bookmark_borderO que é amargo

amargo | adj. | s. m. | s. m. pl. 1ª pess. sing. pres. ind. de amargar
a·mar·go
(latim amarus, -a, -um )
adjectivo adjetivo

1. Que tem sabor acre e desagradável.

2. [Figurado]   [Figurado]   Doloroso; penoso.

3. Duro, ofensivo.

4. Irritante, mordaz.

5. Salgado.substantivo masculino

6. O sabor amargo.

7. Aperitivo.
amargossubstantivo masculino plural

8. Licores ou medicamentos de sabor amargo.

9. Mau paladar.

10. [Figurado]   [Figurado]   Desgostos.

amargos de boca • Inquietações, dissabores, desgostos.Superlativo: amarguíssimo ou amaríssimo. Superlativo: amarguíssimo ou amaríssimo.
a·mar·gar a·mar·gar – Conjugar
verbo transitivo e intransitivo

1. Ter sabor amargo, azedo.verbo transitivo, intransitivo e pronominal

2. Tornar ou ficar amargo.verbo transitivo

3. Sofrer (em expiação).


adjetivo De sabor desagradável; acre: frutas amargas.
Com pouco ou sem açúcar: que cafezinho amargo, cruzes!
[Figurado] Que traz tristeza, dor; triste, doloroso: recordações amargas.
[Figurado] Repleto de dureza, violência; violento: repreensão amarga.
[Figurado] Cheiro de amargura, azedume; ressentido: velho amargo.
[Figurado] Pouco tolerante, duro; intransigente: pai amargo.
Que tem o sabor ácido, picante; azedo: limão amargo.
substantivo masculino Esse sabor amargo; amargor: o amargo estragou o café.
[Regionalismo: Rio Grande do Sul] Chimarrão: a roda do amargo.
Etimologia (origem da palavra amargo). Do latim amaricus.a.um.


Amargo (do latim: amarus) descreve o gosto primário produzido por soluções aquosas de substâncias amargas, como por exemplo solução de cafeína.


bookmark_borderO que é tato

tacto tato ou tacto tato | s. m. tato | adj.
tac·to |át| ou |áct | ta·to |át| ou tac·to |áct| ta·to |át|
(latim tactus, -us, toque )
nome masculino

1. Sensação produzida por contacto .

2. Sentido da palpação.

3. Prudência.

4. Habilidade.

5. Tino.

• Dupla grafia pelo Acordo Ortográfico de 1990: tato ou tacto. • Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990:tacto.
• Grafia no Brasil: tato. • Grafia em Portugal:tacto.
ta·to ta·to
adjectivo adjetivo

Gago.


substantivo masculino Sentido através do qual é possível conhecer e perceber a extensão, a temperatura, a forma, a consistência de algo ou de alguém, por meio do nosso próprio corpo, especificamente pelo contato com a pele.
[Por Extensão] Sensação causada pelos corpos quando os apertamos ou tocamos.
[Por Extensão] Prudência; comportamento repleto de cautela: teve tato para o problema.
[Por Extensão] Sutileza; maneira de se expressar sutil.
[Por Extensão] Capacidade; vocação convicta.
Etimologia (origem da palavra tato). Do latim tactus.us.
adjetivo, substantivo masculino Tátaro; algo ou alguém que fala com dificuldade ou apresenta gagueira.
Etimologia (origem da palavra tato). De origem onomatopaica.


