bookmark_borderO que é penetração

penetração | s. f. derivação fem. sing. de penetrar
pe·ne·tra·ção
substantivo feminino

1. Acção ou efeito de penetrar.

2. [Figurado]   [Figurado]   Força de compreensão intelectual.

3. Sagacidade, perspicácia.

4. Vivacidade.
pe·ne·trar pe·ne·trar – Conjugar
verbo transitivo

1. Entrar em, transpor, passar para dentro.

2. [Figurado]   [Figurado]   Chegar ao íntimo de, tocar profundamente.

3. Repassar.

4. Chegar a perceber, compreender, descobrir, descortinar.verbo intransitivo

5. Entrar, introduzir-se.

6. Chegar (ao interior).

7. [Figurado]   [Figurado]   Insinuar-se, comover, chegar à alma.

8. Entender, perceber, tomar conhecimento.verbo pronominal

9. Convencer-se, compenetrar-se.


substantivo feminino Ato de penetrar.
[Figurado] Elevado grau de inteligência, de compreensão.


A penetração em si, consiste no ato sexual de inocular o pênis dentro do canal vaginal feminino, nos casos de sexo vaginal, e inserido no epicentro anal do parceiro, nos casos de sexo anal. A penetração é considerada muito prazerosa, tanto pelos homens quanto pelas mulheres, que pode levar à gravidez involuntária em adultos e adolescentes, que é a idade em que o corpo se prepara para isso.


bookmark_borderO que é libido

libido | s. f.
li·bi·do |bí| li·bi·do |bí|
(latim libido, -inis, vontade, desejo )
nome feminino

1. Desejo sexual.

2. Luxúria.

3. [Psicanálise]   [Psicanálise]   Energia fundamental do ser vivo que se manifesta pela sexualidade. (Freud faz dela a expressão do «instinto de viver» [eros], e opõe-na ao «instinto da morte» [desejo de autodestruição].)


substantivo feminino Desejo sexual; busca instintiva pelo prazer sexual.
[Psicanálise] Segundo as teorias Freudianas, refere-se à energia vital que está na base das modificações da pulsão sexual.
[Psicanálise] Segundo as teorias de C.G. Jung, força ou energia psíquica.
Etimologia (origem da palavra libido). Do latim libidus.inis.


Libido (do latim, significando “anseio ou desejo”) é caracterizada como a energia aproveitável para os instintos de vida. De acordo com Freud, o ser humano apresenta uma fonte de energia separada para cada um dos instintos gerais.

“Sua produção, aumento ou diminuição, distribuição e deslocamento devem propiciar-nos possibilidades de explicar os fenômenos psicossexuais observados” (1905a, livro 2, p. 113 na ed. bras.)A libido apresenta uma característica importante que é a sua mobilidade, ou a facilidade de alternar entre uma área de atenção para outra.
No campo do desejo sexual está vinculada a aspectos emocionais e psicológicos.
Santo Agostinho foi o primeiro a distinguir três tipos de desejos: a libido sciendi, desejo de conhecimento, a libido sentiendi, desejo sensual em sentido mais amplo, e a libido dominendi, desejo de dominar.


bookmark_borderO que é anorgasmia

anorgasmia | s. f.
a·nor·gas·mi·a
(an- + orgasmo + -ia )
nome feminino

[Medicina]   [Medicina]   Disfunção sexual em que há ausência ou inibição de orgasmo após uma fase normal de excitação sexual.


substantivo feminino Ausência ou insuficiência de orgasmo.


