bookmark_borderO que é muro

muro | s. m. muro | s. m. 1ª pess. sing. pres. ind. de murar
mu·ro 2
(latim mus, muris )
nome masculino

[Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]   Rato.
mu·ro mu·ro 1
(latim murus, -i )
nome masculino

1. Obra, geralmente de alvenaria, que separa terrenos contíguos ou que forma cerca.

2. Muralha de fortificação. (Mais usado no plural.)

3. [Figurado]   [Figurado]   Aquilo que serve para defender ou proteger. = DEFESA, RESGUARDO

muro seco • Muro de pedra solta.
mu·rar mu·rar 1- Conjugar
(muro + -ar )
verbo transitivo

1. Cercar de muros. = AMURAR, AMURALHAR ≠ DESMURARverbo transitivo e pronominal

2. Defender(-se).Confrontar: morar.

mu·rar mu·rar 2- Conjugar
(latim mus, muris, rato + -ar )
verbo transitivo

1. Caçar ratos.verbo intransitivo

2. Espreitar (os ratos, para caçá-los).Confrontar: morar.


substantivo masculino Obra de alvenaria, adobe, taipa, tijolo etc., destinada a cercar um recinto, a proteger um povoado ou cidade, ou separar um lugar de outro.
Murada.
[Por Extensão] Tudo que possa servir para separar uma coisa de outra, ou defendê-la.
[Figurado] Defesa, proteção, auxílio.
[Figurado] Obstáculo intransponível.
Lugar cerrado para guardar colmeias.
Ver parede.


Um muro é uma estrutura sólida utilizada para separar ou proteger qualquer recinto.


bookmark_borderO que é confiabilidade

confiabilidade | s. f.
con·fi·a·bi·li·da·de
(forma alatinada de confiável + -idade )
nome feminino

Qualidade do que é confiável. = FIABILIDADE


substantivo [Medicina] É a extensão em que medidas repetidas de um fenômeno relativamente estável situam-se próximas umas das outras; é o grau de confiança de uma proposta; capacidade de um instrumento não variar em seus resultados, sendo utilizado por diferentes operadores ou.


Na engenharia de sistemas, confiabilidade é uma medida da disponibilidade, confiabilidade e manutenção de um sistema, e desempenho do suporte de manutenção e, em alguns casos, outras características como durabilidade, proteção e proteção. Na engenharia de software, confiabilidade é a capacidade de fornecer serviços que podem ser defensivamente confiáveis dentro de um período de tempo.[carece de fontes?] Isso também pode abranger mecanismos projetados para aumentar e manter a confiabilidade de um sistema ou software.A Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC), por meio de seu Comitê Técnico TC 56, desenvolve e mantém padrões internacionais que fornecem métodos e ferramentas sistemáticas para avaliação da confiabilidade e gerenciamento de equipamentos, serviços e sistemas ao longo de seus ciclos de vida.
A confiabilidade pode ser dividida em três elementos:

Atributos – Uma maneira de avaliar a confiabilidade de um sistema
Ameaças – Uma compreensão das coisas que podem afetar a confiabilidade de um sistema
Meios – Formas de aumentar a confiabilidade de um sistema


bookmark_borderO que é escolta

escolta | s. f. 3ª pess. sing. pres. ind. de escoltar 2ª pess. sing. imp. de escoltar
es·col·ta
nome feminino

1. Troço de tropas de gente armada (ou navios) que vão acompanhando e custodiando alguém ou alguma coisa.

2. Acompanhamento armado ou revestido de autoridade para proteger o escoltado ou para lhe impedir a fuga.

3. [Figurado]   [Figurado]   Acompanhamento, companhia, guarda.
es·col·tar es·col·tar – Conjugar
verbo transitivo

1. Ir dando escolta a.

2. Acompanhar para defender ou guardar.


substantivo feminino Tropa armada ou formação naval que acompanha algo ou alguém, para protegê-lo ou guardá-lo: pelotão, navio de escolta.
Grupo de pessoas que acompanham algo ou alguém.


Escolta é uma operação militar que tem por objeto a guarda de determinado comboio, logística ou unidade ,frota, mercante e importante


bookmark_borderO que é vigilante

vigilante | adj. 2 g. | s. 2 g.
vi·gi·lan·te
(latim vigilans, -antis )
adjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

1. Que vigia ou está com atenção. = ATENTO, CAUTELOSO, DILIGENTEnome de dois géneros

2. Pessoa que vigia.


adjetivo Que vigia.
Cuidadoso, atento, zeloso.
substantivo masculino e feminino Pessoa encarregada de vigiar.
Maçon. Irmão vigilante ou vigilante, indivíduo encarregado de zelar pela segurança do templo.