O tato ou tacto é um dos cinco sentidos clássicos propostos por Aristóteles, porém os especialistas o dividem em quatro outros sentidos: sistema somatossensorial (identificação de texturas), propriocepção ou cinestesia (reconhecimento da localização espacial do corpo), termocepção (percepção da temperatura) e nocicepção (percepção da dor). Geralmente associado apenas com a pele, na verdade inclui vários órgãos diferentes como o labirinto e medulas.


bookmark_borderO que é percepção

percepção perceção percepção | s. f.
per·cep·ção |èç| per·ce·ção |èç| per·cep·ção |èpç|
(latim perceptio, -onis )
substantivo feminino

1. Acto ou efeito de perceber.

2. Recepção .

3. Cobrança.

percepção subliminal • [Psicologia]   • [Psicologia]   O mesmo que percepção subliminar.

percepção subliminar • [Psicologia]   • [Psicologia]   Percepção de um objecto no limite do seu reconhecimento pelo indivíduo, em face do afastamento, do esclarecimento, etc.
• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: perceção. • Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990:percepção.
• Grafia no Brasil: percepção. • Grafia em Portugal:perceção.


substantivo feminino Ação ou efeito de perceber, de compreender o sentido de algo por meio das sensações ou da inteligência: percepção do sofrimento, do clima.
Juízo consciencioso acerca de algo ou alguém: é necessário entender a percepção do certo e do errado.
[Por Extensão] Intuição geralmente de teor moral: percepção do bem e do mal.
[Por Extensão] Avaliação sobre coisas ou seres a partir de um julgamento ou opinião.
Etimologia (origem da palavra percepção). Do latim perceptio.onis, “compreensão”.


Percepção (AO 1990: percepção ou perceção) é, em psicologia, neurociência e ciências cognitivas, a função cerebral que atribui significado a estímulos sensoriais, a partir de histórico de vivências passadas (memórias). Através da percepção um indivíduo organiza e interpreta as suas impressões sensoriais para atribuir significado ao seu meio. Consiste na aquisição, interpretação, seleção e organização das informações obtidas pelos sentidos. A percepção pode ser estudada do ponto de vista estritamente biológico ou fisiológico, envolvendo estímulos elétricos evocados pelos estímulos nos órgãos dos sentidos. Do ponto de vista psicológico ou cognitivo, a percepção envolve também os processos mentais, a memória e outros aspectos que podem influenciar na interpretação dos dados percebidos.


bookmark_borderO que é ranço

ranço | s. m. | adj. ranco | s. m.
ran·ço
(latim rancidus, -a, -um, rançoso, fétido )
substantivo masculino

1. Sabor e cheiro acre que adquirem os alimentos gordurentos alterados ou em decomposição. = RESSAIBO

2. Cheiro e sabor desagradáveis, resultantes da humidade e da falta de renovação do ar. = BAFIO, MOFO

3. [Figurado]   [Figurado]   Coisa antiquada. = VELHARIA

4. [Informal]   [Informal]   Sentimento de ódio ou aversão. = RANCORadjectivo adjetivo

5. Que tem sabor e cheiro desagradáveis. = RANÇOSO
ran·co ran·co
(redução de arranco, forma de arrancar )
substantivo masculino

[Regionalismo]   [Regionalismo]   Ramo ou galho que se separou de uma árvore ou de um arbusto. = RANCA


substantivo masculino [Popular] Ação de arrancar, de tirar do lugar que estava preso; ranca.
Etimologia (origem da palavra ranco). De origem obsoleta.


Ranço ou rançoso é o nome dado a um alimento quando este apresenta uma alteração de sabor produzida pelo contato com o ar nas substâncias gordurosas. O ranço se caracteriza pela presença de um odor forte e sabor amargo ou acre. Normalmente esse sabor está ligado à formação de ácido butanoico no alimento, devido à oxidação.


bookmark_borderO que é audição

audição | s. f.
au·di·ção
substantivo feminino

1. Acto e faculdade de ouvir ou de escutar.

2. Auscultação.


substantivo feminino Ato de ouvir, de escutar: a audição é um dos cinco sentidos.
[Anatomia] Sentido por meio do qual é possível captar os sons, pelo ouvido, enviando-os ao cérebro para serem codificados e compreendidos.
Avaliação em que um artista apresenta o seu trabalho para uma banca examinadora: audição para entrar no conservatório de música.
Sessão pública de música: audição de música clássica.
Exibição ou representação de um espetáculo (música ou teatro).
Demonstração de música que os alunos fazem para o professor.
Apresentação de um programa de rádio ou televisão.
Etimologia (origem da palavra audição). Do latim auditio.onis, “ação de ouvir”.