Anorgasmia pode ser definida como uma inibição recorrente ou persistente do orgasmo, manifestada por sua ausência ou retardo após uma fase de excitação sexual adequada em termos de foco, intensidade e duração. Não se considera, porém, essa inibição como anorgasmia se a pessoa é capaz de atingir o orgasmo através de masturbação. É a disfunção sexual mais comum junto com a falta de desejo. Pode ter fatores biológicos correlacionados, assim como fatores psicológicos, como apresentar sentimentos de culpa em relação atividade sexual, deficiência feminina em assumir o papel erótico, medo de engravidar, traumas relacionados ao sexo, como por ter sofrido algum abuso sexual, ter tido relações dolorosas. A anorgasmia entre os homens é menos frequente.


bookmark_borderO que é masturbação

masturbação | s. f. derivação fem. sing. de masturbar
mas·tur·ba·ção
(latim masturbatio, -onis )
nome feminino

Acto ou efeito de masturbar-se ou masturbar.
mas·tur·bar mas·tur·bar – Conjugar
(latim masturbo, -are )
verbo pronominal

1. Estimular os próprios órgãos genitais para obter prazer sexual. = ONANIZAR-SEverbo transitivo

2. Manipular os órgãos genitais de outrem para lhe dar prazer sexual.


substantivo feminino Ação ou efeito de masturbar; que se masturba.
Ação de estimular manualmente os órgãos sexuais, normalmente, atingindo o orgasmo.
[Figurado] Pej. Durante uma conversa, discussão, análise intelectual ou artística, modo superficial, redundante e inútil de abordar um tema: ela tende a masturbações emotivas.
Etimologia (origem da palavra masturbação). Do latim masturbatio.onis.


Masturbação é o acto da estimulação dos órgãos genitais, manualmente ou por meio de objectos, com o objectivo de obter prazer sexual, seguido ou não de orgasmo. É uma prática sexual não-penetrativa, que pode ser praticada pelo próprio ou por outra pessoa.
O termo foi usado pela primeira vez pelo médico inglês e fundador da psicologia sexual, Dr. Havelock Ellis, em 1898.
A masturbação é observada em muitas espécies de mamíferos, especialmente nos grandes primatas. Na espécie humana, a masturbação é comum em ambos os sexos e em uma larga faixa etária, iniciando-se no início da puberdade, ou, segundo alguns, ainda durante a infância – mas sem a carga erótica nesta fase. O acto da masturbação é socialmente condenável em algumas culturas, embora não seja uma doença e nem cause doenças.


bookmark_borderO que é excitação

excitação | s. f. derivação fem. sing. de excitar
ex·ci·ta·ção |eis| ou |es| ex·ci·ta·ção |eis| ou |es|
substantivo feminino

1. Acto ou efeito de excitar.

2. Irritação, exaltação.
ex·ci·tar |eis| ou |es| ex·ci·tar |eis| ou |es| – Conjugar
verbo transitivo

1. Incitar, estimular.

2. Acelerar.

3. Exaltar.

4. Irritar.

5. Provocar.verbo pronominal

6. Animar-se, alentar-se, incitar-se.

7. Irritar-se.


substantivo feminino Ação ou efeito de excitar ou excitar-se.
Circunstância em que há excesso de agitação; alvoroço: a notícia causou excitação.
Vontade ou desejo sexual; condição do corpo que responde positivamente aos estímulos sexuais.
Em que há ou demonstra irritação; ação de exasperar.
Ação ou efeito de estimular; estímulo.
Etimologia (origem da palavra excitação). Do latim excitatio.onis.


Excitação, no sentido da linguagem coloquial, é um estado físico-psíquico em que, tanto a mulher quanto o homem se encontram em estado de relativa ansiedade, e elevada libido, quanto a desejos sexuais. Nessa situação, ambos se encontram “prontos” para a prática do ato sexual, estando a mulher lubrificada na sua vagina, e o homem em ereção. A excitação máxima culmina com um simples gozo sexual (alívio meramente físico), ou com um orgasmo (gozo de caráter profundamente mais intenso, de caráter tanto físico quanto mental).


bookmark_borderO que é homem

homem | s. m. | adj. 2 g.
ho·mem
(latim homo, -inis )
substantivo masculino

1. [Biologia]   [Biologia]   Mamífero primata, bípede, do género Homo, em particular da espécie Homo sapiens, que se caracteriza pela postura erecta , mãos preênseis, inteligência superior, capacidade de fala e que é considerado o tipo do género humano (ex.: o aparecimento do homem na Terra ocorreu há milhares de anos).

