bookmark_borderO que é tomate

tomate | s. m.
to·ma·te
(espanhol tomate, do nauatle tómatl )
nome masculino

1. [Botânica]   [Botânica]   Fruto do tomateiro.

2. [Botânica]   [Botânica]   Planta herbácea (Lycopersicum esculentum) da família das solanáceas = TOMATEIRO

3. [Calão]   [Tabuísmo]   Testículo. (Mais usado no plural.)

de tomate • Muito vermelho (ex.: cara de tomate).

ter tomates • [Calão]   • [Tabuísmo]   Ser corajoso; ter coragem para fazer algo.


substantivo masculino [Botânica] O fruto oriundo do tomateiro, muito utilizado na culinária; possui inicialmente a coloração verde, mas, quando maduro, pode ser encontrado com o aspecto vermelho ou amarelado.
[Botânica] Do mesmo significado de tomateiro.
[Informal] Popular. Quantia excessiva ou de grande valor.
substantivo masculino plural Vulgar. Pej. Designação popular para os testículos.
Reunião de características viris que denotam coragem ou bravura.
Segue abaixo algumas designações comuns para tomate.
Tomate-bravo. Planta solanácea tóxica – Solanum triflorum.
Tomate-cheiroso. Planta solanácea – Cyphomandra fragrans.
Tomate-de-princesa. Planta solanácea – Solanum gilo.
Tomate-de-sodoma. Planta solanácea – Solanum sodomeum.
Tomate-do-amazonas. Planta solanácea – Lycopersicum humboldtii.
Tomate-grande. Planta solanácea – Lycopersicum esculentum.
Tomate-groselha. Planta solanácea – Solanum racemigerum.
Tomate-pêra. Planta solanácea – Lycopersicum piriforme.
Tomate-redondo. Planta solanácea – Lycopersicum cerasiforme.
Tomate-vermelho. Planta solanácea – Solanum recenigenum.
Tomateiro-da-serra. Também conhecido como tomate-chimango, tomate-de-árvore, tomate-francês.
Etimologia (origem da palavra tomate). Do espanhol tomate.


O tomate é o fruto do tomateiro (Solanum lycopersicum; Solanaceae). Da sua família, fazem também parte as berinjelas, as pimentas e os pimentões, além de algumas espécies não comestíveis. A palavra portuguesa tomate vem do castelhano tomate, derivada do náuatle (língua asteca) tomatl. Esta apareceu pela primeira vez na imprensa em 1595.As espécies são originárias das Américas Central e do Sul; sua utilização como alimentos teve origem no México, espalhando-se por todo o mundo depois da colonização das Américas pelos europeus.
Suas muitas variedades são agora amplamente cultivadas, às vezes em estufas em climas mais frios. As plantas crescem tipicamente entre 1-3 metros ( 3-10 pés) de altura e desenvolvendo hastes fracas que se estendem sobre o chão ou trepam pelas outras plantas. É uma planta perene no seu habitat nativo, embora seja muitas vezes cultivada em climas temperados como anual. Um tomate comum médio pesa cerca de 100 gramas (4 oz).


bookmark_borderO que é beringela

beringela berinjela | s. f.
be·rin·ge·la |é| be·rin·je·la |é|
(talvez do espanhol berenjena )
nome feminino

1. [Botânica]   [Botânica]   Planta solanácea.

2. Fruto dessa planta.
Ver também dúvida linguística: beringela.
• Grafia no Brasil: berinjela. • Grafia no Brasil: berinjela. • Grafia em Portugal:beringela. • Grafia em Portugal:beringela.


substantivo feminino Planta de origem indiana, pertencente à família das solanáceas, Solanum melongena, com flores violáceas e frutos ovais, de cor avermelhada, muito usados na alimentação.
O fruto da beringela: adoro o gratinado de beringela que minha mãe faz.
[Gramática] A grafia “berinjela” também está correta e pode ser utilizada.
Etimologia (origem da palavra beringela). Do espanhol berenjena; pelo árabe bádindjána.


