bookmark_borderO que é clero

clero | s. m.
cle·ro |é| cle·ro |é|
nome masculino

1. Classe clerical.

2. Corporação dos clérigos ou dos eclesiásticos.


substantivo masculino Conjunto dos sacerdotes de um culto, de um país: o clero católico; o clero da França.
Conjunto dos padres de uma paróquia ou das igrejas de uma cidade.
Clero regular, conjunto dos padres que pertencem às ordens religiosas.
Clero secular, conjunto dos padres que não pertencem a nenhuma ordem regular.


Clero (do grego κληρος, transl. klêros), designa o conjunto de sacerdotes (ou clérigos ou ainda ministros sagrados) responsáveis por um culto religioso.
No cristianismo, os nomes e papéis específicos do clero variam de acordo com a denominação e há uma ampla gama de cargos clericais formais e informais, incluindo diáconos, padres ou pastores, bispos, pregadores, ministros. No Islamismo, um líder religioso é freqüentemente conhecido formalmente ou informalmente como imã, mufti, mulá ou aiatolá. No judaísmo, um líder religioso é freqüentemente conhecido como rabino ou chazan (cantor).


bookmark_borderO que é marabuto

marabuto | s. m.
ma·ra·bu·to
(francês marabout )
nome masculino

1. [Religião]   [Religião]   Religioso muçulmano de vida ascética e contemplativa. = MARABU

2. [Religião]   [Religião]   Pequena mesquita servida por um desses religiosos. = MARABU

3. [Gíria]   [Gíria]   Marinheiro.


substantivo masculino O mesmo que marabu.
O mesmo que almorávida.


Um marabuto, marabu (em árabe: مربوط; romaniz.: marbût) ou morabito (مُرابِط; murābiṭ) é um eremita considerado santo por habitantes da região do Magrebe.
O termo aplica-se também aos túmulos destas pessoas, que, na maior parte dos casos, são considerados locais sagrados e santuários.
Os marabutos existem sobretudo no Magrebe e África Setentrional.


bookmark_borderO que é aiatolá

aiatola aiatolá | s. m. Será que queria dizer aiatola?
ai·a·to·la ai·a·to·lá
(árabe ayat allah, sinal de Alá )
nome masculino

[Religião]   [Religião]   Alto dignitário da hierarquia religiosa islâmica xiita.• Grafia no Brasil: aiatolá. • Grafia no Brasil: aiatolá. • Grafia em Portugal:aiatola. • Grafia em Portugal:aiatola.


substantivo masculino [Religião] Chefe máximo, numa hierarquia religiosa, entre os muçulmanos xiitas.
Etimologia (origem da palavra aiatolá). Do árabe ayatillah.


Aiatolá ou aiatola (em farsi آیت‌الله, Ayatollah, e árabe آية الله, ayatul-Lah) é considerado sob as leis do Islão xiita o mais alto dignitário na hierarquia religiosa.
Existe porém a diferença entre xeque, aquele que estudou a sharia em uma universidade islâmica, e o Aiatolá. Este último é um título dado apenas àqueles que têm merecimento, quer seja por aclamação ou nomeação de outro Aiatolá ou indicação de um xeque. Para ser um aiatolá, além de conhecimento e discernimento, ele deve ser descendente direto de Maomé.
Aiatolá significa “sinais de Alá” ou “sinais de Deus”, de “Aiât” quer dizer Sinais (singular: ayah, sinal) e “Allah”, Deus, ou seja, o aiatolá é o expoente do conhecimento dentro do Islã Xiita.
Não há votação para a escolha e sim aclamação direta: assim, um clérigo comum pode ser aclamado diretamente ao cargo se tiver o conhecimento e discernimento necessário.


bookmark_borderO que é frade

frade | s. m.
fra·de
(latim frater, -tris, irmão )
nome masculino

1. Homem que se tornou membro de ordem religiosa. [Feminino: freira.] = MONGE

2. Marco ou elemento vertical, geralmente de pedra, colocado geralmente em ruas, passeios ou entradas para delimitar ou impedir a passagem ou estacionamento de veículos (ex.: frade de pedra). = FRADÉPIO

3. Chupeta.

4. [Tipografia]   [Tipografia]   Defeito na impressão de uma folha.