2. Humanidade, espécie humana (ex.: desastres ambientais causados pelo homem; a guerra é própria do homem). (Também se escreve com maiúscula inicial.)

3. Ser humano do sexo masculino ou do género masculino (ex.: só teve filhos homens; o homem pode produzir espermatozóides a partir da puberdade; homem transgénero).

5. Pessoa do sexo ou género masculino depois da adolescência (ex.: está um bonito homem). = HOMEM-FEITO

6. Pessoa do sexo ou género masculino casada com outra pessoa, em relação a esta (ex.: o homem divorciou-se da mulher). = CÔNJUGE, ESPOSO, MARIDO

7. Pessoa do sexo ou género masculino com quem se mantém uma relação sentimental e/ou sexual (ex.: conheci o meu homem na universidade e estamos juntos até hoje). = COMPANHEIRO, PARCEIRO

8. Conjunto das pessoas do sexo ou género masculino (ex.: estudo revela que o suicídio é mais violento no homem do que na mulher; que representações sociais se fazem do homem na publicidade?).

9. Pessoa que faz parte de uma equipa ao serviço de alguém ou de alguma instituição (ex.: os bombeiros têm cerca de 100 homens no terreno; prevê-se o envio de mais homens para controlar a situação na fronteira). (Mais usado no plural.)adjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

10. Que tem qualidades ou atributos considerados tipicamente masculinos (ex.: ele é muito homem).

abominável homem das neves • Criatura lendária dos Himalaias, peluda e de formas humanas. = YETI

de homem para homem • Entre homens, com sinceridade e de modo directo (ex.: conversar de homem para homem; diálogo de homem para homem).

homem de armas • [Figurado]   • [Figurado]   Aquele que é corajoso, destemido, que enfrenta com força e ânimo as adversidades (ex.: o avô era um homem de armas e desistir não era opção). = LUTADOR

• [Antigo]   • [Antigo]   Guerreiro, soldado (ex.: os besteiros e os homens de armas defenderam o castelo).

homem de Deus • [Figurado]   • [Figurado]   O que é bondoso, piedoso.

• [Informal, Figurado]   • [Informal, Figurado]   Locução, usada geralmente de forma vocativa, para exprimir impaciência ou espanto (ex.: quem é que fez isso, homem de Deus?).

homem de Estado • [Política]   • [Política]   Aquele que governa com competência, empenho e conhecimento dos assuntos políticos (ex.: o arquivo documenta a vida de um dos maiores homens de Estado). = ESTADISTA

homem de lei(s) • Aquele que é especialista em leis. = ADVOGADO, LEGISTA

homem de letras • Literato, escritor.

homem de Neandertal • [Antropologia]   • [Antropologia]   Primata antropóide do paleolítico médio, que surgiu na Europa e na Ásia, caracterizado por grande volume cerebral. = NEANDERTAL

homem de negócios • Aquele que se dedica profissionalmente a actividades empresariais ou comerciais, gerindo o seu negócio ou o de outrem. = EMPRESÁRIO

homem de palha • [Depreciativo]   • [Depreciativo]   Homem fraco ou sem préstimo, física ou moralmente.

homem de partido • [Política]   • [Política]   Aquele que participa activamente na vida e nas decisões do grupo político a que pertence (ex.: militante desde jovem, é um homem de partido há várias décadas).

homem de pé • Peão.

homem público • Aquele que desempenha funções de interesse público, sobretudo na política ou na administração de um Estado ou de um país (ex.: fez carreira como homem público).Plural: homens. Plural: homens.


substantivo masculino Indivíduo dotado de inteligência e linguagem articulada, bípede, bímano, classificado como mamífero da família dos primatas, com a característica da posição ereta e da considerável dimensão e peso do crânio.
Espécie humana; humanidade: a evolução social do homem.
Pessoa do sexo masculino.
Esposo, marido, companheiro.
A criatura humana sob o ponto de vista moral: todo homem é passível de aperfeiçoamento.
Etimologia (origem da palavra homem). Do latim homo.inis.