A audição (do latim auditione) é um dos cinco sentidos capaz de receber determinado som. É a capacidade de ouvir e processar o som. O órgão responsável pela captação dos sons é a orelha, que é capaz de captar os sons e direcioná-los para as vias auditivas centrais, e ser influenciado pelo sistema nervoso total incluindo todo o sistema corporal onde estes sons serão processados e “compreendidos” pelo córtex região espinhal onde está localizado o sistema nervoso da região da cabeça que estão as orelhas, o nariz, a boca, os olhos e nossos músculos da região onde está localizado o cérebro (sistema nervoso). Para que o som seja ouvido e processado, o mesmo depende da intensidade (ou nível de pressão sonora), bem como da frequência sonora percebida. O sistema auditivo humano está limitado a perceber freqüências entre 20 Hz e 20.000 Hz. Nos seres humanos, as vibrações causadas pelo som dentro da orelha provocam a movimentação da membrana timpânica; esta movimentação é transmitida para minúsculos ossículos (martelo, bigorna e estribo), que causam, por sua vez, a movimentação de líquidos que ficam dentro de uma estrutura óssea (cóclea). Dentro desta estrutura, existem células sensoriais (células ciliadas) que vão transformar estas vibrações do som em impulsos nervosos, que serão transmitidos pelo nervo acústico (nervo vestibulococlear) para as vias auditivas centrais até o córtex.


bookmark_borderO que é visão

visão | s. f. | s. f. pl.
vi·são
(latim visio, -onis )
substantivo feminino

1. Acção ou efeito de ver.

2. Percepção pelo órgão da vista.

3. Imagem que se julga ver, geralmente em sonhos ou por efeito de uma alucinação.

4. Vista, aspecto , presença.

5. Aparição sobrenatural, fantástica.

6. Imaginação vã.

7. Ideia sem fundamento.
visõessubstantivo feminino plural

8. Recordações, imagens, projectos , anseios, devaneios, quimeras.

visão binocular • Visão que utiliza os dois olhos conjuntamente, composta pela formação de uma imagem na retina de cada um dos olhos, e que permite apreender três dimensões da realidade.

visão crepuscular • Adaptação da visão à baixa luminosidade.

visão dupla • Duplicação patológica da imagem dos objectos na visão. = DIPLOPIA, DIPLOPSIA


substantivo feminino e masculino Sentido da vista; ação ou efeito de ver; capacidade de compreensão, assimilação e percepção visual de tudo que está presente no mundo exterior, concebida a partir da utilização dos olhos e do cérebro.
Ponto de vista; maneira de interpretar, perceber e representar situações cotidianas ou de qualquer natureza.
Qualquer coisa que possa ser vista ou compreendida.
Representação feita através de imagens que se transfiguram diante dos olhos ou do espírito, geralmente ocasionadas por alucinações ou delírios.
Manifestação representativa de espectro ou de um ser espiritual.
O que pode definir um sonho ou uma expectativa.
Pressuposição de eventos hipotéticos ou futuros; profecia divina: a visão do Espírito Santo; segundo a visão da cartomante.
[Zoologia] Pequeno animal da família da doninha cuja pelagem é muito utilizada na confecção de valiosas roupas femininas.
Etimologia (origem da palavra visão). Do latim visio.onis.


A visão (a vista) é um dos cinco sentidos que permite aos seres vivos dotados de órgãos adequados, aprimorarem a percepção do mundo.
No entanto, os neuroanatomistas consideram que a visão engloba dois sentidos, já que são diferentes os receptores responsáveis pela percepção da cor (i.e. pela estimativa da frequência dos fotões de luz) os cones, e pela percepção da luminosidade (i.e. pela estimativa do número de fotões de luz incidente) os bastonetes.