bookmark_borderO que é firewall

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. fereza firmal cereal federal frieza cirial cerejal direta (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico e norma brasileira) ferial (norma brasileira) videowall (norma brasileira)
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo masculino Sistema de segurança ou mecanismo desenvolvido para evitar que, através da Internet, hackers ou programas de conteúdo duvidoso tenham acesso a um computador pessoal: verifico sempre se o firewall do meu computador está ligado antes de baixar um programa.
Pronuncia-se: /fáieruol/.
Etimologia (origem da palavra firewall). Do inglês firewall.


Em informática, um firewall (em português: parede de fogo) é um dispositivo de uma rede de computadores, na forma de um programa (software) ou de equipamento físico (hardware), que tem por objetivo aplicar uma política de segurança a um determinado ponto da rede, geralmente associados a redes TCP/IP. O firewall pode ser do tipo filtros de pacotes, proxy de aplicações, etc.
A combinação do software e de hardware de proteção, é chamado tecnicamente de “appliance”. A complexidade de instalação depende do tamanho da rede, da política de segurança, da quantidade de regras que controlam o fluxo de entrada e saída de informações e do grau de segurança desejado.


bookmark_borderO que é cracker

cracker | s. 2 g.
cracker |créquèr| ou |cráquèr|
(palavra inglesa )
nome de dois géneros

[Informática]   [Informática]   Pirata informático especializado em penetrar sistemas de segurança ou descodificar programas ou códigos informáticos.Plural: crackers. Plural: crackers.


substantivo masculino Indivíduo com grande conhecimento na área informática que invade computadores ou sistemas computacionais com propósitos ilegais, especialmente para roubar códigos, senhas pessoais ou bancárias.
Etimologia (origem da palavra cracker). Do inglês cracker.


Cracker, cráquer ou ciberpirata é o termo usado para designar o indivíduo que pratica a quebra (ou cracking) de um sistema de segurança de forma ilegal (crime informático) ou sem ética. Este termo foi criado em 1985 por hackers em defesa contra o uso jornalístico pejorativo do termo “hacker”. A criação do termo pelos hackers reflete a forte revolta destes contra o roubo e o vandalismo praticados pelos crackers.
O sentido pejorativo de “hacker” ainda persiste entre o público leigo.


bookmark_borderO que é autenticação

autenticação | s. f. derivação fem. sing. de autenticar
au·ten·ti·ca·ção
nome feminino

Acto ou efeito de autenticar.
au·ten·ti·car au·ten·ti·car – Conjugar
(autêntico + -ar )
verbo transitivo

1. Declarar autêntico.

2. Tornar autêntico.

3. Certificar, legalizar.


substantivo feminino Ação ou efeito de autenticar.
[Jurídico] Ato que consiste no reconhecimento, pelo tabelião, de um documento como sendo autêntico ou verdadeiro.
Etimologia (origem da palavra autenticação). Autenticar + ção.


Autenticação (do grego : αυθεντικός = real ou genuíno, de ‘authentes’ = autor) é o ato de estabelecer ou confirmar algo (ou alguém) como autêntico, isto é, que reivindica a autoria ou a veracidade de alguma coisa. A autenticação também remete à confirmação da procedência de um objeto ou pessoa, neste caso, frequentemente relacionada com a verificação da sua identidade.