Um homem é um ser humano adulto do sexo masculino, animal bípede da ordem dos primatas pertencente à espécie Homo sapiens. “Menino” é o termo usado para uma criança humana do sexo masculino, e os termos “rapaz” ou “moço” para um adolescente ou jovem adulto. Correspondem a aproximadamente 50,5% da população humana mundial. O termo homem pode ser utilizado ainda para se referir ao ser humano de maneira geral..


bookmark_borderO que é carinho

carinho | s. m.
ca·ri·nho
(espanhol cariño )
substantivo masculino

1. Demonstração cativante de amor ou benevolência.

2. Sentimento de ternura e de afecto .

3. Gesto que mostra esse sentimento. = AFAGO, CARÍCIA, FESTA


substantivo masculino Afago ou carícia; gesto meigo e afetivo: o carinho do seu olhar.
Demonstração de zelo e cuidado: fez o almoço com carinho.
Ternura; manifestação de afeto: palavras de carinho.
Etimologia (origem da palavra carinho). Do espanhol cariño.


Carinho é um gesto afectivo entre duas criaturas que pode envolver contacto físico, palavras, ou simplemente um olhar. O carinho pode ocorrer entre indivíduos indiferentemente de sexo, cor, religião e nacionalidade, ocorrendo inclusive entre pessoas e animais, ou ainda entre os próprios animais (principalmente os mamíferos de mesma espécie).

A maioria das pessoas desejam intimidade física ocasional, que é uma parte natural da sexualidade humana, uma pesquisa mostrou que isso possui benefícios para a saúde. Um abraço ou toque pode resultar na libertação de oxitocina, dopamina e serotonina, e na redução do hormônio do estresse.


bookmark_borderO que é depravação

depravação | s. f. derivação fem. sing. de depravar
de·pra·va·ção
substantivo feminino

Corrupção; perversão; degeneração mórbida.
de·pra·var de·pra·var – Conjugar
(latim depravo, -are, torcer, entortar; eformar, desfigurar; corromper )
verbo transitivo e pronominal

1. Causar ou sofrer depravação ou corrupção. = CORROMPER, PERVERTER

2. Alterar ou alterar-se para um estado mau ou negativo. = ESTRAGAR


substantivo feminino Ação ou efeito de depravar ou de se depravar.
Alteração que causa prejuízos na saúde.
Falta de rigidez moral; corrupção.
[Figurado] Ação de decair; declínio: depravação da arte contemporânea.
Etimologia (origem da palavra depravação). Do latim depravatio.onis.


Depravação, perversão ou corrução é o ato ou efeito de estragar, alterar para pior. No âmbito sexual, costuma ser utilizado para designar pessoas com comportamento sexual obsessivo. Pessoas depravadas adquirem fascínio pelo ato sexual e se tornam obsessivas, modificando sua conduta e tornando-se mentalmente instáveis. É também maior a exposição a doenças sexualmente transmissíveis nessas pessoas.


bookmark_borderO que é ereção

erecção ereção | s. f.
e·rec·ção |èç| e·re·ção |èç| e·re·ção |èç|
(latim erectio, -onis )
nome feminino

1. Acto ou efeito de erigir ou de erguer.

2. [Fisiologia]   [Fisiologia]   Intumescimento e endurecimento do pénis ou de outros órgãos, por afluxo e retenção de sangue (ex.: erecção do clítoris, erecção dos mamilos, erecção peniana).

3. Acção de fundar ou instituir. = CRIAÇÃO, FUNDAÇÃO, INSTITUIÇÃO• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: ereção. • Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990:erecção.
• Grafia no Brasil: ereção. • Grafia em Portugal:erecção.


substantivo feminino Ação de erigir, de levantar, de erguer: a ereção de uma estátua.
Elevação e endurecimento do pênis, do órgão sexual masculino.
Inauguração; o início ou o começo de alguma coisa: a ereção de um tribunal.
Etimologia (origem da palavra ereção). Do latim erectio.onis.


