bookmark_borderO que é zoologia

zoologia | s. f.
zo·o·lo·gi·a
substantivo feminino

[Biologia]   [Biologia]   Parte da Biologia que trata dos animais.


substantivo feminino Ramo da biologia que se dedica ao estudo dos animais; ciência dos animais: sem o microscópio as ciências modernas da zoologia, biologia e bacteriologia não teriam se desenvolvido.
Etimologia (origem da palavra zoologia). Zoo + logia.


A zoologia (proveniente do grego Ζώο, zoon “animal”, e λόγος, -logos “estudo”) ou biologia animal é o ramo e especialidade da biologia que estuda os animais.


bookmark_borderO que é zootaxonomia

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. zootaxionomia zoo taxonomia zootaxionomias potamonímia (norma brasileira) zôo taxonomia (norma brasileira, na grafia pré-Acordo Ortográfico)
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


Ainda não temos o significado de zootaxonomia. Mas você pode ajudar a melhorar o Dicio sugerindo uma definição.


Zootaxionomia ou Zootaxia é o ramo da Taxonomia que se dedica à classificação científica metódica dos animais, uma actividade científica que tem as suas raízes no trabalho de Aristóteles. A atribuição de nomes científicos a organismos é regulada pelo Código Internacional de Nomenclatura Zoológica (ICZN).


bookmark_borderO que é metâmero

metâmero | s. m. | adj.
me·tâ·me·ro
(grego metá, no meio de, entre, com + grego méros, -eos, parte, porção )
substantivo masculino

1. Segmento primitivo que apresenta o embrião dos vertebrados durante o seu desenvolvimento e que dá lugar mais tarde à vértebra.

2. Cada um dos anéis do corpo de um anelídeo ou articulado. = SEGMENTO, SOMITOadjectivo adjetivo

3. [Química]   [Química]   Diz-se de um corpo isómero de outro.


substantivo masculino Unidade anatômica de certos animais: o corpo da lombriga é formado por metâmeros.


Em sentido estrito, um metâmero é uma porção do corpo que contém todas as partes orgânicas essenciais. Em sentido lato é cada um dos segmentos semelhantes em que se divide o corpo de um animal.
A maioria dos grupos animais são possuidores de corpos metamerizados em diferente grau. As centopeias e as minhocas são exemplos de animais com metamerização residual nas estruturas associadas à coluna vertebral.


bookmark_borderO que é heterotrofismo

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. electrotropismo heterótropos eletrotropismo (norma europeia, na grafia pós-Acordo Ortográfico) heliotropismo (norma brasileira) heterográfico (norma brasileira) heteromorfismo (norma brasileira) heteromorfismos (norma brasileira) heterotrófica (norma brasileira) heterotróficas (norma brasileira) heterotrófico (norma brasileira) heterotróficos (norma brasileira)
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo masculino Variação de heterotrofia.
Etimologia (origem da palavra heterotrofismo). Hétero + trofo + ismo.


Heterotrofismo ou seres heterotróficos (do grego: hetero, diferente + trophikos, alimentar), refere-se àqueles seres vivos (heterotróficos) que não possuem a capacidade de produzir seu próprio alimento.Sua alimentação é através da ingestão de compostos orgânicos, sendo então, dependente de seres vivos autotróficos ou de outros heterotróficos para obtenção destes compostos. Como por exemplo: ser humano, animais, vírus, protozoários, algumas plantas, fungos e algumas bactérias; sendo estas últimas importantes, inclusive, na medição da qualidade da água potável.Algumas plantas além de serem autotróficas, podem apresentar heterotrofismo, como as plantas insetívoras. Entretanto, algumas plantas são completamente heterotróficas, como as plantas parasitas.


bookmark_borderO que é incubação

incubação | s. f. derivação fem. sing. de incubar
in·cu·ba·ção
substantivo feminino

1. Acto de incubar; choco.

2. Tempo que a ave permanece sobre os ovos.

3. Tempo que medeia entre o princípio de uma causa e a manifestação dos seus efeitos.

4. Elaboração; preparação; estado latente.
in·cu·bar in·cu·bar – Conjugar
(latim incubo, -are )
verbo intransitivo

1. Estar sobre os ovos (ex.: a ave incuba os ovos). = CHOCARverbo transitivo e intransitivo

2. Desenvolver ou desenvolver-se um embrião.

3. [Figurado]   [Figurado]   Desenvolver ou desenvolver-se de forma lenta e latente até se manifestar.verbo transitivo

4. [Figurado]   [Figurado]   Pensar muito em alguma coisa. = ELABORAR, PREMEDITARConfrontar: encubar.


substantivo feminino Ação das aves e de certos ovíparos chocarem seus ovos.
[Medicina] Tempo que decorre entre a introdução de um agente infeccioso num organismo e a manifestação dos primeiros sintomas da doença que ele determina.
Conservação de culturas microbianas em estufa, para que se desenvolvam.
[Figurado] Preparação, elaboração.