Um vigilante (do termo latino vigilante) é um profissional que protege patrimônios ou pessoas, em estabelecimentos públicos ou privados. Já o vigia tem uma atuação mais restrita, atuando somente na proteção do patrimônio.


bookmark_borderO que é segurança

segurança | s. f. | s. 2 g.
se·gu·ran·ça
(segurar + -ança )
nome feminino

1. Acto ou efeito de segurar.

2. Qualidade do que é ou está seguro. ≠ INSEGURANÇA

3. Conjunto das acções e dos recursos utilizados para proteger algo ou alguém.

4. O que serve para diminuir os riscos ou os perigos. = GARANTIA

5. Aquilo que serve de base ou que dá estabilidade ou apoio. = AMPARO, ESTEIO

6. Sentimento de força interior ou de crença em si mesmo. = CERTEZA, CONFIANÇA, FIRMEZA ≠ INSEGURANÇA

7. Afoiteza, ousadia.

8. Força ou convicção nos movimentos ou nas acções .

9. Certeza demonstrada. = EVIDÊNCIA

10. Caução.nome de dois géneros

11. Pessoa cuja actividade profissional consiste em proteger pessoas, instalações ou bens, ou em controlar o acesso de pessoas a determinado local.

segurança social • Sistema público de protecção dos cidadãos, segundo a legislação produzidas, os direitos, os deveres e as contribuições efectuadas , nomeadamente em caso de doença, desemprego, reforma, etc.


substantivo feminino Ação ou efeito de segurar.
Situação do que está seguro; afastamento de todo perigo: viajar com segurança.
Certeza, confiança, firmeza: falou com segurança.
Garantia, caução: a hipoteca constitui uma segurança real, a caução uma segurança pessoal.
Pessoa encarregada da segurança de alguém ou de algo; guarda-costas.
[Militar] Conjunto de dispositivos que permitem a uma força militar evitar a surpresa, fornecendo ao comando a liberdade de ação, indispensável na condição da batalha.
[Eletricidade] Fusível, corta-circuito.
Prenhez das fêmeas dos quadrúpedes.
[Brasil] Alfinete de segurança, joaninha.
Fechadura de segurança, fechadura muito difícil de ser arrombada.
Segurança individual, garantia que a lei concede aos cidadãos contra as detenções e as penalidades arbitrárias.
Segurança nacional, conjunto de dispositivos e medidas que visam manter a ordem estabelecida e preservar a integridade nacional.
Válvula de segurança.
verbo VÁLVULA.
locução adverbial Com segurança, com convicção, firmemente, sem hesitação.


A palavra segurança tem vários significados, a depender do ponto de vista. Em termos gerais, é o conjunto de medidas visando à proteção de riscos, perigos ou perdas a pessoas ou coisas.A segurança tem que ser comparada e contrastada com outros conceitos relacionados: Segurança, continuidade, confiabilidade. A diferença chave entre a segurança e a confiabilidade é que a segurança deve fazer exame no cliente das ações dos agentes maliciosos ativos que tentam causar a destruição.
A segurança, como bem comum, é divulgada e assegurada por meio de um conjunto de convenções sociais, denominadas medidas de segurança.


bookmark_borderO que é vigilância

vigilância | s. f.
vi·gi·lân·ci·a
(latim vigilantia, -ae )
nome feminino

1. Acto ou efeito de vigilar ou vigiar.

2. Estado de quem está vígil ou vigilante. = VIGÍLIA

3. Atenção; zelo.

4. Diligência; cuidado.

5. Precaução.


substantivo feminino Diligência; interesse ou cuidado que se utiliza na realização de alguma coisa.
Prudência; ação de quem age com cautela e prudência.
Cuidado; condição da pessoa que esta sempre alerta, evitando riscos.
[Psicologia] Concentração observada durante longos períodos de tempo.
[Por Extensão] Órgão responsável pela fiscalização das condições em determinados contextos: vigilância sanitária; vigilância ambiental.
Etimologia (origem da palavra vigilância). Do latim vigilantia.ae.


Vigilância é a atividade de monitoramento e acompanhamento de comportamento e atividades de pessoas ou locais, geralmente com finalidade de garantir a segurança pública ou a segurança patrimonial.


bookmark_borderO que é crise

crise | s. m. ou f. crise | s. f.
cri·se 2
(origem obscura )
substantivo masculino ou feminino

[Antigo]   [Antigo]   Tecido muito fino de lã branca.
cri·se cri·se 1
(latim crisis, -is, do grego krísis, -eós, acto de separar, decisão, julgamento, evento, momento decisivo )
substantivo feminino

1. [Medicina]   [Medicina]   Mudança súbita ou agravamento que sobrevém no curso de uma doença aguda (ex.: crise cardíaca; crise de epilepsia).

2. Manifestação súbita de um estado emocional (ex.: crise de choro; crise nervosa). = ACESSO, ATAQUE

3. Conjuntura ou momento perigoso, difícil ou decisivo.

4. Falta de alguma coisa considerada importante (ex.: crise de emprego; crise de valores).

5. Embaraço na marcha regular dos negócios.

6. Desacordo ou perturbação que obriga instituição ou organismo a recompor-se ou a demitir-se.


substantivo feminino Mudança brusca produzida no estado de um doente, causada pela luta entre o agente agressor e o mecanismos de defesa.
Período de manifestação aguda de uma doença: crise de apendicite.
Manifestação violenta, repentina e breve de; acesso: crise epilética.
Conjuntura socioeconômica problemática, desequilíbrio entre bens de produção e de consumo, normalmente definida pelo aumento dos preços, pelo excesso de desemprego, de falências: crise econômica.
[Figurado] Momento perigoso ou difícil; período de desordem.
[Figurado] Situação conflituosa; tensão: crise familiar.
[Figurado] Expressão de ausência, carência: crise de mão de obra.
Em que há decadência; queda: crise de moralidade.
Etimologia (origem da palavra crise). Do grego krísis; pelo latim crisis.


Crise ( do grego κρίσις,-εως,ἡ translit. krisis; em português, distinção, decisão, sentença, juízo, separação) é um conceito utilizado na sociologia, na política, na economia, na medicina, na psicopatologia, entre outras áreas de conhecimento.