tinta

tinta | s. f. fem. sing. de tinto
tin·ta
(feminino de tinto )
nome feminino

1. Líquido de qualquer cor, para escrever, tingir ou imprimir.

2. Matéria corante, para tingir ou pintar.

3. Vestígio, laivo, tintura, pequena dose.

4. Matiz.

5. [Viticultura]   [Viticultura]   Casta de uva.

estar-se nas tintas • Não se importar, não ligar.

fazer correr muita tinta • [Portugal]   • [Portugal]   Fazer com que muita gente fale ou escreva sobre algum assunto (ex.: esta notícia ainda vai fazer correr muita tinta).

tinta simpática • Líquido incolor que se enegrece quando é submetido à acção de certos agentes.
tin·to tin·to
(latim tinctus, -a, -um, particípio passado de tingo, -ere, banhar, molhar, colorir )
adjectivo adjetivo

1. Tingido.

2. Sujo; manchado.

3. Que tem uma cor escura ou intensa.

4. [Enologia]   [Enologia]   Diz-se do vinho feito de uva preta.


substantivo feminino Líquido de cor, de que nos servimos para escrever, para imprimir, para pintar.
Líquido produzido na bolsa ventral dos cefalópodes e que lhes permite esconder-se em caso de perigo.
Tinta da China, composição sólida ou líquida de negro de fumo, para desenhos aquarelados.
Tinta simpática, líquido de traço incolor no papel, mas visível com certos tratamentos.


Tinta é o nome normalmente dado a uma família de produtos (líquidos, viscosos ou sólidos em pó) que, após aplicação sob a forma de uma fina camada, a um substrato se converte num filme sólido opaco. As tintas são usadas para proteger e dar cor a objectos ou superfícies.
A tinta é muito comum e aplica-se a praticamente qualquer tipo de objectos. Usa-se para produzir arte; na indústria: estruturas metálicas, produção de automóveis, equipamentos, tubulações, produtos eletro-eletrónicos; como protecção anticorrosiva; na construção civil: em paredes interiores, em superfícies exteriores, expostas às condições meteorológicas; um grande número de aplicações actuais e futuras, como frascos utilizados para perfumes e maquiagens.
Como arte, tem sido usada ao longo de séculos na criação de grandes obras como a Mona Lisa de Leonardo da Vinci ou a Noite Estrelada de Van Gogh.




Deixe um comentário