5. [Tipografia]   [Tipografia]   Folha mal impressa.

6. [Botânica]   [Botânica]   O mesmo que feijão-frade.

7. Peça do tear em que se enrola o fio de que se faz a franja.

8. Cada uma das duas peças de ferro que sustentam aquela em que o espadeiro açacala as lâminas.

9. [Portugal: Minho, Trás-os-Montes]   [Portugal: Minho, Trás-os-Montes]   [Biologia]   [Biologia]   Cogumelo comestível, com chapéu com 10 a 30 centímetros, muito usado na alimentação. = PÚCARA

10. [Marinha]   [Marinha]   Coluna à ré do mastro grande.

11. [Zoologia]   [Zoologia]   Avoceta (ave palmípede).

12. [Ictiologia]   [Ictiologia]   Grande peixe abissal.


substantivo masculino Membro de uma ordem religiosa que, vivendo afastado da sociedade, está sujeito a regras e preceitos; frei, monge.
[Náutica] Coluna ou antena cilíndrica de madeira que em alguns navios se coloca à ré do mastro grande.
[Náutica] Abertura na proa através da qual se dá voltas às amarras.
[Zoologia] Nome de alguns peixes marinhos, que vivem em pedras e corais nas profundezas do oceano Atlântico; peixe-frade.
[Gráficas] Erro de impressão causado pela falta de tinta.
[Popular] Grão de milho que não estoura, quando cozido na brasa.
Etimologia (origem da palavra frade). Do latim frater.tris “irmão”.


Frade é a designação dada a um católico consagrado que pertence a uma ordem religiosa mendicante e que vive normalmente num convento. Ele tanto pode ser um clérigo como um leigo.
O termo frade é proveniente da palavra latina frater, irmão, pelo qual se dirigem uns aos outros. O título dado aos frades é frei, que deve ser usado somente anteposto ao prenome do frade e nunca como um substantivo independente (o correto é “o frade foi ordenado” e não “o frei foi ordenado”). Alguma vezes surge designado de freire, especialmente se pertencer a uma ordem militar.As primeiras ordens cristãs compunham-se de homens ou mulheres que se retiravam do mundo para melhor poderem adorar a Deus nos grandes mosteiros que se espalharam por toda a Europa na Idade Média. No entanto, o crescimento das cidades e das pobres comunidades de pessoas que nelas viviam, sem contacto com o catolicismo, trouxeram a necessidade de um novo tipo de ordem religiosa. Este novo tipo não deveria estar tão enclausurado como o estilo de vida monástica dos monges e deveria estar mais inserido junto aos novos grandes centros urbanos.
Por estas razões, no século XIII, surgem os franciscanos (os menoritas ou irmãos menores), criados por São Francisco de Assis, em 1210. Seis anos mais tarde São Domingos fundou a Ordem dos Pregadores. Os membros destas duas ordens realizavam, para além dos tradicionais votos de castidade e obediência, o voto de pobreza, pelo que renunciavam à posse de quaisquer bens. Daí serem conhecidos por mendicantes, pois que apenas conseguiam subsistir por intermédio de esmolas e dádivas dos fiéis.
Se o rigor destas disposições foi observado no início da fundação destas ordens, o seu inicial sucesso, com a adesão de milhares de jovens por toda a Europa, o crescente peso institucional e poder político, rapidamente levaram as autoridades eclesiásticas a “aliviar” tal rigor e austeridade, permitindo que os conventos pudessem de alguma forma subsistir sem ser apenas por obra e graça da caridade alheia.
Tanto é assim que, coincidindo com o período gótico, os conventos franciscanos e dominicanos, destacaram-se pela magnificência das respectivas obras de arte e arquitectura, cujo melhor exemplo em Portugal é o dominicano Mosteiro da Batalha.
Outras importantes ordens são a dos carmelitas, que surgiram no Monte Carmelo para a Europa em meados do século XIII, e a dos eremitas, que surgiram no século XII.


