bookmark_borderO que é ergotismo

ergotismo | s. m.
er·go·tis·mo
substantivo masculino

1. Mania ou hábito de argumentar por silogismos.

2. Envenenamento lento pelo uso de farinha de centeio atacada de cravagem.


substantivo masculino Intoxicação produzida pelo uso alimentar do centeio com cravagem.
Gosto de argumentar por silogismos.


O ergotismo, também conhecido por envenenamento por Ergot, envenenamento por cravagem e Fogo de Santo António é uma intoxicação causada pela ingestão de produtos contaminados pelo esporão-do-centeio (Claviceps purpurea), um fungo contaminante comum do centeio e outros cereais, ou pelo uso excessivo ou mal orientado de drogas derivadas da ergolina.
O fungo biossintetiza uma classe de metabolitos secundários alcaloides derivados da ergolina, e dependendo de suas estruturas químicas, exercem actividade no sistema nervoso central e/ou vasoconstrição.
Os sintomas de ergotismo são depressão e confusão mental, hipertensão, bradicardia, vasoespasmos (com perda de consciência e cefaleia), cianose periférica (mãos e pés pálidos) com claudicação, podendo ainda levar ao coma e morte.


bookmark_borderO que é inoculação

inoculação | s. f. derivação fem. sing. de inocular
i·no·cu·la·ção
(latim inoculatio, -onis, enxerto )
substantivo feminino

1. Acto ou efeito de inocular.

2. Introdução de um vírus no corpo humano (ex.: inoculaçãi de uma vacina).

3. [Medicina]   [Medicina]   Comunicação de doença por introdução do seu germe no organismo.

4. [Figurado]   [Figurado]   Propagação de doutrinas.
i·no·cu·lar i·no·cu·lar – Conjugar
(latim inoculo, -are, enxertar )
verbo transitivo

1. [Medicina]   [Medicina]   Introduzir num organismo, geralmente um agente patogénico para prevenção ou estudo (ex.: inocular cobaias; inocular um vírus).

2. [Biologia]   [Biologia]   Inserir num meio ou ambiente propício (ex.: inocular microrganismos num meio de cultura).

3. Incutir, inserir, introduzir (ex.: inocular o mal).

4. Fazer a transmissão ou difusão de (ex.: inocular ideias). = COMUNICAR, CONTAGIAR, PROPAGAR, TRANSMITIR


substantivo feminino Injeção de vírus ou de germes, mortos ou atenuados, feita no organismo, para causar neste uma forma ligeira de uma doença, com o fim de produzir imunidade.
[Biologia] Termo usado para designar a injeção de outras substâncias, como toxinas de germes no organismo.
[Figurado] Transmissão, propagação de ideias, opiniões, doutrinas etc.: inoculação de conhecimento.
Etimologia (origem da palavra inoculação). Inocular + ção.


A inoculação é o ato de introduzir uma vacina, uma toxina, um vírus, uma bactéria ou outro germe, num organismo animal. É sinónimo de transmitir, injectar, vacinar. Verbo: inocular.


bookmark_borderO que é saturnismo

saturnismo | s. m.
sa·tur·nis·mo
nome masculino

[Medicina]   [Medicina]   Doença ou envenenamento causado pelo chumbo.


substantivo masculino Intoxicação aguda ou crônica por chumbo ou por algum de seus sais; plumbismo.
O saturnismo, frequente nos operários que lidam com sais de chumbo (alvaiade etc.), manifesta-se pelas cólicas de chumbo ou saturninas, que sobrevêm bruscamente após distúrbios digestivos.


Saturnismo ou plumbismo (do latim Saturnismus, de saturnus, nome que os alquimistas davam ao chumbo) refere-se a intoxicação por chumbo de um organismo. O chumbo pode se acumular no organismo adulto por vários meses ou anos antes de causar sintomas. Porém, crianças menores de 6 anos de idade são especialmente vulneráveis à contaminação por chumbo, pois mesmo pequenas quantidades podem afetar gravemente seu desenvolvimento físico e mental.


bookmark_borderO que é cianeto

cianeto | s. m.
ci·a·ne·to |ê| ci·a·ne·to |ê|
(grego kuanós, -ê, -ón, azul + -eto )
nome masculino

[Química]   [Química]   Combinação de cianogénio com um corpo simples.


substantivo masculino Sal do ácido cianídrico.


Os cianetos (do grego κυανός (kyanós) = “de cor azul-esverdeada” + sufixo), são compostos químicos que contêm o grupo ciano -C≡N, com uma ligação tríplice entre o átomo de carbono e o de nitrogênio. São classificados como cianetos iônicos, ou cianetos covalentes conforme o modo como se ligam ao resto da molécula.


bookmark_borderO que é benzeno

benzeno | s. m.
ben·ze·no |ê| ben·ze·no |ê|
nome masculino

[Química]   [Química]   Primeiro termo (C6H6) da série de hidrocarbonetos aromáticos, líquido incolor, volátil, combustível, obtido a partir da hulha e sobretudo do petróleo. (Empregado em encadernação para eliminar as manchas gordas.)


substantivo masculino Hidrocarboneto cíclico C6H6, líquido incolor, volátil, combustível, que se obtém dos alcatrões da hulha.


Benzeno é um hidrocarboneto classificado como hidrocarboneto aromático, e é a base para esta classe de hidrocarbonetos: todos os aromáticos possuem um anel benzênico (benzeno), que, por isso, é também chamado de anel aromático, possui a fórmula C6H6.