A berinjela (português brasileiro) ou beringela (português europeu) é o fruto da planta Solanum melongena, uma solanaceae arbustiva, anual, originária da Índia, considerada de fácil cultivo nos trópicos, e que pertence à mesma família do pimentão. É sensível ao frio, às geadas e ao excesso de chuva na altura da floração. A época de sementeira sob abrigo, no hemisfério norte, é de janeiro a março. A de plantação, de meados de março (ou após as últimas geadas) a julho. A época de sementeira directa é em março e abril. Em regiões de clima quente, o ano todo.


bookmark_borderO que é jiló

jiló | s. m.
ji·ló
(origem africana, talvez do quimbundo njimbu )
nome masculino

1. [Botânica]   [Botânica]   Planta hortense da família das solanáceas, muito comum no Brasil, de flores brancas e frutos comestíveis de sabor amargo. = JILOEIRO

2. [Botânica]   [Botânica]   Fruto dessa planta.


substantivo masculino Planta da família das solanáceas, caracterizada pelas suas flores brancas e ramos revestidos por pelos invisíveis, muito cultivada no Brasil por seus frutos comestíveis; jiloeiro.
O fruto do jiloeiro, de sabor amargo e com propriedades terapêuticas.
Etimologia (origem da palavra jiló). Do quimbundo njimbu.


O jiló (antes Solanum gilo, hoje considerada um grupo de cultivares de Solanum aethiopicum) é o fruto da planta herbácea jiloeiro, muito cultivada no Brasil. O fruto tem um característico sabor amargo. É originário da África Ocidental.


bookmark_borderO que é batata

batatá | s. m. batata | s. f.
ba·ta·tá
(tupi mbaeta’ta )
nome masculino

[Brasil]   [Brasil]   Fruto de certa árvore sapotácea.
ba·ta·ta ba·ta·ta
(espanhol batata, provavelmente do taino )
nome feminino

1. [Botânica]   [Botânica]   Tubérculo caulinar subterrâneo da batateira, comestível e de largo emprego na alimentação.

2. [Botânica]   [Botânica]   Tubérculo ou bolbo de outras plantas.

3. [Figurado]   [Figurado]   Nariz muito gordo.

batata da perna • Parte carnuda e posterior da perna (ex.: dores na batata da perna). = BARRIGA DA PERNA, PANTORRILHA, SURA

batata quente • [Informal]   • [Informal]   Problema ou dificuldade (ex.: eles passaram a batata quente para nós).


substantivo feminino [Botânica] Nome de várias plantas de tubérculos subterrâneos e comestíveis, cuja espécie mais conhecida é a chamada batata-inglesa. (Família das solanáceas.).
[Por Extensão] O tubérculo ou bolbo de uma planta.
Ictiologia Nome comum a vários peixes do mar.
Fam. Fig. Nariz muito grosso e muito chato.
locução adverbial Na batata, com toda a certeza, pontualmente.
Etimologia (origem da palavra batata). Fam.


Batata, batata-inglesa, batatinha, pataca, escorva, papa, ou semilha (Solanum tuberosum) é uma planta perene da família das solanáceas. A planta adulta geralmente tem entre sessenta a cem centímetros de altura, possui flores e frutos e produz um tubérculo comestível rico em amido, um carboidrato. Os nomes podem referir-se tanto ao tubérculo comestível quanto à planta como um todo. A espécie teve origem no Cordilheira dos Andes, próximo ao Lago Titicaca, e foi levada a outras regiões do mundo por colonizadores europeus. Atualmente são cultivadas milhares de variedades da espécie em todos os continentes e está inserida como um alimento fundamental na cultura mundial. A relação da batata com a batata-doce é bem pequena porque os vegetais não compartilham do mesmo gênero ou família, fazendo parte apenas da mesma ordem.
A espécie começou a ser cultivada por civilizações andinas há cerca de oito mil anos e o cultivo foi aperfeiçoado pelos Incas, que utilizavam, inclusive, técnicas de irrigação. Os espanhóis introduziram, no século XVI, a espécie na Europa, e se tornou um alimento fundamental no continente. Entretanto a grande dependência da batata fez com que o ataque de pragas que devastam as plantações causasse a morte de milhões de pessoas que tinham a batata como principal alimento, tal como aconteceu na Irlanda em 1845. Atualmente, o tubérculo é o quarto alimento mais consumido do mundo, com milhares de variedades de diferentes cores, sabores e tamanhos que são utilizadas em receitas no mundo todo. O maior produtor mundial é a China, cuja produção em conjunto com a da Índia corresponde a mais de um terço da produção mundial.
Como qualquer cultura, as plantações estão sujeitas ao ataque de diversas espécies de bactérias, fungos e insetos que comprometem a produtividade. Por isso, investe-se na criação de variedades mais resistentes, além da criação de batatas geneticamente modificadas, apesar do grande temor que ainda existe sobre produtos transgênicos. O aumento da produtividade é visto, ainda, como uma solução para acabar com a fome em diversos países. Para reconhecer a importância do tubérculo no mundo, o ano de 2008 foi intitulado o Ano Internacional da Batata pela Organização das Nações Unidas.