bookmark_borderO que é freira

freira | s. f.
frei·ra
(alteração de freire )
nome feminino

1. Mulher que professou em ordem religiosa.

2. Grão de milho que se faz estourar no lume.

3. [Ictiologia]   [Ictiologia]   Peixe perciforme (Brama brama), da família dos bramídeos, de corpo ovalado, alto e comprido, cor azul-escura e cauda em forma de rabo de andorinha. = XAPUTA

4. [Ornitologia]   [Ornitologia]   Designação dada a várias aves aquáticas do género Pterodroma.

freira secular • A que fazia todos os votos, menos o de clausura, e vivia fora do convento (em oposição a freira professa.)


substantivo feminino Religiosa professa; soror, monja; mulher que pertence a uma ordem religiosa e que dedica sua vida aos objetivos da comunidade.
Diversas religiões, incluindo o budismo, o cristianismo e o taoísmo, têm ordens de freiras. A Igreja Católica tem mais ordens de freiras do que qualquer outra denominação cristã.


Freira é a designação dada na Igreja Católica a uma mulher que renunciou a vida comum em sociedade e optou recolher-se em um convento ou mosteiro, passando a ter uma vida – seja em regime de pessoa ou não – inteiramente dedicada aos serviços religiosos e da igreja que frequenta.
As freiras são mulheres consagradas a religião, assumem os compromissos da castidade, da obediência e da pobreza por meio de votos. Geralmente as freiras desenvolvem obras de caridade, de educação a crianças e jovens, entre outros tipos de apostolado, além de participação ativa em diversas áreas da sociedade. As freiras, por norma, fazem parte de ordens ou congregações religiosas de características mendicantes.


bookmark_borderO que é reverendo

reverendo | adj. | s. m.
re·ve·ren·do
adjectivo adjetivo

1. Digno de reverência; respeitável.nome masculino

2. Título que se dá aos dignitários eclesiásticos e aos sacerdotes católicos em geral.


adjetivo Digno de ser reverenciado: reverendo ancião.
Diz-se, como tratamento direto de cortesia, dos padres, madre (superiora) e, em geral, dos prelados e sacerdotes: o reverendo padre viajou.
substantivo masculino Padre, cura, religioso (inclusive pastores anglicanos): o reverendo está fazendo coleta para a igreja.


Reverendo ou, para a gramática, no superlativo absoluto sintético, Reverendíssimo (originário do latim Reuerendo, reveréndus e reueremdu que quer dizer digno de reverência, de respeito, e de honra (no feminino Reverendíssima e ainda Reverenda) é o tratamento que geralmente se dá aos eclesiásticos, sendo usado esse título em algum profeta conforme a hierarquia de determinada igreja, o Reverendo geralmente dotado de Teologia, ministrador e opera trabalhos evangelísticos como missionários.


bookmark_borderO que é diácono

diácono | s. m.
di·á·co·no
nome masculino

1. [Religião]   [Religião]   Primitivamente, indivíduo encarregado da distribuição dos fundos comuns aos fiéis cristãos.

2. [Religião]   [Religião]   Hoje, clérigo que tem a segunda das ordens sacras.


substantivo masculino Clérigo que não tem mais que a segunda das ordens sacras e cujo ofício é ajudar no altar o celebrante.


