino

1. [Psiquiatria]   [Psiquiatria]   Designação dada a diversas perturbações psíquicas, geralmente associadas a desconfianças patológicas e erros de interpretação da realidade.

2. Falta de juízo. = LOUCURA, MALUQUICE

Sinónimo Sinônimo Geral: PARANEIA• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: paranoia. • Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990:paranóia. • Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990:paranoia. • Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990:paranóia


substantivo feminino Psicose caracterizada por um orgulho exagerado, egoísmo, suscetibilidade, desconfiança e mania de perseguição.


Paranoia é um instinto ou processo de pensamento que se acredita ser fortemente influenciado pela ansiedade ou medo, muitas vezes ao ponto de delírio ou irracionalidade. O pensamento paranóico geralmente consiste na crença de que a pessoa está a ser alvo de perseguição ou de uma conspiração. A paranoia é diferente de uma fobia, a qual também consiste em medo irracional, mas geralmente a pessoa não tenta atribuir culpa. A paranoia é frequentemente aompanhada de acusações falsas e falta de confiança na generalidade das pessoas. Por exemplo, uma pessoa paranoica pode acreditar haver intenção num incidente que a maior parte das pessoas considera um mero acidente ou coincidência. A paranoia é um dos principais sintomas de psicose.


bookmark_borderO que é grandiosidade

grandiosidade | s. f.
gran·di·o·si·da·de
substantivo feminino

1. Qualidade de grandioso.

2. Magnificência, sumptuosidade .


substantivo feminino Imponência; característica de grandioso, imponente.
Suntuosidade; qualidade de suntuoso, pomposo, nobre.
[Figurado] Qualidade do que é extraordinário: a grandiosidade do seu talento.
Etimologia (origem da palavra grandiosidade). Grandioso + i + dade.


Grandiosidade refere-se a um senso irrealista de superioridade — uma visão sustentada de que o próprio é melhor do que os outros e que faz com que o narcisista trate os restantes com desdém ou como se fossem inferiores — além de um senso de singularidade: a crença de que poucos outros têm qualquer coisa em comum consigo próprio e que só pode ser compreendido por poucos ou por pessoas muito especiais. Também ocorre no Transtorno de apego reativo. Indica a tendência a se julgar superior aos demais e a merecer um tratamento especial; concentração em si mesmo, presunção de direitos ou títulos, condescendência para consigo mesmo.A grandiosidade está associada principalmente ao Transtorno de personalidade narcisista, mas também comumente se apresenta em episódios maníacos ou hipomaníacos do Transtorno bipolar.


bookmark_borderO que é saturnismo

saturnismo | s. m.
sa·tur·nis·mo
nome masculino

[Medicina]   [Medicina]   Doença ou envenenamento causado pelo chumbo.


substantivo masculino Intoxicação aguda ou crônica por chumbo ou por algum de seus sais; plumbismo.
O saturnismo, frequente nos operários que lidam com sais de chumbo (alvaiade etc.), manifesta-se pelas cólicas de chumbo ou saturninas, que sobrevêm bruscamente após distúrbios digestivos.


Saturnismo ou plumbismo (do latim Saturnismus, de saturnus, nome que os alquimistas davam ao chumbo) refere-se a intoxicação por chumbo de um organismo. O chumbo pode se acumular no organismo adulto por vários meses ou anos antes de causar sintomas. Porém, crianças menores de 6 anos de idade são especialmente vulneráveis à contaminação por chumbo, pois mesmo pequenas quantidades podem afetar gravemente seu desenvolvimento físico e mental.