Em biologia, incubação refere-se ao processo pelo qual certo animais ovíparos chocam os seus ovos, e ao desenvolvimento do embrião dentro do ovo desde a postura até à eclosão. O fator mais importante para a incubação é a temperatura constante necessária para o seu desenvolvimento ao longo de um período específico. Especificamente em aves de capoeira, o ato destas se sentarem sobre os ovos para os incubar chama-se de choco. A maioria das espécies de aves de capoeira usadas na produção de ovos tiveram este comportamento suprimido por seleção artificial para aumentar a produtividade.


bookmark_borderO que é nidificação

nidificação | s. f. derivação fem. sing. de nidificar
ni·di·fi·ca·ção
nome feminino

Acto de nidificar.
ni·di·fi·car ni·di·fi·car – Conjugar
verbo intransitivo

Fazer o ninho.


substantivo feminino Ação de nidificar, de construir um ninho, falando especialmente de certas aves que constroem seus ninhos durante o período de incubação pelo qual passam seus ovos.
Etimologia (origem da palavra nidificação). Niditicar, do latim nidificare + ção.


Nidificação é a ação de alguma espécie de animal construir seu ninho. É muito comum aos pássaros no período de incubação de seus ovos. Em algumas espécies tanto o macho como a fêmea constroem o ninho; em outras, somente a fêmea ou o macho. O ninho pode ser construído em diversos locais como árvores, no chão, em paredões, coletivos e as vezes, em ninhos de outras aves. Também é possível o uso de ninhos artificiais. Esse comportamento apresenta diversos aspectos interessantes para o entendimento da formação do comportamento social dos animais, dos insetos ao homem. E essa compreensão está ligada à teoria darwinista das espécies. Por isso é importante entender como certas espécies adquiriram essa comportamento com o passar das gerações. Uma espécie pode, dependendo da região, ter mais chances de sobreviver quando se desenvolve dentro de um ninho aos cuidados dos seus genitores, em relação à outra que se desenvolve de modo mais independente.
A nidificação pode relacionar-se com os ninhos criados pelas aves migratórias como andorinhas e cegonhas que todos os anos regressam aos mesmos locais para o fazer, assegurando a continuação da espécie, já que não tem capacidade para se adaptar aos meios com temperaturas extremas.


bookmark_borderO que é verme

verme | s. m.
ver·me
(latim vermis, -is )
substantivo masculino

1. Invertebrado de corpo mole, semelhante à lombriga; minhoca; gusano; helminte; larva.

2. Animálculo intestinal.

3. [Figurado]   [Figurado]   Aquilo que mina ou corrói lentamente.

verme roedor • A traça.


substantivo masculino Nome comum dos animais alongados e de corpo mole; helminto.
[Zoologia] Parasito que se desenvolvem no corpo vivo.
[Zoologia] Parasita que se aloja no intestino; lombriga.
[Popular] Bicho que se alimenta de cadáveres.
[Popular] Larva de insetos.
[Figurado] Pessoa vil, insignificante; desprezível.
expressão Verme roedor. Larva que destrói; traça.
Verme roedor da consciência. O que perturba a consciência; remorso.
Esmagar como a um verme. Ameaça a quem se pode facilmente vencer.
Etimologia (origem da palavra verme). Do latim verme.


O termo verme remete, de modo geral, a um vasto grupo de animais alongados e de corpo mole. Na original Taxonomia de Lineu, o grupo dos vermes designava todos os invertebrados não pertencentes ao grupo dos artrópodes, ou seja, todos os animais desprovidos de esqueleto externo e articulações móveis. O grupo vermes não é mais usado pela ciência, sendo agora dividido nos filos dos platelmintos, nematelmintos e anelídeos.
Atualmente, se entende como verme o animal com o corpo alongado e/ou achatado e sem esqueleto interno ou externo. Não possuem membros, embora possam ter apêndices reduzidos na superfície para a locomoção.
Os vermes são encontrados em praticamente qualquer habitat, incluindo o mar, os rios e o subterrâneo. Muitos também são parasitas, como a tênia e a lombriga. Alguns vermes, notavelmente a minhoca, desempenham um papel muito importante na ecologia.