O termo diácono (do grego antigo διάκονος, “ministro”, “servo”, “ajudante”) é aplicado aos clérigos de igrejas de origem cristãs, nas suas várias denominações. A forma feminina chama-se diaconisa.
Dependendo da tradição denominacional, o diácono pode ser permanente ou um estágio para a ordenação presbiterial.


bookmark_borderO que é papa

papá | s. m. papa | s. f. papa | s. m. 3ª pess. sing. pres. ind. de papar 2ª pess. sing. imp. de papar Será que queria dizer papá?
pa·pá
(latim papa, -ae, pai, papá )
nome masculino

[Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]   Designação usada pelos filhos para se referirem ao pai.Confrontar: papa.

pa·pa pa·pa 1
(latim papa, -ae, termo com que as crianças designam comida )
nome feminino

1. Alimento de consistência cremosa, feito de farinha cozida em água ou leite (ex.: papas de milho).

2. [Informal]   [Informal]   Qualquer alimento (ex.: os meninos comeram a papa toda).

3. O que está ou é muito mole e desfeito (ex.: o feijão cozeu demasiado e ficou uma papa).

4. Lã ordinária, felpuda e muito quente (ex.: cobertores de papa).

5. [Botânica]   [Botânica]   Árvore de Moçambique.

fazer em papas • Diluir; derrear.

não ter papas na língua • Falar sem rodeios nem contemplações.Confrontar: papá.

pa·pa pa·pa 2
(latim papa, -ae, pai, papá, título honorífico religioso )
nome masculino

1. [Religião]   [Religião]   Chefe da Igreja católica romana. = PADRE-SANTO, PONTÍFICE

2. [Figurado]   [Figurado]   Superior máximo de qualquer igreja.

3. [Figurado]   [Figurado]   Pessoa de grande prestígio, sobretudo na sua área profissional. = ÁS

4. [Zoologia]   [Zoologia]   Espécie de verdelhão.

mais papista que o papa • Mostrar mais rigor, interesse ou empenho do que é esperado (ex.: o patronato, mais papista que o papa, exigiu novas alterações à lei).Feminino: papesa, papisa. Feminino: papesa, papisa.Confrontar: papá.

pa·par pa·par – Conjugar
(latim pappo, -are, papar, comer )
verbo transitivo e intransitivo

1. [Informal]   [Informal]   Comer.verbo transitivo

2. [Informal]   [Informal]   Alcançar, conquistar, obter.

3. [Informal]   [Informal]   Conseguir algo de forma pouco lícita.

4. [Informal]   [Informal]   Ganhar, vencer.

5. [Informal]   [Informal]   Percorrer determinada distância.

6. [Informal]   [Informal]   Ter relações sexuais. = COMER


substantivo masculino Sujeito que ocupa o cargo de chefia mais importante dentro da hierarquia eclesiástica da Igreja Católica; chefe da Igreja Católica; Bispo de Roma; Sumo ou Santo Pontífice; Santo Padre.
[Figurado] Aquele que se destaca por fazer muito bem alguma coisa: sempre foi o papa dos gramados.
Etimologia (origem da palavra papa). Do latim papa ‘papas’ ou pappa ‘pappas’.ae; pelo grego páppas.ou.
substantivo feminino Farinha cozida no leite ou na água até adquirir consistência de pasta mais ou menos espessa.
[Por Extensão] Qualquer alimento pastoso; mingau.
[Por Extensão] Alimento que se desfaz após cozedura; o que se desfaz e se transforma em algo pastoso: a massa virou papa!
[Figurado] Conversa que convence, persuade; lábia.
[Figurado] Falar francamente sem medir as consequências: professor não tinha papas na língua!
Etimologia (origem da palavra papa). Do latim papa ou papa.ae.


