bookmark_borderO que é serendipidade

serendipidade | s. f.
se·ren·di·pi·da·de
(inglês serendipity )
nome feminino

1. A faculdade ou o acto de descobrir coisas agradáveis por acaso.

2. Coisa descoberta por acaso.

Sinónimo Sinônimo Geral: SERENDIPISMO


substantivo feminino Ato ou capacidade de descobrir coisas boas por mero acaso, sem previsão.
Circunstância interessante ou agradável que ocorre sem aviso, inesperadamente; casualidade feliz; eventualidade: encontrar meu irmão depois de 30 anos foi pura serendipidade.
Aquilo que acontece ou é descoberto por acaso, de modo imprevisto, inesperado.
Etimologia (origem da palavra serendipidade). Do inglês serendipity ‘ato de descobrir coisas boas por acaso’.


Serendiptismo ou ainda Serendipitia, é um anglicismo que se refere às descobertas afortunadas feitas, aparentemente, por acaso.
A história da ciência está repleta de casos que podem ser classificados como serendipismo. O conceito original de serendipismo foi muito usado em sua origem. Nos dias de hoje, é considerado como uma forma especial de criatividade, ou uma das muitas técnicas de desenvolvimento do potencial criativo de uma pessoa adulta, que alia perseverança, inteligência e senso de observação.

A palavra Serendipismo se origina da palavra inglesa Serendipity, criada pelo escritor britânico Horace Walpole em 1754, a partir do conto persa infantil Os três príncipes de Serendip. Esta história de Walpole conta as aventuras de três príncipes do Ceilão, actual Sri Lanka, que viviam fazendo descobertas inesperadas, cujos resultados eles não estavam procurando realmente. Graças à capacidade deles de observação e sagacidade, descobriam “acidentalmente” a solução para dilemas impensados. Esta característica tornava-os especiais e importantes, não apenas por terem um dom especial, mas por terem a mente aberta para as múltiplas possibilidades.
Serendib é o nome que os comerciantes árabes da antiguidade deram ao actual Sri Lanka (um entre vários nomes dados a esta ilha através de sua história, sendo que os cartógrafos gregos antigos a chamavam de Taprobana; já o atual nome do país significa Terra Resplandecente no idioma sânscrito, conforme registrado nos antigos épicos indianos Mahabharata e Ramayana; finalmente, com a chegada dos portugueses, a ilha recebeu o nome luso de Ceilão, do qual deriva a versão inglesa Ceylon).


bookmark_borderO que é morgado

morgado | s. m. | s. m. pl.
mor·ga·do |ò| mor·ga·do |ò|
nome masculino

1. Vínculo inalienável e indivisível que se transmitia numa família, de primogénito em primogénito .

2. Possuidor desse vínculo.

3. [Informal]   [Informal]   Filho único ou filho mais velho.

4. [Figurado]   [Figurado]   Coisa de muitas rendas ou proventos.
morgadosnome masculino plural

5. Espécie de pastéis.


Ainda não temos o significado de Morgado. Mas você pode ajudar a melhorar o Dicio sugerindo uma definição.


O morgado ou morgadio é uma forma de organização familiar que cria uma linhagem, bem como um código para designar os seus sucessores, estatutos e comportamentos.
No regime de morgadio os domínios senhoriais eram inalienáveis, indivisíveis e insusceptíveis de partilha por morte do seu titular, transmitindo-se nas mesmas condições ao descendente varão primogénito. Assim, o conjunto dos bens dum morgado constituía um vínculo, uma vez que esses bens estavam vinculados à perpetuação do poder económico da família de que faziam parte, ao longo de sucessivas gerações.Esta instituição vincular tem origem na legislação castelhana e, embora seja adoptada pelo reino de Portugal antes, só entra na legislação portuguesa com as Ordenações Filipinas de 1603.
Por extensão, o termo morgado é também utilizado para designar o possuidor do morgadio em questão.


bookmark_borderO que é tradução

tradução | s. f.
tra·du·ção
nome feminino

1. Acto de traduzir.

2. O que se traduz.

3. Obra traduzida.

4. [Figurado]   [Figurado]   Significação; interpretação; explicação.

tradução livre • Não literal.


substantivo feminino Ação de traduzir, de passar para outra língua: tradução do português para o espanhol.
Obra traduzida; texto que se traduziu: ele disse que não vai cobrar pela tradução; ler uma tradução de Homero.
Ato de transpor uma mensagem de um formato para outro: tradução de um discurso.
[Figurado] O que expressa ou reflete alguma coisa; interpretação, imagem, reflexo: tradução do pensamento de alguém.
[Informática] Processo que descodifica uma linguagem informática; decodificação.
expressão Tradução automática. Tradução de um texto por meio de máquinas eletrônicas.
Etimologia (origem da palavra tradução). Do latim traductio.onis.


Tradução é uma atividade que abrange a interpretação do significado de um texto em uma língua (o texto fonte) e a produção de um novo texto em outra língua com sentido equivalente. O texto resultante também se chama tradução.A pesquisa acadêmica na área é chamada em português de Estudos da Tradução e se iniciou no Brasil com a Pós-Graduação em Estudos da Tradução da Universidade Federal de Santa Catarina.
Quem desconhece o processo de tradução quase sempre trata o tradutor como mero conhecedor de dois ou mais idiomas. Traduzir vai além disso. Há um famoso jogo de palavras em italiano que diz “Traduttore, Traditore” (em português, “Tradutor, traidor”), pois todo tradutor teria de trair o texto original para conseguir reescrevê-lo na língua desejada.
A princípio, a tradução envolve dois idiomas, mas não para por aí. As áreas ou tipos de textos traduzidos são muitos, e por isso um bom tradutor de romances não é necessariamente um bom tradutor de textos científicos, e vice-versa.
Tradicionalmente, a tradução sempre foi uma atividade humana, embora haja tentativas de se automatizar e informatizar a tradução de textos em língua natural (tradução automática) ou usar computadores em auxílio à tradução (tradutores on-line).
Ao contrário do que pensa a maioria das pessoas, os tradutores não são apenas tradutores de livros. A tradução de livros ou editorial, erroneamente chamada de “tradução literária”, é um segmento minoritário do mercado de tradução em todo o mundo. Outros segmentos mais volumosos são os de tradutores jurídicos (entre eles os tradutores juramentados), os tradutores de manuais de equipamentos industriais, os tradutores de artigos jornalísticos, os tradutores de textos de medicina, entre outros.