Uma ereção (clinicamente: tumescência) é um fenômeno fisiológico no qual os seios, clitóris ou pênis se tornam firmes, ingurgitados e nesse último maior. A ereção é resultante de uma interação complexa de fatores psicológicos, neurais, vasculares e endócrinos e é frequentemente associada à excitação ou atração sexual.
Como resposta do sistema nervoso autônomo, uma ereção pode resultar de uma variedade de estímulos, e, portanto, não está totalmente sob controle consciente. Fisiologicamente, as artérias dilatam, fazendo com que os corpos cavernosos dos órgãos sexuais tanto masculino quanto feminino se enchem de sangue; simultaneamente, os músculos comprimem as veias, restringindo a saída e circulação desse sangue.
A ereção durante o sono ou ao acordar é conhecida como ereção matinal ou noturna. O estado de um pênis que é parcialmente ereto, mas não totalmente, é algumas vezes conhecido como semi-ereção (clinicamente: tumescência parcial); um pênis que não está ereto é normalmente chamado de flácido.


bookmark_borderO que é beijo

beijo | s. m. 1ª pess. sing. pres. ind. de beijar
bei·jo
(latim basium, -ii )
nome masculino

1. Toque de lábios, pressionando ou fazendo leve sucção, geralmente em demonstração de amor, gratidão, carinho, amizade, etc. = ÓSCULO

2. Fórmula informal de despedida (ex.: beijos e abraços para todos).

3. [Figurado]   [Figurado]   Contacto feito de forma leve ou suave.

beijo de Judas • Beijo de falso amigo; carícia ou gesto traiçoeiro.

beijo de língua • Aquele em que as línguas se acariciam.

beijo de paz • O que se dá em sinal de reconciliação.
bei·jar bei·jar – Conjugar
(latim basio, -are )
verbo transitivo e pronominal

1. Dar beijo(s) em. = OSCULARverbo transitivo

2. Tocar levemente com os lábios em.

3. [Figurado]   [Figurado]   Tocar de leve. = ROÇAGAR, ROÇAR

4. [Figurado, Por extensão]   [Figurado, Por extensão]   Estar contíguo a, próximo de. = TOCAR


substantivo masculino Ação ou efeito de tocar os lábios, pressionando-os levemente, em pessoa, animal ou coisa, demonstrando carinho, amor, respeito etc.: ofereceu um beijo em retribuição ao presente; a mãe enchia os filhos de beijos.
[Figurado] Ação ou efeito de tocar suavemente: o beijo do sol no mar.
[Por Extensão] Quem se destaca por possuir boas qualidades como beleza, bondade, generosidade etc.: minha avó é um beijo!
[Por Extensão] Maneira carinhosa utilizada para finalizar uma carta, um bilhete, um email etc.: com amor e um beijo.
[Brasil] Botânica. Tipo de erva da família das balsamináceas cujas folhas são ovadas, de flores rubras com cinco pétalas; maria-sem-vergonha.
[Brasil] Botânica. Designação das plantas do gênero Hibiscus, oriundas de regiões subtropicais, geralmente cultivadas por possuírem belas flores, para utilização medicinal e/ou para retirada de fibras; hibisco.
Beijo de Língua. Beijo dado na boca cujas línguas das duas pessoas que estão se beijando se tocam e se acariciam.
Etimologia (origem da palavra beijo). Do latim bacium.ii.


Um beijo (do latim basium) é o toque dos lábios em outra pessoa ou objeto. Na cultura ocidental é considerado um gesto de afeição. Entre amigos, é utilizado como cumprimento ou despedida. O beijo nos lábios de outra pessoa é um símbolo de afeição romântica ou de desejo sexual – neste último caso, o beijo pode ser também noutras partes do corpo. Ainda há o chamado beijo de língua, em que as pessoas que se beijam mantêm a boca aberta enquanto trocam carícias com as línguas.