bookmark_borderO que é brônquio

brônquio | s. m.
brôn·qui·o
(grego brógkhion, -ou )
substantivo masculino

[Anatomia]   [Anatomia]   Cada um dos dois canais, prolongamentos da traqueia , que levam o ar aos pulmões.


substantivo masculino Cada um dos condutos que se seguem à traquéia, e pelos quais o ar se introduz nos pulmões e deles sai. A traquéia divide-se em dois brônquios lobulares (três à direita, dois à esquerda); essas divisões ramificam-se, no interior do pulmão correspondente, em brônquios extralobulares e, depois, em intralobulares, ou bronquíolos.


Nos mamíferos, os brônquios são os tubos que levam o ar aos pulmões. A traqueia humana divide-se em dois brônquios (direito e esquerdo). Estes apresentam estrutura muito semelhante à da traqueia e são denominados brônquios de primeira ordem. Cada brônquio principal dá origem a pequenos brônquios lobares ou de segunda ordem, que ventilam os lobos pulmonares. Estes, por sua vez, dividem-se em brônquios segmentares ou de terceira ordem, que vão ter os segmentos broncopulmonares. Os brônquios, por sua vez, se ramificam várias vezes até se transformarem em bronquíolos, um para cada alvéolo pulmonar, ao que se designa de árvore bronquial. Os brônquios têm a parede revestida internamente por um epitélio ciliado e externamente encontra-se reforçada por anéis de cartilagem, irregulares que, nas ramificações se manifestam como pequenas placas ou ilhas.Brônquios são condutos cartilaginosos localizados na porção mediana do tórax, abaixo da região inferior da traqueia; e se estendem desde o ponto da ramificação desta até o hilo pulmonar. O brônquio direito é mais vertical, curto e largo que o esquerdo.
Tal como a traqueia, estes são constituídos por anéis incompletos de cartilagem e fibras musculares, conferindo mobilidade. Além disso, são também revestidos por epitélio ciliado, rico em células caliciformes (produtoras de muco).
Essas estruturas, também chamadas de brônquios primários, subdividem-se nos brônquios lobares (ou de segunda ordem). À direita, há três destes: superior, médio e inferior; e, à esquerda, somente o brônquio superior e o inferior.
Dos brônquios lobares seguem os brônquios segmentares (ou de terceira ordem). Esses vão se ramificando em porções cada vez menores, chamadas bronquíolos.
A partir destas últimas estruturas citadas, a constituição de suas paredes passa a ser de músculo liso, sem cartilagem. A nova estrutura, desta forma, confere mais rigidez e a capacidade móvel, encontrada nos brônquios, deixa de existir.
Os bronquíolos terminam em estruturas denominadas ductos alveolares, que se finalizam nos microscópicos alvéolos pulmonares. Estes, graças a uma rede de vasos sanguíneos, efetuam as trocas gasosas (hematose).


bookmark_borderO que é parátipo

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. pará tipo parafino pratico pratito paraíso partido prático paraliso paratiri (norma brasileira) paratudo (norma brasileira)
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo masculino [Biologia] Espécime que pertence ao mesmo lote do escolhido como tipo na descrição original, ou que foi nela referido como pertencente à mesma espécie.
Etimologia (origem da palavra parátipo). Para + tipo.


Parátipo é um termo técnico usado para identificar um espécime em depósito, que não o holótipo, usado na descrição de um taxon. O termo tem significado diferente conforme seja usado em botânica ou zoologia, já que os Código Internacional de Nomenclatura Botânica e Código Internacional de Nomenclatura Zoológica estabelecem normas diferenciadas para o seu uso.


bookmark_borderO que é hipobiose

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição. hipófise hipotipose hiponense hipótese hipnose hipófises nióbios hipogeus
Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.


substantivo feminino [Medicina] Redução da atividade metabólica, com o objetivo de poupar energia ou diminuir o consumo de água, calor, oxigênio etc., como ocorre em animais em hibernação.
Etimologia (origem da palavra hipobiose). Etc. hipo + bio + ose.


Hipobiose é um estado manifestado por larvas de parasitos que consiste na diminuição da atividade de uma larva no organismo de seu hospedeiro, a hipobiose ocorre, principalmente, devido às condições imunológicas apresentadas pelo animal parasitado, esperando assim uma diminuição da imunidade para voltar a sua atividade normal. Característico da Superfamília Trichostrongyloidea.