Papa (do latim “Papa”, do grego πάππας, Pappas uma palavra carinhosa para pai), também chamado de Santo Padre, é o Bispo de Roma, e como tal, é o líder mundial da Igreja Católica Apostólica Romana. O atual sumo pontífice é o Papa Francisco, eleito no conclave que terminou em 13 de março de 2013.O Papa é eleito pelo Colégio dos Cardeais e seu posto é vitalício. Seu cargo eclesiástico é chamado de Papado e sua sede de “Santa Sé”. Também é o Chefe de Estado da Cidade do Vaticano, uma cidade-estado soberana enclavada por Roma. O primeiro papa foi Pedro, apostolo de Jesus , e de acordo com a tradição católica os Papas, como seus sucessores, possuem autoridade para governá-la, e infalibilidade para ensinar e definir pontos da fé cristã quando se pronuncia ex cathedra.O papado é uma das instituições mais antigas e duradouras do mundo, e teve uma participação proeminente na história da humanidade. Os papas na Antiguidade auxiliaram na propagação do cristianismo e a resolver diversas disputas doutrinárias. Na Idade Média eles desempenharam um papel secular importante na Europa Ocidental, muitas vezes, servindo de árbitros entre os monarcas e evitando diversas guerras na Europa. Atualmente, para além da expansão e doutrina da fé cristã, os Papas se dedicam ao ecumenismo, e diálogo inter-religioso, a trabalhos de caridade e à defesa dos direitos humanos, principalmente através de pronunciamentos à humanidade e visitas aos diversos países do mundo.


bookmark_borderO que é mago

mago | s. m. | adj.
ma·go
(latim magus, -i, do grego mágos, -ou )
nome masculino

1. Sacerdote da religião de Zoroastro ou Zaratustra.

2. [Por extensão]   [Por extensão]   Mágico, feiticeiro.adjectivo adjetivo

3. [Figurado]   [Figurado]   Encantador, muito bonito; fascinador.

4. [Religião]   [Religião]   Diz-se de cada um dos três reis que adoraram a Jesus Cristo recém-nascido.


substantivo masculino Sábio que, entre os persas, era especialista no estudo dos astros.
[Religião] Os três reis que presenciaram o nascimento de Jesus Cristo.
Adivinho; quem faz previsões ou se julga capaz de adivinhar.
Bruxo; quem faz feitiçaria ou bruxaria.
adjetivo Encantador; capaz de seduzir ou encantar: o mago poder das palavras.
Etimologia (origem da palavra mago). Do latim magus.i.


Mago (em latim: magus; em grego clássico: μάγος; transl.: mágos; em acádio: maguš; em persa antigo: magu-; em parta: mgw) é o título que designa os sacerdotes zoroastristas nos Impérios Medo, Aquemênida, Arsácida e Sassânida. Sob os sassânidas, o sacerdote superior ainda utilizava o título de mobede (em persa médio: mowbed; em persa antigo: <* magu-pati- , lit. "chefe dos magos") ou magopetes (em armênio: magpet). Na inscrição Feitos do Divino Sapor, o xá Sapor I (r. 240–270) chamou seus sacerdotes de antropo mago (em grego clássico: ανθρωποις μαγοις; transl.: anthropois magois) e mgwGBRʾ.


bookmark_borderO que é alufá

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. aluga aluda aluna alfa aluía alua lufa aloca adufa (norma brasileira) aluta (norma brasileira)
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo masculino [Popular] Intérprete do Alcorão, livro sagrado dos muçulmanos.
[Religião] Título de honra dado aos chefes em terrenos de umbanda.
[Antigo] Antiga denominação dada ao chefe muçulmano negro proveniente do Noroeste da África.
Etimologia (origem da palavra alufá). Do árabe al-awfa.


O termo alufá designa líder religioso para os negros muçulmanos no Rio de Janeiro/Bahia (Câmara Cascudo). Pode significar também doutor, teólogo, devoto, marabu (João do Rio, As Religiões no Rio). Esse termo também designa, na etnia afro-brasileira igbomina, sacerdote do culto a Ifá. Após a Revolta dos Malês, a palavra alufá passou a ser proibida socialmente por conta de sua representação perigosa. Muitos passaram a ser chamados de babalaôs (termo de outra etnia).Nina Rodrigues: “Os sacerdotes ou verdadeiros marabus chamam-se na Bahia alufás” (p. 84, Africanos no Brasil).[carece de fontes?]